A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A TV Digital Braz Izaias da Silva Junior 22 de abril de 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A TV Digital Braz Izaias da Silva Junior 22 de abril de 2010."— Transcrição da apresentação:

1 A TV Digital Braz Izaias da Silva Junior 22 de abril de 2010

2 Motivação Interatividade na TV digital é importante? SIM NÃO A HISTÓRIA VAI JULGAR SE VOCÊ ESTAVA CERTO OU NÃO...

3 Motivação Television? No good will come of this device. The word is half Greek and half Latin. Charles Prestwich Scott journalist (1846 – 1932)

4 Mercado Brasileiro de TV Cobertura de quase 100% do território nacional; Atinge 97% da população; 5 grandes emissoras com cobertura nacional; 478 geradoras ; Mais de Retransmissoras; Principal ou única opção de entretenimento, informação e cultura; Principal produtor e distribuidor de conteúdo nacional; Integração da Federação, preservação do idioma e cultura nacional.

5 Mercado Brasileiro de TV Var x 1.000% % Total de Domicílios ,0% ,0%3,2% Fogão ,1% ,2%3,4% Filtro de água ,1% ,6%4,2% Geladeira ,7% ,1%4,8% Freezer ,2% ,0%2,2% Máquina de lavar roupa ,2% ,5%9,3% Rádio ,0% ,9%4,2% Televisão ,4% ,1%4,0% Microcomputador ,5% ,2%21,5%

6 TV Digital no Brasil As pessoas no Brasil compram TV antes de comprarem o fogão (1) IBGE 2009, TELECO 2009

7 TV Digital no Brasil (1) Computer Industry Almanac / IBGE (2) Telecom/ IBGE (3) TV aberta: 98 % dos lares brasileiros Banda larga : 20% dos lares brasileiros Penetração PC: 55% dos lares brasileiros

8 Baixa Adoção PC/internet Alta Penetração TV aberta Digital TV no Brasil TV digital Interativa como uma ferramenta de inclusão digital Interatividade

9 Convergência Digital: uma Tendência Inevitável TI Tecnologia de Informação Telecom Broadcasting Serviços de de telefonia (fixa e móvel) Serviços de Televisão (OTA, Cabo, SAT) Serviços de SW Appl, Internet, vídeo conferência Skype SMS, , streaming VoIP TV portátil, móvel e IPTV You Tube Web TV

10 123 TB IT Telco Net Phones Voice Serv. Cable SAT Broad Net Video Serv. TVs STB Internet Servers WiFi WiMesh Data Serv. PCs Laptop Palmtops TB IT Telco Net Phones Voice Serv. Cable SAT Broad Net Video Serv.. TVs STB Situação anterior Situação atual Infraestrutura Convergente Dispositivos Convergentes Serviços Convergentes FUTURO PRÓXIMO Fases da Convergência Digital Internet Servers WiFi WiMesh PCs Laptop Palmtops Data Serv.

11 Radiodifusão (OTA) Telefonia móvel Information Technology (PC + internet) Aparelhos Elétricos e Eletrônicos Paradigma da comunicação 1 p/ N Modelo de negócio baseado em publicidade Prestação de serviços sobre concessões públicas Serviço baseado em conteúdo Dispositivos individuais Paradigma da comunicação 1 p/ 1 Modelo de negócio baseado em pagamentos mensais Prestação de serviços sobre concessões públicas Canais de voz e datos Dispositivos altamente customizados Paradigma da comunicação N p/ N Modelo de negócios baseado em pgtos. mensais em publicidade Prestação de serviços baseada em empresas privadas Serviços orientados para entrega de conteúdo e dados TV Digital: uma Área Convergente

12 Produtores de Conteúdo Anunciantes Redes de Televisão Aberta Indústria de equipamentos de recepção Indústria de Transmissão Telespectadores Passivos Cadeia de Valor: TV Analógica

13 Provedores de software embarcado Softwares para equipamentos de transmissão Provedores de Chipsets para Set Top Box Cadeia de Valor : TV Digital Aberta Produtores de Conteúdo Anunciantes Redes de Televisão Aberta Indústria de equipamentos de recepção Indústria de Transmissão Telespectadores Passivos

14 Cadeia de Valor : TV Digital Aberta e Interativa Provedores de middleware Desenv. de aplicações interativas Provedores de ferramentas para desenv. de aplicativos Ginga Provedores de software embarcado Softwares para equipamentos de transmissão Provedores de Chipsets para Set Top Box Produtores de Conteúdo Anunciantes Redes de Televisão Aberta Indústria de equipamentos de recepção Indústria de Transmissão Telespectadores Passivos

15 Cadeia de Valor : TV Digital Aberta e Interativa Provedores de middleware Desenv. de aplicações interativas Provedores de ferramentas para desenv. de aplicativos Ginga Provedores de software embarcado Softwares para equipamentos de transmissão Provedores de Chipsets para Set Top Box Produtores de Conteúdo Anunciantes Redes de Televisão Aberta Indústria de equipamentos de recepção Indústria de Transmissão Telespectadores Passivos

16 Provedores de middleware Desenv. de aplicações interativas Provedores de ferramentas para desenv. de aplicativos Ginga Provedores de software embarcado Softwares para equipamentos de transmissão Provedores de Chipsets para Set Top Box Produtores de Conteúdo Anunciantes Redes de Televisão Aberta Indústria de equipamentos de recepção Indústria de Transmissão Telespectadores Passivos Cadeia de Valor : TV Digital Aberta e Interativa VarejoGoverno Provedores TV por assinatura Setor Bancário e Financeiro Gravadoras Provedores de Conteúdos para Internet ?

17 Especificação do middleware Ginga conforme Associação Brasileira de Normas Tecnicas - ABNT MW Ginga Ginga-J Ginga-NCL BRIDGE Ginga COMMON CORE JVM CDC 1.1 / FP 1.1 / PBP 1.1 APIs br.org.sbtvd NCL FormatterLUA ScriptXHTML + CSS + ECMAScriptSMIL TransitionsMono-media Players JavaTV 1.1 JMF JavaDTV LWUIT Middleware Ginga

18 Sincronização de meios Recursos gráficos Possibilidade de caixa de texto Monomídias Áudio e vídeo alternativo Conteúdo com edição em tempo real Canal de retorno Segurança das informações Serviços de informação com dados de radiodifusão Questionário com duração prevista Jogos Portal de informação Los detalles sobre las clases, etc Variante de câmera, etc. Questionário em tempo real Interação a distancia entre os telespectadores Comércio eletrônico (t-commerce, t-banking, etc) Guia eletrônico de programação (EPG), etc. REQUISITOS USO TÍPICO TV Digital: Requisitos Principais

19 Interatividade Local O QUE É sem transmissão de dados do receptor para o radiodifusor a interação é local, apenas possibilitando que o usuário acesse informações já presentes no receptor. os dados são enviados pelas emissoras junto com a aplicação; são armazenados na aplicação e apresentados ao usuário sob demanda. Experiência de interatividade na TV Digital sem o uso de um canal de retorno. Exemplos: Sinopse de programas, dados estatísticos de campeonatos esportivos, informações extras, enquetes etc.

20 Interatividade Plena O QUE É via conexão dedicada para a interatividade (canal de retorno); o usuário precisa ter acesso a um canal para fazer a interação, como banda larga, 3G, etc. interação entre o usuário e o radiodifusor é bidirecional, permitindo envio de informações pessoais, consultas sob demanda, etc. dados armazenados em um servidor remoto e são apresentados ao usuário sob demanda. Experiência de interatividade on-line em tempo real na TV Digital e promover ações de inclusão digital. Exemplos: pesquisas, votações, pagamentos de contas, consulta a conta corrente, compras on-line, educação a distância, , etc.

21 Informação Guia de programação (EPG - Electronic Program Guide) Exemplos de Utilização

22 Informação Guia de programação (EPG - Electronic Program Guide)

23 Exemplos de Utilização Informação Divulgação, T – Commerce

24 Informação Divulgação, T – Government Exemplos de Utilização

25 Serviços: Consulta do saldo bancário Empréstimos bancários Imposto de Renda Exemplos de Utilização

26 Entretenimento Jogos

27 Exemplos de Utilização Entretenimento Shows musicais, eventos etc.

28 Exemplos de Utilização Novelas Quizz, sinopses, ficha técnicas etc.

29 Adequação à norma Qualidade dos produtos Adaptação à realidade do país Interoperabilidade Participação de todos os agentes Interatividade confiável Êxito na Aplicação da Interatividade

30 A TV Digital interativa abre uma nova oportunidade de mercado na América Latina, com grande potencial de sinergia entre os países da região.A TV Digital interativa abre uma nova oportunidade de mercado na América Latina, com grande potencial de sinergia entre os países da região. Todos os atores da cadeia de valor da televisão tradicional deverão se adaptar. O conteúdo interativo é essencial para propagação da convergência digital, permitindo a adoção massiva por parte dos usuários. O momento atual da globalização e a necessidade da expansão do comércio é melhor momento para a transição a um modelo de televisão digital interativa para fomentar a geração de aplicação com a indústria local. Interatividade

31 Mercado: Equipamentos Disponíveis 6 modelos 10 modelos (3 com ginga p/ lançar em modelos 5 modelos 26 modelos (1 com Ginga)

32 140 empregados Experiencia extensa com desenvolviemnto Java JEE Parceiro Oracle Experiência anterior com software de desenvolvimento para mercado global Especialista em consultoria e serviços SLA Atualmente, com foco em soluções empresariais para mercado de software 9000 empregados Maior empresa de software da América Latina Focada em sistemas de ERP para a América Latina A Empresa TQTVD

33 Mercados-Alvo Fabricantes Radiodifusores Empresas de eletrônica de consumo Empresas de eletrônica de consumo Agências de marketing Outras empresas

34 TQTVD e Parcerias Estratégicas Broadcasters Chipset ManufacturersStrategic Alliances ODMs

35 Ciclo de vida da TV digital no fabricante Desenvolver produto Incluir software de interatividade Testar aderência á norma Lançar produto no mercado Manutenção no produto Desenvolvimento novo produto Envio para produção

36 Ciclo de vida da TV digital no fabricante Desenvolver produto Incluir software de interatividade Testar aderência á norma brasileira Lançar produto no mercado Manutenção no produto Desenvolvimento novo produto Envio para produção Porting do ASTROTV (NRE) Licenciamento do ASTROATE Licenciamento do ASTROTV Contrato de Manutenção

37 Desenvolvimento de aplicações interativas Aplicação Sinal Modulada RF (ISDB-T) Conteúdo De Áudio e Vídeo (Emulador da aplicação AstroPlay Programa de Parcerias ASTRODEVNET

38 Portfólio de Produtos Middleware para TV digital 100% compativel com Ginga Software + hardware para transmissão de TV digital Ambiente automatizado de testes para clientes

39 Desenvolvimento - Aplicações Interativas Aplicações interativas em TV digital Demonstrações públicas do ASTROTV Uma divisão da TQTVD focados em: Explorar todos os possíveis cenários interativos para utilização da TV digital

40 Muchas Gracias! Braz Izaias da Silva Junior Sales & Alliances Director


Carregar ppt "A TV Digital Braz Izaias da Silva Junior 22 de abril de 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google