A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório - Sangue Promove a reparação dos tecidos lesados Colabora na resposta imunológica às infecções Regula o pH.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Circulatório. Sistema Circulatório - Sangue Promove a reparação dos tecidos lesados Colabora na resposta imunológica às infecções Regula o pH."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Circulatório

2 Sistema Circulatório - Sangue Promove a reparação dos tecidos lesados Colabora na resposta imunológica às infecções Regula o pH dos tecidos Promove o equilíbrio de água entre os tecidos e os órgãos excretores Conserva a temperatura do corpo constante dentro de estreitos limites Assegura o transporte do oxigênio, do dióxido de carbono, dos nutrientes, de alguns hormônios e de alguns produtos de excreção

3 Sistema Circulatório - Linfa Líquido amarelo rico em linfócitos e anticorpos, resultante de parte do plasma sanguíneo (não possui glóbulos vermelhos) em que alguns constituintes atravessam por difusão as paredes dos capilares sanguíneos, enquanto outros o fazem por diapedese (glóbulos brancos)

4 Linfa Sistema Linfático Constituído por capilares, vasos e gânglios linfáticos, assim como algumas formações que se situam em pontos particularmente importantes do corpo, desempenhando um papel idêntico ao dos gânglios linfáticos – amígdalas, baço e placas de Peyer (localizadas na parede do intestino delgado) Todos os órgãos linfóides recebem células a partir de duas outras estruturas: o timo e a medula óssea

5 Linfa Funções do sistema linfático: Transporte de substâncias até o sangue, como a água, algumas proteínas e ácidos provenientes do intestino delgado e alguns hormônios de elevado peso molecular; Associação com o sistema imunológico na defesa do organismo, uma vez que aqui existem linfócitos e anticorpos; Sistema de drenagem, fluindo através de todos os órgãos do corpo e levando todas as bactérias ou células destruídas para o gânglio linfático mais próximo para serem destruídas. É uma cemitério para os glóbulos vermelhos (destruídos no baço, sendo o ferro reciclado neste órgão para a produção de novos glóbulos vermelhos no timo e na medula).

6 Vasos Estrutura dos vasos Com exceção dos capilares sanguíneos, a constituição dos vasos sanguíneos e dos vasos linfáticos é muito semelhante: endotélio, constituído por tecido epitelial, de revestimento interno; túnica média, constituída por tecido muscular liso; túnica externa, constituída por tecido conjuntivo elástico.

7 Vasos Artérias Vasos que transportam sangue proveniente do coração e, por convenção, são representadas em vermelho, por transportarem sangue rico em oxigênio – sangue arterial A artéria pulmonar é uma exceção, porque transporta sangue proveniente do coração para os pulmões, pobre em oxigênio

8 Vasos Veias Vasos que transportam sangue para o coração e, por convenção, são representadas em azul, por causa da baixa concentração em oxigênio no sangue – sangue venoso A veia pulmonar é uma exceção, pois transporta sangue arterial dos pulmões para o coração.

9 Coração

10

11

12

13 Estrutura do coração Entre a aurícula e o ventrículo direitos existe a válvula tricúspide e, entre a aurícula e o ventrículo esquerdos, existe a válvula bicúspide ou mitral. Estas válvulas podem abrir-se e fechar-se cerca de 70 vezes por minuto e permitem que o sangue passe das aurículas para os ventrículos, impedindo o seu refluxo.

14 Coração

15 Ciclo cardíaco Para coordenar o bombeamento do coração, existe um sistema de sinais elétricos que se propaga pelo músculo cardíaco e que pode ser graficamente reproduzido num eletrocardiograma. Estas descargas elétricas provocam um ciclo de contrações – sístoles – seguidas de dilatações – diástoles – das cavidades cardíacas responsáveis pelo bombeamento do sangue – ciclo cardíaco.

16 Coração Ciclo cardíaco Inicia-se com um período de relaxamento do coração – diástole geral – em que o sangue entra nas aurículas, proveniente das veias cavas (na aurícula direita) e das veias pulmonares (na aurícula esquerda). Um impulso provoca a sístole auricular promovendo a saída do sangue para os ventrículos. O refluxo sanguíneo é impedido pela presença das válvulas auriculoventriculares. Impulsos induzem a contração das paredes dos ventrículos, forçando o sangue a sair do coração – sístole ventricular – pela artéria pulmonar, no ventrículo direito, e pela artéria aorta, no ventrículo esquerdo. Aqui, o refluxo é impedido pela presença de válvulas sigmóides ou semilunares aórticas e pulmonares.

17 Circulação

18 Pequena circulação ou circulação pulmonar Ao percorrer todas as células do corpo, o sangue perde oxigênio (nas trocas gasosas), regressando ao coração pelas veias cavas superior e inferior na aurícula direita. Quando a aurícula se contrai, o sangue é impulsionado pela válvula tricúspide para o ventrículo direito. A contração do ventrículo fecha essa válvula e abre a válvula que se encontra na entrada da artéria pulmonar (válvula sigmóide) O sangue segue pela artéria pulmonar até os pulmões, onde libera o dióxido de carbono e recebe oxigênio, passando de venoso a arterial.

19 Circulação Grande circulação ou circulação sistêmica O sangue arterial, ao chegar ao coração proveniente dos pulmões passa da aurícula esquerda, através da válvula mitral, para o ventrículo esquerdo. A contração deste ventrículo fecha esta válvula e abre a válvula sigmóide, situada na entrada da artéria aorta. Daqui, o sangue arterial será transportado a todas as partes do corpo, passando das artérias principais para as arteríolas, até os capilares. Quando chega às células, o sangue liberta o oxigênio, bem como outras substâncias necessárias ao metabolismo celular e recebe os produtos desse metabolismo e o dióxido de carbono. Passa, então, de sangue arterial a sangue venoso, sendo agora conduzido pelas vênulas e depois pelas veias, regressando ao coração pelas veias cavas superior e inferior, na aurícula direita.


Carregar ppt "Sistema Circulatório. Sistema Circulatório - Sangue Promove a reparação dos tecidos lesados Colabora na resposta imunológica às infecções Regula o pH."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google