A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FORMAS DE ENERGIA NO BRASIL PROF. JEFERSON C. DE SOUZA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FORMAS DE ENERGIA NO BRASIL PROF. JEFERSON C. DE SOUZA."— Transcrição da apresentação:

1 FORMAS DE ENERGIA NO BRASIL PROF. JEFERSON C. DE SOUZA

2 MATRIZ ENERGÉTICA DO BRASIL Fontes modernas -fósseis -hidrelétricas Fontes tradicionais -lenha -carvão vegetal Fontes alternativas -biomassa -eólica -nuclear

3 CONSUMO DE ENERGIA Indústria= 36,4% Transporte= 27,6% Todos os outros= 36% Quais regiões do Brasil?

4 FONTES TRADICIONAIS CARVÃO VEGETAL Processo de destilação Evaporação dos voláteis Cozimento Forno de barro= lenha + fogo 1° pouco O 2 / depois isola do O 2 Forno de aço= lenha + fogo aproveitamento dos voláteis= álcool metanol

5 FONTES MODERNAS FÓSSEIS / HIDROCARBONETOS Resultados da fossilização da matéria orgânica Ambiente para a formação: Matéria orgânica abundante; Soterramento por sedimentos – rochas geradora; Rocha seladora -lacre e isolamento; Pressão e temperatura ideais. HIDRELÉTRICAS

6 ELETRECIDADE NO BRASIL Hidrelétricas= 76% Alternativas Termelétricas Convencionais Fósseis: Gás e Carvão Termonucleares

7 Hidreletricidade: Brasil: 81% Mundo: 16% Energia elétrica fóssil: Brasil: 9,7% Mundo: 67,7% O BR importa: 6,3% da energia ofertada. MME, Resenha energética – Energia Elétrica

8 HIDRELÉTRICAS UEH PCH

9

10 BARRAGEM DO SALTO - rio Santa Cruz

11

12 Bacia do Paraná: 72% potencial hidrelétrico instalado!

13 Central Hidroelétrica Potência: MW Reservatório:1.350 km 2 Comprimento: m Altura: 196 m Vazão diária média: m 3 /s ITAIPU

14

15 HIDRELÉTRICAS- SOBRADINHO Desastre ambiental!!! Cidade de Casa Nova (BA), Região inundada!!! Barragem de Sobradinho, a 50 km de Juazeiro (BA), que forma o maior lago artificial do mundo (4.214 km 2 ).

16 Rio Madeira Rio Tapajós Rio Xingu Rio Paraná (Itaipu) Rio São Francisco

17 Potência instalada Hidrelétrica de Balbina Rio Uatumã (AM) – 250 MW Hidrelétrica de Tucuruí Rio Tocantins (PA)– MW

18 Potência instalada H. Jirau e Sto. Antônio Rio Madeira MW e MW (~6.400) H. Belo Monte Rio Xingu MW

19

20

21 A usina hidrelétrica de Belo Monte será construída no rio Xingu, no município de Vitória de Xingu, no Pará. A usina será a terceira maior do mundo e a maior totalmente brasileira, com capacidade de 11,2 mil megawatts. Os índios do Xingu tomam a paisagem com seus cocares, arcos e flechas. Em Altamira, no Pará, agricultores fecharam estradas de uma região que será inundada pelas águas da usina. BACOCCINA, D.; QUEIROZ. G.; BORGES, R. Fim do leilão, começo da confusão. Istoé Dinheiro. Ano 13, no 655,28 abr (adaptado). Os impasses, resistências e desafios associados à construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte estão relacionados A)ao potencial hidrelétrico dos rios no norte e nordeste quando comparados às bacias hidrográficas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. B) à necessidade de equilibrar e compatibilizar o investimento no crescimento do país com os esforços para a conservação ambiental. C) à grande quantidade de recursos disponíveis para as obras e à escassez dos recursos direcionados para o agamento pela desapropriação das terras. D) ao direito histórico dos indígenas à posse dessas terras e à ausência de reconhecimento desse direito por parte das empreiteiras. E) ao aproveitamento da mão de obra especializada disponível na região Norte e o interesse das construtoras na vinda de profissionais do Sudeste do país.

22

23 Energia nuclear no Brasil Termelétricas

24 Dec Programa Nuclear Brasileiro; Central nuclear Almirante Álvaro Alberto, constituída por três unidades (Angra 1, Angra 2, e Angra 3), Atualmente, apenas Angra 2 está em funcionamento.

25 Usina nuclear

26 Inúmeras reservas de energia; Requer pequenas áreas; Independência para os países importadores de petróleo e gás; Não contribui para o efeito estufa. Aspectos positivos da energia nuclear:

27 Altos custos de construção e operação; Uso para fins não energéticos/armas nucleares; Destinação do lixo atômico; Acidentes que resultam em liberação de material radioativo; Aspectos negativos:

28 Riscos no Mundo! Acidente nuclear de Fukushima está no nível 4 em escala até 7, diz Japão

29 Enem-2011 / O acidente nuclear de Chernobyl revela brutalmente os limites dos poderes técnico-científicos da humanidade e as marchas-à- ré que a natureza nos pode reservar. É evidente que uma gestão mais coletiva se impõe para orientar as ciências e as técnicas em direção a finalidades mais humanas. O texto trata do aparato técnico-científico e suas consequências para a humanidade, propondo que esse desenvolvimento A) defina seus projetos a partir dos interesses coletivos. B) guie-se por interesses econômicos, prescritos pela lógica do mercado. C) priorize a evolução da tecnologia, se apropriando da natureza. D) promova a separação entre natureza e sociedade tecnológica. E) tenha gestão própria, com o objetivo de melhor apropriação da natureza.

30 Enem- 2010

31 UFRJ-2011 Explique a razão do elevado potencial de geração de energia eólica na interface oceano-continente. Quais são as melhores áreas no Brasil?

32 ENERGIA EÓLICA 84 parques eólicos; nordeste (64%); sul (35%); GWh; 1% da geração elétrica. / TRAMANDAÍ

33 Parques Eólicos Parque Eólico de Tramandaí Pás dos cata-ventos medem 82 metros Usina Eólica Cerro Chato - Santana do Livramento - RS / BR

34 Primeira Usina Maremotriz Estuário do rio Rance – França Diferença de altura média: 8,2 m Potencia: 240 MW é fonte de energia mecânica, limpa e inesgotável que pode ser captada por turbinas para gerar eletricidade. Energia Maremotriz

35

36 Energia das ondas

37 BIOCOMBUSTÍVEIS

38 Fronteira agrícola

39 enem-2011 / A Floresta Amazônica, com toda a sua imensidão, não vai estar aí para sempre. Foi preciso alcançar toda essa taxa de desmatamento de quase 20 mil quilômetros quadrados ao ano, na última década do século XX, para que uma pequena parcela de brasileiros se desse conta de que o maior patrimônio natural do país está sendo torrado. A) Expansão do Projeto Grande Carajás, com incentivos à chegada de novas empresas mineradoras. B) Difusão do cultivo da soja com a implantação de monoculturas mecanizadas. C) Construção da rodovia Transamazônica, com o objetivo de interligar a região Norte a o restante do país. D) Criação de áreas extrativistas do látex das seringueiras para os chamados povos da floresta. E) Ampliação do polo industrial da Zona Franca de Manaus, visando atrair empresas nacionais e estrangeiras.

40 enem-2011 /Uma empresa norte-americana de bioenergia está expandindo suas operações para o Brasil para explorar o mercado de pinhão manso. Com sede na Califórnia, a empresa desenvolveu sementes híbridas de pinhão manso, oleaginosa utilizada hoje na produção de biodiesel e de querosene de aviação. A partir do texto, a melhoria agronômica das sementes de pinhão manso abre para o Brasil a oportunidade econômica de A) ampliar as regiões produtoras pela adaptação do cultivo a diferentes condições climáticas. B) beneficiar os pequenos produtores camponeses de óleo pela venda direta ao varejo. C) abandonar a energia automotiva derivada do petróleo em favor de fontes alternativas. D) baratear cultivos alimentares substituídos pelas culturas energéticas de valor econômico superior. E) reduzir o impacto ambiental pela não emissão de gases do efeito estufa para a atmosfera.

41 O Etanol

42 Cana de açucar O etanol combustível é composto, aqui no Brasil, de 96% de etanol e 4% de água. Aparece na nossa gasolina, como substituto do chumbo, com 22%, formando o chamado gasool. Etanol – Álcool Etílico C 2 H 5 OH Bagaço Cogeração Calor Eletricidade

43 O Álcool Hidratado (96ºGL)- etanol Processo de Desidratação Adiciona cal vivo - reage com água - formando hidróxido de cálcio. O Álcool Anidro (99,3ºGL) Para cada litro de álcool se produz 12 litros de resíduos, do mosto de fermentação, que recebe o nome de vinhaça, tendo aproveitamento como fertilizante.

44 Enem – 2007 Confrontando-se as informações do texto com as da charge acima, conclui-se que

45 Enem – 2007 a charge contradiz o texto ao mostrar que o Brasil possui tecnologia avançada no setor agrícola. b) a charge e o texto abordam, a respeito da cana-de-açúcar brasileira, duas realidades distintas e sem relação entre si. c) o texto e a charge consideram a agricultura brasileira avançada, do ponto de vista tecnológico. d) a charge mostra o cotidiano do trabalhador, e o texto defende o fim da mecanização da produção da cana-de-açúcar no setor sucroalcooleiro. e) o texto mostra disparidades na agricultura brasileira, na qual convivem alta tecnologia e condições precárias de trabalho, que a charge ironiza.

46 Outro Biocombustível

47 ENEM O potencial brasileiro para gerar energia a partir da biomassa não se limita a uma ampliação do Pró-álcool. O país pode substituir o óleo diesel de petróleo por grande variedade de óleos vegetais [...] a biomassa permite a geração de energia elétrica por meio de termelétricas a lenha, carvão vegetal ou gás de madeira, com elevado rendimento e baixo custo. Cerca de 30% do território brasileiro é constituído por terras impróprias para a agricultura, mas aptas à exploração florestal. A utilização de metade dessa área, ou seja, de 120 milhões de hectares, para a formação de florestas energéticas, permitiria produção sustentada do equivalente a cerca de 5 bilhões de barris de petróleo por ano, mais que o dobro do que produz a Arábia Saudita atualmente. José Walter Bautista Vidal. Desafios Internacionais para o século XXI. Seminário da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, ago./2002 (com adaptações). Para o Brasil, as vantagens da produção de energia a partir da biomassa incluem a) implantação de florestas energéticas em todas as regiões brasileiras com igual custo ambiental e econômico. b) substituição integral, por biodiesel, de todos os combustíveis fósseis derivados do petróleo. c) formação de florestas energéticas em terras impróprias para a agricultura. d) importação de biodiesel de países tropicais, em que a produtividade das florestas seja mais alta. e) regeneração das florestas nativas em biomas modificados pelo homem, como o Cerrado e a Mata Atlântica.

48 ENEM O gráfico a seguir ilustra a evolução do consumo de eletricidade no Brasil, em GWh. A racionalização [...]De acordo com o gráfico, conclui-se que o apagão ocorreu no biênio a) b) c) d) e)

49 ENEM Uma fonte de energia que não agride o ambiente, é totalmente segura e usa um tipo de matéria-prima infinita é a energia eólica, [...] O Ministério de Minas e Energia estima que as turbinas eólicas produzam apenas 0,25% da energia consumida no país. [...]compete com uma usina mais barata e eficiente: a hidrelétrica, que responde por 80% da energia do Brasil. Para construir... -hidrelétrica US$ 100 por quilowatt. -parques eólicos, cerca de US$ 2 mil por quilowatt. -usina nuclear, aproximadamente US$ 6 mil por quilowatt. -Instalados... -energia dos ventos, custando R$ 200,00 por megawatt-hora - frente a R$ 150,00 por megawatt-hora das hidrelétricas - R$ 600,00 por megawatt-hora das termelétricas. Época. 21/4/2008 (com adaptações). De acordo com o texto, entre as razões que contribuem para a menor participação da energia eólica na matriz energética brasileira, inclui-se o fato de a)A haver, no país, baixa disponibilidade de ventos que podem gerar energia elétrica. b) o investimento por quilowatt exigido para a construção de parques eólicos ser de aproximadamente 20 vezes o necessário para a construção de hidrelétricas. c) o investimento por quilowatt exigido para a construção de parques eólicos ser igual a 1/3 do necessário para a construção de usinas nucleares. d) o custo médio por megawatt-hora de energia obtida após instalação de parques eólicos ser igual a 1,2 multiplicado pelo custo médio do megawatt-hora obtido das hidrelétricas. e) o custo médio por megawatt-hora de energia obtida após instalação de parques eólicos ser igual a 1/3 do custo médio do megawatt-hora obtido das termelétricas.


Carregar ppt "FORMAS DE ENERGIA NO BRASIL PROF. JEFERSON C. DE SOUZA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google