A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ITEM B Medidas de Pressão DÁgua. ITEM B Introdução medidas de nível dágua no lençol, pressão neutra interna do solo e pressões em junta são determinados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ITEM B Medidas de Pressão DÁgua. ITEM B Introdução medidas de nível dágua no lençol, pressão neutra interna do solo e pressões em junta são determinados."— Transcrição da apresentação:

1 ITEM B Medidas de Pressão DÁgua

2 ITEM B Introdução medidas de nível dágua no lençol, pressão neutra interna do solo e pressões em junta são determinados por piezômetros. As medidas de nível dágua no lençol, pressão neutra interna do solo e pressões em junta são determinados por piezômetros. O termo piezômetro é usado para indicar um dispositivo que é selado no interior do subsolo para responder a variação da pressão do subsolo ao redor dele e isolado de outros estratos. Medidores de nível dágua são utilizados para controle da estabilidade dos maciços tais como aterro, barragens, túneis, taludes naturais ou escavações bem como na estabilidade das estruturas de concreto em barragens, radiers, etc. O desenvolvimento contínuo das técnicas de medição têm ocorrido paralelamente ao progresso da Geotecnia.

3 ITEM B Existem duas famílias de piezômetros A) Piezômetros de tubo aberto B) Piezômetros de resposta rápida.

4 ITEM B Croqui de um Piezômetro Casagrande

5 ITEM B Usina Hidrelétrica de Itá Rio Uruguai: Piezômetro de Casagrande com Manômetro

6 ITEM B Vantagens: Simplicidade para realizar leituras; Baixo custo; Montagem facilitada; Permite verificação do funcionamento; Permite ensaio de permeabilidade ao longo do tempo. Desvantagens: Resposta lenta; Sujeito a entripamento; Interferência do tubo vertical com a execução do aterro; Atrito negativo em aterros de grande altura, requerendo a utilização do tubo de proteção externa com luva telescópica; Perigo de seccionamento do tubo durante a construção, operação ou quebra do tubo. Piezômetro Casagrande

7 ITEM B Croqui de Medidor de Nível d´água

8 ITEM B

9 Croqui de Piezômetro Pneumático

10 Painel da Leitora ITEM B

11 Equilíbrio de Pressões no Diafragma ITEM B

12 Características do Equipamento apresentado pelo IPT. ITEM B

13 Bentonita + cimento argila areia Tubo pneumático Piezômetro Terminal de leitura Instalação típica. ITEM B

14 Vantagens: Resposta rápida; Permite centralização; Não requer saturação na tubulação (uso de gás nitrogênio). Desvantagens: Impossibilidade de deaeração e de leitura de pressão negativa; Leituras não instantâneas ; Perda de carga na tubulação (implicando em operação demorada para longa distância); Pode entrar contaminantes no circuito. Piezômetro Pneumático ITEM B

15

16 Vantagens: Tempo de resposta pequeno; Alta sensibilidade; Facilidade de centralização; Unidade de leitura portátil e com memória; Permite monitoração contínua. Desvantagens: Alto custo; Exige aterramento (está sujeito a descargas atmosféricas). Piezômetro Elétrico

17 ITEM B

18 Condução dos cabos ITEM B

19 Piezômetros Hidráulicos Piezômetros Fibra Ótica - Utilizado na Barragem Três Marias - CEMIG; Barragem Chavantes - CESP - Atualmente não está sendo utilizado - Tendência para futuro - Brasil: Experimental (COPEL) – PETROBRAS CENPS - Alto custo - Sistema de Aquisição

20 ITEM B Sistema de aquisição de dados.

21 ITEM B Tabela I. (Apud Vaughan, 1973). Os valores apresentados foram calculados para C = 0,05 (95% de equalização) e coeficiente de permeabilidade ( K = cm/s). TIME LAG – TEMPO DE RESPOSTA

22 ITEM B

23 Ho (t=0) D L N.A. antes do ensaio PZ Exemplo de Dimensionamento: Trecho de medida abaixo do NA d Hi=f(ti)

24 ITEM B Medidas de Vazão Descrição As medidas de vazão são realizadas para controle de fluxo. Em barragens é um instrumento de controle complementar ao piezômetro, sendo de grande interesse coletar os fluxos efluente localizado e total. Em outras estruturas a estabilidade é garantida se a condição de fluxo for estável, efetuando-se medições em drenos, poços ou canais. Em geral, para fluxos normais é suficiente o uso de vertedores triangulares (vazões baixas) e vertedores retangulares ou trapezoidais. A vazão é determinada com a utilização da equação de regime de escoamento uniforme em condutos livres.

25 ITEM B Vertedor Triangular b)Gouley e Crimp b)Gouley e Crimp Q=1,32.h2,48 Q=1,32.h2,48 Sujeito a: 0,05 3h,b>6h a=90º a)Thomson a)Thomson Q=1,40.h5/2 Q=1,40.h5/2 Sujeito a: 0,05 3h,b>6h

26 ITEM B Vista do medidor de vazão MV-01 (vazão em 10/01/08 Q = 896,5 l/s) – UHE BARRA GRANDE.

27 ITEM B Modelo 4675LV-Geokon com sistema de flutuador conectado a sensor de corda vibrante.


Carregar ppt "ITEM B Medidas de Pressão DÁgua. ITEM B Introdução medidas de nível dágua no lençol, pressão neutra interna do solo e pressões em junta são determinados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google