A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Requerimento de Capital Victor França. Agenda Evolução da Regulamentação Divulgação de Material de Apoio (site) Resolução CNSP nº 282/2013 – CMR Resolução.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Requerimento de Capital Victor França. Agenda Evolução da Regulamentação Divulgação de Material de Apoio (site) Resolução CNSP nº 282/2013 – CMR Resolução."— Transcrição da apresentação:

1 Requerimento de Capital Victor França

2 Agenda Evolução da Regulamentação Divulgação de Material de Apoio (site) Resolução CNSP nº 282/2013 – CMR Resolução CNSP nº 280/2013 – Risco de Subscrição (Seg. e EAPC) Resolução CNSP nº 284/2013 – Risco de Subscrição (Cap.) Resolução CNSP nº 283/2013 – Risco Operacional 2

3 2013 Novos Riscos/ Metodologias Próprias Evolução da Regulamentação 3 Resolução CNSP nº 283/2013 Risco Operacional (Todas as supervisionadas) Resolução CNSP nº 284/2013 Risco de Subscrição (Sociedades de Capitalização) = Resolução CNSP nº 188/2008 Risco de Subscrição (Resseguradores Locais) = 2012 Resolução CNSP nº 263/2012 Capital Mínimo (Microsseguros) = Resolução CNSP nº 282/2013 Capital Mínimo, e planos corretivo e de recuperação de solvência (Todas as supervisionadas) Resolução CNSP nº 227/2010 Capital Mínimo / Planos corretivo e de recuperação de solvência (Todas as supervisionadas) Resolução CNSP nº 158/2006 Risco de Subscrição (Seguradoras - Danos) Resolução CNSP nº 228/2010 Risco de Crédito (Todas as supervisionadas) Resolução CNSP nº 188/2008 Risco de Subscrição (Resseguradores Locais) Resolução CNSP nº 263/2012 Capital Mínimo (Microsseguros) Vida e Previdência Resolução CNSP nº 228/2010 Risco de Crédito (Todas as supervisionadas) Resolução CNSP nº 280/2013 Risco de Subscrição (Seguradoras e EAPCs)

4 Divulgação de Material de Apoio (site) 4 Informações ao Mercado >> Solvência >> Capital Mínimo Requerido

5 Divulgação de Material de Apoio (site) 5 Metodologia de cálculo – Texto explicativo Planilhas auxiliares

6 Resolução CNSP nº 282/ CMR 6 CAPITAL MÍNIMO REQUERIDO Capital mínimo total que deve ser mantido para a sociedade operar CAPITAL MÍNIMO REQUERIDO Capital mínimo total que deve ser mantido para a sociedade operar CAPITAL BASE Montante fixo de capital (segmento de mercado e região) CAPITAL BASE Montante fixo de capital (segmento de mercado e região) CAPITAL ADICIONAL Montante variável de capital para garantir os riscos inerentes à operação CAPITAL ADICIONAL Montante variável de capital para garantir os riscos inerentes à operação + MARGEM DE SOLVÊNCIA Maior entre: 20% prêmios 1 ano 33% média anual sinistros 3 anos MARGEM DE SOLVÊNCIA Maior entre: 20% prêmios 1 ano 33% média anual sinistros 3 anos Capital Mínimo Requerido: Maior dos dois valores RESOLUÇÃO CNSP Nº 227/2010 Capital Mínimo Requerido

7 Resolução CNSP nº 282/ CMR 7 CAPITAL MÍNIMO REQUERIDO CAPITAL BASE CAPITAL DE RISCO MARGEM DE SOLVÊNCIA RESOLUÇÃO CNSP Nº 282/2013 Capital Mínimo Requerido: Maior dos três valores Capital Mínimo Requerido CAPITAL ADICIONAL +

8 Resolução CNSP nº 282/ CMR 8 Capital de Risco RESOLUÇÃO CNSP Nº 227/2010 Risco de Crédito Risco de Subscrição CAPITAL ADICIONAL

9 RESOLUÇÃO CNSP Nº 282/2013 Resolução CNSP nº 282/ CMR 9 Capital de Risco Risco de Mercado Risco Operacional Risco de Mercado: Regulamentação em 2013 Risco de Crédito Risco de Subscrição CAPITAL ADICIONAL CAPITAL DE RISCO

10 RESOLUÇÃO CNSP Nº 282/2013 Resolução CNSP nº 282/ CMR 10 Capital de Risco Medidas em caso de insuficiência de PLA: Até 30% Plano Corretivo de Solvência De 30% a 50% Plano de Recuperação de Solvência De 50% a 70% Regime Especial de Direção-fiscal Acima de 70% Liquidação Extrajudicial 2013 subscrição vida e prev. subscrição capitalização operacional mercado (MP) 2014 mercado Prazo de Adaptação

11 Resolução CNSP nº 282/ CMR 11 Metodologias Próprias Sujeito a autorização da SUSEP Nível de confiança 95% Deve abranger todas as parcelas de capital de risco e o capital correspondente precisa estar integralizado RESOLUÇÃO CNSP Nº 282/2013 Mercado Crédito Subscrição Operacional Discussão: Requisitos adicionais para Metodologias Próprias

12 Resolução CNSP nº 280/2013 – Risco de Subscrição Seguradoras e EAPCs 12 RESOLUÇÃO CNSP Nº 158/2006 Emissão / Precificação Danos Provisão de Sinistro Risco de Subscrição

13 Resolução CNSP nº 280/2013 – Risco de Subscrição Seguradoras e EAPCs 13 Discussão: Fatores Reduzidos Utilização de parâmetros da empresa RESOLUÇÃO CNSP Nº 280/2013 Emissão / Precificação Danos Provisão de Sinistro Vida e Previdência Despesas Administrativas Sobrevivência Eventos Ocorridos Período de cobertura Repartição Período de cobertura Repartição Risco Período de cobertura Capitalização Período de cobertura Capitalização Dotal Puro PMBAC s/ garantia Dotal Misto PMBAC c/ garantia PMBC Risco de Subscrição Planilha

14 Resolução CNSP nº 284/2013 – Risco de Subscrição Soc. de Capitalização 14 Discussão: Fatores Reduzidos Sorteios Rentabilidade Despesas Administrativas Risco de Subscrição (Cap) Planilha

15 Resolução CNSP nº 283/2013 – Risco Operacional 15 Seguros Pessoas (individual e coletivo) Habitacional – Ramo 61 Rural – Ramo 98 Capitalização Prazo > 24 meses Previdência SEGMENTO VIDASEGMENTO NÃO-VIDA Seguros Ramos Elementares (exceto ramos 61 e 98) Capitalização Prazo < 24 meses Resseguro

16 Resolução CNSP nº 283/2013 – Risco Operacional 16 CR oper = min [ 30% x CR outros ; max ( OP prêmio ; OP provisão ) ] OP provisão = PROV vida PROV não-vida 0,08% 0,41% OP prêmio = PREM vida meses PREM vida meses PREM vida meses 110%0,25% max 0; PREM não-vida meses PREM não-vida meses PREM não-vida meses 110% 0,67% max 0; Discussão: Base de dados de perdas operacionais Planilha

17 Requerimento de Capital 17 Dúvidas???

18 Requerimento de Capital 18 Contatos da Divisão de Monitoramento de Riscos (DIRIS): Telefones: (21) / 4335 / 4062


Carregar ppt "Requerimento de Capital Victor França. Agenda Evolução da Regulamentação Divulgação de Material de Apoio (site) Resolução CNSP nº 282/2013 – CMR Resolução."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google