A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Wilton Oliveira Agropecuária Reúne os substantivos agricultura e pecuária. É portanto a área do setor primário responsável pela produção de bens.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Wilton Oliveira Agropecuária Reúne os substantivos agricultura e pecuária. É portanto a área do setor primário responsável pela produção de bens."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Wilton Oliveira Agropecuária Reúne os substantivos agricultura e pecuária. É portanto a área do setor primário responsável pela produção de bens de consumo, mediante o cultivo de plantas e da criação de animais.

2 Prof. Wilton Oliveira Fatores da Produção agrícola terra trabalhocapital Área destinada a produção Mão de obra utilizada na produção Recurso monetário utilizado para produção.

3 Prof. Wilton Oliveira A importância de cada um desses fatores na agricultura está relacionada ao grau de desenvolvimento econômico do país.

4 Prof. Wilton Oliveira A produção pode aumentar ou não dependendo da melhor utilização da terra, como no uso de sementes e mudas selecionadas, de técnicas de cultivo mais racionais, de fertilizantes, inseticidas etc.

5 Prof. Wilton Oliveira Na agricultura chamada tradicional, a terra e o trabalho são a base da produção, sendo que a terra é responsável por 90% do investimento total, sendo inclusive indicador do status socioeconômico.

6 Prof. Wilton Oliveira O Capital é o principal fator de produção, pois a agricultura moderna depende de técnicas e equipamentos sofisticados, o que significa grandes investimentos.

7 Prof. Wilton Oliveira Os objetivos da agricultura Podemos classificar a agricultura de acordo com a sua finalidade:

8 Prof. Wilton Oliveira A agricultura de subsistência a produção destina-se ao consumo do próprio produtor

9 Prof. Wilton Oliveira A agricultura comercial: É destinada à venda, portanto quem define a produção é o mercado consumidor.

10 Prof. Wilton Oliveira A agricultura especulativa: organizada para a exportação, não se relaciona com os interesses da economia e da sociedade local. (ex.: a plantation).

11 Prof. Wilton Oliveira A agricultura científica: é a moderna agricultura Encontra-se principalmente nos países desenvolvidos. Utilização intensiva de máquinas agrícolas, como tratores, semeadeiras e colheitadeiras. características

12 Prof. Wilton Oliveira Uso de técnicas de cultivo, com proteção ao solo e à lavoura; uso intensivo de adubos, fertilizantes, corretivos e defensivos agrícolas; Utilização da pesquisa agronômica com o objetivo de aperfeiçoamento genético das espécies.

13 Prof. Wilton Oliveira

14 Agricultura no Brasil O desenvolvimento do agronegócio no Brasil acompanhou o crescimento da produção de grãos, iniciado em larga escala a partir de meados da década de sessenta.

15 Prof. Wilton Oliveira Antes, a economia agrícola brasileira era caracterizada pelo predomínio do café e do açúcar.

16 Prof. Wilton Oliveira Pouca importância que se dava ao projeto de se utilizar a imensa base territorial brasileira na produção de grãos.

17 Prof. Wilton Oliveira A produção de alimentos básicos, como milho, arroz e feijão era voltado para a subsistência, e os poucos excedentes dirigidos ao mercado eram insuficientes para formar uma forte cadeia do agronegócio dentro dos moldes hoje conhecidos.

18 Prof. Wilton Oliveira O notável crescimento da produção de grãos (principalmente da soja) foi a força motriz no processo de transformação do agronegócio brasileiro e seus efeitos dinâmicos foram logo sentidos em toda a economia.

19 Prof. Wilton Oliveira Inicialmente surgiu um imenso parque industrial para a extração do óleo e do farelo da soja e outros grãos. Prensa para extração de óleo de soja

20 Prof. Wilton Oliveira A disponibilidade de grande quantidade de farelo de soja e milho permitiu o desenvolvimento de uma moderna e sofisticada estrutura para a produção de suínos, aves e leite, bem como a instalação de grandes frigoríficos e fábricas para a sua industrialização.

21 Prof. Wilton Oliveira Um sistema eficiente de suprimento de insumos modernos (fertilizantes, defensivos, maquinários agrícolas etc). Foi criado:

22 Prof. Wilton Oliveira Rede de distribuição que inclui desde as grandes cadeias de supermercados até os pequenos varejistas locais.

23 Prof. Wilton Oliveira Inicialmente calcado na expansão da área plantada, principalmente nas regiões de fronteira a partir da década de noventa o crescimento da produção, em bases competitivas, passou a depender cada vez mais da adoção de novas tecnologias no processo produtivo.

24 Prof. Wilton Oliveira A política agrícola a partir de 1995 foi a de combinar, de forma eficiente, a utilização de instrumentos econômicos como o crédito rural e os programas de suporte à comercialização com instrumentos estruturais como a pesquisa agropecuária.

25 Prof. Wilton Oliveira Algodão O Brasil, que já foi um grande exportador mundial, encontra-se hoje na condição de segundo maior importador.

26 Prof. Wilton Oliveira Com uma produção estagnada na faixa de 500 mil toneladas de algodão em pluma e um consumo de 900 mil toneladas, o País tem recebido anualmente produto da Argentina, do Paraguai, dos Estados Unidos e, mais recentemente, de países africanos e asiáticos.

27 Prof. Wilton Oliveira Os problemas causados pela infestação da praga do bicudo, aliado ao forte movimento de abertura da economia brasileira no início dos anos 90, provocou uma forte retração na produção doméstica e permitiu a entrada de importações subsidiadas.

28 Prof. Wilton Oliveira Por enquanto, essas medidas não foram suficientes para criar condições de competitividade em relação ao algodão importado. Espera-se, portanto, que novas medidas de caráter protecionista, como a obrigatoriedade de pagamento à vista das importações, sejam implementadas em breve.

29 Prof. Wilton Oliveira Arroz O Brasil destaca-se como o grande produtor e consumidor de arroz. A produção varia entre 10 e 11 milhões de toneladas, divididas quase que eqüitativamente entre arroz irrigado tipo longo e arroz de sequeiro do tipo médio.

30 Prof. Wilton Oliveira No Brasil, o consumo médio é de 54 kg/hab/ano.

31 Prof. Wilton Oliveira A preferência do consumidor brasileiro é pelo arroz tipo longo, fato que gera anualmente um quadro de abastecimento bastante apertado, abrindo inclusive espaço para importações com volumes entre 1 e 2 milhões de toneladas.

32 Prof. Wilton Oliveira Destacam-se, como fornecedores brasileiros, Uruguai, Argentina, Estados Unidos, Vietnã, Indonésia e Tailândia.

33 Prof. Wilton Oliveira Café A produção mundial de café está hoje totalmente pulverizada em um grande número de países das três Américas, da Ásia e da África.

34 Prof. Wilton Oliveira A produção mundial supera 100 milhões de sacas e tem como principais produtores Brasil, Colômbia, Indonésia, México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Costa do Marfim, Etiópia, Uganda, Índia, Tailândia e Vietnã.

35 Prof. Wilton Oliveira A produção nas áreas tradicionais de São Paulo, Paraná e sul de Minas sofreu uma brutal seleção natural no início da década de 90 e sobreviveram apenas cafeicultores eficientes com custos baixos e alta produtividade.

36 Prof. Wilton Oliveira A nova região de expansão, o Cerrado Mineiro, vem apresentando forte crescimento de área plantada, que já de saída incorpora os conceitos técnicos modernos de adensamento e mecanização da colheita.

37 Prof. Wilton Oliveira

38

39 Estrutura fundiária brasileira /1996


Carregar ppt "Prof. Wilton Oliveira Agropecuária Reúne os substantivos agricultura e pecuária. É portanto a área do setor primário responsável pela produção de bens."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google