A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A HOMEOPATIA E A PEDIATRIA CAMINHANDO JUNTAS. PECULIARIDADES DAS CRIANÇAS Ser dinâmico por natureza: DESENVOLVIMENTO OBSERVAÇÃO Interlocutor – questionamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A HOMEOPATIA E A PEDIATRIA CAMINHANDO JUNTAS. PECULIARIDADES DAS CRIANÇAS Ser dinâmico por natureza: DESENVOLVIMENTO OBSERVAÇÃO Interlocutor – questionamento."— Transcrição da apresentação:

1 A HOMEOPATIA E A PEDIATRIA CAMINHANDO JUNTAS

2 PECULIARIDADES DAS CRIANÇAS Ser dinâmico por natureza: DESENVOLVIMENTO OBSERVAÇÃO Interlocutor – questionamento direto CONFIRMAR Menos suprimidas (ENERGIA VITAL) Sintomas guia: – bruxismo; – língua geográfica; – morder unhas (mutila); – apetite; – verrugas; – chupar dedos; – estrófulo.

3 Quando medicar? Maus momentos: – Episódio agudo sem relação com a DCH – Fase de equilíbrio profundo – Junto com início de tratamento alopático ou supressivo – Momentos de mudanças

4 Quando medicar? Bons momentos: – Fim de episódio agudo – Início do episódio agudo – Fase de equilíbrio aparente – Qualquer momento de uma DCH exprimida

5 Quando medicar? Agudo : – É na enfermidade que o doente mostra sua personalidade. – Quanto mais grave for a doença, tanto mais numerosos e evidentes serão os sintomas que a constitutem; mas isso permite seguramente encontrar o medicamento cujos elementos mórbidos isolados permitam compor um quadro muito semelhante ao da doença artificial curativa, em contraposição ao conjunto característico dos sintomas da doença natural.

6 Quando medicar? Agudo – o medicamneto escolhido deverá ser diluido em água, e dado em pequena dose adequada, nos intervalos mais convenientes, ….mas com o cuidado que o grau de potência de cada dose difira do grau anterior e do seguinte.

7 Quando medicar? - A cada nova ingestão é potencializada a solução, da qual se ministrará ao doente uma ou mais colheres de chá ou café, a cada 2,3,4, 6 horas, e nos casos mais urgentes, a cada hora ou, mais frequentemente, em doenças agudas.

8 Quando medicar? Após decorrer 6,8,12 horas, se o estado de saúde do doente continuar sem melhora, não só lhe é permitido como também é o dever que solicita reparar o erro cometido mediante escolha e administração não apenas do medicamento homeopaticamente adequado, mas também o mais apropriado para o estado de doença em questão.

9 Sintomas Homeopáticos em Crianças Abandono Antecipação Avareza Benevolência Consciencioso Ditatorial Fastidioso Irritbilidade ao despertar Mutila Vaidade Ciúmes Desejos e aversões

10 Febre Quanto tempo pode ficar com febre? Até quantos graus pode ficar sem remédio? Qual o remédio homeopático para febre? E se houver convulsão? Posso dar banhos e fazer compressas? Não posso usar outro medicamento? NADA DE RADICALISMOS!!!!!!!

11 Febre Temperatura e banhos – Intensa ( > 40°C) – Banhos – lavar melhora Sede – Ausência – Presente: quantidade(peq/grande); como bebe(rápido/em goles/molha a boca); intervalos (frequentes/ grandes); temperatura (quente/frios/gelados/mornos)

12 Transpiração – Ausente / presente/ após/durante – Tipo/ localização/odor – Melhora/ não apresenta alivio Atitudes – Onde quer ficar? Carícia? Aversão? Elétrico? Fraqueza? Sensações – Aquecida/ aquecimento/cobrir-se – Calafrios: ausente/presente/tremor/bater dentes

13 Rosto, corpo, extremidades – Cabeça:transpiração só no couro cabeludo/frio/quente/odor – Face: coloração pálida/vermelha – Nariz: movimento/transpiração local/secreção escoriante – Ouvidos: claros/vermelho – Peito: calor/tiragem intercostal – Extremidades: calor/frio: mãos/pés

14 Febre Sono – Bocejos antes e depois – Desperta com e por febre – Inquieto durante – Insônia durante – Dorme profundamente – Delírios/intenso Concomitantes – Vertigens – Dores – Convulsões ( capítulo a parte)

15 Apetite – Aumentado – Desejos – Náuseas, comidas: olhar para e pensar em – Náuseas: comendo e após – Vomitos: comendo súbito e após Sintomas mentais – Inquietude/indiferença – Choro/choramingo – Desejo/aversão de companhia, de ser embalado – Transtornos por…

16 Tipos de febre Ardente – seco, irradiante Contínua – elevada e estável Gástrica - sintomas locais Héctica- supuração/perda de peso Inflamatória – quadros iniciais, sem supuração/ virais Intenso - > 39°C Intermitente – fases de temperatura normal Interno – febre por dentro Renitente - sem temperatura normal Recidivante – dias sem febre Zimotica: ou séptica

17 Quadro clínico APL, 4 anos, fem, branco Febre há 24h, 40°C. Só dorme e sente frio. Mãos quentes e pés gelados, e o peito ferve. Quando acordada, só quer ficar deitada e segurando a mão da mãe. Não tem sede, não transpira. Teve delírios e gemeu muito. Choramingava e podia ser tocada e acariciada. Em uso de pulsatilla sem melhora. Babá que cuidava dela desde que nasceu, saiu recentemente, e ela não está gostando da nova secretária. EF – amigdalite purulenta bilateral

18 Repertorização Sintomas homeopáticos – Atividade diminuída – Prostração – Friorento – Sem sede – Nostalgia – Gemente – Delírios na febre

19 Repertorização

20 Conduta Ignatia amara 200 CH de 2/2h – Evolução: melhora em 4 horas, cura em 48 horas

21 Caso clínico BPF, 30 dias, masculino, branco QP: cólicas violentas e muitos gazes. Gestação: programada, decidiu quando ficaria grávida, como seria o parto e tudo mais. Muito sono pela manhã e pouco a noite. O final foi dificil, pois as roupas apertavam, principalmente na barriga, apareceram hemorróidas e sentia muito calor. Não suportava odor de café nem tomava leite. Após o nascimento minha vida está um caos: não aceito ajuda de ninguém, não deixo que carreguem, ela é só minha. Muito implicante com o marido durante a gestação, achava que ele estava tendo caso com todasas mulheres do prédio. Ganhou apenas 5 Kg, parto cesáreo, programado.

22 Caso clínico PN: 3500g, E- 49 cm; AME; vacinas BCG e hepatite B, adtil e remédios para cólicas HF: nega patologias na família Transpiração: intensa, no início do sono Sono: agitado, acorda muitas vezes, sempre descoberto e de bruços, olhos semi-cerrados, acorda sempre chorando EF – P- 4630g, E- 52 cm; sem outras anormalidades

23 Caso clínico Sintomas homeopático: – Ciumes brutal – Egoísta – Desconfiada – Aversão ao odor de café e ao leite – Sensível roupas abdome – Hemorróidas na gestação

24 Repertorização

25 Conduta Lachesis Ch 200 em plus nas cólicas Retorno (10 dias): parece outra criança, mamando e dormindo bem. – Manter Lach 2x/dia e plus SN Retorno 2 (10 dias): continua bem, evacua após cada mamada, às vezes volta um pouco de leite quando faz força para evacuar. Pipoquinhas no rosto – Miliaria rubra na face. P- 4900g – CD – mantida Lach 2x/dia, intensificar higiene face Retorno 3 (10dias): sem cólicas ou gazes, pele melhorou. P- 5200g – Manter Lach2x/dia por 30 dias


Carregar ppt "A HOMEOPATIA E A PEDIATRIA CAMINHANDO JUNTAS. PECULIARIDADES DAS CRIANÇAS Ser dinâmico por natureza: DESENVOLVIMENTO OBSERVAÇÃO Interlocutor – questionamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google