A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Operações de sortimento SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Operações de sortimento SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices."— Transcrição da apresentação:

1 Operações de sortimento SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices

2 Visão geral do cenário 1 Objetivo O objetivo da estruturação de sortimentos é definir sortimentos, decidir quais artigos serão catalogados e para quais lojas e quais quantidades serão atribuídas às lojas individuais. Os sortimentos são objetos separados no SAP Retail, usados para a administração de sortimentos. A atribuição de artigos aos sortimentos determina quais sortimentos, e consequentemente, quais artigos uma loja pode comprar e vender. Os artigos podem ser atribuídos aos sortimentos automaticamente durante a atualização de artigos ou sortimentos, como resultado das regras de verificação. Alternativamente, os artigos podem ser atribuídos manualmente a módulos layout de sortimento que são, então, atribuídos aos sortimentos. Em ambos os casos, o sistema gera automaticamente condições de catalogação para cada combinação válida de artigo e sortimento. Benefícios O planejamento do sortimento oferece processos de planejamento efetivos a toda a organização. E vai além das quatro principais áreas – planejamento estratégico, de localização, de mercadorias e de sortimento – para vincular ao planejamento de remarcação para baixo, à otimização de prateleiras, ao gerenciamento de estilo, a compras e à funcionalidade de alocação. Conectando esses processos de planejamento e execução, você estará posicionado, de forma ideal, para maximizar os lucros e se adaptar rapidamente às condições do mercado em mudança. Objetivo e benefícios:

3 Visão geral do cenário 2 Principais fluxos do processo abordados Definição de expositores Definir um sortimento geral (e módulo layout) Criar uma versão do módulo layout e atribuir um expositor a ele Atribuir artigos à versão do módulo layout Atribuir usuários de sortimento ao sortimento (módulo layout) Liberar a versão de módulo de layout e criar condições de catalogação Mais recursos de workbench do layout Eliminar condições de catalogação de layout Objetivo e benefícios:

4 Visão geral do cenário 3 Obrigatório SAP enhancement package 3 para SAP ERP 6.0 Funções da empresa envolvidas nos fluxos do processo Planejador do sortimento de retail Aplicações SAP obrigatórias:

5 Diagrama do fluxo do processo Planejador do sortimento de retail 4.1 Definir expositores 4.2 Criar um sortimento geral 4.4 Atribuir artigos à versão do módulo layout 4.3 Criar um layout Modular a versão e atribuir um expositor 4.5 Atribuir usuários de sortimento ao sortimento (módulo layout) 4.6 Liberar a versão do módulo layout e criar condições de catalogação 4.8 Eliminar condições de catalogação de layout 4.7 Mais recursos de workbench do layout

6 Estruturação/catalogação de sortimentos Artigo Módulo de sortimento A Módulo de sortimento B Catalogação Condições de catalogação Sortimento

7 Estruturação de sortimentos com o sortimento geral Artigo Módulo de sortimento A Módulo de sortimento B Catalogação Usuário do sortimento N:M M:1 Condições de catalogação Filial Loja CD Cliente CD Ponto de referência Sortimento

8 Estruturação de sortimentos com um ponto-modelo Artigo Módulo de sortimento A Módulo de sortimento B Filial Loja CD Catalogação Usuário do sortimento CD Ponto de referência 1:M M:1 Condições de catalogação Sortimento Cliente

9 Modelo de dados de catalogação (atribuição 1:1) WRS1 Dados do sortimento WRF1 Dados do centro PontoSortimento WRSZ Usuário do sortimento WRF6 Ponto/Grp. merc. WRS6 Cat.merc.sortimento

10 WREFA atribuir centro para REFSITE Modelo de dados de catalogação (atribuição N:M) WRS1 Dados do sortimento WRF1 Dados do centro Ponto Sortimento WRSZ Usuário do sortimento WRF6 Ponto/Grp. merc. WRS6 Cat.merc.sortimento

11 Nova catalogação via modificação de dados mestre Selecionar intervalo de sortimentos Selecionar área de modificação de dados mestre Selecionar data, opções de catalogação e método de catalogação para cada área de modificação Artigos afetados são catalogados/ desativados Ler os documentos modificados comparando aos critérios de seleção Executar

12 Síntese – Integração de artigos básicos ERP Planej.estratégico BW Planej.loja Clustering de loja Definição do sortimento Workbench layout Planej.mercadorias Planej.estrat.sortimento Planej.capacidade Pedido Reabastecimento Dados mestre Atribuições de sortimentos/lojas Planejamento e controle operacional sortimento Planej.preço WB Redução de preço Subcontratados

13 Estruturação básica de sortimentos – Processo integrado Criação de sortimentos planejados, etc. (processo de entrada, acionado pelo processo de liberação no BW) Atribuição de artigos a versões do módulo layout Liberação de uma versão do módulo layout (status) Atualização dos dados de posicionamento Verificação de capacidade (interna) Atualização de código para PCOS Otimização de prateleira Atualização da capacidade (interna) de expositores atribuídos (se necessário) ERP2005 BW Planejamento básico de sortimento Dados mestre ReabastecimentoPCOS

14 Estruturação básica de sortimentos – Processo ad hoc Criação de versões do módulo layout (com a atribuição de expositores) Criação de sortimentos Atribuição de artigos a versões do módulo layout Atribuição de sortimentos a lojas inclusive verificação de capacidade (externa) Liberação de uma versão do módulo layout (status) Atualização dos dados de posicionamento Verificação de capacidade (interna) Atualização de código para PCOS Atualização da capacidade (interna) de expositores atribuídos (se necessário) ERP2005 Dados mestre ReabastecimentoPCOS Otimização de prateleira Planejament o da capacidade necessária para verificação de capacidade

15 Expositores: objeto de dados mestre Número, descrição Tipo de expositor (por exemplo, mostruário em movimento, pirâmide, mesa, multivario) Imagem, estrutura Altura, largura, profundidade Função: Utilizar no BW/BPS (planej.capacidade) Utilizar para atribuição de artigo no módulo layout (capacidade interna)

16 Legenda SímboloDescriçãoComentários da utilização Faixa: identifica uma função do usuário, como revisor de faturas ou representante de vendas. Esta faixa também pode identificar uma unidade organizacional ou grupo de empresas, em vez de uma função específica. Os outros símbolos de fluxo do processo nesta tabela aparecem nestas linhas. Você tem tantas linhas quantas forem necessárias para cobrir todas as funções no cenário. A faixa de função contém tarefas comuns àquela função. Eventos externos: contém eventos que começam ou terminam o cenário, ou influenciam o curso de eventos do cenário. Linha de fluxo (sólida): a linha indica a seqüência normal de etapas e direção do fluxo no cenário. Linha de fluxo (pontilhada): a linha indica o fluxo de tarefas utilizadas com pouca freqüência ou tarefas condicionais em um cenário. A linha também pode levar a documentos envolvidos no fluxo do processo. Conecta duas tarefas em um processo de cenário ou um evento sem etapas Atividade comercial/evento: identifica uma ação que leva para dentro ou para fora do cenário, ou um processo externo que ocorre durante o cenário Não corresponde a uma etapa da tarefa no documento Processo da unidade: identifica uma tarefa que é abordada etapa a etapa no cenário Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Referência a processo: se o cenário fizer referência a um outro cenário no total, coloque o número e nome do cenário aqui. Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Referência a sub-processo: se o cenário fizer referência a um outro cenário em parte, coloque aqui o número e o nome do cenário bem como os números das etapas daquele cenário Corresponde a uma etapa da tarefa no documento Decisão do processo: identifica um ponto de decisão/ramificação, significando uma escolha a ser feita pelo usuário final. As linhas representam escolhas diferentes que surgem de partes diferentes do losango. Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa no documento; reflete uma escolha a ser feita após a execução da etapa SímboloDescriçãoComentários da utilização Para o próximo/Do próximo diagrama: leva à página seguinte/anterior do diagrama O fluxograma continua na página seguinte/anterior Impressão/documento: identifica um documento, relatório ou formulário impresso Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Dados reais financeiros: indica um documento de lançamento financeiro Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Planejamento do orçamento: indica um documento de planejamento do orçamento Não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; é utilizado para refletir um documento gerado por uma etapa da tarefa; essa forma não tem nenhuma linha de fluxo de saída Processo manual: cobre uma tarefa que é feita manualmente Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; utilizado para refletir uma tarefa que é executada manualmente, como descarregar um caminhão em um depósito, que afeta o fluxo do processo. Versão/dados existentes: este bloco cobre dados que são alimentados de um processo externo Em geral, não corresponde a uma etapa da tarefa em um documento; essa forma reflete os dados provenientes de uma fonte externa; esta etapa não tem linhas de fluxo de entrada Decisão aprovar/reprovar do sistema: este bloco cobre uma decisão automática feita pelo software Em geral, não corresponde uma etapa da tarefa no documento; é utilizado para refletir uma decisão automática feita pelo sistema após a execução de uma etapa. Externo ao sistema da SAP Atividade comercial/ evento Processo da unidade Referência a processo Referência a sub- processo Decisã o do proces so Conexão do diagrama Impressão/ documento Dados reais financeiros Planejamento do orçamento Process o manual Versão/ dados existentes Decisão de aprovar/ reprovar do sistema

17 Copyright 2009 SAP AG All Rights Reserved No part of this publication may be reproduced or transmitted in any form or for any purpose without the express permission of SAP AG. The information contained herein may be changed without prior notice. Some software products marketed by SAP AG and its distributors contain proprietary software components of other software vendors. Microsoft, Windows, Excel, Outlook, and PowerPoint are registered trademarks of Microsoft Corporation. IBM, DB2, DB2 Universal Database, System i, System i5, System p, System p5, System x, System z, System z10, System z9, z10, z9, iSeries, pSeries, xSeries, zSeries, eServer, z/VM, z/OS, i5/OS, S/390, OS/390, OS/400, AS/400, S/390 Parallel Enterprise Server, PowerVM, Power Architecture, POWER6+, POWER6, POWER5+, POWER5, POWER, OpenPower, PowerPC, BatchPipes, BladeCenter, System Storage, GPFS, HACMP, RETAIN, DB2 Connect, RACF, Redbooks, OS/2, Parallel Sysplex, MVS/ESA, AIX, Intelligent Miner, WebSphere, Netfinity, Tivoli and Informix are trademarks or registered trademarks of IBM Corporation. Linux is the registered trademark of Linus Torvalds in the U.S. and other countries. Adobe, the Adobe logo, Acrobat, PostScript, and Reader are either trademarks or registered trademarks of Adobe Systems Incorporated in the United States and/or other countries. Oracle is a registered trademark of Oracle Corporation. UNIX, X/Open, OSF/1, and Motif are registered trademarks of the Open Group. Citrix, ICA, Program Neighborhood, MetaFrame, WinFrame, VideoFrame, and MultiWin are trademarks or registered trademarks of Citrix Systems, Inc. HTML, XML, XHTML and W3C are trademarks or registered trademarks of W3C®, World Wide Web Consortium, Massachusetts Institute of Technology. Java is a registered trademark of Sun Microsystems, Inc. JavaScript is a registered trademark of Sun Microsystems, Inc., used under license for technology invented and implemented by Netscape. SAP, R/3, SAP NetWeaver, Duet, PartnerEdge, ByDesign, SAP Business ByDesign, and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP AG in Germany and other countries. Business Objects and the Business Objects logo, BusinessObjects, Crystal Reports, Crystal Decisions, Web Intelligence, Xcelsius, and other Business Objects products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of Business Objects S.A. in the United States and in other countries. Business Objects is an SAP company. All other product and service names mentioned are the trademarks of their respective companies. Data contained in this document serves informational purposes only. National product specifications may vary. These materials are subject to change without notice. These materials are provided by SAP AG and its affiliated companies ("SAP Group") for informational purposes only, without representation or warranty of any kind, and SAP Group shall not be liable for errors or omissions with respect to the materials. The only warranties for SAP Group products and services are those that are set forth in the express warranty statements accompanying such products and services, if any. Nothing herein should be construed as constituting an additional warrant.


Carregar ppt "Operações de sortimento SAP Best Practices for Retail (Brasil) SAP Best Practices."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google