A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Não é sem-vergonhice Não é fraqueza de caráter 1 - Porque tem sintomas e percurso previsível. 2 - Porque lentamente destrói a vítima: fisicamente, emocionalmente,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Não é sem-vergonhice Não é fraqueza de caráter 1 - Porque tem sintomas e percurso previsível. 2 - Porque lentamente destrói a vítima: fisicamente, emocionalmente,"— Transcrição da apresentação:

1

2 Não é sem-vergonhice Não é fraqueza de caráter 1 - Porque tem sintomas e percurso previsível. 2 - Porque lentamente destrói a vítima: fisicamente, emocionalmente, mentalmente e espiritualmente. 3 - Porque o dependente não controla a progressão. 4 - Porque se não for tratada é fatal. PRIMÁRIA PROGRESSIVA CRÔNICA (INCURÁVEL) TRATÁVEL DEPENDÊNCIA DE DROGAS É DOENÇA PORQUE DIZEM QUE É DOENÇA ? QUE TIPO DE DOENÇA É ?

3 PRIMÁRIA: ORGANISMO PREDISPOSTO + ERRO PEDAGÓGICO + USO DO QUÍMICO = D. Q. PRIMÁRIA: ORGANISMO PREDISPOSTO + ERRO PEDAGÓGICO + USO DO QUÍMICO = D. Q. DOENÇAS ASSOCIADAS: SEQÜELAS OU NÃO DOENÇAS ASSOCIADAS: SEQÜELAS OU NÃO EVOLUÇÃO CRÔNICA INCURÁVEL EVOLUÇÃO CRÔNICA INCURÁVEL QUADRO CLÍNICO INSIDIOSO: CONSUMO GRADUAL E PROGRESSIVAMENTE MAIOR QUADRO CLÍNICO INSIDIOSO: CONSUMO GRADUAL E PROGRESSIVAMENTE MAIOR PRINCIPAL SINAL / SINTOMA: PERDA DO CONTROLE DO CONSUMO PRINCIPAL SINAL / SINTOMA: PERDA DO CONTROLE DO CONSUMO DETERIORAÇÃO PROGRESSIVA FÍSICO + MENTAL + ESPIRITUAL = FATAL 100% MORTALIDADE DETERIORAÇÃO PROGRESSIVA FÍSICO + MENTAL + ESPIRITUAL = FATAL 100% MORTALIDADE PRIMÁRIA: ORGANISMO PREDISPOSTO + ERRO PEDAGÓGICO + USO DO QUÍMICO = D. Q. PRIMÁRIA: ORGANISMO PREDISPOSTO + ERRO PEDAGÓGICO + USO DO QUÍMICO = D. Q. DOENÇAS ASSOCIADAS: SEQÜELAS OU NÃO DOENÇAS ASSOCIADAS: SEQÜELAS OU NÃO EVOLUÇÃO CRÔNICA INCURÁVEL EVOLUÇÃO CRÔNICA INCURÁVEL QUADRO CLÍNICO INSIDIOSO: CONSUMO GRADUAL E PROGRESSIVAMENTE MAIOR QUADRO CLÍNICO INSIDIOSO: CONSUMO GRADUAL E PROGRESSIVAMENTE MAIOR PRINCIPAL SINAL / SINTOMA: PERDA DO CONTROLE DO CONSUMO PRINCIPAL SINAL / SINTOMA: PERDA DO CONTROLE DO CONSUMO DETERIORAÇÃO PROGRESSIVA FÍSICO + MENTAL + ESPIRITUAL = FATAL 100% MORTALIDADE DETERIORAÇÃO PROGRESSIVA FÍSICO + MENTAL + ESPIRITUAL = FATAL 100% MORTALIDADECONCEITUAÇÃOCONCEITUAÇÃO DEPENDÊNCIA... ESTAR SUJEITO, SUBORDINADO, DEPENDÊNCIA:... ESTAR SUJEITO, SUBORDINADO, ESTAR SOB O DOMÍNIO DE ALGO E / OU ALGUÉM... ESTAR SOB O DOMÍNIO DE ALGO E / OU ALGUÉM... QUÍMICA:... SUBSTÂNCIA QUÍMICA PSICOATIVA, QUÍMICA:... SUBSTÂNCIA QUÍMICA PSICOATIVA, CAPAZ DE ALTERAR O ESTADO DE HUMOR... CAPAZ DE ALTERAR O ESTADO DE HUMOR... DEPENDÊNCIA... ESTAR SUJEITO, SUBORDINADO, DEPENDÊNCIA:... ESTAR SUJEITO, SUBORDINADO, ESTAR SOB O DOMÍNIO DE ALGO E / OU ALGUÉM... ESTAR SOB O DOMÍNIO DE ALGO E / OU ALGUÉM... QUÍMICA:... SUBSTÂNCIA QUÍMICA PSICOATIVA, QUÍMICA:... SUBSTÂNCIA QUÍMICA PSICOATIVA, CAPAZ DE ALTERAR O ESTADO DE HUMOR... CAPAZ DE ALTERAR O ESTADO DE HUMOR... DEPENDÊNCIA QUÍMICA É UMA DOENÇA

4 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA CONCEITO DEPENDÊNCIA QUÍMICA É A PREDISPOSIÇÃO MÓRBIDA A DESENVOLVER DEPENDÊNCIA A SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS ALTERADORAS DO ESTADO DE HUMOR. O PRINCIPAL INDICADOR DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA É A PERDA DO CONTROLE DO USO. PRIMÁRIA,CRÔNICA,PROGRESSIVA E FATAL.

5 EXPERIÊNCIA UNIVERSAL EXPERIÊNCIA UNIVERSAL APRENDE ALTERAÇÃO DE HUMOR (NORMAL EUFÓRICO) APRENDE ALTERAÇÃO DE HUMOR (NORMAL EUFÓRICO) BUSCA A ALTERAÇÃO DO ESTADO DE HUMOR BUSCA A ALTERAÇÃO DO ESTADO DE HUMOR PERIODICIDADE REGULAR PERIODICIDADE REGULAR RESSACAS OCASIONAIS RESSACAS OCASIONAIS EXPERIÊNCIA EMOCIONALMENTE POSITIVA E GRATIFICANTE EXPERIÊNCIA EMOCIONALMENTE POSITIVA E GRATIFICANTE HÁ SEMPRE VANTAGENS NO USO HÁ SEMPRE VANTAGENS NO USO HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA EVOLUÇÃO 1ª FASE: USO SOCIAL

6 DESENVOLVIMENTO DA TOLERÂNCIA AO QUÍMICO DESENVOLVIMENTO DA TOLERÂNCIA AO QUÍMICO DOSES CADA VEZ MAIORES PARA O MESMO EFEITO DESEJADO DOSES CADA VEZ MAIORES PARA O MESMO EFEITO DESEJADO BUSCA NORMALIZAR O ESTADO DE HUMOR BUSCA NORMALIZAR O ESTADO DE HUMOR (DEPRESSIVO NORMAL) (DEPRESSIVO NORMAL) PRIMEIROS LAPSOS DE MEMÓRIA PRIMEIROS LAPSOS DE MEMÓRIA FAMILIARES E AMIGOS COMEÇAM A QUESTIONAR FAMILIARES E AMIGOS COMEÇAM A QUESTIONAR QUEDA DA PRODUTIVIDADE / RENDIMENTO NO TRABALHO / ESCOLA QUEDA DA PRODUTIVIDADE / RENDIMENTO NO TRABALHO / ESCOLA HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA 2ª FASE: MANIFESTAÇÃO DA MANIFESTAÇÃO DADEPENDÊNCIA

7 DIFICULDADES DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL DIFICULDADES DO RELACIONAMENTO INTERPESSOAL RESSACAS CADA VEZ MAIS FREQÜENTES RESSACAS CADA VEZ MAIS FREQÜENTES RIGIDEZ NOS MECANISMOS DE DEFESA (INCONSCIENTE) RIGIDEZ NOS MECANISMOS DE DEFESA (INCONSCIENTE) INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE AUTO-ILUSÃO INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE AUTO-ILUSÃO DRÁSTICA ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO DRÁSTICA ALTERAÇÃO DE COMPORTAMENTO ISOLAMENTO ISOLAMENTO GRANDE SOFRIMENTO EMOCIONAL GRANDE SOFRIMENTO EMOCIONAL HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA 2ª FASE: MANIFESTAÇÃO DA DEPENDÊNCIA MANIFESTAÇÃO DA DEPENDÊNCIA

8 DEPENDÊNCIA FÍSICA (NÃO FUNCIONA MAIS SEM O QUÍMICO) DEPENDÊNCIA FÍSICA (NÃO FUNCIONA MAIS SEM O QUÍMICO) NECESSIDADE DE MANTER PERMANENTEMENTE CERTA QUANTIDADE DO QUÍMICO NO ORGANISMO PARA EVITAR ABSTINÊNCIA NECESSIDADE DE MANTER PERMANENTEMENTE CERTA QUANTIDADE DO QUÍMICO NO ORGANISMO PARA EVITAR ABSTINÊNCIA DELÍRIOS DE CIÚMES DELÍRIOS DE CIÚMES LAPSOS MAIS FREQÜENTES E AMPLOS LAPSOS MAIS FREQÜENTES E AMPLOS ALUCINAÇÕES ALUCINAÇÕES HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA 3ª FASE: ADICÇÃO TOTAL

9 PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) ISOLAMENTO ISOLAMENTO BAIXA AUTO-ESTIMA BAIXA AUTO-ESTIMA IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR PROFUNDAS DEPRESSÕES DO HUMOR (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) (DEPRESSIVO DEPRESSIVO) ISOLAMENTO ISOLAMENTO BAIXA AUTO-ESTIMA BAIXA AUTO-ESTIMA IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO IDÉIAS FIXAS DE AUTO-ELIMINAÇÃO EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL EMBOTAMENTO FÍSICO E EMOCIONAL HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA 3ª. FASE: ADICÇÃO TOTAL

10 HISTÓRIA NATURAL DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA 3. ressacas ocasionais 1. tolerância ao químico 3. Apagamentos/ amnésia/delírios alucinações 1 a. fase : uso social 2 a. fase: instalação da depend. química 1. experiência universal 2.aprende/busca alteração de humor (normal/eufórico) 2.busca normalizar o estado de humor: (depressivo/normal) 3.ressacas freqüentes lapsos de memória/ mecan. de defesa: negação e auto ilusão 3 a. fase: adição total 1. dependência física 2. Depressão/ depressão 4.experiência emocionalmente positiva gratificante 5.comportamento agradável (macaco) 4. embotamento afetivo/supressão da auto estima/ suicídio 5.comportamentos inadequados (porco) 6.decadência social, familiar e profissional 4- sofrimento emocional/isolamento 5. alteração de comportamento (leão) 6. queda de produtivid./ rendimento no trabalho / escola 6. melhor produtividade trabalho/escola

11 QUALQUER PESSOA CUJA VIDA FICOU INCONTROLÁVEL POR VIVER UMA RELAÇÃO COMPROMETIDA COM UM DEPENDENTE QUALQUER PESSOA CUJA VIDA FICOU INCONTROLÁVEL POR VIVER UMA RELAÇÃO COMPROMETIDA COM UM DEPENDENTE SÍNDROME SÍNDROME DEFINÍVEL CRÔNICA PROGRESSÃO PREVISÍVEL TRATÁVEL SÍNDROME SÍNDROME DEFINÍVEL CRÔNICA PROGRESSÃO PREVISÍVEL TRATÁVEL CONCEITO CODEPENDÊNCIA

12 ESTÁGIOS DE PROGRESSÃO DA CODEPENDÊNCIA TENTATIVAS NATURAIS PARA RESOLUÇÃO DE TENTATIVAS NATURAIS PARA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E AJUSTAMENTOS FAMILIARES PROBLEMAS E AJUSTAMENTOS FAMILIARES TENTATIVAS NATURAIS PARA RESOLUÇÃO DE TENTATIVAS NATURAIS PARA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E AJUSTAMENTOS FAMILIARES PROBLEMAS E AJUSTAMENTOS FAMILIARES REAÇÃO UNIVERSAL DOENÇAS AGUDAS REAÇÃO UNIVERSAL DOENÇAS AGUDAS DEPENDÊNCIA REAÇÃO DEPENDÊNCIA REAÇÃO QUÍMICA NEGATIVA QUÍMICA NEGATIVA IMPEDE O RECONHECIMENTO DE CONSEQUÊNCIAS DANOSAS REAÇÃO UNIVERSAL DOENÇAS AGUDAS REAÇÃO UNIVERSAL DOENÇAS AGUDAS DEPENDÊNCIA REAÇÃO DEPENDÊNCIA REAÇÃO QUÍMICA NEGATIVA QUÍMICA NEGATIVA IMPEDE O RECONHECIMENTO DE CONSEQUÊNCIAS DANOSAS RESPOSTA NORMAL À SITUAÇÃO ANORMAL ESTÁGIO INICIAL

13 ESTÁGIO MÉDIO RESPOSTASPRESCRITASCULTURALMENTERESPOSTASPRESCRITASCULTURALMENTE TENTATIVAS MAIS FORTES TENTATIVAS DQ + IRRESPONSÁVEL IRRESPONSÁVEL * AUSÊNCIA DE ALÍVIO * ESTRESSE * AUSÊNCIA DE ALÍVIO * ESTRESSE ISOLAMENTO ISOLAMENTO FRACASSOFRACASSO TENTATIVASTENTATIVAS + APOIO + PROTEÇÃO ASSUMEM RESPON ASSUMEM RESPON. + APOIO + PROTEÇÃO ASSUMEM RESPON ASSUMEM RESPON. SITUAÇÃO PIORA + INTENSOS + VEZES + DESESPERADAS + INTENSOS + VEZES + DESESPERADAS FRUSTRAÇÃOANSIEDADE < AUTO CONCEITO S COMPULSIVOS S COMPULSIVOSFRUSTRAÇÃOANSIEDADE < AUTO CONCEITO S COMPULSIVOS S COMPULSIVOS DESFOCALIZAM ADESFOCALIZAM A PRÓPRIA VIDA PRÓPRIA VIDA PERDA DE CONTATOPERDA DE CONTATO COM O MUNDO COM O MUNDO DESFOCALIZAM ADESFOCALIZAM A PRÓPRIA VIDA PRÓPRIA VIDA PERDA DE CONTATOPERDA DE CONTATO COM O MUNDO COM O MUNDO

14 RESPOSTASHABITUAISRESPOSTASHABITUAIS PADRÕESREPETITIVOSPADRÕESREPETITIVOS COMPORTAMENTOAUTODESTRUTIVOCOMPORTAMENTOAUTODESTRUTIVO FOCO NA D.Q. PRODUZ : ESTÁGIO CRÔNICO DEGENERAÇÃO SOCIAL DOENÇAS FÍSICAS COLAPSO EMOCIONAL ESPIRITUAL RELACION. E ATIVIDADES ESTRESSE T. M. RELACION. E ATIVIDADES

15 codependência dq. perde o controle do uso família tenta controlar eliminam o químico chantagem, ameaçam frustram-se dq + irresponsável auto destrutivo mais ajuda + controle baixa auto estima/imagem perda de controle

16


Carregar ppt "Não é sem-vergonhice Não é fraqueza de caráter 1 - Porque tem sintomas e percurso previsível. 2 - Porque lentamente destrói a vítima: fisicamente, emocionalmente,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google