A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O ESTUDO DA NATUREZA E SUA IMPORTÂNCIA PARA O HOMEM Deriva Continental.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O ESTUDO DA NATUREZA E SUA IMPORTÂNCIA PARA O HOMEM Deriva Continental."— Transcrição da apresentação:

1 O ESTUDO DA NATUREZA E SUA IMPORTÂNCIA PARA O HOMEM Deriva Continental

2 A crosta terrestre é formada de pedaços chamados placas, que andam à deriva sobre a camada de rocha fundida do manto. Há sete placas principais e várias outras menores. As forças magnéticas do interior da Terra fazem com que as placas se deslocarem lentamente pelo globo num vaivém constante Fonte:infoescola.com

3 Pangeia Os geólogos pensam que há cerca de 225 milhões de anos toda a Terra deste planeta estava unida num "supercontinente" a que chamaram Pangeia. Mas, à medida que as placas se deslocaram, a Terra deste supercontinente começou lentamente a separar-se. Chama-se a este movimento a deriva dos continentes. Os mapas mostram o que os geólogos pensam sobre o modo como os continentes se deslocaram e se afastaram até formarem as massas de terra que conhecemos atualmente. Fonte: cprm.gov.br

4 Movimentos de Placas Tectônicas São três os tipos de limites de placas, caracterizados pelo modo como as placas se deslocam umas relativamente às outras, aos quais estão associados diferentes tipos de fenómenos de superfície: Fonte: Tectonic_plate_boundaries.png

5 Limites transformantes ou conservativos - ocorrem quando as placas deslizam ou mais precisamente roçam uma na outra, ao longo de falhas transformantes. O movimento relativo das duas placas pode ser direito ou esquerdo, consoante se efectue para a direita ou para a esquerda de um observador colocado num dos lados da falha. Fonte: maisbiogeologia.blogspot.com FALHA DE SAN ANDREAS EUA Fonte: universo-de-vida.blogspot.com

6 Limites divergentes ou construtivos – ocorrem quando duas placas se afastam uma da outra. Fonte: tiraduvidas.webnode.com Fonte: marlivieira.blogspot.com

7 Limites convergentes ou destrutivos – (também designados por margens activas) ocorrem quando duas placas se movem uma em direcção à outra, formando uma zona de subducção (se uma das placas mergulha sob a outra) ou uma cadeia montanhosa (se as placas simplesmente colidem e se comprimem uma contra a outra). Fonte: Oceanic-continental_convergence_Fig21oceancont.gif

8 Chile Andes Fonte: mochileiros.com Nepal Himalaia Fonte: luispellegrini.com.br

9 O CÍRCULO DE FOGO DO PACÍFICO O Círculo de Fogo do Pacífico (ou Anel de Fogo) é uma área formada no fundo do oceano, coincidindo com as extremidades de uma das maiores placas tectônicas do planeta. A região, de cerca de 40 mil km de extensão e circunda a bacia do Pacífico, abrangendo toda a costa do continente americano, além do Japão, Filipinas, Indonésia, Nova Zelândia e ilhas do Pacífico Sul. Esta é a área de maior atividade sísmica do mundo. Somente o Japão responde por cerca de 20% dos tremores de magnitude igual ou superior a 6 registrados na Terra. Em média, os sismógrafos captam algum tipo de abalo no Círculo de Fogo a cada cinco minutos.

10 Fonte: alameda1976.wordpress.com/2011/03/12/o-que-e-escala-richter/

11 Relevo africano Ao norte do continente encontramos os Montes Atlas. Ao sul dos montes Atlas, localiza-se a planície desértica do Saara e, mais a sul o grande planalto centro- africano. A leste encontra-se o Grande Vale do Rift, com grandes depressões e altas montanhas, entre as quais o Kilimanjaro é o monte mais alto do continente (5895m). A sudeste, encontra-se o maciço do Drakensberg, com os montes Libombos a norte e o Karoo a sul.

12 Relevo América Latina A América Latina, em qualquer latitude, apresenta, de oeste para leste, a mesma sequência de formas do relevo. Extensas planícies fluviais, na América do Sul (Amazônica, do rio Orinoco, do rio Magdalena, Platina, do Pantanal ou Chaco, etc.), situadas entre as cordilheiras do oeste e os planaltos do leste. Planaltos desgastados na parte leste da América do Sul, cujas altitudes são baixas, raramente ultrapassando 2 mil metros. Isso ocorre porque o relevo dessa área é constituído por rochas muito antigas, bastante desgastadas pela erosão e que não apresentam manifestações tectônicas. Fazem parte desse relevo os planaltos das Guianas e Brasileiro, cujos pontos mais elevados são os picos da Neblina, (3.014 metros), 31 de Março, da Bandeira, das Agulhas Negras. Planícies costeiras junto ao oceano Atlântico, que ora se estreitam e desaparecem. permitindo o surgimento de falésias ou costas No México, a cordilheira recebe o nome de altas, ora se apresentam bastante largas, dando origem a extensas praias

13

14 Relevo Ásia O relevo asiático se caracteriza por apresentar contrastes extremos de altitude: as mais elevadas cordilheiras e planaltos da Terra: Himalaia, Pamir e Tibete, onde se localizam os pontos mais altos do globo: (Everest, metros, Kanchenjunga, metros, e muitos outros, com altitudes superiores a metros). as maiores depressões absolutas do planeta: o Mar Morto, 395 metros Algumas regiões banhadas pelo oceano Pacífico pertencem ao Círculo de Fogo, ou seja, devido a sua formação geológica recente estão sujeitas a erupções vulcânicas e a terremotos. É o caso do Japão e da Indonésia Alguns planaltos são muito altos e se intercalam às cordilheiras, como é o caso do Pamir e do Tibete, contrastando com outros mais antigos, de altitudes menos elevadas, como os da Armênia, do Decã.

15 As planícies fluviais asiáticas são recobertas com o aluvião trazido pelos rios que as percorrem e que se dirigem principalmente para os oceanos Índico e Pacífico. As principais planícies fluviais são a Indo-gangética (Índia), a Mesopotâmica (Iraque), a Siberiana (Rússia) e as dos rios Yang-tsé (China) e Mekong (Vietnã) O continente asiático projeta, em direção aos oceanos que o circundam, diversas penínsulas, sendo as principais a da Anatólia, a Arábica, a Hindustânica, a da Indochina e a da Coreia *Significado de Aluvião s.f. Inundação, enxurrada. Depósito de matérias orgânicas e inorgânicas deixado pelas águas: a aluvião é formada de calhaus, cascalho, areia e lodo. Geologia Terrenos de aluvião, terrenos recentes, formados por aluvião.

16

17 Tarefa Exercícios de sala Páginas 32, 33, 34 e 35. Exercícios: 4, 5, 6, 7, 8 e 9. Façam uma pesquisa a respeito do que é o Vale do Rift.

18 Agentes externos modeladores do relevo: EXÓGENOS Intemperismo - O termo intemperismo é aplicado às alterações físicas e químicas a que estão sujeitas as rochas na superfície da Terra, porém esta alteração ocorre in situ, ou seja, sem deslocamento do material. Este fenômeno é de grande importância para a formação e constante mudança no relevo terrestre, junto com a erosão. Físico – Termal e Mecânico Químico – Oxidação, hidratação e outros

19 Erosão eólica Erosão pluvial Erosão marítima Erosão é a destruição do solo e das rochas e seu transporte, em geral feito pela água da chuva, pelo vento ou, ainda, pela ação do gelo, quando expande o material no qual se infiltra a água congelada. A erosão destrói as estruturas (areias, argilas, óxidos e húmus) que compõem o solo. Estas são transportados para as partes mais baixas dos relevos e em geral vão assorear cursos d'água.

20 Erosão fluvial Erosão antrópica Erosão glacial

21 OBRIGADA A TODOS E TODAS TENHAM UM BOM DIA!!!


Carregar ppt "O ESTUDO DA NATUREZA E SUA IMPORTÂNCIA PARA O HOMEM Deriva Continental."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google