A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Europa Clima e Vegetação PROFESSOR: WELINGTON

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Europa Clima e Vegetação PROFESSOR: WELINGTON"— Transcrição da apresentação:

1 Europa Clima e Vegetação PROFESSOR: WELINGTON

2 O CLIMA E A VEGETAÇÃO – POR CADA REGIÃO DA EUROPA:

3 O Clima Europeu é predominantemente temperado. Possuindo uma pequena parte de seu território acima do Circulo Polar Ártico. O clima temperado caracteriza regiões cuja temperatura varia regularmente ao longo do ano, com a média acima de 10°C, nos meses mais quentes e entre - 3º e 18°C, nos meses frios. Sua Principal característica é a presença das quatros estações bem definidas: Verão: relativamente quente; Outono: com temperaturas gradativamente mais baixas com o passar dos dias; Inverno: frio; Primavera: com temperaturas gradativamente mais altas com o passar dos dias; Umidade depende da localização e condições geográficas de uma dada região.

4 No Clima Polar, as temperaturas médias são muito baixas e ficam em torno de -30 ºC. No verão chegam aos -10 ºC e no inverno podem alcançar os -60 ºC. São regiões de ventos intensos e que ficam cobertas de gelo neve durante todo o ano, com exceção das faixas litorâneas onde uma vegetação de tundra aparece durante o curtíssimo verão. Em regiões mais próxima ao centro da região Ártica e Antartica, no inverno há dias em que o Sol não nasce, e certos dias no verão ele não se põe. (Sol da meia-noite) Também é um clima que apresenta altas amplitudes térmicas diárias e anuais. O Sol à meia-noite no Cabo Norte (NordKapp), Noruega

5 Os principais fatores que atuam na formação das paisagens climatobotânicas da Europa são: 1.Sua LATITUDE, que tem seu território localizado dentro das coordenadas de 34ºN a 75ºN. Portanto acima do Trópico de Câncer (23º27N) e cortado pelo o Círculo Polar Ártico (66º33N). Situando-se predominantemente na Zona Temperada.

6 2. ALTITUDE: Nas altas montanhas, representadas por maciços antigos e dobramentos modernos, os invernos são mais rigorosos e prolongados Quanto maior for a latitude; Quanto maior for a altitude (a cada 180 metros de altura, é -1ºC na temperatura); Menor será a temperatura Alpes Suíços: Os pontos culminantes dos Alpes Ocidentais são o Monte Branco, com mMonte Branco Uma observação, é que os Alpes Suíços não se localizam em latitudes elevadas, mas sua altura, faz com que encontremos neves em seus topos.

7 ALPES SUÍÇOS E SUA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA NO CONTINENTE EUROPEU:

8 3. MARITIMIDADE: A proximidade do mar e um relevo baixo facilitam a penetração de massas de ar oceânicas no litoral, que regulam a quantidade de chuvas e a temperatura; os locais próximos ao mar sofrem variações térmicas menores que os situados no interior do continente. 4. CORRENTES MARÍTIMAS: A presença de uma corrente quente, a corrente do Golfo, ameniza as baixas temperaturas do litoral inglês e do litoral norueguês 5. MASSAS DE AR: A ação dos ventos polares acentua as baixas temperaturas no norte, e os ventos secos provenientes do Saara, contribuem para a escassez de chuvas na região mediterrânea; ventos vindos do oeste proporcionam a entrada de massas úmidas do Atlântico, responsáveis pela ocorrência de chuvas mais freqüentes nas áreas próximas ao litoral.

9 EUROPA – VEGETAÇÃO:

10 O CLIMA E A VEGETAÇÃO – POR CADA REGIÃO DA EUROPA: EUROPA OCIDENTAL: O clima temperado oceânico domina a maior parte da porção ocidental do continente, particularmente nas zonas litorâneas, como você pode observar no mapa clima: O litoral é atingido por massas de ar oceânicas que interferem nas características climáticas. As áreas próximas ao mar apresentam menos variações de temperatura. No verão, as temperaturas mantêm-se amenas, pois a água demora mais para se aquecer. Por outro lado, a água também demora mais para perder temperatura que as porções de terra. Por isso a proximidade do mar contribui para tornar o inverno menos rigoroso. Como as massas são úmidas, as chuvas são bem distribuídas ao longo de todo ano.

11 EUROPA OCIDENTAL: Flora A floresta temperada caracteriza-se pela presença de inúmeras espécies de árvores tal como carvalho, pinheiro e cedro. Este tipo de árvores são também chamadas de coníferas, e somente sobrevivem em climas frios. Fauna A fauna é bastante rica, insetos que se alimentam de madeira, esquilos, ratos, veados, javalis, aves insetívoras, aves noturnas, ursos, lobos, e vários felinos. Em algumas regiões, como forma de adaptação a baixas temperaturas do inverno, alguns animais migram enquanto outros animais hibernam. Montanhas a floresta temperada possui um grande número de montanhas. O Clima Temperado Oceânico está associado a Florestas Temperadas ou de folhas caducas (caducifólia), cujas árvores, típicas da região perdem suas folhas no inverno. A Floresta temperada já foi devastada por milhares de anos de ocupação humana. Originalmente essa vegetação cobria quase toda a extensão do continente, das coníferas ao norte às estepes ao sul. OBS: Em botânica, caducifólia ou caduca é o nome dado às plantas que, numa certa estação do ano, perdem suas folhas, geralmente nos meses mais frios e sem chuva (outono e inverno).

12 EUROPA CENTRO – ORIENTAL: Nas porções Oriental e Central da Europa predomina o Clima Temperado Continental. Ao contrário do Clima Temperado de Oceânico, esse tipo de clima apresenta grande amplitude térmica, com invernos muito frios e verões acentuadamente quentes. As chuvas nessa área são menos regulares; Nas regiões de ao norte do Mar Negro e a noroeste do mar Cáspio (na Ucrânia e na Rússia) ocorre um clima semi-árido, no qual se acentuam as particularidades do clima temperado continental. Há expressivas variações térmicas diárias: os dias são muito quentes e as noites muito frias. Também é acentuada a amplitude térmica anual, no verão se tem 22ºC, no inverno ela cai para 1ºC. Índices pluviômetros são baixos, poucas chuvas durante o ano.

13 EUROPA CENTRO – ORIENTAL: Associado ao clima Temperado Continental, ocorrem formações de Florestas Temperadas e Floresta Boreal (Taiga), e sobre tudo as Estepes. Um Aspecto importante sobre as Estepes é a presença de solos muito ricos, apropriados para cultivo de cereais. Essas Formações aparecem principalmente na Rússia e na Ucrânia. A Taiga também conhecida por floresta de coníferas, ou ainda floresta boreal, é um bioma comumente encontrado no norte. A vegetação é pouco diversificada devido às baixas temperaturas registradas. As florestas boreais demoram muito tempo a crescer e há pouca vegetação rasteira. As árvores demonstram a existência de adaptações ao meio. Sendo de folha persistente, conservam, quando a temperatura baixa, a energia necessária à produção de novas folhas e assim que a luz solar aumenta, podem começar de imediato a realizar a fotossíntese.

14 EUROPA CENTRO – ORIENTAL: A vegetação dominante nas áreas de clima semi – árido (seco), é formada por estepes empobrecidas e secas, com plantas rasteiras e arbustos de pequeno porte: A vegetação de Floresta Temperada, já explicamos quando citamos a Europa Ocidental, e a Vegetação de altitude, veremos mais adiante quando citarmos a Europa Setentrional...

15 EUROPA MERIDIONAL: O tipo climático mediterrâneo é característico do sul da Europa. Trata-se de um clima subtropical com elevadas amplitude térmica anual. Invernos chuvosos e verões secos, assumindo por isso características de semi-aridez.

16 EUROPA MERIDIONAL: A região sofre influências das massas quentes e secas originadas no deserto do Saara. Além disso, as elevações que existem ao norte, representadas pelos Alpes, dificultam a penetração dos ventos frios do norte do continente. Os ventos úmidos do Atlântico também não atingem toda a região, apenas a península Ibérica.

17 EUROPA MERIDIONAL: A vegetação típica do clima mediterrâneo é constituída por árvores pequenas e arbustos dotados de espinhos.

18 EUROPA SETENTRIONAL: No litoral norueguês, o clima é o temperado oceânico. O país sofre influência direta da corrente do Golfo, proveniente do Golfo do México. Nessas altas latitudes, essa corrente serve para amenizar o rigor do frio; Essa corrente quente é de grande vantagem para a Noruega, pois evita a formação de gelo no mar, assim o uso de seus portos ficam liberados o ano todo, ou seja, ela é de grande importância econômica para o país. No norte da península Escandinava e da Islândia, o clima é o Subpolar. A região enfrenta invernos rigorosos e prolongados: o gelo recobre o solo durante pelo o menos quatro meses A vegetação dominante nas áreas de clima frio é formada pela Taiga, nas áreas subpolares aparece a Tundra.

19 EUROPA SETENTRIONAL: A Taiga abriga uma vegetação formada predominantemente por coníferas, pinheiros. Essa vegetação, também conhecida como Floresta Conífera ou Boreal, pois sua presença se limita apenas ao hemisfério Norte. A Tundra é uma vegetação herbácea que só consegue se manifestar com o degelo. Por isso as plantas da tundra cumprem um ciclo vegetativo muito rápido, brotam, florescem e frutificam em poucos meses.

20 Os climas de montanhas assemelham-se aos climas frios e subpolar; eles imperam nos principais conjuntos montanhosos europeus, sobretudo nos Alpes e nos Cárpatos. À medida que a altitude aumenta, a vegetação diminui de porte. Até que ao chegar no topo, não encontremos nenhum tipo de vegetação e somente a chamada neves eternas.

21 FIM OBRIGADO PELA ATENÇÃO DE TODOS!


Carregar ppt "Europa Clima e Vegetação PROFESSOR: WELINGTON"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google