A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Providências e valores. AJUDA DE CUSTO PARA TREINAMENTO Base para o cálculo: todos os Coordenadores, Subcoordenadores e Aplicadores devem residir no município.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Providências e valores. AJUDA DE CUSTO PARA TREINAMENTO Base para o cálculo: todos os Coordenadores, Subcoordenadores e Aplicadores devem residir no município."— Transcrição da apresentação:

1 Providências e valores

2 AJUDA DE CUSTO PARA TREINAMENTO Base para o cálculo: todos os Coordenadores, Subcoordenadores e Aplicadores devem residir no município sede do Polo em que atuarão. treinamento dos Coordenadores de Polo e Subcoordenadores a ajuda de custo cobre: deslocamento, hospedagem e alimentação. distância, em km, da sede do Polo até o município de treinamento. treinamento dos Aplicadores a ajuda de custo cobre: deslocamento e alimentação. Forma de pagamento: antes dos treinamentos, mediante depósito na conta corrente informada no sistema ou via ordem bancária (CPF), diretamente em qualquer caixa do Banco do Brasil. Condição: estar cadastrado no sistema online.

3 Valores da Ajuda de Custo para Treinamento dos Subcoordenadores e Coordenadores Interior (mais de 200 km) para a Capital: Belo Horizonte R$ 431,30 Porto Alegre R$ 431,30 Salvador R$ 431,30 Aracaju R$ 411,60 Belém R$ 411,60 Campo Grande R$ 411,60 Goiânia R$ 411,60

4 Valores da Ajuda de Custo para Treinamento dos Subcoordenadores e Coordenadores Interior (mais de 200 km) para a Capital: Palmas R$ 411,60 Porto Velho R$ 411,60 São Luis R$ 411,60 Teresina R$ 411,60 Vitória R$ 411,60 Brasília R$ 90,00

5 Valores da Ajuda de Custo para Treinamento dos Subcoordenadores e Coordenadores No próprio município R$ 90,00 Interior para a Capital entre 80 km e 200 km R$ 250,00 Interior para a Capital até 80 km R$ 150,00 As excepcionalidades serão tratadas caso a caso.

6 Valor da Ajuda de Custo para o treinamento - Aplicadores R$ 15,00

7 PRESTAÇÃO DE CONTAS DA AJUDA DE CUSTO Somente o Coordenador de Polo que recebeu passagem aérea, emitida pelo CESPE, deverá enviar o Relatório de Viagem, juntamente com os comprovantes de embarque de ida e de volta, conforme instruções específicas já encaminhadas. A prestação de contas das excepcionalidades solicitadas terão instruções específicas para cada caso, e serão encaminhadas ao respectivo Coordenador Estadual de Logística.

8 TABELA DE VALORES O pagamento das aplicações será efetuado após a confirmação da aplicação de todas as turmas e pela quantidade alocada por Aplicador, em até 15 dias após o dia 18 de novembro. O pagamento dos Coordenadores será efetuado na mesma data dos Aplicadores. FunçõesValor bruto Coordenador de Pólo (com mais de 100 aplicações) R$ 2.000,00 Coordenador de Pólo (com até 100 aplicações) R$ 1.500,00 Apoio Logístico de Pólo (com mais de 100 aplicações) R$ 700,00 Apoio Logístico de Pólo (com até 100 aplicações) R$ 500,00 AplicaçãoR$ 56,00

9 AJUDA DE CUSTO PARA APLICAÇÃO Base para o cálculo: conforme o deslocamento. localização das turmas de aplicação em que já esteja alocado. ida e volta no mesmo dia, para aplicação em outros municípios Forma de pagamento: antes das aplicações, mediante depósito na conta corrente informada no sistema ou via ordem bancária (CPF), diretamente em qualquer caixa do Banco do Brasil. Condição: estar cadastrado no sistema online e alocado nas turmas.

10 TABELA DE VALORES DE AJUDA DE CUSTO, POR DIA, PARA APLICAÇÃO Tipo de deslocamentoValor líquido No próprio município:R$ 10,00 Do Polo para outro município, até 50 km:R$ 45,00 Do Polo para outro município, até 100 km:R$ 65,00 Do Polo para outro município, acima de 100 km:R$ 80,00 Do Polo para escolas de Zona Rural no mesmo município: R$ 65,00

11 POLOS DE APOIO Local em que: será realizada a coordenação da logística de campo local; a organização do material de aplicação; a distribuição e o recolhimento de instrumentos de aplicação.

12 POLOS DE APOIO O espaço deve dispor de recursos de infraestrutura suficientes para realização das atividades, dentre eles: garantir a segurança e sigilo do material telefone/fax computador acesso a internet

13 ESPAÇO FÍSICO PARA TREINAMENTO DOS APLICADORES O espaço deve dispor de recursos de infraestrutura suficientes para suprir as necessidades dos treinamentos: Datashow Microfones (se for o caso) Boa iluminação Proximidade de locais para alimentação

14 ESPAÇO FÍSICO COM ÔNUS, PARA SEDE DE POLO OU PARA TREINAMENTO O Coordenador Estadual de Logística ou o Coordenador de Polo de Apoio deverá encaminhar 3 propostas de preço de locação de espaço físico, com as seguintes informações: Proposta comercial/orçamento em nome do CESPE/UnB - Centro de Seleção e de Promoção de Eventos – CNPJ nº / Histórico da proposta: aluguel de espaço físico de sua propriedade constituído por uma sala medindo ____ m2, destinada a funcionamento de Polo ou Treinamento para aplicação do Saeb 2011, que será realizado no período a , nesta cidade As propostas deverão estar em formulário da empresa com CNPJ e endereço, datadas e assinadas.


Carregar ppt "Providências e valores. AJUDA DE CUSTO PARA TREINAMENTO Base para o cálculo: todos os Coordenadores, Subcoordenadores e Aplicadores devem residir no município."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google