A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professora Raymi Link REDAÇÃO. EXPLÍCITO: é o que está, de fato, escrito no texto. IMPLÍCITO: é o que é sugerido por algumas expressões ou pelo contexto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professora Raymi Link REDAÇÃO. EXPLÍCITO: é o que está, de fato, escrito no texto. IMPLÍCITO: é o que é sugerido por algumas expressões ou pelo contexto."— Transcrição da apresentação:

1 Professora Raymi Link REDAÇÃO

2 EXPLÍCITO: é o que está, de fato, escrito no texto. IMPLÍCITO: é o que é sugerido por algumas expressões ou pelo contexto.

3 Pressupostos: são ideias não construídas de modo explícito. O sentido decorre da lógica apresentada por algumas palavras e/ou expressões contidas no texto (a informação depreendida é indiscutível). Subentendidos: são insinuações não marcadas linguisticamente (o autor dá a entender, não garante explicitamente, as informações são discutíveis). O subentendido é de responsabilidade do leitor, por isso é preciso atenção às possibilidades contextualizadas. INFORMAÇÕES IMPLÍCITAS Leituras garantidas Leituras possíveis Profª Raymi Link3

4 EXPEDIENTES ARGUMENTATIVOS IMPLÍCITOS: PRESSUPOSTOS SUBENTENDIDOS

5 POSTO E PRESSUPOSTO Vejam a frase a seguir: O tempo continua nublado. Podemos dizer que o posto é exatamente a informação explícita, que afirma que o tempo está, no momento da fala, nublado. O verbo continuar, entretanto, passa uma informação implícita de antes o tempo já estava nublado. A essa informação que passa a ser percebida pelo leitor, a partir do posto, damos o nome de pressuposto. Profª Raymi Link5

6 POSTO E PRESSUPOSTO Vejam a frase a seguir: O tempo continua nublado. Podemos dizer que o posto é exatamente a informação explícita, que afirma que o tempo está, no momento da fala, nublado. O verbo continuar, entretanto, passa uma informação implícita de antes o tempo já estava nublado. A essa informação que passa a ser percebida pelo leitor, a partir do posto, damos o nome de pressuposto. Profª Raymi Link6

7 PRESSUPOSTOS são aquelas ideias não expressas de maneira explícita, mas que o leitor pode perceber a partir de certas palavras ou expressões.

8 Profª Raymi Link 8 PRESSUPOSTOS Os pressupostos são identificados quando o emissor veicula uma mensagem adicional a partir de alguma palavra ou expressão. Lembre-se de que os pressupostos são sempre verdadeiros. O concurseiro deixou de sair aos domingos para estudar mais.

9 Profª Raymi Link 9 PRESSUPOSTOS Pedro deixou de fumar. O verbo deixar- informação de que Pedro fumava antes.

10 Profª Raymi Link 10 PRESSUPOSTOS O tempo continua chuvoso. V erbo continuar - informação implícita de que antes estava chovendo.

11 Profª Raymi Link 11 PRESSUPOSTOS (INDICADORES LINGUISTICOS) Certos advérbios: já, ainda, mesmo, até mesmo, totalmente, finalmente Os resultados ainda não chegaram. Pressuposto: já deviam ter chegado/ vão chegar mais tarde.

12 Profª Raymi Link 12 PRESSUPOSTOS (INDICADORES LINGUISTICOS) C ertos verbos: deixar, ficar, continuar,manter, tornar-se (sucessão de estados); pretender, supor, alegar (ponto de vista) O caso do contrabando tornou-se público. Pressuposto: o caso não era público antes

13 - Mário, o que você achou do meu novo filme? - O cenário é bom! -Você está dizendo que o resto está ruim? * O implícito pode ser negado, pois não está escrito; é o contexto que o torna aparente. Ao dizer que o cenário é bom, afirma que o resto não é.

14 Os pressupostos são marcados, nas frases, por meio de várias indicadores linguísticos Certos advérbios Paulo ainda mora no Rio. Paulo agora mora no Rio.

15 Certos verbos Pedro deixou de fumar. Pedro continua bebendo. Certas conjunções A equipe da casa não jogou mal, mas o adversário foi melhor e mereceu ganhar o jogo. Frequentei a universidade, mas aprendi bastante.

16 As orações adjetivas Os candidatos, que só querem defender seus interesses, não pensam no povo. Os candidatos que só querem defender seus interesses não pensam no povo.

17

18 MARCADORES DE PRESSUPOSTOS (resumo) Adjetivos. Verbos (indicadores de permanência de estado). Verbos que indicam ponto de vista sobre o fato. Certos advérbios Orações adjetivas Certas conjunções.

19 Qual é a ideia implícita?

20 -SUBENTEDIDOS são insinuações por trás de uma afirmação

21 O subentendido do texto acima está no fato de o referido prefeito ter sido tão ausente em seu governo anterior que parecia ser sua primeira candidatura. A crítica está na sua péssima atuação como prefeito; é como se ele não tivesse feito nada representativo e importante para a cidade. Profª Raymi Link21

22 Profª Raymi Link22 Implícito: é algo envolvido no contexto, mas não revelado, é deixado subentendido, é apenas sugerido. A compreensão de implícitos é essencial para se garantir um bom nível de leitura. SUBENTENDIDO

23 Um pai está tentando fazer com que sua filha de 3 anos pare de levantar o vestido para mostrar a calcinha nova para os convidados. - A gente não faz assim, querida! - Eu sei, pai! Tu não usa vestido! SUBENTENDIDO Profª Raymi Link23

24 Profª Raymi Link24

25 Profª Raymi Link 25 SUBENTENDIDOS - Nossa! Está muito calor lá fora! Possível subentendido: ( a pessoa está com sede.)

26 Profª Raymi Link 26 Um funcionário é promovido e o outro diz que nesta empresa o mérito e a dedicação não são levados em conta, apenas a bajulação o é. Se o outro disser que está sendo acusado de não ter mérito, nem dedicação, e de ser bajulador; o preterido pode dizer que não está falando dele, mas que está falando em tese, e que o caso dele é uma exceção.

27 27Profª Raymi Link

28 28

29 Profª Raymi Link29

30 Profª Raymi Link30

31 31Profª Raymi Link

32 32

33 UNICAMP- Observe o diálogo:

34 a) No contexto, como deve ser interpretada a fala da Helga? b) Como Hagar interpretou a fala da Helga? c) Explique por que o comportamento linguístico de Hagar não corresponde ao de um falante comum?

35 a)A questão acima transcrita apresenta um problema de comunicação entre Hagar e Helga. Ao se dirigir a Hagar para saber se ele gostaria de tomar café, Helga pergunta: Café? b) Hagar a interpreta como se ela estivesse perguntando se era café o que havia no bule. c) O comportamento linguístico de Hagar não corresponde ao de um falante comum porque ele afasta a conversa de um contexto e responde a uma frase isolada, o que resulta na possibilidade de dupla-interpretação.

36 Uma acelerada gama de informações são produzidas atualmente O usuário tem mais dificuldades para encontrar toda a informação desejada o serviço de referência facilita o processo de busca da informação O trabalho tem como objetivo principal avaliar o perfil do Bibliotecário de referência nas bibliotecas das Instituições de Ensino Superior É importante a qualificação e atualização constante do profissional Bibliotecário. Profª Raymi Link36

37 Com a acelerada gama de informações produzidas atualmente, o usuário passa a ter mais dificuldades para encontrar toda o conhecimento desejado. Como minimizador desse problema, surge então o serviço de referência para facilitar o processo pela busca da informação. Sendo assim, este trabalho objetiva avaliar o perfil do Bibliotecário de referência nas bibliotecas das Instituições de Ensino Superior, destacando a importância em qualificar e atualizar este profissional. Profª Raymi Link37

38 Tirinhas são responsáveis pela união de elementos da linguagem verbal com elementos da linguagem não verbal. Muitas vezes, a união desses elementos é que permite a correta interpretação do texto. Assim, devemos ter atenção para casos em que as provas cobram noções que estão subentendidas no texto, isto é, quando o enunciado diz que se pode concluir ou inferir algumas afirmações feitas a partir do texto. Observe a tirinha abaixo. Profª Raymi Link38

39 Profª Raymi Link39

40 Vamos a algumas interpretações que podem ser concluídas como subentendidas no texto acima. Partindo do pressuposto, é claro, que subentendido corresponde a uma mensagem escrita nas entrelinhas, deixada propositalmente pelo autor, com o objetivo de que o leitor a percebesse. O ser humano não exercita o cérebro ao passar o dia todo apenas assistindo a programas de comédia na televisão. (Afirmação verdadeira, e é importante destacar que a revolta do cérebro e a frase "tô me sentindo um inútil" mostram a tal falta de exercício, e as risadas no primeiro quadrinho sugerem que o programa que está passando é uma comédia) Profª Raymi Link40

41 Os livros permitem um crescimento intelectual maior do que a televisão.(Afirmação também verdadeira, pelo fato de que o cérebro do homem se revolta ao ficar assistindo à tv e prefere ler um livro; podemos afirmar que, nessa tirinha, existe uma clara oposição entre os substantivos "televisão" e "livro"). Profª Raymi Link41

42 A tirinha contém uma crítica às pessoas que não leem, o que vai ao encontro da campanha "desligue a TV e vá ler um livro", que circulou pela internet há algum tempo. (Afirmação também verdadeira, existe uma crítica implícita, que só pode ser percebida após a correta interpretação de todos os elementos que já destacamos; a expressão "ao encontro de" também está correta, poderia haver problema se a expressão fosse "de encontro a", que indica exatamente o oposto, esteja sempre atento às questões). Profª Raymi Link42

43 EXEMPLOS: 1) Num diálogo entre A e B: A: Estou procurando alguém para consertar meu carro. B: Meu irmão está em casa. A: Mas ele está sempre tão ocupado! Nesse pequeno discurso existem muitas informações implícitas, ou seja, subentendidas, quais sejam A sabe que ali naquele local mora alguém que conserta carro. É o irmão de B que conserta carro. A fica surpreso ao encontrar o irmão de B em casa, já que ele encontra-se sempre muito atarefado. Profª Raymi Link43

44 2) Um enunciado como: Conheço muito bem os políticos de hoje. Este enunciado pode querer dizer que os políticos são desonestos, isentando o locutor de qualquer responsabilidade, escondendo-se atrás do significado literal das palavras, já que a interpretação é particular daqueles que a realizam. Profª Raymi Link44

45 3) Ninguém é tão ignorante que não possa ensinar algo a alguém. Subentende-se que O locutor confia na capacidade das pessoas para ensinar; O interlocutor tem capacidade de ensinar; Há diferentes graus de sabedoria ou de ignorância; Não há ninguém verdadeiramente ignorante; Há alguém que deseja ou precisa de ensino; Há alguma coisa para ensinar. Profª Raymi Link45


Carregar ppt "Professora Raymi Link REDAÇÃO. EXPLÍCITO: é o que está, de fato, escrito no texto. IMPLÍCITO: é o que é sugerido por algumas expressões ou pelo contexto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google