A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução ao Geoprocessamento Prof. Luiz Fernando Fevereiro/2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução ao Geoprocessamento Prof. Luiz Fernando Fevereiro/2006."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução ao Geoprocessamento Prof. Luiz Fernando Fevereiro/2006

2 Introdução ao Geoprocessamento Estabelecer as bases conceituais do Geoprocessamento Estabelecer as bases conceituais do Geoprocessamento Buscar fundamentação teórica para a Ciência da Informação Espacial Buscar fundamentação teórica para a Ciência da Informação Espacial Rever a relação entre os conceitos da Teoria Geográfica e o Geoprocessamento Rever a relação entre os conceitos da Teoria Geográfica e o Geoprocessamento

3 Introdução ao Geoprocessamento O termo Geoprocessamento denota a disciplina do conhecimento que utiliza técnicas matemáticas e computacionais para o tratamento da informação geográfica. Esta tecnologia, denotada por Geoprocessamento, influencia de maneira crescente as áreas de Cartografia, Análise de Recursos Naturais, Transportes, Comunicações, Energia e Planejamento Urbano e Regional. Gilberto Câmara

4 Introdução ao Geoprocessamento A informação geográfica apresenta uma natureza dual: A informação geográfica apresenta uma natureza dual: –Localização : Coordenadas em um espaço geográfico –Atributos : descrição que podem ser armazenadas em um banco de dados Espaço Geográfico : Espaço Geográfico : coleção de localizações na superfície da Terra, sobre a qual ocorrem os fenômenos geográficos.

5 Introdução ao Geoprocessamento Atributos Coordenadas

6 Introdução ao Geoprocessamento Análise Espacial Análise Espacial –Localização - Onde está... Quais as áreas com declividade acima de 20%? Quais as áreas com declividade acima de 20%? –Condição - O que está.. Qual a população desta cidade ? Qual a população desta cidade ? –Tendência - O que mudou... Esta terra era produtiva há 5 anos atrás ? Esta terra era produtiva há 5 anos atrás ?

7 Introdução ao Geoprocessamento Análise Espacial Análise Espacial –Roteamento - Qual o melhor caminho... Qual o melhor caminho para o metrô ? –Padrões - Qual o padrão....? Qual a distribuição da dengue em Fortaleza ? –Modelos - O que acontece se...? Qual o impacto no clima se desmatarmos a Amazônia ?

8 Introdução ao Geoprocessamento Listagem de Residências que não possuem rede de Esgoto

9 Introdução ao Geoprocessamento Mapa temático : Residências sem rede de esgoto

10 Introdução ao Geoprocessamento Histórico - no mundo – –Anos 50 - Inglaterra - botânica e USA - volume de tráfego – –Anos 60 - Canadá - inventário de recursos naturais – –Anos 70 - Geographic Information System & CAD – –Anos 80 - massificação, avanço da microinformática – –NCGIA - Geoprocessamento como disciplina – –Popularização e barateamento -> difusão

11 Introdução ao Geoprocessamento Evolução Geoprocessamento Evolução Geoprocessamento

12 Introdução ao Geoprocessamento Tipos de dados em geoprocessamento Tipos de dados em geoprocessamento –Temáticos –Cadastrais –Redes –MNT – modelo numérico de terreno –Imagens

13 Introdução ao Geoprocessamento Temáticos Temáticos

14 Introdução ao Geoprocessamento Cadastrais Cadastrais

15 Introdução ao Geoprocessamento MNT MNT Imagem Landsat 7 com o MNT Curva de Nível

16 Introdução ao Geoprocessamento Imagens Imagens

17 Introdução ao Geoprocessamento Landsat metros Spot 10 metros Imagens Imagens

18 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) SIG (GIS – Geographic Information system) é o sistema computacional que materializa os conceitos do geoprocessamento SIG (GIS – Geographic Information system) é o sistema computacional que materializa os conceitos do geoprocessamento

19 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) Um conjunto manual ou computacional de procedimentos utilizados para armazenar e manipular dados georreferenciados (Aronoff, 1989). Um conjunto manual ou computacional de procedimentos utilizados para armazenar e manipular dados georreferenciados (Aronoff, 1989). Conjunto poderoso de ferramentas para coletar, armazenar, recuperar, transformar e visualizar dados sobre o mundo real (Burrough, 1986). Conjunto poderoso de ferramentas para coletar, armazenar, recuperar, transformar e visualizar dados sobre o mundo real (Burrough, 1986). Um sistema de suporte à decisão que integra dados referenciados espacialmente num ambiente de respostas a problemas (Cowen, 1988). Um sistema de suporte à decisão que integra dados referenciados espacialmente num ambiente de respostas a problemas (Cowen, 1988). Um banco de dados indexados espacialmente, sobre o qual opera um conjunto de procedimentos para responder a consultas sobre entidades espaciais (Smith et al., 1987) Um banco de dados indexados espacialmente, sobre o qual opera um conjunto de procedimentos para responder a consultas sobre entidades espaciais (Smith et al., 1987)

20 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) –CADD (Computer Aided Design and Drafting), ou Projeto Assistido por Computador, é uma tecnologia normalmente empregada pelo CAM (Computer Assisted Mapping), ou Mapeamento Assistido por Computador, para a produção de mapas como substituição ao processo cartográfico tradicional (Computer Aided Design and Drafting), ou Projeto Assistido por Computador, é uma tecnologia normalmente empregada pelo CAM (Computer Assisted Mapping), ou Mapeamento Assistido por Computador, para a produção de mapas como substituição ao processo cartográfico tradicional

21 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) –CADD (características) Os dados são organizados em camadas (layers) Os dados são organizados em camadas (layers) empregados para organizar as feições do mapa por temas (themes). empregados para organizar as feições do mapa por temas (themes). CAM pode reduzir em muito o tempo de produção de mapas CAM pode reduzir em muito o tempo de produção de mapas atualizações mais simples e rápidas atualizações mais simples e rápidas

22 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) –AM/FM Automated Mapping, ou mapeamento Automatizado, Facility Management, isto é, Gerenciamento de Serviços de Utilidade Pública, baseiam-se também em tecnologia CADD. Automated Mapping, ou mapeamento Automatizado, Facility Management, isto é, Gerenciamento de Serviços de Utilidade Pública, baseiam-se também em tecnologia CADD.

23 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) –AM/FM (características) apresentação gráfica menos precisa e detalhada que os sistemas CAM apresentação gráfica menos precisa e detalhada que os sistemas CAM centrada no armazenamento, na análise e na emissão de relatórios centrada no armazenamento, na análise e na emissão de relatórios As relações entre os componentes do sistema de utilidade pública são definidas como redes (Networks) que são associadas à atributos As relações entre os componentes do sistema de utilidade pública são definidas como redes (Networks) que são associadas à atributos não permite definir relações espaciais não permite definir relações espaciais

24 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) TIPOS DE SISTEMAS (evolução) –GIS (características) é mais recomendado para a análise de dados geográficos; difere dos dois sistemas anteriormente apresentados por definir as relações espaciais entre todos os elementos de dados é mais recomendado para a análise de dados geográficos; difere dos dois sistemas anteriormente apresentados por definir as relações espaciais entre todos os elementos de dados topologia dos dados, define desde a descrição da localização, como também, a geometria das feições cartográficas topologia dos dados, define desde a descrição da localização, como também, a geometria das feições cartográficas

25 Componentes de um SIG SOFTWARE HARDWARE PEOPLEWARE MÉTODOS DADOS

26 HARDWARE HARDWARE –Corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema Componentes SIG - Hardware

27 Computador Mesa digitalizadora GPS Plotter Impressora

28 Componentes SIG - Software SOFTWARE SOFTWARE –um conjunto de instruções organizadas de forma lógica, para serem inteligíveis pela CPU

29 Tipos Tipos sistema operacional, ambiente operacional sistema operacional, ambiente operacional tradutores, interpretadores, compiladores de linguagens de programação tradutores, interpretadores, compiladores de linguagens de programação comunicação em rede, interface com o usuário comunicação em rede, interface com o usuário Aplicativos Aplicativos SIG SIG Componentes SIG - Software

30 Componentes SIG - Peopleware Recursos Humanos (Peopleware) Recursos Humanos (Peopleware) –pessoal de processamento (analista, programadores, etc) –usuários finais (digitadores, operadores, digitalizadores, etc)

31 Interação Interação –diminuição da distância entre esses grupos com o passar do tempo com a evolução da informática –constante e crescente envolvimento do usuário no desenvolvimento, operação e responsabilidade pelos sistemas Componentes SIG - Peopleware

32 função das equipes função das equipes –aquisição, conversão, manutenção, controle de qualidade –gerenciamento do sistema físico –gerenciamento dos bancos de dados –pesquisa e desenvolvimento –treinamento e reciclagem de pessoal Componentes SIG - Peopleware

33 Formação de equipes em SIG Formação de equipes em SIG –técnicos e especialistas em: Informática, Análise de Sistemas Informática, Análise de Sistemas algumas modalidades de Engenharia algumas modalidades de Engenharia –Cartográfica, Eletrônica, Elétrica, de Processo, de Produto, Ambiental, Geografia, Planejamento, Marketing, etc... Ambiental, Geografia, Planejamento, Marketing, etc... Componentes SIG - Peopleware

34 Responsabilidades Responsabilidades –equipe técnica bom andamento das atividades e pela própria reflexão crítica dos rumos que o projeto SIG toma com o transcorrer do tempo bom andamento das atividades e pela própria reflexão crítica dos rumos que o projeto SIG toma com o transcorrer do tempo –organização investir na constante atualização e aperfeiçoamento do peopleware investir na constante atualização e aperfeiçoamento do peopleware renovar o hardware, sofisticar o software e dar manutenção as bases de dados renovar o hardware, sofisticar o software e dar manutenção as bases de dados Componentes SIG - Peopleware

35 Bases de Dados Bases de Dados –define onde os dados são armazenados Componentes SIG – Base Dados

36 Banco de Dados Banco de Dados –concebidos para gerenciar grandes quantidades de informação –gerencia os dados tanto na definição de estruturas para armazenamento como na provisão de mecanismos para manipulação Componentes SIG – Base Dados

37 Banco de Dados Banco de Dados –proporciona segurança das informações armazenadas no banco de dados, mesmo em casos de queda de energia no sistema ou de tentativa de acessos desautorizados –possibilita o compartilhamento dos dados diversos usuários impedindo possível resultados anômalos Componentes SIG – Base Dados

38 SGBD SGBD –um sistema gerenciador de banco de dados (Data Base Management System, DBMS) consiste numa coleção de dados inter-relacionados e numa coleção de programas que acessam esses dados. Os dados contém as informações concernentes a uma particular empresa. Componentes SIG – Base Dados

39 SGBD SGBD –O principal objetivo de um SGBD é proporcionar um ambiente que seja conveniente e eficiente na recuperação e na inserção de informações no banco de dados –Oracle, Sql Server, Interbase, Postgree Sql, outros... Componentes SIG – Base Dados

40 Métodos e Procedimentos Métodos e Procedimentos –definição dos procedimentos de entrada, processamento e geração dos dados –os dados inseridos na base de dados atendam aos padrões previamente estabelecidos, –que seja evitada a redundância de informações, –que a segurança seja garantida, Componentes SIG – Métodos e Procedimentos

41 Métodos e Procedimentos Métodos e Procedimentos – que os trabalhos apresentem organização interna, –que os produtos de informação decorrentes do processo sejam condizentes com as necessidades de informação dos usuários Componentes SIG – Métodos e Procedimentos

42 Arquitetura do SIG Interface Entrada e Integr. Dados Visualização Plotagem Gerência Dados Espaciais Consulta e Análise Espacial BANCO DE DADOS GEOGRÁFICO

43 Possibilidades O que se pode fazer com toda essa tecnologia? O que se pode fazer com toda essa tecnologia? –Localização de Mídias Exteriores –Análise de perfil do consumidor por regiões –Localização de Clientes –Detecção de epidemias –Planejamento de trabalhos de pesquisas –Gerenciamento de redes de saneamento

44 Referências Links : Links : arlete/courseware/intgeo.htm arlete/courseware/intgeo.htm arlete/courseware/intgeo.htm arlete/courseware/intgeo.htm intro_sig intro_sig intro_sig intro_sig


Carregar ppt "Introdução ao Geoprocessamento Prof. Luiz Fernando Fevereiro/2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google