A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério da Ciência e Tecnologia Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação / MCT Consecti e Fórum Nacional de Secretários Municipais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério da Ciência e Tecnologia Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação / MCT Consecti e Fórum Nacional de Secretários Municipais."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério da Ciência e Tecnologia Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação / MCT Consecti e Fórum Nacional de Secretários Municipais C,T&I Recife, PE, 04 /12/2009

2 Ministério da Ciência e Tecnologia Política de C&T Grande dificuldade: Indústria sem P&D Grandes empreendimentos estatais Substituição de importações Tecnologia externa Não política Apoio individual para estudos e pesquisa CNPq e CAPES Tempo integral nas universidades e institucionalização da pesquisa e da PG FUNTEC/BNDE;MEC/CAPES; FINEP e CNPq Esgotamento da Política Colapso do FNDCT e do fomento do CNPq Falta de sustentação do sistema de C&T Política industrial C,T&I para o Desenvolvimento Nacional

3 Ministério da Ciência e Tecnologia FINEP: criação dos Fundos Setoriais de C&T e início da recuperação do FNDCT CNPq: criação de novos formatos de financiamento (Programa de Núcleos de Excelência- PRONEX, editais universais, redes de pesquisa, Institutos do Milênio) C,T&I para o Desenvolvimento Nacional : Fase de transição no SNCT

4 Ministério da Ciência e Tecnologia : Fase de transição no SNCT MCT/FINEP-Ampliação dos recursos federais através dos Fundos Setoriais/FNDCT MCT/FINEP-Ações transversais e melhoria da gestão do FNDCT CNPq-Ampliação do número de bolsas e programas

5 Ministério da Ciência e Tecnologia Prioridades Estratégicas 1. Expansão e Consolidação do Sistema Nacional de C,T&I 2. Promoção da Inovação Tecnológica nas Empresas 3. P,D&I em Áreas Estratégicas 4. C,T&I para o Desenvolvimento Social Estas prioridades são expressas em 21 Linhas de Ação e 87 Programas ou Iniciativas : Consolidação do SNCT- PACTI NOSSO DESAFIO!

6 Ministério da Ciência e Tecnologia 6 Plano de Ação Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional 1.Consolidação Institucional do Sistema Nacional de C,T&I Empresas Universidades Institutos Tecnológicos Centros de P&D $ $ $ Maior Interlocução MCT Governo Federal Secretarias p/ C,T&I e FAP Governo Estadual MCT CONFAP CNPq CONSECTI FINEP Comitê Executivo Sibratec

7 Ministério da Ciência e Tecnologia C,T&I como Política de Estado Configuração da Política Plano de Desenvolvimento da Educação PDE Política Desenvolvimento ProdutivoPDP Plano de Desenvolvimento da Saúde Política de Desenvolvimento da Agropecuária Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional Plano de Aceleração do Crescimento Infra-estrutura PAC Política Econômica - - Foco dos investimentos Modernização P,D&I Ampliação da Capacidade - Políticas em dois níveis com atenção à dimensão regional Estrutural Sistêmico

8 Ministério da Ciência e Tecnologia Áreas: TIC, Biotecnologia, Nanotecnologia, Energia, Saúde, Temas Estratégicos e Desenvolvimento Social Chamadas Públicas MCT/FINEP Subvenção Econômica à Inovação Tecnológica Chamadas Públicas MCT/FINEP Subvenção Econômica à Inovação Tecnológica Ano Edital (R$ milhões) DemandaResultado NºR$ bilhõesNº R$ milhões , , , , , ,0 + 64, ,2nd TOTAL ,2 OBS: Dados relativos à 2009 serão disponibilizados pela FINEP

9 Ministério da Ciência e Tecnologia 2006: 130 empresas 2007: 300 empresas 2006: R$ 2,19 Bi Investimentos em P&D 2006, 2007 e 2008 Resultados Lei do Bem: Incentivos Fiscais à Inovação Empresas beneficiadas em 2006, 2007 e : R$ 8,11Bi 2008: 441 empresas 2007: R$ 5,10 Bi

10 Ministério da Ciência e Tecnologia Fonte: Formulários das Empresas Benefícios Reais em P&D por Setores Meta 2010: 800 empresas Melhorar acompanhamento técnico Região Anos R$NºR$NºR$Nº AgroIndústria , ,4023 Alimentos3.317, , ,7733 Bens de Consumo394, , ,6132 Construção Civil691, , ,5717 Eletro-Eletrônica8.033, , ,9666 Farmacêutica20.655, , ,7016 Mecânica e Tranportes87.278, , ,09114 Metalurgia38.019, , ,9932 Mineração2.327,062147, ,691 Moveleira , ,659 Outras Indústrias34.160, , ,0528 Papel e Celulose5.919, , ,527 Petroquímica , ,063 Química21.714, , ,7429 Software6.071, , ,3415 Telecomunicação , ,8410 Textil411, , ,526 Total , , ,50441

11 Ministério da Ciência e Tecnologia Investimentos das Empresas nas Áreas de P&D em Relação ao PIB Brasil Meta 2010: atingir 0,30 PIB Investimentos das Empresas nas Áreas de P&D em Relação ao PIB Brasil Meta 2010: atingir 0,30 PIB AnosInvest. (A)PIB (B)(%) (A/B) 20062,19(¹)2.433,00(²)0, ,10(¹)2.558,82(²)0, , ,72(²)0,28 ¹ Valores revisados e corrigidos. ² Dados do IBGE.

12 25/11/2009

13 MISSÃO DO MCT MISSÃO DO MCT: Introduzir a Cultura da Inovação nas Empresas e na Sociedade EI ABSORÇÃO DA CULTURA DA INOVAÇÃO Motivação Superação de Exigências Técnicas do Mercado Parcerias com ICT SBRT Extensão Tecnológica Serviços Tecnológicos Centros de Inovação SIBRATEC INSTRUMENTOS Recursos próprios Financiamentos Subvenção econômica Incentivos fiscais Bolsas para P,D&I Cursos de capacitação em P,D&I Outros INOVAÇÃOINOVAÇÃO

14 Programas para apoio às Empresas Inovadoras EI PRÓ-INOVAPRÓ-INOVA Empreendedorismo Intensivo em Conhecimento Empresas de Base Tecnológica em consolidação PNI Incubadoras Parques Tecnológicos INOVAR Incubadora de fundos Fórum Brasil de inovação Portal capital de risco Brasil Rede inovar Capacitação/Treinamento de agentes PRIME Subvenção Econômica Juro Zero Agregação de Valor aos Produtos/Processos para Aumentar a Competitividade Empresas Consolidadas Financiamento Inova Brasil Juro Zero Outros Subvenção Econômica Subvenção à Inovação Pappe-Subvenção Outros Incentivos Fiscais Lei do Bem Lei de Informática Outros RH para P,D&I Capacitação de dirigentes de PME RHAE – Pesquisador na Empresa Outras bolsas de P,D&I do CNPq Outros SIBRATEC

15 253 laboratórios selecionados, de 53 instituições, envolvendo 469 participações laboratoriais (a diferença entre o nº de laboratórios selecionados e envolvidos demonstra que um mesmo laboratório foi selecionado para participar em mais de uma Rede) Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos Resultado da Chamada Pública Fonte: MCT/FINEP

16 19 Redes Temáticas em implantação – R$ 80 milhões Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos Produtos para a saúde Insumos farmacêuticos, medicamentos e cosméticos Sangue e hemoderivados Análises físico-químicas e microbio p/ alimentação Biotecnologia Saneamento e abastecimento dágua Radioproteção e dosimetria Equipamentos de proteção individual Produtos e dispositivos eletrônicos TIC aplicáveis às novas mídias: TV Digital, comunicação sem fio, internet Geração, transmissão e distribuição de energia Componentes e produtos da área de defesa e segurança Biocombustíveis Produtos de manufatura mecânica Produtos de setores tradicionais: têxtil, couro e calçados, madeira e móveis Instalações prediais e iluminação pública Monitoramento ambiental Transformados plásticos Gravimetria, orientação magnética, intensidade de campo magnético e compatibilidade eletromagnética

17 Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos Situação atual Fonte: MCT/FINEP

18 Redes Estaduais de Extensão Tecnológica * TECPAR ; FIEP; SEBRAE/PR; SETI/PR; F.ARAUCÁRIA * SOCIESC ; SEBRAE/SC; FAPESC IEL; SCT ; CIENTEC; IBTEC; CEFET/Pelotas; PUC/RS; UNISINOS; UERGS; SEDAI/RS; SEBRAE/RS * FIPT; IPT ; CTI; CEETEPS; FDTE; SD/SP RMI; CETEC ; SEBRAE/MG; IEL/MG; FAPEMIG; SEDE/MG; SECTES/MG * REDETEC; INT ; SEBRAE/RJ; FAPERJ * IEL ; UESC; CEPED; CETENE/PE; SECTI/BA; FAPESB; SEBRAE/BA; SICM/BA * FCPC; NUTEC ; UFC; CENTEC; INDI/CE; CEFET/CE; Agropolos; BNB; SECITECE; FUNCAP; SEBRAECE 11 Redes recomendadas para contratação 04 propostas de Redes sendo reformuladas Redes aprovadas – * 6 convênios assinados; 2 em contratação 2008

19 Ministério da Ciência e Tecnologia Redes Estaduais de Extensão Tecnológica 04 Estados em fase de articulação das Redes: AC - AP - RR - MA Situação atual Fonte: MCT/FINEP

20 Redes Temáticas de Centros de Inovação Até este ano foram articuladas e estão em estruturação 11 redes temáticas DF Manufatura e Bens de Capital Microeletrônica Eletrônica para Produtos Vitivinicultura Energia Solar Fotovoltaica Plásticos e Borracha Visualização Avançada Bioetanol Equipamentos Medico-odontológicos Fármacos e Medicamentos Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação

21

22 Ministério da Ciência e Tecnologia Muito Obrigado! Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação


Carregar ppt "Ministério da Ciência e Tecnologia Ronaldo Mota Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação / MCT Consecti e Fórum Nacional de Secretários Municipais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google