A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A economia vai acabar com o planeta? Valença Abril - 2008 UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL- UNIJUÍ CURSO DE BACHARELADO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A economia vai acabar com o planeta? Valença Abril - 2008 UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL- UNIJUÍ CURSO DE BACHARELADO."— Transcrição da apresentação:

1 A economia vai acabar com o planeta? Valença Abril UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL- UNIJUÍ CURSO DE BACHARELADO EM SOCIOLOGIA TEORIA POLÍTICA -PROFESSOR: Dr. DEJALMA CREMONESE ADEMAR BARRETO

2 Consumismo Nossa geração foi preparada por um sistema que nos faz ignorar as conseqüências ambientais dos nossos atos e objetiva nos tornar consumidores incessantes por bens materiais

3 Consumos exagerados e comportamentos egoísticos configuram um estádio de declínio da qualidade da experiência humana, via degradação ambiental.

4 Problemas ambientais Atualmente, fala-se muito sobre o efeito estufa, o aquecimento global, as mudanças climáticas e suas causas e conseqüências.

5 Homem X Meio ambiente O que também vem sendo atual são as conseqüências reais dos impactos ambientais causados pelo homem...

6 El Niño É um fenômeno que pode afetar o clima regional e global, mudando os padrões de vento a nível mundial, e afetando assim, os regimes de chuva em regiões tropicais e de latitudes médias.

7 La niña La Niña representa um fenômeno oceânico- atmosférico com características opostas ao EL Niño, e que caracteriza-se por um esfriamento anormal nas águas superficiais do Oceano Pacífico Tropical.

8 Desertificação de regiões O termo desertificação tem sido muito utilizado para a perda da capacidade produtiva dos ecossistemas causada pela atividade antrópica.

9 Tsunami O tsunami é uma onda gigante gerada por distúrbios sísmicos, que possui alto poder destrutivo quando chega à região costeira

10 As inundações...Se hoje estragos são imensos e os mortos se contam às centenas, não tardará o dia em que os flagelados e os mortos totalizarão milhões. Somos incapazes de aprender com nossos erros. As advertências sempre mais dramáticas da Natureza de nada valem Lutzenberger. A José

11 Derretimento das geleiras

12 Ano após ano, relatórios e mais relatórios do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC) mostram que algo de errado está acontecendo com o clima do planeta.

13 Aquecimento Global Existem algumas injustiças que envolvem esta questão do aquecimento global, pois as populações que serão mais afetadas pelas mudanças climáticas estão localizadas nas regiões mais pobres que, por sinal, são as menos responsáveis por causar este fenômeno.

14 Os EUA e a Europa respondem por 2/3 dos gases causadores da mudança climática As secas e as inundações, decorrentes do aumento de temperatura, castigarão muito os africanos, inocentes de culpa, do que os ocidentais, vilões históricos do aquecimento global, desde a Revolução Industrial.

15 Interesses políticos e econômicos Ações nacionais têm-se mostrado insuficientes, quando comparadas à gravidade do problema, pois tanto as causas, quanto as conseqüências são globais.

16 Philippe Bovet e Agnes Sinaï advertem que o Estado deve reassumir o seu verdadeiro papel e arbitrar em defesa do bem comum sem atender aos interesses dos lobbies

17 Diante desse contexto, existem perguntas que não querem se calar: O que fazer para melhorar o clima do planeta? Como o capitalismo deve reagir à necessidade de mudanças nos padrões de consumo e produção? Que mundo vamos deixar para nossos filhos e netos?

18 ...e nós como cidadãos o que devemos fazer? É importante ter em mente que a contribuição com o meio ambiente está dentro de nossos lares, de nossos ambientes de trabalho, nas pequenas ações do dia-a-dia...

19 Quanto mais tardia for a conscientização e as atitudes, menores serão as chances de que as ações surtam o efeito desejado.

20

21 Ou construímos uma economia que respeite os limites da Terra ou continuamos com o que está aí até o seu declínio e nos envolvemos em uma tragédia evolutiva.

22 É preciso que se Reconheça os limites naturais da Terra para que se ajuste nossa economia, ou prosseguiremos ampliando cada vez mais até que seja muito tarde

23 O planeta está em nossas mãos...

24 Referências bibliográficas Ambiental:Princípios e práticas. São Paulo: Gaia, A economia vai devorar o planeta? VERSOLATO. Bruno. Atualidades Vestibular – 2º semestre de 2007 CPTEC:disponível em: Acesso em 06 abr. 2008


Carregar ppt "A economia vai acabar com o planeta? Valença Abril - 2008 UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL- UNIJUÍ CURSO DE BACHARELADO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google