A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Circulatório Sangue – constituintes e respectivas funções; Funções do Sistema Circulatório; Estrutura do coração; Circulação sanguínea; Disfunções.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Circulatório Sangue – constituintes e respectivas funções; Funções do Sistema Circulatório; Estrutura do coração; Circulação sanguínea; Disfunções."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Circulatório Sangue – constituintes e respectivas funções; Funções do Sistema Circulatório; Estrutura do coração; Circulação sanguínea; Disfunções do Sistema Circulatório.

2 Sangue – Constituintes e respectivas funções O sangue é constituído por: O sangue é constituído por: uma fracção líquida – o plasma uma fracção líquida – o plasma por células sanguíneas – glóbulos vermelhos (hemácias ou eritrócitos), glóbulos brancos ( ou leucócitos) e plaquetas sanguíneas (ou trombócitos). por células sanguíneas – glóbulos vermelhos (hemácias ou eritrócitos), glóbulos brancos ( ou leucócitos) e plaquetas sanguíneas (ou trombócitos).

3 O plasma É um líquido de cor amarelada constituído por 90% de água, onde se encontram dissolvidos ou em suspensão proteínas, sais minerais, outros nutrientes, gases e resíduos provenientes da actividade das células. É um líquido de cor amarelada constituído por 90% de água, onde se encontram dissolvidos ou em suspensão proteínas, sais minerais, outros nutrientes, gases e resíduos provenientes da actividade das células. Desempenha funções de transporte Desempenha funções de transporte

4 Os glóbulos vermelhos São as células mais numerosas do sangue. São as células mais numerosas do sangue. Têm a forma de disco bicôncavo (pouco espessas no centro), o que lhes permite passar pelos capilares mais estreitos. Têm a forma de disco bicôncavo (pouco espessas no centro), o que lhes permite passar pelos capilares mais estreitos. Na sua constituição encontra-se um pigmento vermelho – a hemoglobina –que dá a cor ao sangue. A hemoglobina é uma proteína que contém ferro. Na sua constituição encontra-se um pigmento vermelho – a hemoglobina –que dá a cor ao sangue. A hemoglobina é uma proteína que contém ferro. Têm como funções: o transporte de oxigénio dos pulmões para todas as células e tecidos do organismo, onde o trocam por dióxido de carbono. Têm como funções: o transporte de oxigénio dos pulmões para todas as células e tecidos do organismo, onde o trocam por dióxido de carbono.

5 Os glóbulos brancos São as células sanguíneas de maiores dimensões e as únicas que possuem núcleo (de diferentes formas). São as células sanguíneas de maiores dimensões e as únicas que possuem núcleo (de diferentes formas). São menos numerosas do que os glóbulos vermelhos. São menos numerosas do que os glóbulos vermelhos. Têm como função proteger o organismo contra certos microrganismos e agentes estranhos. Têm como função proteger o organismo contra certos microrganismos e agentes estranhos.

6 As plaquetas São fragmentos de células, sendo por isso os constituintes mais pequenos do sangue, com aproximadamente um quarto do tamanho dos glóbulos vermelhos. São fragmentos de células, sendo por isso os constituintes mais pequenos do sangue, com aproximadamente um quarto do tamanho dos glóbulos vermelhos. As plaquetas intervêm no processo de coagulação do sangue, que ocorre sempre que os vasos sanguíneos ou um tecido for danificado. As plaquetas intervêm no processo de coagulação do sangue, que ocorre sempre que os vasos sanguíneos ou um tecido for danificado.

7 Sistema Circulatório É constituído pelo coração e por vasos sanguíneos - artérias, veias e capilares. É constituído pelo coração e por vasos sanguíneos - artérias, veias e capilares. As artérias são responsáveis pela saída do sangue para as restantes partes do corpo, são mais espessas que as veias. As artérias são responsáveis pela saída do sangue para as restantes partes do corpo, são mais espessas que as veias. As veias, são responsáveis pela chegada do sangue ao coração, ao contrário da ideia muitas vezes generalizada não transportam apenas sangue venoso, mas também arterial (ex. Veias pulmonares). As veias, são responsáveis pela chegada do sangue ao coração, ao contrário da ideia muitas vezes generalizada não transportam apenas sangue venoso, mas também arterial (ex. Veias pulmonares). Os capilares são os vasos de menor calibre. A sua parede possui uma única camada de células e ramificam-se por todo o corpo. Os capilares são os vasos de menor calibre. A sua parede possui uma única camada de células e ramificam-se por todo o corpo. Por fim, o coração, é um poderoso músculo (miocárdio) que bombeia o sangue para todo o organismo. Por fim, o coração, é um poderoso músculo (miocárdio) que bombeia o sangue para todo o organismo.

8 Funções Sistema Circulatório Transporte de gases resultantes da respiração e necessários para a respiração celular; Transporte de gases resultantes da respiração e necessários para a respiração celular; Transporte de nutrientes e substâncias resultantes do metabolismo; Transporte de nutrientes e substâncias resultantes do metabolismo; Transporte de elementos do sistema imunitário. Transporte de elementos do sistema imunitário.

9 Estrutura do coração

10 O coração, é constituído por 4 cavidades: 2 aurícula e dois ventrículos. O coração, é constituído por 4 cavidades: 2 aurícula e dois ventrículos. As aurícula recebem o sangue, enquanto que é dos ventrículos que o sangue abandona o coração. As aurícula recebem o sangue, enquanto que é dos ventrículos que o sangue abandona o coração. O músculo cardíaco designa-se por miocárdio e é responsável pelos seus movimentos rítmicos. O músculo cardíaco designa-se por miocárdio e é responsável pelos seus movimentos rítmicos. Entre o ventrículo esquerdo e direito encontra-se um septo. As aurículas comunicam com os ventrículos por válvulas. Entre o ventrículo esquerdo e direito encontra-se um septo. As aurículas comunicam com os ventrículos por válvulas.

11 Estrutura do coração O miocárdio do ventrículo esquerdo é mais espesso que do ventrículo direito, já que precisa gerar uma maior pressão para impulsionar o sangue por todo o corpo através da artéria aorta. O miocárdio do ventrículo esquerdo é mais espesso que do ventrículo direito, já que precisa gerar uma maior pressão para impulsionar o sangue por todo o corpo através da artéria aorta. No início da artéria aorta e artéria pulmonar existem válvulas. Estas têm como função permitir que o sangue circule num, e apenas num, determinado sentido. No início da artéria aorta e artéria pulmonar existem válvulas. Estas têm como função permitir que o sangue circule num, e apenas num, determinado sentido. N o lado direito do coração circula apenas sangue venoso, enquanto que do lado esquerdo circula sangue arterial, não existindo mistura destes dois tipos de sangue no coração. N o lado direito do coração circula apenas sangue venoso, enquanto que do lado esquerdo circula sangue arterial, não existindo mistura destes dois tipos de sangue no coração.

12 Sistema Circulatório A circulação sanguínea pode ser dividida em dois grandes circuitos: um leva sangue aos pulmões, para oxigená-lo, e outro leva sangue oxigenado a todas as células do corpo. A circulação sanguínea pode ser dividida em dois grandes circuitos: um leva sangue aos pulmões, para oxigená-lo, e outro leva sangue oxigenado a todas as células do corpo. Por isso se diz que nossa circulação é dupla. Por isso se diz que nossa circulação é dupla.

13 Sistema Circulatório O trajecto ventrículo direito pulmões aurícula esquerda é denominado circulação pulmonar ou pequena circulação. O trajecto ventrículo direito pulmões aurícula esquerda é denominado circulação pulmonar ou pequena circulação. O trajecto ventrículo esquerdo todos os órgãos aurícula direita é denominado circulação sistémica ou grande circulação. O trajecto ventrículo esquerdo todos os órgãos aurícula direita é denominado circulação sistémica ou grande circulação.

14 Circulação Pulmonar Tem como função oxigenar o sangue, que ocorre nos pulmões. Tem como função oxigenar o sangue, que ocorre nos pulmões. Esta circulação começa com a saída do sangue do ventrículo direito pela artéria pulmonar, passagem do sangue pelos pulmões (com trocas gasosas – hematose pulmonar ) e o regresso do sangue ao coração, à aurícula esquerda, através das veias pulmonares. Esta circulação começa com a saída do sangue do ventrículo direito pela artéria pulmonar, passagem do sangue pelos pulmões (com trocas gasosas – hematose pulmonar ) e o regresso do sangue ao coração, à aurícula esquerda, através das veias pulmonares.

15 Circulação Sistémica Tem como função a distribuição de oxigénio e nutrientes por todas as células do organismo. Tem como função a distribuição de oxigénio e nutrientes por todas as células do organismo. O sangue arterial sai do ventrículo esquerdo, pela artéria aorta para todo o corpo e regressa ao coração, mais concretamente à aurícula direita (agora rico em CO2 e pobre em O2 – venoso ) pela veia cava inferior, da parte inferior do corpo e pela veia cava superior, da parte superior do corpo (cabeça). O sangue arterial sai do ventrículo esquerdo, pela artéria aorta para todo o corpo e regressa ao coração, mais concretamente à aurícula direita (agora rico em CO2 e pobre em O2 – venoso ) pela veia cava inferior, da parte inferior do corpo e pela veia cava superior, da parte superior do corpo (cabeça).

16 Ao contrário do que se pensava, os problemas cardíacos podem atingir pessoas de qualquer idade, inclusive adolescentes. Stress, vida sedentária, tabagismo, álcool em excesso, muitos males irreparáveis ao coração. Mas, mesmo com as insistentes campanhas publicitárias, conselhos de médicos e de especialistas, pouca gente dá a atenção devida a este perigo, que aflige milhões de pessoas, e o que é pior, pouca gente sabe que os problemas cardíacos também podem atingir pessoas jovens - inclusive os adolescentes. Além disso, uma pessoa que também tenha uma vida normal, que faça exercícios com frequência, não fuma, nem bebe e que viva com tranquilidade, sem preocupações também pode ter problemas com o coração. Stress, vida sedentária, tabagismo, álcool em excesso, muitos males irreparáveis ao coração. Mas, mesmo com as insistentes campanhas publicitárias, conselhos de médicos e de especialistas, pouca gente dá a atenção devida a este perigo, que aflige milhões de pessoas, e o que é pior, pouca gente sabe que os problemas cardíacos também podem atingir pessoas jovens - inclusive os adolescentes. Além disso, uma pessoa que também tenha uma vida normal, que faça exercícios com frequência, não fuma, nem bebe e que viva com tranquilidade, sem preocupações também pode ter problemas com o coração.

17 Hipertensão Arterial É, geralmente, uma elevação anormal da pressão dentro das artérias. É, geralmente, uma elevação anormal da pressão dentro das artérias. Aumenta o risco de perturbações como o AVC, a ruptura de um aneurisma, uma insuficiência cardíaca, um enfarte do miocárdio. Aumenta o risco de perturbações como o AVC, a ruptura de um aneurisma, uma insuficiência cardíaca, um enfarte do miocárdio. Refere-se a um quadro de pressão arterial elevada, independentemente da causa, valores superiores a 120/80 mmHg. Refere-se a um quadro de pressão arterial elevada, independentemente da causa, valores superiores a 120/80 mmHg. Chama-se-lhe «o assassino silencioso» porque, geralmente não causa sintomas durante muitos anos (até que lesiona um órgão vital). Chama-se-lhe «o assassino silencioso» porque, geralmente não causa sintomas durante muitos anos (até que lesiona um órgão vital).

18 Aterosclerose Já vimos que as artérias são tubos, ou vasos sanguíneos, que levam o sangue do coração para todas as partes do organismo. O seu interior deve ser liso e permitir a livre passagem do sangue circulante. No entanto, com o passar dos anos e com a contribuição de vários factores perniciosos (chamados factores de risco), podem-se formar placas duras e gordurosas no interior das artérias. Estas, à medida que vão aumentando de tamanho e irregularidade, tornam mais difícil a passagem do sangue e as artérias perdem elasticidade. Denominam-se placas ateroscleróticas e este processo é denominado aterosclerose.

19 Angina de Peito É uma dor torácica transitória ou uma sensação de pressão que se produz quando o músculo cardíaco não recebe oxigénio suficiente. dor. Resulta de uma doença das artérias coronárias levam o sangue ao músculo cardíaco estas não recebem sangue suficiente devido a uma anomalia que reduz o fluxo sanguíneo, consequentemente, as células do miocárdio não recebem o oxigénio e morrem, desencadeando um episódio de dor.

20 Infarto do Miocárdio É uma lesão no músculo cardíaco causada pela obstrução da artéria coronária, responsável pela irrigação do coração. É uma lesão no músculo cardíaco causada pela obstrução da artéria coronária, responsável pela irrigação do coração. Quando a artéria entope, parte do músculo cardíaco (miocárdio) deixa de receber sangue e nutrientes. Quando a artéria entope, parte do músculo cardíaco (miocárdio) deixa de receber sangue e nutrientes. Cerca de 20 minutos depois, essa privação mata os tecidos da região atingida. Cerca de 20 minutos depois, essa privação mata os tecidos da região atingida. Quanto maior a artéria bloqueada, maior a área afectada. Quanto maior a artéria bloqueada, maior a área afectada.


Carregar ppt "Sistema Circulatório Sangue – constituintes e respectivas funções; Funções do Sistema Circulatório; Estrutura do coração; Circulação sanguínea; Disfunções."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google