A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPIRITA – ESDE Módulo XI – Lei do Progresso Roteiro 1 – Progresso Intelectual e Progresso Moral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPIRITA – ESDE Módulo XI – Lei do Progresso Roteiro 1 – Progresso Intelectual e Progresso Moral."— Transcrição da apresentação:

1 ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPIRITA – ESDE Módulo XI – Lei do Progresso Roteiro 1 – Progresso Intelectual e Progresso Moral

2 A Lei do Progresso é Inevitável O homem não pode conservar-se indefinidamente na ignorância, porque tem de atingir a finalidade que a Providência lhe assinou.

3 (... ) Não somos criações milagrosas, destinadas ao adorno de um paraíso de papelão. Somos filhos de Deus e herdeiros dos séculos, conquistando valores, de experiência em experiência, de milênio a milênio. Não há favoritismo no Templo Universal do Eterno e todas as forças da Criação aperfeiçoam-se no Infinito. A crisálida de consciência, que reside no cristal a rolar na corrente do rio, aí se acha em processo liberatório; as árvores que por vezes se aprumam centenas de anos, a suportar os golpes do inverno e acalentadas pelas carícias da primavera, estão conquistando a memória; a fêmea do tigre, lambendo os filhinhos recém-natos, aprende rudimentos do amor; o símio, guinchando, organiza a faculdade da palavra. Em verdade, Deus criou o mundo, mas nós nos conservamos ainda longe da obra completa. (...) Somos criação do Autor Divino e devemos aperfeiçoar-nos integralmente. O Eterno Pai estabeleceu como lei universal que seja a perfeição obra de cooperativismo entre Ele e nós, os seus filhos. - No Mundo maior, pelo Espírito André Luiz.

4 O que é Progresso? O que é Progresso? É a aspiração pelo melhor, pelo bem; é a prova da existência em nós de um princípio superior, que nos encaminha para destinos mais altos, que nos lança sempre para frente, nos domínios do pensamento e da consciência. O progresso é uma Lei que se realiza independente da vontade do homem. Segundo o Espiritismo, o sentido de Progresso abrange a idéia de Perfeição e Aperfeiçoamento.

5 Como se Processa o Progresso ? O progresso nos Espíritos é o fruto do próprio trabalho; mas, como são livres, trabalham no seu adiantamento com maior ou menor atividade. Enquanto uns avançam rapidamente, entorpecem-se outros perdidos em resultados materiais sem conhecimento da sua imortalidade. Meios de Aprendizado O homem tem que progredir, porém isolado, não lhe é possível por não dispor de todas as faculdades. Através da convivência ele aprende com a experiência do outro, auxiliando-se mutuamente.

6 A Gênese Cap. III, itens 112 a 119 As almas são criadas simples e ignorantes, isto é, sem ciência e sem conhecimento do bem e do mal, mas com igual aptidão para tudo. A princípio, encontram-se numa espécie de infância, sem vontade própria e sem consciência perfeita de sua existência. Pouco a pouco o livre-arbítrio se desenvolve. A desigualdade das almas em sua origem seria a negação da justiça de Deus. As almas mais adiantadas em inteligência e moralidade são as que têm vivido mais e alcançado maior progresso. O ensino dos Espíritos e o estudo dos diferentes graus de adiantamento do homem provam que o progresso anterior da alma efetuou-se em uma série de existências corporais, mais ou menos numerosas.

7 No momento de nascer, o estado intelectual e moral do Espírito reencarnante é o que tinha antes da união ao corpo; mas, em razão da perturbação que acompanha a mudança de estado, suas idéias se acham momentaneamente em estado latente. As idéias inatas são o resultado de conhecimentos adquiridos em existências anteriores, que se conservaram no estado de intuição, para servirem de base à aquisição de outras novas. O homem de gênio é a encarnação de um Espírito adiantado que muito houvera já progredido. A educação pode fornecer a instrução que falta, mas não o gênio, quando este não exista.

8 776 - O estado natural e a lei natural são a mesma coisa? – Não. O estado natural é o estado primitivo. A civilização é incompatível com o estado natural, enquanto a lei natural contribui para o progresso da humanidade. O estado natural é a infância da humanidade, é o ponto de partida de seu desenvolvimento intelectual e moral. O homem, tendendo à perfeição e tendo em si o germe de seu aperfeiçoamento, não está destinado a viver perpetuamente no estado natural, como não foi destinado a viver perpetuamente na infância. O estado natural é transitório, o homem liberta-se dele pelo progresso e pela civilização. A lei natural, ao contrário, rege a humanidade inteira e o homem se aperfeiçoa à medida que melhor compreende e pratica essa lei.

9 783 - O aperfeiçoamento da humanidade segue sempre uma marcha progressiva e lenta? – Há o progresso regular e lento que resulta da força das coisas; mas quando um povo não avança rápido o suficiente a Providência provoca, de tempos em tempos, um abalo físico ou moral que o transforma. O homem não pode permanecer perpetuamente na ignorância, porque tem de atingir o objetivo marcado pela Providência; ele se esclarece pela força das coisas. As revoluções morais, como as sociais, se infiltram pouco a pouco nas idéias, germinam durante séculos, explodem de repente e fazem desabar o edifício apodrecido do passado, que não está mais em harmonia com as novas necessidades e aspirações.

10 Muitas vezes, o homem percebe nessas transformações apenas a desordem e a confusão momentâneas que atingem seus interesses materiais. Porém, aquele que eleva o pensamento acima dos interesses pessoais admira os desígnios da Providência, que do mal faz surgir o bem. É a tempestade e a agitação que purificam a atmosfera após a perturbação.

11 778 - O homem pode regredir para o estado natural? – Não; o homem deve progredir sempre e não pode retornar à infância. Se progredir, é porque Deus assim quer; pensar que possa regredir à sua condição primitiva seria negar a lei do progresso O homem traz em si o impulso de progredir ou o progresso é apenas fruto de um ensinamento? – O homem se desenvolve naturalmente, mas nem todos progridem ao mesmo tempo e do mesmo modo; é assim que os mais avançados ajudam pelo contato social o progresso dos outros.

12 Para cada nova existência de permeio à matéria, entra o Espírito com o cabedal adquirido nas anteriores, em aptidões, conhecimentos intuitivos, inteligência e moralidade. Cada existência é assim um passo avante no caminho do progresso. É importante considerar também que o [...] Espírito progride igualmente na erraticidade, adquirindo conhecimentos especiais que Não poderia obter na Terra [como encarnado] [...]. O estado corporal e o Espiritual constituem a fonte de dois gêneros de progresso, pelos quais o Espírito tem de passar alternadamente, nas existências peculiares a cada um dos dois mundos.

13 Existem dois tipos de Progresso Eles não marcham lado a lado!

14 Há duas espécies de progresso, que uma a outra se prestam mútuo apoio, mas que, no entanto, não marcham lado a lado: o progresso intelectual e o progresso moral. Entre os povos civilizados, o primeiro tem recebido, no correr deste século, todos os incentivos. Por isso mesmo atingiu um grau a que ainda não chegara antes da época atual. Muito falta para que o segundo se ache no mesmo nível. Entretanto, comparando-se os costumes sociais de hoje com os de alguns séculos atrás, só um cego negaria o processo realizado.

15 Na verdade, o atual progresso alcançado pela humanidade representa um esforço evolutivo de milênios. Da sensação à irritabilidade, da irritabilidade ao instinto, do instinto à inteligência e da inteligência ao discernimento, séculos e séculos correram incessantes. A evolução é fruto do tempo infinito. Outro ponto importante, merecedor de destaque, é que o progresso, moral ou intelectual, é sempre cumulativo.

16 O que é Moral ? Moral é uma palavra de origem latina, que provém do costume termo moris costume. Trata-se de um conjunto de crenças, costumes, valores e normas de uma pessoa ou de um grupo social, que funciona como um guia para agir. A moral orienta relativamente às ações que são corretas (boas ou positivas) e aquelas que são incorretas (más ou negativas).

17 780 - a. Como o progresso intelectual pode conduzir ao progresso moral? " Tornando compreensíveis o bem e o mal: o homem pode, então, escolher. O desenvolvimento do livre-arbítrio acompanha o da inteligência e aumenta a responsabilidade pelos atos." b. Por que os povos mais esclarecidos são, muitas vezes, os mais pervertidos? – O progresso completo é a meta; mas os povos, como os indivíduos, o alcançam apenas passo a passo. Enquanto o sentido moral não estiver plenamente desenvolvido, eles se servem de sua inteligência para fazer o mal. O moral e a inteligência são duas forças que se equilibram apenas com o tempo.

18 785 - Qual é o maior obstáculo ao progresso? – O orgulho e o egoísmo; quero falar do progresso moral, uma vez que o progresso intelectual avança sempre e parece, aliás, à primeira vista, dar ao egoísmo e ao orgulho força duplicada ao desenvolver a ambição e o amor às riquezas, que, por sua vez, estimulam o homem às pesquisas que esclarecem seu Espírito. É assim que tudo se relaciona no mundo moral como no físico e que do próprio mal pode sair o bem; mas essa situação não durará muito tempo, mudará à medida que o homem compreender melhor que além dos prazeres terrestres há uma felicidade infinitamente mais durável.

19 Devemos entender que, na essência, não existem obstáculos ao Progresso intelectual, conforme nos ensina a Doutrina Espírita. O mesmo, porém, não Se dá com o progresso moral. O maior obstáculo ao progresso moral são o orgulho e o egoísmo, porquanto o Intelectual se efetua sempre. À primeira vista, parece mesmo que o progresso Intelectual reduplica a atividade daqueles vícios, desenvolvendo a ambição e o gosto das riquezas, que, a seu turno, incitam o homem a empreender pesquisas que lhe esclarecem o Espírito. Assim é que tudo se prende, no mundo moral, como no mundo físico, e que do próprio mal pode nascer o bem. Curta, porém, é a duração desse estado de coisas, que mudará à proporção que o homem compreender melhor que, além da que o gozo dos bens terrenos proporciona, uma felicidade existe maior e infinitamente mais duradoura.

20 O orgulho e o egoísmo, assim como todas as demais imperfeições capazes de retardar a marcha evolutiva da Humanidade, chegarão um dia ao seu término, pois Deus reserva ao ser humano um venturoso estado de plenitude espiritual. Entretanto, por ora, enquanto nos encontramos no processo evolutivo que a lei do progresso faculta. [...] a suprema felicidade só é compartilhada pelos Espíritos perfeitos, ou, por outra, pelos puros Espíritos, que não a conseguem senão depois de haverem progredido em inteligência e moralidade.

21 Nesse sentido, a encarnação é necessária ao duplo progresso moral e intelectual do Espírito: ao progresso intelectual, pela atividade obrigatória do trabalho; ao progresso moral, pela necessidade recíproca dos homens entre si. A vida social é a pedra de toque das boas ou más qualidades. A bondade, a maldade, a doçura, a violência, a benevolência, a caridade, o egoísmo, a avareza, o orgulho, a humildade, a sinceridade, a franqueza, a lealdade, a má-fé, a hipocrisia, em uma palavra, Tudo o que constitui o homem de bem ou o perverso tem por móvel, por alvo e por estímulo as relações do homem com os seus semelhantes.

22 204 – A alma humana poder-se-á elevar para Deus, tão somente com o progresso moral, sem os valores intelectivos? O sentimento e a sabedoria são as duas asas com que a alma se elevará para a perfeição infinita. No círculo acanhado do orbe terrestre, ambos são classificados como adiantamento moral e adiantamento intelectual, mas, como estamos examinando os valores propriamente do mundo, em particular, devemos reconhecer que ambos são imprescindíveis ao progresso, sendo justo, porém, considerar a superioridade do primeiro sobre o segundo, porquanto a parte intelectual sem a moral pode oferecer numerosas perspectivas de queda, na repetição das experiências, enquanto que o avanço moral jamais será excessivo, representando o núcleo mais importante das energias evolutivas. O Consolador – pelo Espírito Emmanuel

23 O progresso material de um planeta acompanha o progresso moral de seus habitantes. Sendo incessante, a criação dos mundos e dos Espíritos e progredindo estes mais ou menos rapidamente, conforme o uso que façam do livre arbítrio, segue-se que há mundos mais ou menos antigos, em graus diversos de adiantamento físico e moral, onde é mais ou menos material a encarnação e onde, por conseguinte, o trabalho, para os Espíritos, é mais ou menos rude. Deste ponto de vista, a Terra é um dos menos adiantados. Povoada de Espíritos relativamente inferiores, a vida corpórea é aí mais penosa do que noutros orbes, havendo os também mais atrasados, onde a existência é ainda mais penosa do que na Terra e em confronto com os quais esta seria, relativamente, um mundo ditoso.

24 Quando, em um mundo, os Espíritos hão realizado a soma de progresso que o estado desse mundo comporta, deixam-no para encarnar em outro mais adiantado, onde adquiram novos conhecimentos e assim por diante, até que, não lhes sendo mais de proveito algum a encarnação cm corpos materiais, passam a viver exclusivamente da vida espiritual, na qual continuam a progredir, mas noutro sentido e por outros suprema felicidade. A humanidade progride pelos indivíduos que se aperfeiçoam e se esclarecem. De tempos em tempos, surgem os gênios, homens com autoridade, instrumentos que fazem avançar alguns séculos.

25 Análise da questão O Livro dos Espíritos A lei de Progresso se manifesta sob duas formas: o progresso intelectual e o progresso moral. O progresso moral nem sempre acompanha o progresso intelectual. Pode acontecer que o adiantamento intelectual promova a melhoria moral, desde que o homem tenha compreensão do bem e do mal. Essa compreensão favorece o desenvolvimento do livre-arbítrio, permitindo que as pessoas façam escolhas mais responsáveis e, conseqüentemente, mais acertadas. A existência de povos ou pessoas instruídas, mas pervertidas, indica que lhes faltam o desenvolvimento do senso moral que, cedo ou tarde, virá. O progresso completo constitui o objetivo. O moral e a inteligência são duas forças que só com o tempo chegam a equilibrar


Carregar ppt "ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPIRITA – ESDE Módulo XI – Lei do Progresso Roteiro 1 – Progresso Intelectual e Progresso Moral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google