A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Critérios de Avaliação dos Mestrados Profissionais GT - Outras Grandes Áreas VI Encontro Nacional dos Mestrados Profissionais Salvador - BA Universidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Critérios de Avaliação dos Mestrados Profissionais GT - Outras Grandes Áreas VI Encontro Nacional dos Mestrados Profissionais Salvador - BA Universidade."— Transcrição da apresentação:

1 Critérios de Avaliação dos Mestrados Profissionais GT - Outras Grandes Áreas VI Encontro Nacional dos Mestrados Profissionais Salvador - BA Universidade Federal da Bahia 17 a 19 de novembro de 2010

2 GRUPOS DE TRABALHO Tripartite FNMP-FOPROP-CAPES GT – ENGENHARIAS –(49 cursos de MP) GT – INTERDISCIPLINAR –(84 cursos de MP) GT – CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS –(53 cursos de MP) GT – CIÊNCIAS DA SAÚDE –(46 cursos de MP) GT – OUTRAS GRANDES ÁREAS –(45 cursos de MP)

3 GT - Outras Grandes Áreas NCiências BiológicasBIOLOGIA GERALUNINILTON - CENTRO UNIVERSITÁRIO NILTON LINSAM SECiências BiológicasBIOQUÍMICAFIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZRJ SECiências BiológicasECOLOGIAIPÊ - INSTITUTO DE PESQUISAS ECOLÓGICASSP NECiências BiológicasECOLOGIAUFBA - UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIABA SCiências BiológicasFARMACOLOGIAUEL - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINAPR NECiências BiológicasFARMACOLOGIAUFC - UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁCE SCiências BiológicasFARMACOLOGIAUFSC - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINASC SECiências BiológicasFISIOLOGIAUFMG - UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAISMG SECiências BiológicasFISIOLOGIAUNIFESP - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULOSP SCiências BiológicasGENÉTICAULBRA - UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASILRS SCiências BiológicasGENÉTICAULBRA - UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASILRS COCiências HumanasANTROPOLOGIAPUC-GOIÁS - PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁSGO COCiências HumanasCIÊNCIA POLÍTICAIRBr - INSTITUTO RIO BRANCODF SCiências HumanasCIÊNCIA POLÍTICAUEM - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁPR SECiências HumanasEDUCAÇÃOUFJF - UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORAMG SECiências HumanasHISTÓRIAFGV/RJ - FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGASRJ NECiências HumanasSOCIOLOGIAUECE - UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁCE SCiências HumanasTEOLOGIAEST - ESCOLA SUPERIOR DE TEOLOGIARS Ciências Biológicas 11 cursos Ciências Humanas 7 cursos

4 GT - Outras Grandes Áreas Ciências Exatas e da Terra - 11 cursos Ciências Agrárias 16 cursos

5 Conceitos

6 GT - Outras Grandes Áreas Sheila Farage – BiomanguinhosMP Tecnologia de Imunobiológico Hermes Amorim – ULBRA MP Genetica e Toxicologia Aplicada Horacio Frota - UEC MP Planejamento e Politicas Públicas Geraldo Cernicchiaro – CBPFMP Física Instrumentação Científica Marcos Derizans – Instituto Rio Branco MP Diplomacia Francisco Rolim - UNIDERP MSMP Produção em Gestão Agroindustrial Alexandre Pinheiro – UFRB MP Defesa Agropecuaria Elodio Sebem – UFSMMP Agricultura de Precisão Sandra Guimarães – UFPR proposta MP em Educação Celso Carminati – UDESC proposta MP em Educação

7 Perfil do discente –Tempo de dedicação X Tempo de Produção: publico que trabalha, dedicação é parcial. –Desenvolvimento Intelectual: transformar o profissional-aluno em um pensador científico um agente transformador do mundo do trabalho e da sociedade independência intelectual

8 Consultores dos Comitês de Avaliação: Um Comitê separado para os Programas Profissionais é o ideal, formado com os docentes que atuam nesses programas; Se continuar os atuais Comitês Mistos, então o critério de seleção destes docentes deve ser diferenciado e partir de uma lista ampla de docentes com experiência em Programas Profissionais e aceitos por esta comunidade. E se for misto, que os consultores dos Comitês com experiência em programas profissionais sejam em maior número quando da avaliação dos MP. Propostas

9 Comitê por área para avaliação do Qualis Técnico com valoração de: Depósito de patentes nacionais e internacionais; Indexação de Notas Técnicas com comitês editoriais externos; Projetos aprovados por Edital Público; Consultoria com comitê de avaliação externo; Portarias, Laudos, Normas e Legislação derivados de dissertações; Produção acadêmica derivada de dissertação profissional;

10 Propostas Acompanhamento da atuação profissional do egresso. Impactos sociais e econômicos: Incorporar no Coleta os indices de aplicabilidade e impacto social e economico registrado no ato da defesa

11 Propostas Flexibilidade do Credenciamento: No caso especifico do MP é importante a cooperação entre diferentes setores da sociedade (academia, industria, instituições de pesquisa, etc.) isto demanda em muitos casos a coorientação por doutores externos ao programa, estes professores não deveriam ser computados no indice de produtividade do corpo docente. Mudança da época do Coleta CAPES para final de abril ou maio.

12 Os MPs tem como finalidade principal preparar recursos humanos para pesquisa e atuação para além do âmbito acadêmico; Os comitês de avaliação aparentam ter dificuldade de julgar e identificar as especificidades dos MPs; O Coleta CAPES deve incorporar especificidades; CA diferenciado a partir de uma lista ampla de docentes com experiência em Programas Profissionais; Conclusões

13 Obrigado.

14 VI Encontro Nacional dos Mestrados Profissionais Salvador - BA Universidade Federal da Bahia 17 a 19 de novembro de 2010


Carregar ppt "Critérios de Avaliação dos Mestrados Profissionais GT - Outras Grandes Áreas VI Encontro Nacional dos Mestrados Profissionais Salvador - BA Universidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google