A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

P ARACLETOLOGIA. D EFINIÇÃO É o ramo da teologia sistemática que estuda a respeito do Espírito Santo. Para : Ao lado de Cleto : Convidado Logia : Estudo,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "P ARACLETOLOGIA. D EFINIÇÃO É o ramo da teologia sistemática que estuda a respeito do Espírito Santo. Para : Ao lado de Cleto : Convidado Logia : Estudo,"— Transcrição da apresentação:

1 P ARACLETOLOGIA

2 D EFINIÇÃO É o ramo da teologia sistemática que estuda a respeito do Espírito Santo. Para : Ao lado de Cleto : Convidado Logia : Estudo, Tratado Sentido Literal: Convidado para ficar ao lado de Tradução Latina: Advogado, consolador, auxiliador. Resumo: É o auxiliador especialmente convidado para nos ajudar, convocado para ficar ao nosso lado.

3 O E SPÍRITO S ANTO E AS S EITAS As seitas quase sempre têm interpretações equivocadas a respeito do Espírito Santo. - Espiritismo: Falange de espíritos. - Igreja da Unificação: Espírito feminino que trabalha com Jesus, a fim de conduzir as pessoas à Moon. - Mormons: Um Deus separado do Pai e do Filho. Substância líquida pelo qual o Pai exerce a sua influência. - Islamismo: É o anjo Gabriel. - Fé Mundial Bahaí: Energia divina. - Testemunha de Jeová: Influência e força ativa.

4 N OMES D IVINOS DO E SPÍRITO S ANTO Espírito de Deus (Rm 8.9); Espírito de Adoção (Rm 8.15); Espírito da Promessa; Espírito de Verdade (Jo 14.17, Jo 16.13); Espírito da Graça (Hb 10.29); Espírito de Cristo;

5 A LGUNS P APÉIS DO E SPÍRITO S ANTO 1. Exaltar a Cristo; 2. Levar o homem ao conhecimento pleno das Escrituras; 3. Convencer-nos do pecado, da justiça e do juízo; 4. Atribuir-nos dons espirituais; 5. Co-participar do processo de nossa santificação.

6 S ÍMBOLOS DO E SPÍRITO S ANTO Fogo (Êx 13.21); Vento (Jo 3.8); Água (Jo 7.37-39); Óleo ao Azeite (Sl 133.1, ISm 16.13, Êx 27.20-21); Selo (Jr 22.24); Pomba (Mt 3.16-17).

7 P ERSONALIDADE DO E SPÍRITO S ANTO Inteligência (Rm 8.27) Fonte de sabedoria, entendimento e conhecimento (Is 11.2) Conhecimento perfeito das coisas de Deus (ICo 2.10- 11) Fonte do amor, alegria, paz... (Gl 5.22-23) Entristecemento, aflição (Ef 4.30, Is 63.10, At 5.9) Vontade própria (At 16.6-7) Fala (Mc 13.11, Ap 2.7) Ensina (Lc 12.12) Escolhe obreiros (At 20.28) Dá instruções (At 8.29, 10.19) Intercede (Rm 8.26)

8 A TRIBUTOS D IVINOS DO E SPÍRITO S ANTO 1º. É Deus (At 5.3-4, Is 6.8-9, Jr 31.33, Hb 10.15, II Co 3.18) 2º Eternidade (Hb 9.14, Lc 1.35-37) Onipresença (Sl 139.7-10) Onisciência (I Co 2.10-13) Criador (Ge 1.2) Ressuscita Mortos (Rm 8.11) Confere Dons Espirituais (I Co 12.8-11) Inspirou os Escritores da Bíblia (II Pe 1.21, At 28.25) Justifica e Santifica ao Crente (I Co 6.11) Ensina aos Crentes (Lc 12.11-12)

9 R EFLEXÃO Ao conhecer mais o Espírito Santo, o crente não mais buscará mais do Espírito, porém, descobrirá como o Espírito Santo pode possuir mais dele.

10 O E SPÍRITO S ANTO NO A NTIGO T ESTAMENTO Na criação (Gn 1.2) Rebeldes no Tempo de Noé (Gn 6.3) Na vida dos Líderes: José, Moisés, Bezalel e Josué (Gn 41.38, Is 63.11, Êx 31.1-4, Nm 27.18) Nos Profetas (Ne 9.30, II Re 4.1-7, Nm 22.18, 37- 38, Ez 2.2) Na vida de Sansão (Jz 14.5-6, 14.19, 15.13, 16.20)

11 O E SPÍRITO S ANTO A NTES DO P ENTECOSTES Na vida de João Batista - Lc 1.15, 3.2-4, 3.16 - Jo 1.29-34 Nos discípulos - Mt 10.1 - Lc 10.19-21 - Mc 13.11 - Lc 12.11-12 Em Jesus - Lc 1.35 - Jo 3.34 - Lc 3.21 - Lc 4.1 - Is 11.2 - Mt 12.28 - Jo 3.34 - Hb 9.14 - Rm 1.4

12 R EFLEXÃO Jesus Cristo em Seu maravilhoso ministério dependeu do poder do Espírito Santo. Se o Senhor de toda a Glória nos dias da Sua vida terrena achou que era necessário depender do ministério e do poder do Espírito Santo, quanto mais nós ?!!

13 O PERAÇÕES DO E SPÍRITO S ANTO NA V IDA DO C RENTE Quando uma pessoa é salva ocorrem quatro operações do Espírito Santo: - Regeneração - Batismo - Habitação - Selo e Penhor

14 R EGENERAÇÃO É voltar à vida, e refere-se aqui ao novo nascimento (Tt 3.5, Ef 2.1-5, Jo 3.3-6) Entendemos regeneração como um novo nascimento, sendo o Espírito Santo o Agente da Regeneração (Jo 3.3-7) O novo nascimento nos faz novas criaturas (II Co 5.17, Gl 6.15, Ef 4.24) Pelo novo nascimento, participamos na nova natureza (II Pe 1.4), pertencemos a uma nova raça (I Co 15.20-23), somos introduzidos na família de Deus (Jo 1.12-13, Gl 6.10) Nos tornamos herdeiros de Deus e participantes de um novo reino (Rm 8.16-17, Jo 3.3, Cl 1.13)

15 B ATISMO DO E SPÍRITO S ANTO É a obra pela qual o Espírito Santo coloca o crente numa inseparável união com Cristo, fazendo-o membro do Seu corpo espiritual – A Igreja (I Co 12.12-13, 20,27, Rm 6.3, Gl 3.27); Não confundir o Batismo do Espírito com a Plenitude do Espírito (I Co 12.12-13, Gl 3.27, Cl 2.9-13); O batismo do Espírito Santo não é uma experiência que sentimos conscientemente, mas sim o ato em que o Espírito nos coloca numa perfeita união com Cristo e Seu corpo.

16 I MPORTÂNCIA DO B ATISMO DO E SPÍRITO Nova posição (livres) Nova cabeça (Cristo) Novo lugar (Igreja) Nova comunhão (com o corpo) Nova Tarefa (Serviço)

17 H ABITAÇÃO DO E SPÍRITO Com habitação do Espírito no crente, a vida de Cristo estará nele (Rm 8.10-11) Pela habitação do Espírito nos possibilita desfrutar a posição que Cristo nos proveu. Pela habitação do Espírito, recebemos força para frutificar. Pela habitação do Espírito em nós, Cristo está pronto a produzir Sua personalidade em nós, e trabalhará através de nós (Rm 8.9-10, I Jo 4.12- 13, Gl 2.20)

18 I MPEDIMENTOS Nas plantas, a doença e a ferrugem impedem o florescimento dos ramos; Assim nossos pecados e dúvidas nos impedem de estarmos cheios do Espírito, e ter o Seu fruto produzido em nós (Jo 15.1- 5, Gl 5.25)

19 R EFLEXÃO Sabendo que... O Espírito Santo está pronto a colocar em nossos corações, e através de nossas vidas, a vida abundante de Cristo que nos satisfará. Qual a nossa Resposta? Qual a nossa Decisão?

20 S ELO E P ENHOR DO E SPÍRITO S ANTO É Deus quem dá a ambos; O Espírito Santo é ambos, o selo e o penhor; São recebidos no momento do novo nascimento; Selo indica propriedade, transação finalizada, segurança e preservação; II Co 1.22, II Tm 2.19, Ef 1.13-14, 4.30 Penhor é a garantia ou símbolo da garantia, portanto o Espírito Santo é o símbolo celestial do Deus, a garantia que herdaremos todas a riquezas do céu, que foram prometidas a nós em Cristo Rm 8.16

21 R EFLEXÃO Ambos, o selo e o penhor do Espírito, são tão certos quanto o caráter e a onipotência daquele que deu o Espírito Santo a nós.


Carregar ppt "P ARACLETOLOGIA. D EFINIÇÃO É o ramo da teologia sistemática que estuda a respeito do Espírito Santo. Para : Ao lado de Cleto : Convidado Logia : Estudo,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google