A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vida e Sexo Cap. VII CASAMENTO. Será contrário à lei da Natureza o casamento? É um progresso na marcha da Humanidade".

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vida e Sexo Cap. VII CASAMENTO. Será contrário à lei da Natureza o casamento? É um progresso na marcha da Humanidade"."— Transcrição da apresentação:

1 Vida e Sexo Cap. VII CASAMENTO

2 Será contrário à lei da Natureza o casamento? É um progresso na marcha da Humanidade".

3 Que efeito teria sobre a sociedade humana a abolição do casamento? Seria uma regressão a vida dos animais.

4 "O casamento, ou a união permanente de dois seres, como é óbvio, implica o regime de vivência pelo qual duas criaturas se confiam uma à outra, no campo da assistência mútua. Essa união reflete as Leis Divinas que permitem seja dado um esposo para uma esposa, um companheiro para uma companheira, um coração para outro coração, ou vice- versa, na criação e desenvolvimento dos valores para a vida.

5 Na visão Espírita o Casamento pode ser entendido conforme qualificação a seguir: Provatório - Reencontro de espíritos de diferentes graus de adiantamento espiritual, que no passado desentenderam- se, por isso, voltam a encarnar para superar as provas a que forem submetidos, e progredirem. Casual – Primeiro encontro de duas criaturas. Dessa espécie de casamento tem o casal conseguido levar uma satisfatória relação conjugal. Outros casais não se adaptando e não suportando as desavenças, separam- se. Sem dúvida em próxima vida terrena, reencontram- se para uma reconciliação.

6 Expiatório - Em vidas anteriores marido e mulher erraram muito. Reencarnam em novo lar, para corrigir os erros cometidos. E um casamento de resgate. Sacrificial - União de um espírito um tanto evoluído com outro menos evoluído com o fim de auxiliá- lo a progredir. Afins - Espíritos evoluídos com sentimentos elevados, que se amam verdadeiramente. Corações afetuosos, juntos com objetivos supremos para, aliados adiantarem- se espiritualmente.

7 DIVÓRCIO A melhor separação é aquela que vem antes do ódio

8 O divórcio é lei humana que tem por objeto separar legalmente o que já, de fato está separado.Não contrario à lei de Deus, pois que apenas reforma o que os homes hão feito e só é aplicável nos casos em que não se levou em conta a lei divina. ( item 5,do cap.XXII, de O evangelho segundo o espiritismo)

9 Partindo do princípio de que não existem uniões conjugais ao acaso, o divórcio, a rigor, não deve ser facilitado entre as criaturas. É aí, nos laços matrimoniais definidos nas leis do mundo, que acontece as reconciliações endereçados à precisa sublimação da alma.

10 Efetivamente, ensinou Jesus: "não separeis o que Deus ajuntou", e não nos cabe interferir na vida de cônjuge algum, no intuito de arredá-lo da obrigação a que se confiou. Ocorre, porém, que se não nos cabe separar aqueles que as Leis de Deus reuniu para determinados fins, são eles mesmos, os amigos que se enlaçaram pelos vínculos do casamento, que desejam a separação entre si, tocando-nos unicamente a obrigação de respeitar-lhes a livre escolha sem ferir-lhes a decisão.


Carregar ppt "Vida e Sexo Cap. VII CASAMENTO. Será contrário à lei da Natureza o casamento? É um progresso na marcha da Humanidade"."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google