A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 3 4 Bibliografia O Evangelho Segundo o Espiritismo – OESE – Allan Kardec O Livro dos Espíritos – OLE – Allan Kardec O Livro dos Médiuns – LM –

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 3 4 Bibliografia O Evangelho Segundo o Espiritismo – OESE – Allan Kardec O Livro dos Espíritos – OLE – Allan Kardec O Livro dos Médiuns – LM –"— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2

3 3

4 4 Bibliografia O Evangelho Segundo o Espiritismo – OESE – Allan Kardec O Livro dos Espíritos – OLE – Allan Kardec O Livro dos Médiuns – LM – Allan Kardec Escutando Sentimentos – ES – Wanderley de Oliveira (Ermance Dufaux A Bíblia Sagrada – BS – Vinha de Luz – VL – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) Caminho, Verdade e Vida – CVV – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) Fonte Viva – FV – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) Pão Nosso – PN – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) Palavras de Vida Eterna – PVE – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) Nas Pegadas do Mestre – NPM – Vinícius O Consolador – OC – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) O Espírito da Verdade – OEV – Francisco Cândido Xavier (Emmanuel) Depois da Morte – DM – Léon Denis Na Seara do Mestre – NSM – Vinícius São Francisco – SF – João Nunes Maia (Miramez) Libertação – L – Francisco Cândido Xavier (André Luizl) Meditações – M – Dora Incontri – J.H. Pestalozzi

5 5 O que é Fé? Por que precisamos ter Fé? Para que serve a Fé? O que a Fé desenvolve em nós? Quando a Fé é necessária? Como a Fé opera? Com o que a Fé se parece? O que é Fé raciocinada? Os dois cegos – Mateus 9: 28 Expectativas

6 6 Exodo: 15 Depois de atravessar o Mar Vermelho e o deserto de Sur, Moisés e o povo hebreu... caminharam 3 dias no deserto.

7 7 Exodo: 15, Clamou Moisés e Deus mostrou-lhe uma árvore, a qual foi lançada nas águas e elas se tornaram doces. As amarguras depuram e purificam o Espírito Na aflição e na angústia é que mais esplende a Fé Não podiam matar a sede, pois as águas eram AMARGAS

8 8 OLE – item 920 O homem pode gozar na Terra uma felicidade completa? Não. A vida lhe FOI DADA como prova e expiação. MAS Dele, depende a suavização de seus males e o ser tão feliz quanto possível na Terra.Dele, depende a suavização de seus males e o ser tão feliz quanto possível na Terra. Livro IV – Esperanças e Consolações Cap. I – Penas e Gozos Terrenos:

9 9 OLE – item 922 – 715/716 Para a vida material, Para a vida moral, Qual o limite do necessário? O sensato o conhece por intuição Livro IV – Esperanças e Consolações – Cap. I – Penas e Gozos Terrenos: Haverá alguma medida para a felicidade? a posse do necessário. a consciência pura e a Fé no futuro. e muitos à custa de suas próprias experiências, dependendo da insaciabilidade e dos vícios.

10 O Homem prudente edifica a sua casa sobre a rocha O Homem prudente edifica a sua casa sobre a rocha 10 Mateus, 7: 24 dois fundamentos/ 5:16 sal da terra e a luz do mundo Ouve as minhas palavras e as põe em prática.Ouve as minhas palavras e as põe em prática. Sensato - prudente

11

12 12 Onde fala a inteligência, onde se manifesta a vontade, onde vibra o sentimento. Crer em Deus é crer na Vida, no testemunho positivo, concreto e real do Universo. NSM – 56 - Vinícius Crer na sublimidade da Vida. Na consagração do Bem e na felicidade do Próximo. Crer em Jesus é crer no Enviado de Deus. Aprender a Verdade. Perceber e Sentir o Amor! Crer na imortalidade comprovada – ressurreição. Na vida que nos cerca e palpita em nosso eu.

13 Tudo é possível àquele que crê 13 NSM – Vinícius Crer não é aceitar. O crer leva à reforma e à transformação contínua. Aceitar é ato da vontade. A razão guia a inteligência, é escudo da vontade, reguladora do sentimento Crer é perceber, sentir a realidade. É função do raciocínio. Ato de assimilação consciente.

14 14 Razão e Fé Religião e Ciência NSM – Vinícius Fortalece o materialismo. Fomenta superstições e fanatismo. Como sabemos que a razão é falha? A Fé cega se baseia na autoridade alheia. Forças antagônicas. Divórcio. HARMONIACOLABORAÇÃO Pela própria razão! A Fé lúcida deve ser apoiada e alicerçada na razão.

15 15 Fé é a dedução do que não conhecemos através do que conhecemos. NSM – Vinícius Fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem (Hebreus: 11,1)

16

17 17 Para penetrar a realidade deve ser bafejada pelo sentimento elevado e bom. Atributo divino na criatura humana, instrumento dado pela Divindade, para que ela possa construir seu pensar e conhecer a realidade inteligível. M – Dora Incontri - Pestalozzi - pag. 64 A razão germina no ser, mas precisa brotar ao influxo da lei evolutiva para se tornar sólida e eficaz.

18 18 A razão conhece, mas o coração também conhece Contaminada pela inveja, pelo ódio, pela perfídia ou qualquer tendência maléfica Apreende verdades pela metade, enxerga a realidade com refrações. Doenças da alma cultivadas pelo homem M – Dora Incontri - Pestalozzi - pag. 64

19 19 Molda-se na sobriedade, na transparência, na clareza Iluminada pela retidão moral torna-se mais precisa e aguda. Com o progresso coletivo vai-se despojando dos: entraves da superstição, entraves da superstição, dos desejos de misticismo desenfreado, dos desejos de misticismo desenfreado, dos ímpetos de mistério sem nexo. dos ímpetos de mistério sem nexo. M – Dora Incontri - Pestalozzi - pag. 65

20 20 Vontade Sentimento Inteligência F é e R a z ão F é e R a z ã o NSM – Vinícius

21 21 NSM – Vinícius

22 Leis Morais

23 23 Sociedade Reprodução Divina ou Natural Igualdade Adoração Liberdade Trabalho Destruição Progresso Conservação Leis Morais Justiça, Amor e Caridade OLE – Livro terceiro – pag.246

24 24 Lei de Deus. É eterna e imutável É eterna e imutável Todos podem conhecê-la. OLE – pag. 246 A lei de Deus está escrita na CONSCIÊNCIA Única necessária à felicidade do homem A moral é a regra da boa conduta. Distinção entre o bem e o mal Divina ou Natural Todos a Compreendem? Mal também é o bem que se deixou de fazer. O homem a esquece e a despreza. Daí anecessidade que ela lhe seja lembrada! Daí a necessidade que ela lhe seja lembrada!

25 25 É sentimento inato. Consciência da fraqueza diante do Ser Superior. OLE – pag. 255 Pela prece podemos louvar, pedir, agradecer É a elevação do pensamento a Deus Prece agradável a Deus: Adoração FéFervorSinceridade

26 26 Só o necessário é útil. O supérfluo jamais. O homem necessita aprender a contentar-se. OLE – pag. 273 O gozo dos bens materiais: cumprir missão e provar na tentação. cumprir missão e provar na tentação. A vida é necessária ao aperfeiçoamento dos seres. Buscai e achareis Procurar com ardor e perseverança Conservação Objetivo da tentação? Desenvolver a razão Preservar dos excessos.

27 27 No isolamento o homem se embrutece Quando há satisfação? OLE – pag. 289 O voto de silêncio ou de isolamento priva o homem das relações sociais.. A palavra e outras faculdades são para facilitar a vida de relação. Além das necessidades físicas há as necessidades de progresso. Sociedade Puro egoísmo

28 28 Qual o maior obstáculo ao progresso moral? OLE – pag. 292 Pela bondade, Deus deixa aos homens o mérito do convencimento pela razão. Pela bondade, Deus deixa aos homens o mérito do convencimento pela razão. Povo civilizado Costumes morais > materiais Liberdade – bondade Boa fé – benevolência Generosidade Preconceitos menos enraizados Justiça mínimo parcialidade Crenças e opiniões respeitadas Segurança de não faltar o necessário Progresso Orgulho e egoísmo A moral e a inteligência são duas forças que não se equilibram senão com o tempo.

29 29 Livre arbítrio Liberdade de pensar Liberdade de agir Vontade de agir Vontade de resistir OLE – pag. 309 Não nos deixeis cair tem tentação, mas livrai-nos do mal. Jesus Havendo dois homens juntos haverá direitos a respeitar. Cabe a educação combater as más tendências Liberdade Como modificar o curso das tendências? Pela prudência, doçura e persuasão

30 30 OLE – pag. 324 Querer para os outros o que quereis para vós mesmos. Jesus O progresso moral desenvolve esse sentimento. Caridade Benevolência para com todos Indulgência para com as imperfeições alheias Perdão das ofensas Justiça, Amor e Caridade Injustiça trás revolta Mistura paixão ao julgamento Justiça: respeito aos direitos de cada um Mas não o dá!

31 31 MSF-39 O mundo está repleto de cultura, cultura no ensino, cultura na técnica, cultura na opinião. mas o ouro não resolve o problema da MISÉRIA. O mundo está repleto de ouro. No solo, no mar. Ouro nos cofres,O mundo está repleto de ouro. No solo, no mar. Ouro nos cofres, Mas a cultura da inteligência não resolve o problema do EGOÍSMO.

32 32 MSF-39 O mundo está repleto de teorias, teorias na ciência, teoria nas escolas filosóficas, teoria nas religiões. Mas as teorias não resolvem o problema do DESESPERO. Bezerra de Menezes

33

34 ACEITAMOS a vida como ela é? 34 E.S Como anda o nosso nível de DESÂNIMO? Como anda o nosso nível de DESÂNIMO? Com o que e com quem estamos INCONFORMADOS? Com o que e com quem estamos INCONFORMADOS? Com que frequência recebemos a visita da ANGÚSTIA? Com que frequência recebemos a visita da ANGÚSTIA? Quanto nos contentamos em ouvir que estamos com CANSAÇO? Quanto nos contentamos em ouvir que estamos com CANSAÇO? Depressão

35 35 Depressões Primárias RISM / OESE – pag.34 Aflição antecipada com perdas Neurose de apego Medo de frustação Neurose de perfeccionismo Desgaste energético pelo esforço para manter controle Neurose de domínio Extrema resistência com a auto-aceitação Neurose de vergonha Formas sutis de autopunição Neurose de culpa Nítida sensação de que o esforço de melhora é infrutífero Neurose de ansiedade Acentuada suscetibilidade nos fatos corriqueiros Neurose de autopiedade Surgimento imprevisto e sem razões de preocupações Neurose de martírio Amar mais o corpo que a alma Neurose de narciso Depressões Primárias

36 36 Receituário Oportuno contra Depressão E.S ACREDITAR que MERECEM a Felicidade. ACREDITAR que MERECEM a Felicidade. Parar de encontrar MOTIVOS EXTERNOS para suas dores, descobrindo-lhes as causas íntimas. Parar de encontrar MOTIVOS EXTERNOS para suas dores, descobrindo-lhes as causas íntimas. PARAR DE PENSAR em felicidade para depois da MORTE E VIVER A VIDA o mais feliz possível. PARAR DE PENSAR em felicidade para depois da MORTE E VIVER A VIDA o mais feliz possível. Ingerir com frequência:

37 37 Mateus: 6, 22 / 25 / 21 / 33...se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz......Não estejais ansiosos quanto à vossa vida... buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça... Onde estiver o vosso tesouro, aí estará o vosso coração

38 38 A Fé que transporta MONTANHAS. (OESE – cap. XIX)A Fé que transporta MONTANHAS. (OESE – cap. XIX) Dificuldades Dificuldades Resistências. Resistências. A má vontade. A má vontade. Preconceitos da rotina. Preconceitos da rotina. Interesse material. Interesse material. Egoísmo. Egoísmo. A cegueira do fanatismo. A cegueira do fanatismo. As paixões orgulhosas. As paixões orgulhosas. Guardar-se de confundir Fé com presunção OESE – pag. 243 / 246 Para crer, não basta ver, é necessário compreender. Misticismo

39 Produz Incerteza Incerteza Hesitação Hesitação Presunção (orgulho) Presunção (orgulho) Fúria Fúria Violência Violência 39 A Fé que transporta montanhas. (OESE – cap. XIX)A Fé que transporta montanhas. (OESE – cap. XIX) OESE – pag. 244 Confiança depositada na realização de determinada coisa. A certeza de atingir um objetivo Vacilante Robusta Confere: Perseverança Perseverança Energia Energia Recursos Recursos Calma Calma Paciência Paciência Compreensão Compreensão

40 40 OESE – cap. XIX – pag. 244 O poder da fé tem aplicação direta e especial na ação magnética. O homem age sobre o fluído, agente universal, modificando-lhe as qualidades. A Fé ardente operando com vontade dirigida para o bem, agindo sobre o fluído realiza estranhos fenômenos, que não passam de consequências de uma lei natural. Não conseguistes curar o menino lunático por causa da vossa pouca fé. JesusNão conseguistes curar o menino lunático por causa da vossa pouca fé. Jesus

41 41 Compreensão Trabalho Fé x Amar a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmos. Jesus Fé inabalável só é a que pode encarar de frente a razão em todas as épocas da humanidade Kardec Confiança O homem prudente contrói a sua casa sobre a rocha... Jesus A Fé sem obras é morta. Tiago

42 42 OESE – pg Oração pelos inimigos Pai, perdoai-os porque não sabem o que fazem A Coragem da Fé Oração pelos inimigos Daí-nos a força de suportar com paciência e resignação, como provas para a nossa fé e a nossa humildade, as zombarias, as injúrias, as calúnias e as perseguições. Seja feita a Vossa Santa vontade.

43 43 OESE – pg 286 Mateus, X: Todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus; A Coragem da Fé o que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai Jesus

44 44 Bem Aventurados os Pobres de Espírito Algozes da incredulidade: Autosuficiência Autosuficiência Falta de compreensão Falta de compreensão Orgulho Orgulho Revolta Revolta Superioridade SuperioridadeVirtudes: Simplicidade de coração Simplicidade de coração Humildade de espírito Humildade de espírito OESE – pg 105 Todo aquele que se humilhar e se fizer como este menino, esse será o maior no Reino dos Céus. Jesus

45 45 Reencarnação Armazenamos força suficiente para esquecer os males? Fortalecemos o ânimo a fim de examinarmos as necessidades? Fortalecemos o ânimo a fim de examinarmos as necessidades? Aprendemos a servir até o sacrifício pessoal da cruz da incompreensão humana? Aprendemos a servir até o sacrifício pessoal da cruz da incompreensão humana? Que obras já efetuamos que justifiquem rogativa de colaboração? Que obras já efetuamos que justifiquem rogativa de colaboração? Com quem contamos para vencer as experiências futuras? Com quem contamos para vencer as experiências futuras? Já auxiliamos os companheiros de caminho evolutivo? Já auxiliamos os companheiros de caminho evolutivo? Reconhecemos nossos erros para aceitar a retificação? Que amigos beneficiamos para pedir-lhes a ternura e o sacrifício da paternidade e da maternidade, em nosso favor? Que amigos beneficiamos para pedir-lhes a ternura e o sacrifício da paternidade e da maternidade, em nosso favor? MatildeLibertação - 231

46 46 Libertação Ofendemos e fomos ofendidos Ofendemos e fomos ofendidos Amamos e odiamos Amamos e odiamos Acertamos e erramos Acertamos e erramos Resgatamos débitos e contraímos dívidas Resgatamos débitos e contraímos dívidas Armazenamos bastante serenidade e entendimento no coração, de modo a não nos intoxicarmos, no plano físico, sob o bombardeio sutil dos raios da cólera, a inveja ou do ciúme nefasto?Armazenamos bastante serenidade e entendimento no coração, de modo a não nos intoxicarmos, no plano físico, sob o bombardeio sutil dos raios da cólera, a inveja ou do ciúme nefasto? Já respiramos centenas de formas, atravessamos climas diversos. Reencarnação Matilde

47 47 Libertação Cada Espírito segue sózinho no círculo dos próprios pensamentos. Cada criatura encarnada permanece só, no reino de si mesma. A vida não pode resumir-se a mero sonho, como se a reencarnação constituísse simples processo de anestesia da alma.A vida não pode resumir-se a mero sonho, como se a reencarnação constituísse simples processo de anestesia da alma. Reencarnação Faz-se indispensável muita fé e suficiente coragem para marcharmos vitoriosamente, sob o invisível madeiro redentor que nos aperfeiçoa a vida, até o Calvário da suprema ressurreição Matilde

48 48 Chico - Emmanuel

49 49 Bem aventurados os vossos olhos porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem Jesus - (Mateus, 13:16)

50 50...esquecendo-me das coisas que atrás ficam, avanço para as que se encontram diante de mim. – Paulo - (Filipenses, 3:13)...esquecendo-me das coisas que atrás ficam, avanço para as que se encontram diante de mim. – Paulo - (Filipenses, 3:13) Defrontamos com irmãos que se aquietaram à sombra da improdutividade, declarando- se acidentados por desastres espirituais. Chora a perda de parente Chora a perda de parente Expectativa de emprego rico. Expectativa de emprego rico. Queixa de familiares incompreensivos. Queixa de familiares incompreensivos. Se escandaliza com os defeitos do próximo. Se escandaliza com os defeitos do próximo. FV – pg. 115 – Avancemos Centralizemos nossas energias em Jesus e caminhemos para diante. Ninguém progride sem renovar-se

51 51 Se alguém quer vir após mim, negue a si mesmo, tome cada dia a sua cruz e siga-me. – Jesus - (Lucas, 9:23) Não desconhecia Jesus que somos portadores de cicatrizes e aflições, dívidas e defeitos muitas vezes escabrosos. Há muita diferença entre seguir ao Cristo e seguir aos cristãos. Há muita diferença entre seguir ao Cristo e seguir aos cristãos. PVE – pg. 43 – No Roteiro da Fé Lamentamos os fracassos e desilusões, em matéria de fé, por não acatarmos o conselho de Jesus.

52 52 Mas os cuidados deste mundo, os enganos das riquezas e as ambições doutras coisas, entrando, sufocam a palavra, que fica infrutífera. – Jesus - (Marcos, 4:19) Estacadas, adubos, vigilância, todos os fatores de preservação devem ser postos em movimento, para que o vegetal precioso atinja os fins a que se destina Fé doada é equívoco lamentável. Fé doada é equívoco lamentável. É construção do mundo interior. É construção do mundo interior. O coração humano é receptivo, tanto quanto a terra. O coração humano é receptivo, tanto quanto a terra. VL – pg. 91 – Fé Há perigos sutis contra ela: tóxicos dos maus livros, opiniões ociosas, discussões excitantes, hábito de analisar os outros antes do auto exame.

53 53 Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. – (Tiago, 2:17)Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. – (Tiago, 2:17) Recebes uma gota de revelação espiritual, no imo do ser... Procure de imediato o posto de serviço, em favor do progresso comum. Motor precioso sem utilidade. Motor precioso sem utilidade. Fonte sem fertilizar o campo. Fonte sem fertilizar o campo. Luz que não se irradia. Luz que não se irradia. FV – pg. 93 –Fé Inoperante Guardar o êxtase religioso no coração sem atividade nas obras a serviço da caridade e da educação será conservar na terra viva do sentimento um ídolo morto...

54 54 Todo que escuta as minhas palavras e as pratica, é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha. – Jesus - (Mateus, 7:24)Todo que escuta as minhas palavras e as pratica, é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha. – Jesus - (Mateus, 7:24) É imprescindível que as soluções de todos os problemas do dia ou da ocasião devam ser processadas dentro das bases cristãs. A palavra é indispensável. A palavra é indispensável. O silêncio tem sublime valor. O silêncio tem sublime valor. A ponderação deve nortear o destino. A ponderação deve nortear o destino. PN – pg. 29 – Homens de Fé O conteúdo espiritual das lições de Jesus devem fazer parte do trabalho de aplicação no esforço diário.

55 55 E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se e foi ter com Jesus. – (Marcos, 10:50)E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se e foi ter com Jesus. – (Marcos, 10:50) Desejas sinceramente a aproximação de Jesus, para recepção dos benefícios duradouros, lance fora de ti a capa do mundo transitório e apresenta-te ao Senhor tal qual és. Intangibilidade dos títulos efêmeros. Intangibilidade dos títulos efêmeros. Exagerada noção de sofrimento Exagerada noção de sofrimento CVV – pg Capas Nada peças ao Senhor com exigências ou alegações descabidas.

56 56

57 57 Samba da Bênção – Vinicius de Moraes / Baden Powell É melhor ser alegre que ser triste. É melhor ser alegre que ser triste. É assim como a LUZ do CORAÇÃO É assim como a LUZ do CORAÇÃO ALEGRIA é a melhor coisa que existe. Mas para fazer samba com beleza é preciso um bocado de tristeza. A tristeza tem sempre uma ESPERANÇA A vida é pra valer A vida é pra valer A vida não é brincadeira não A vida é a arte do encontro embora haja tanto desencontro pela vida. Ponha um pouco de AMOR na sua VIDA O bom samba é em forma de ORAÇÃO. O bom samba é em forma de ORAÇÃO.

58 58

59 59 O Consolador – pg. 135 Que trabalho deveria ser realizado para que o homem adquira iluminação de si mesmo? Fé O Evangelho é o roteiro. De sua aplicação decorre a luz do espírito.

60 60 O Consolador – pg. 138 Como iniciar o trabalho de iluminação da nossa própria alma? Fé O esforço individual deve começar: Auto domínio Auto domínio Disciplina dos sentimentos egoísticos e inferiores Disciplina dos sentimentos egoísticos e inferiores Trabalho silencioso para exterminar as paixões Trabalho silencioso para exterminar as paixões

61 61 A Fé é filha do Amor NPM – pag. 50 Desperta os sentimentos. Desperta os sentimentos. Revigora a vontade. Revigora a vontade. Sustenta a razão. Sustenta a razão. Purifica a mente. Purifica a mente. A Fé é Força, é Ativa

62 62 BS – João: 20,24 "Vem, apalpa-me e verifica se sou eu mesmo; um fantasma não tem carne nem ossos como eu tenho". - Jesus Tomé, emocionado e confuso, cai de joelhos em terra, dizendo: Meu Senhor! e meu Deus! E Jesus acrescenta: "Agora crês, porque viste? Bem aventurados os que não viram e creram."Tomé, emocionado e confuso, cai de joelhos em terra, dizendo: Meu Senhor! e meu Deus! E Jesus acrescenta: "Agora crês, porque viste? Bem aventurados os que não viram e creram." Só acreditarei vendo e tocando o seu corpo" - Tomé Fé Oitos dias depois

63 63 O Consolador – pg. 120 Razão Com a insânia da razão: permanecemos na guerra permanecemos na guerra mobilizamos o conhecimento para o morticínio mobilizamos o conhecimento para o morticínio pregamos a paz fabricando armas pregamos a paz fabricando armas Solucionamos os problemas sociais construindo cadeias e prostíbulos Solucionamos os problemas sociais construindo cadeias e prostíbulos A razão sem o sentimento é fria e implacável como os números."A razão sem o sentimento é fria e implacável como os números." Os números são fatores de observação e catalogação da atividade, mas nunca criaram a vida."

64 64 O Consolador – pg. 213 Há obsessores terríveis do homem: Assédio de forças inferiores. Fé Emmanuel recomenda: Orgulho Orgulho Vaidade Vaidade Preguiça Preguiça Avareza Avareza Ignorância Ignorância Má vontade Má vontade Consultar primeiro o próprio coração!

65 65 O Consolador – pg. 213 Contra os elementos destruidores Fé Boa Vontade Boa Vontade Trabalho Trabalho Esforço Esforço Fé Fé Faz-se preciso um novo gênero de preces:

66 66 O Consolador – pg. 199 As revelações divinas virão naturalmente depois de resolvida a nossa situação a nossa situação de devedor ante os nossos semelhantes os nossos semelhantes

67 67 O Consolador – pg. 135 No turbilhão das tarefas de cada dia: Fé Nas tentações de poder, de fortuna e inteligência Eu sou o Caminho, a Verdade, e a Vida Jesus Eu sou o Caminho, a Verdade, e a Vida Jesus Ninguém pode ir ao Pai senão por mim Jesus Ninguém pode ir ao Pai senão por mim Jesus Tocados pelo sopro frio da adversidade e da dor, sobrecarregados de trabalhos do mundo Quem deseje encontrar o Reino de Deus tome a sua cruz e siga os meus passos Jesus Quem deseje encontrar o Reino de Deus tome a sua cruz e siga os meus passos Jesus

68 68 Como anda a nossa Fé São Francisco – João Nunes Maia – Miramez Se estás triste, busca de novo o teu íntimo e verás que escapuliu, sorrateiramente, a tua fé.. Se estás triste, busca de novo o teu íntimo e verás que escapuliu, sorrateiramente, a tua fé.. Se sentes, por momentos que seja, ódio de alguém, certamente que a tua fé faltou. Se sentes, por momentos que seja, ódio de alguém, certamente que a tua fé faltou. Se falas mal de alguém, é certo que a fé não se fez presente em teu coração Se falas mal de alguém, é certo que a fé não se fez presente em teu coração Se esqueces o amor ao próximo é, pois a fé que te faltou nas entranhas do ser. Se esqueces o amor ao próximo é, pois a fé que te faltou nas entranhas do ser.

69 69 Como anda a nossa Fé Se tu deixas passar despercebida a caridade, o que dizer da fé? Se tu deixas passar despercebida a caridade, o que dizer da fé? Se foste enredado pela ignorância, desfazendo-te das qualidades alheias, podes verificar que a tua fé está escondida nas dobras do ciúme. Se foste enredado pela ignorância, desfazendo-te das qualidades alheias, podes verificar que a tua fé está escondida nas dobras do ciúme. Se não respeitas os direitos alheios, certo é que esqueceste a fé. Se não respeitas os direitos alheios, certo é que esqueceste a fé. Se não te lembras do Amor, nessas feições mais simples da vida, é porque te faltou a presença da fé. São Francisco – João Nunes Maia – Miramez

70 70 Tenhamos Fé no Futuro Peralva Ausência do ÓDIO que provoca a GUERRA Ausência do ÓDIO que provoca a GUERRA Ausência do ORGULHO que favorece a PREPOTÊNCIA Ausência do ORGULHO que favorece a PREPOTÊNCIA Ausência do CIÚME que acende o fogo do DESESPERO Ausência do CIÚME que acende o fogo do DESESPERO Ausência da INVEJA que estimula a DISCÓRDIA Ausência da INVEJA que estimula a DISCÓRDIA Ausência da AMBIÇÃO que abre caminho à LOUCURA Ausência da AMBIÇÃO que abre caminho à LOUCURA

71 71 Tenhamos Fé no Futuro Não só por nossos filhos e netos Não só por nossos filhos e netos Mas também por nós mesmos Mas também por nós mesmos Por um mundo melhor para quando aqui retornarmos Por um mundo melhor para quando aqui retornarmos Para encontrarmos um mundo REGENERADO Para encontrarmos um mundo REGENERADO

72 72

73 73

74 74 6. Chico Xavier 8. Depressão Reencarnação 1. Moisés e o povo 2. Razão 3. Deus 4. Jesus 5. Kardec 7. Leis Morais F É Resumo Final As amarguras depuram o Espírito Dedução do que não conhecemos pelo que conhecemos Paulo Crer na Vida, no concreto, no real do universo Crer na consagração do Bem e na felicidade do Próximo Fé inabalável só é a que pode encarar de frente a razão em todas as épocas da humanidade Benevolência, Indulgência, Perdão Crede em Deus, crede também em mim Jesus Aceitemos a Vida como ela é. Faz-se indispensável muita fé e suficiente coragem para marcharmos vitoriosamente Fé, Trabalho, Caridade

75 Onde está a vossa Fé?

76 76 O Consolador – pg. 139 Emmanuel A missão da luz é revelar com verdade serena Fé O coração iluminado não necessita de muitos recursos da palavra, porque na oficina da fraternidade bastará o seu sentimento esclarecido no Evangelho A grande maravilha do amor é o seu profundo e divino contágio. A grande maravilha do amor é o seu profundo e divino contágio.

77 77

78 78


Carregar ppt "1. 2 3 4 Bibliografia O Evangelho Segundo o Espiritismo – OESE – Allan Kardec O Livro dos Espíritos – OLE – Allan Kardec O Livro dos Médiuns – LM –"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google