A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Responsabilidade Socioambiental Profa. Célia Regina Russo www.celiarusso.com Fevereiro 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Responsabilidade Socioambiental Profa. Célia Regina Russo www.celiarusso.com Fevereiro 2010."— Transcrição da apresentação:

1 Responsabilidade Socioambiental Profa. Célia Regina Russo Fevereiro 2010

2 Conteúdo Relação homem natureza Cidadania Ética Ecopolítica Internacional Educação Ambiental – Inclusão Social

3 Relação Histórica Remete à reflexão pela interdependência entre Cidadania – participação da vida em sociedade (direitos e deveres) Ética – em razão de ser esta a formulação dos costumes socialmente aceitáveis

4 Relação Histórica: de dominação (1) O homem domestica a natureza para poder sobreviver a ela e recolher o que dela pode ser extraído para o sustento Domesticação – agricultura, pecuária, avicultura (domesticando a natureza o homem subtraiu o ambiente selvagem)

5 Dominação: Funções e Resultados Sobrevivência compreendendo melhor o ambiente circundante, homem pode se fixar nas regiões e deixou de ser coletor/caçador, ou seja, não precisou mais sair de seu território em busca de víveres

6 Dominação: Funções e Resultados Religioso Relação com as divindades manifestadas em torno dos fenômenos que o homem não conhece, entende ou manipula. 1.Classificação – entendimento do ordenamento no espaço 2.Poder – relações sociais e de trabalho

7 Religioso: classificação Livro do Gênesis – Bíblia sagrada Adão caminhava pelo paraíso edênico e, ao lado de Deus, passou a classificar as coisas que encontrava e as classificou pela utilidade. Também denominou os recursos da natureza... E o homem deu o nome certo a todas as coisas.

8 Religioso: relações sociais Livro dos Salmos – Bíblia sagrada Nos 150 salmos bíblicos, podem ser encontrados os recursos naturais sendo citados para exemplificar a opressão, o sofrimento, a culpa, súplicas de invocação a Deus.

9 Religioso: Salmos Bíblicos Relações de trabalho Salmo 75 = metade do ano em que colheita Precisa ser estocada Salmo 150 = início do outono Ameaças do inverno Sofrimento, fome, flagelo 1º salmo = 1.º dia da primavera Plantio

10 Rosário: resumo dos salmos Terço: síntese do rosário Terço pantaneiro MS-Brasil

11 Natureza: relações do homem com Deus Politeísmo – muitos deuses para explicar os fenômenos do mundo natural (deus do sol, deus da lua, deus da chuva, etc.) Monoteísmo – católicos, protestantes, ortodoxos, judaísmo, evangélicos, muçulmanos – acreditam em um único Deus. Nos Salmos, Deus dos Exércitos vingança (culpa compromisso)

12 Relação Histórica: de antropomorfização (2) Relação cultural Tornando a natureza a imagem e semelhança do homem, ele constrói significados culturais Educa crianças Relata mitos Atua na organização da sociedade através da sociologia (exemplos: gibis, histórias em quadrinhos, fábulas, etc.)

13 Relação Histórica: de ocupação do espaço (3) Cidades – a.C até final do Feudalismo (era pré cristã até final dos anos 1500) Cidades pequenas, vilarejos, povoados Centro da cidade abrigava a igreja, o comércio, $, os palácios, o governo o PODER

14 Relação Histórica: de ocupação do espaço (3) Centro das cidades – lugares exclusivos para homens Moradias – no campo, nas periferias (ruas de terra, espaços sinuosos, sem planejamento geométrico específico) Casas – tinham quartos; no lado externo ficava a cozinha Sanitários!?!?

15 Cidades e Recursos Naturais!? Elementos Naturais Nas periferias o lixo e as atividades consideradas grosseiras (não civilizadas) Rios usados pela auto depuração Mares usados como depósitos – objetos longe da visão dos homens Escondido tudo que era considerado pecado

16 Sociedade e Sistema de Produção Artesanal Reis e Rainhas – Poder de governo Igreja – Poder moral e de controle da sociedade Donos da Terra – Senhores Feudais (donos do dinheiro e pagadores dos impostos e dízimos) Vassalos – trabalhadores sem salário, sem garantias sociais e que sustentavam toda estrutura de trabalho e riquezas (que não possuíam)

17 1615 à 1890 – Revolução Industrial Invenção da primeira máquina (bomba de extrair água das minas de carvão – Inglaterra) Progressiva substituição do sistema artesanal pelo sistema de produção em grande escala

18 Percurso do dinheiro: Antes - Vassalo produz, senhor feudal paga a estrutura dos palácios e da igreja. Depois - senhor feudal agora compõe a burguesia. Mesmo não tendo realeza, passa a exigir direitos. Vassalo passa a ser o operário da fábrica, porém, sem NENHUM direito social. Perde as benfeitorias antes dada pelos Senhores feudais e vai morar na favela.

19 Operários Mulheres Homens Crianças de qualquer idade Sem horário de trabalho Sem salários pré definidos Sem direitos sociais Sem comida, sem saúde

20 Resultados desta Mudança 1914 – 1919 – Primeira Guerra mundial (disputa por territórios, colônias e mercados consumidores) Fim das monarquias, fim dos reis e rainhas Itália e Alemanha os mais descontentes Cidades – passam a ser aglomerados insalubres

21 Cidades mudanças no desenho Centro da cidade – moradia dos operários nas favelas Campo – moradia da burguesia Cidade continuou a ser o centro do poder e das decisões Expansão das fábricas – expansão da cidade, da pobreza e das doenças. Formação do esgoto e da poluição

22 Esgoto, Favelas, Poluição e Doenças Tifo Leptospirose Tuberculose Cólera População operária!? Sofrimento e morte!

23 Urbanização para proteger a Produção ($) Engenharia Ambiental Saneamento Básico Saúde Pública (orientação e educação para a população) Diferença entre Feudal e Industrial é o Consumo

24 Urbanização Necessidade de ciência para controlar as doenças Necessidade de controlar e reinventar o percurso do recursos naturais no espaço físico (captação de água potável, de chuva, esgoto, lixo, etc.)

25 Ciência à 1900 Oikos (Eco) = casa, lugar. Logos = estudo Nomia = Organização ECOLOGIA : É a circulação da energia (alimentos) na Natureza e seus compartimentos (ecossistemas) - Ernest Haeckel ECONOMIA : Estuda a circulação do dinheiro no mercado (nos compartimentos do sistema financeiro). Teoria do Lucro – Adam Smith.

26 Resultados da I Guerra Mundial Tecnologia Surgimento de novos países Fim das monarquias Intensas Migrações pelo mundo Mudanças no pudor do uso dos recursos naturais Evolução da Cidadania e participação social – exigências de direitos

27 Mudanças: Migrações Comércio Uso do espaço Industria Automobilística – estradas e balneários - (férias obrigatórias para o operariado = fim dos espaços intocados e virgens) – Crash (quebra) da Bolsa de Nova Iorque – fome e caos social

28 1929 Henry Ford Indústria Automobilística salva os empregos Henry Ford criou o Fordismo O operário pode comprar produtos que ele fabrica por preço menor (garante a produção), cria a linha de montagem Cria a classe média e suas ilusões!

29 Objetivo do Fordismo reduzir ao máximo os custos de produção baratear o produto sistema de produção - esteira rolante conduz o produto – cada funcionário produz uma pequena etapa Não era necessário mão de obra muito capacitada Baixos salários (queda do Fordismo só em 1980)

30 Charles Chaplin Tempos Modernos Filme Tempos Modernos faz uma crítica ao Fordismo e suas consequências para os indivíduos UiCnxARJY

31 1930 – 1939 Políticos com Poderes infinitos Fome no mundo - carestia preço MUITO maior que o preço comum Surgem Líderes – garantias para a população no eixo populista (prometem comida aos pobres) Adolf Hitler na Alemanha (Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães) Benito Mussolini na Itália (Partito Nazionale Fascista) Michinomiya Hiroito Imperador do Japão - tradições

32 Preparação para a Segunda Guerra Mundial Tomada de territórios de outros países Criação das indústrias de armas para combater os países industrializados (Alemanha, Itália e Japão NÃO tinham indústrias e eram países pobres)

33 Países Aliados Contra os países do eixo: França União da República Socialista Soviética (URSS) Inglaterra Estados Unidos da América

34 1939 – 1945 Segunda Grande Guerra Mundial Uso significativo da tecnologia Campos de Concentração – para Judeus, Testemunhas de Jeová e todos que Hitler não gostava 1941 – ataque dos japoneses a Pearl Harbor nos Estados Unidos da América 1942 –Movimentos Sociais (Rock and Roll – Elvis Presley)

35 Uso da energia atômica Rádio Bikini – Ilhas do Oceano Pacífico Movimentos Sociais - Moda – Mulheres francesas – invenção da roupa de banho (biquini) 6 de Agosto de 1945 – Avião de Combate B 29 (Enola Gay) – bombas atômicas em Hiroshima e 09 de agosto de 1945 em Nagazaki

36 Energia Nuclear Hiroshima 140 mil mortos Nagazaki 80 mil mortos Radiação Perpétua! mudança na ética do uso dos recursos naturais


Carregar ppt "Responsabilidade Socioambiental Profa. Célia Regina Russo www.celiarusso.com Fevereiro 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google