A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Painel: Água, para onde vai? Para onde vamos? Os 400, a água e o Dia Mundial do Meio Ambiente Alexandre Magrineli dos Reis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Painel: Água, para onde vai? Para onde vamos? Os 400, a água e o Dia Mundial do Meio Ambiente Alexandre Magrineli dos Reis."— Transcrição da apresentação:

1 Painel: Água, para onde vai? Para onde vamos? Os 400, a água e o Dia Mundial do Meio Ambiente Alexandre Magrineli dos Reis

2

3 Concentração recorde de 400 partes por milhão de C02 na atmosfera Em 10 mil anos de história, é a primeira vez que a humanidade tem o poder de cometer suicídio coletivo. (...) A violação da marca simbólica de 400 por milhão não provocou nenhuma declaração ou alerta de chefes de Estado. Um dia depois, os jornais esqueceram o assunto e voltou-se ao dia a dia como se nada tivesse acontecido. Como explicar tal indiferença diante da morte anunciada que espera o mundo dos homens? (...) (É inevitável o suicídio coletivo? – Rubens Ricupero - Folha de São Paulo, 27/5/2013)

4

5 Onde está a fome (fonte: FAO)

6 Escassez de água no mundo (Fonte: UNESCO)

7 Água e segurança alimentar A água é essencial para a segurança alimentar. O gado e as culturas precisam de água para crescer. A agricultura requer grandes quantidades de água para irrigação e qualidade da água para os diferentes processos de produção. O setor agrícola permanece como o maior consumidor de água no mundo dada a sua função de produção, não só alimentos, mas também outras culturas não-alimentares, tais como algodão, borracha ou óleos. A demanda de irrigação é hoje cerca de 70% da água doce retirada para uso humano.

8 Água e segurança alimentar Em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos declarou que o direito de todos a uma alimentação adequada. Contudo, o acesso a uma alimentação adequada em áreas rurais de muitos países em desenvolvimento depende substancialmente do acesso aos recursos naturais, incluindo água, necessários para a sua produção. Em 28 de julho de 2010, a Assembléia Geral das Nações Unidas declarou o acesso à água potável e ao saneamento como um direito humano. Mas o direito à água no contexto do direito à alimentação é complexa: enquanto a água na boca e cozinhar a própria água seriam protegidos, não seria coberto níveis mínimos de água necessária para a produção de alimentos em áreas árido.

9 2013/get-involved/campaign-materials/water- factsheets/en/

10

11

12

13

14 Para onde vai? Para onde vamos? O provável por isso é que só haverá ação decisiva para evitar o colapso definitivo depois de uma sucessão de calamidades espantosas. Quando isso suceder, muitas das consequências já se terão tornado irreversíveis como o derretimento das geleiras, a elevação do nível dos oceanos, a inundação de cidades, a desertificação, a extinção de milhares de espécies. (...) Toynbee lembrava num dos seus últimos livros que nisso os homens deveriam invejar insetos como as formigas, condicionados do ponto de vista psicossomático a agir coletivamente por instinto de sobrevivência. Estudo recente comprovou que os peixes já estão migrando para o norte em busca de águas mais frias. Enquanto isso, os seres humanos se deslumbram com o avanço em produzir e queimar mais gás a partir do xisto… A razão talvez esteja com o poeta T.S. Eliot: o mundo acaba não com um estrondo, mas com um gemido. (É inevitável o suicídio coletivo? – Rubens Ricupero - Folha de São Paulo, 27/5/2013)

15 Existe alternativa?

16 O poder é de vocês! Tirinha Armandinho - Alexandre Beck facebook

17 Blog ALDEIA COMUM

18 Obrigado https://www.facebook.com/Magrineli https://twitter.com/magrineli


Carregar ppt "Painel: Água, para onde vai? Para onde vamos? Os 400, a água e o Dia Mundial do Meio Ambiente Alexandre Magrineli dos Reis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google