A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

8º ano Prof. Esp. Rodrigo Salomão. AMÉRICA LATINA – PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS INDUSTRIALIZADOS MÉXICO – ARGENTINA - BRASIL O PROCESSO DE DIVERSIFICAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "8º ano Prof. Esp. Rodrigo Salomão. AMÉRICA LATINA – PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS INDUSTRIALIZADOS MÉXICO – ARGENTINA - BRASIL O PROCESSO DE DIVERSIFICAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 8º ano Prof. Esp. Rodrigo Salomão

2 AMÉRICA LATINA – PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS INDUSTRIALIZADOS MÉXICO – ARGENTINA - BRASIL O PROCESSO DE DIVERSIFICAÇÃO INDUSTRIAL: Mercado consumidor considerável, principalmente Brasil e MéxicoMercado consumidor considerável, principalmente Brasil e México Abundância de matéria-primaAbundância de matéria-prima Oferta de mão-de-obraOferta de mão-de-obra Fortes investimentos do Estado em infra-estrutura (transportes, energia)Fortes investimentos do Estado em infra-estrutura (transportes, energia) Criação de estatais em diversos setoresCriação de estatais em diversos setores Presença de multinacionais em diversos setores industriaisPresença de multinacionais em diversos setores industriais Interesse do governo e da elite econômica em produzir internamente o que antes era importado.Interesse do governo e da elite econômica em produzir internamente o que antes era importado.

3

4 MÉXICO Diferentemente do processo de industrialização do Brasil, a industrialização mexicana contou, em maior número, com multinacionais norte-americanas. Em virtude do aumento do número de indústrias montadoras de produtos eletroeletrônicos, de eletrodomésticos e de automóveis, as vendas de bens industrializados para o exterior cresceram. Essas indústrias são chamadas de MAQUILADORAS.

5 A POPULAÇÃO MEXICANA Com cerca de 98 milhões de habitantes ( em 2000), os Estados Unidos Mexicanos (nome oficial do país) são o 2º país mais populoso da América Latina, sendo superado apenas pelo Brasil. Aproximadamente 61% da população mexicana é constituída por mestiços de ascendência espanhola e indígena. Os brancos, sem grande expressão na composição étnica, compõem 9% da população, enquanto negros e asiáticos juntos constituem apenas 2%. Os 28% restantes são compostos por índios nahuas, maias, otomis, zapotecas, entre outros.

6 O mais importante centro urbano mexicano é sua capital, a Cidade do México, no planalto de Anauhac. A cidade é cercada por montanhas e vulcões. A Cidade do México é a mais antiga das grandes cidades do continente e uma das que mais crescem no mundo. Conta com 18 milhões de habitantes em sua área metropolitana. Com a população aumentando numa proporção maior do que a oferta de trabalho, o desemprego fez aumentar intensamente o número de favelas em torno da capital e também nas áreas próximas do centro.

7 A capital mexicana também enfrenta problema da violência, com o aumento da criminalidade, decorrente, em boa parte, do crescimento do tráfico de drogas (narcotráfico). Outro problema é a poluição atmosférica. A Cidade do México é uma das mais poluídas do mundo. Isso se deve à grande quantidade de veículos particulares e à presença de indústrias, além das características topográficas da área ocupada pela cidade, pois as elevações não favorecem a dispersão dos gases poluentes.

8 O turismo é uma importante atividade econômica. É o país mais visitado da América Latina. Além de serem atraídos pelas belas praias dos litorais do Pacífico e do Atlântico, os turistas se dirigem ao México para visitar os monumentos e ruínas históricas das civilizações asteca e maia.

9

10 Desde a década de 1940, os argentinos desfrutavam de elevado padrão de vida. Na década de 60, porém, viram este padrão cair em razão de problemas internos, como a má administração pública, a corrupção e o aumento sensível da dívida externa, que se agravou nas décadas seguintes. Em 1976, com um golpe de Estado, os militares tomaram o poder e, em seguida, promoveram uma relativa, mas rápida, abertura econômica. Foi justamente durante a ditadura militar que a dívida externa cresceu acentuadamente. Nesse período a inflação aumentou muito, chegando no final dos anos 80, a 90% ao mês.

11 Em 1991, após o período militar, durante o governo de Carlos Menen, criou-se o Plano de Conversibilidade, baseado na valorização da moeda ( o peso argentino passou a ter o valor do dólar até 2001), na venda de empresas estatais (privatizações) e na abertura da economia. Entretanto o país começou a enfrentar sérias dificuldades econômicas. O plano de estabilização acabou provocando a redução das exportações, pois a valorização da moeda fez com que os produtos argentinos se tornassem mais caros no mercado internacional. Por sua vez, as importações aumentaram. Conseqüência – o saldo da balança comercial reduziu-se, diminuindo os recursos para o pagamento da dívida externa e levando o país a recorrer novos empréstimos. Além disso, empresas multinacionais deixaram o país causando desemprego. Conseqüentemente um número maior de argentinos passou a viver em situação de pobreza e em 2002, 51,4% da população vivia abaixo da linha de pobreza.

12 ARGENTINA IMAGENS

13 O ESPAÇO ECONÔMICO ARGENTINO O território argentino subdivide-se em 4 regiões: PAMPA – uma das áreas mais produtivas do mundo, é praticada intensa atividade agrícola, ao lado da criação de bovinos e ovinos.PAMPA – uma das áreas mais produtivas do mundo, é praticada intensa atividade agrícola, ao lado da criação de bovinos e ovinos. CHACOCHACO PATAGÔNIAPATAGÔNIA ANDINAANDINA

14 PAMPA CHACO PATAGÔNIA ANDINA

15 O setor industrial argentino é menos diversificado que o do Brasil e do México. Seus setores mais expressivos são os de alimentos e o têxtil, que aproveitam a grande disponibilidade de produtos agropecuários. O Livre Comércio, estabelecido com o MERCOSUL, acabou beneficiando alguns setores da produção argentina. Ao entrar em vigor, esse bloco econômico favoreceu a ampliação do faturamento do setor agropecuário, cuja produtividade é bastante elevada em comparação à do Brasil ou à do Paraguai.


Carregar ppt "8º ano Prof. Esp. Rodrigo Salomão. AMÉRICA LATINA – PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS INDUSTRIALIZADOS MÉXICO – ARGENTINA - BRASIL O PROCESSO DE DIVERSIFICAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google