A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Universidade Católica Curso de Gestão Ambiental – 29/04/2006 Módulo III – Recursos Naturais e Degradação Ambiental Disciplina: Gestão de Emissões Atmosféricas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Universidade Católica Curso de Gestão Ambiental – 29/04/2006 Módulo III – Recursos Naturais e Degradação Ambiental Disciplina: Gestão de Emissões Atmosféricas."— Transcrição da apresentação:

1 1 Universidade Católica Curso de Gestão Ambiental – 29/04/2006 Módulo III – Recursos Naturais e Degradação Ambiental Disciplina: Gestão de Emissões Atmosféricas Prof.: Euclides Antônio Pereira de Lima

2 2 Roteiro da apresentação I – Algumas Definições II – Aspectos Históricos e Convenções Internacionais III – Legislação IV – Caracterização dos Poluentes V – Monitoramento de Poluentes atmosféricos VI – Sistemas de Controle de Poluentes VII – Aplicações

3 3 Artigo 225, Constituição Federal Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e próximas gerações.

4 4

5 5 POLUIÇÃO: Resultado da alteração das características físicas, químicas ou biológicas normais da atmosfera, de forma a causar danos ao ser humano, à fauna, à flora aos materiais ou restringir o pleno uso e gozo da propriedade, ou afetar negativamente o bem-estar da população. Capítulo 1- Algumas Definições

6 6 Poluição do ar e níveis de referência A poluição ocorre quando a alteração resulta em danos reais ou potenciais Atmosfera poluída X Atmosfera não poluída Níveis de Referência: Padrões de Qualidade do Ar

7 7 Poluente Atmosférico: qualquer forma de matéria que pode poluir a atmosfera; Poluentes Primários: originados diretamente das fontes de emissão. Poluentes secundários: formados na atmosfera através da reação química entre poluentes primários e constituintes naturais da atmosfera. Material Particulado: partículas sólidas ou líquidas emitidas por fontes de poluição do ar; Tamanho das Partículas: um dos parâmetros mais importantes no estudo da poluição atmosférica. Capítulo 1- Algumas Definições

8 8 Tamanho das Partículas: Sedimentáveis (10< <150 m); Sedimentáveis (10< <150 m); Inaláveis ( <10 m): capazes de penetrar pelo nariz e pela boca; Inaláveis ( <10 m): capazes de penetrar pelo nariz e pela boca; Respiráveis ( <5 m): capazes de penetrar na região alveolar; Respiráveis ( <5 m): capazes de penetrar na região alveolar; Visíveis ( >40 m). Visíveis ( >40 m).

9 9 Pó: conjunto de partículas sólidas, comuns da atmosfera, provenientes das mais variadas formas, provindas por forças naturais, como: vento, erupções vulcânicas ou terremoto e atividades humanas, por processos que incluem: moenda, demolição, escavamentos, peneiramento. O pó pode ser de origem mineral, vegetal ou animal. Arbitrariamente: 0,1 < dp < 100 µm Capítulo 1- Algumas Definições

10 10 Cinco compostos significam mais de 90% do problema da contaminação atmosférica: 1. Monóxido de carbono (CO); 2. Óxidos de nitrogênio (NOx); 3. Hidrocarbonetos (HC); 4. Óxidos de enxofre (SOx); 5. Material Particulado Capítulo 1- Algumas Definições


Carregar ppt "1 Universidade Católica Curso de Gestão Ambiental – 29/04/2006 Módulo III – Recursos Naturais e Degradação Ambiental Disciplina: Gestão de Emissões Atmosféricas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google