A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

No contexto europeu os níveis de desemprego nos diversos estados membros registam grandes assimetrias. No geral, os países do Sul como Espanha,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "No contexto europeu os níveis de desemprego nos diversos estados membros registam grandes assimetrias. No geral, os países do Sul como Espanha,"— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5 No contexto europeu os níveis de desemprego nos diversos estados membros registam grandes assimetrias. No geral, os países do Sul como Espanha, Grécia e Portugal e de Leste como a Estónia, Letónia e Lituânia, apresentam valores muito altos que contrastam com os valores registados por países mais desenvolvidos, sobretudo países do Norte, como a Alemanha, a Dinamarca, a França, o Luxemburgo e os Países Baixos. Nota-se também que nos países de leste os níveis de desemprego têm vindo a diminuir devido ao desenvolvimento desta zona, ao contrário dos outros países que na sua maioria aumentaram este número devido ao rebentar da crise económica internacional.

6 Fonte: PorData

7

8 Em Portugal verificam-se as diferenças já referidas entre as taxas de desemprego masculina e feminina. Em 2007 a diferença entre ambas as taxas é maior e a partir de 2008 as diferenças diminuem, principalmente devido ao aumento mais significativo da taxa de desemprego masculina.

9 Como podemos constatar, as diferenças entre as taxas de desemprego masculino e feminino têm vindo a diminuir, tendo-se encontrado em 2009, ano em que tiveram valores muito semelhantes. A partir desse ano as duas taxas têm andado muito próximas, tendo até a feminina sido mais baixa que a masculina em 2010.

10

11 Como já foi dito, o desemprego da população abaixo dos 25 anos é o mais alto dentro dos grupos etários. Isto deve-se à falta de criação de emprego– impulsionada pelo aumento de idade de reforma- e estagnação da economia, principalmente a partir de 2008, não havendo escoamento para os jovens que acabam os seus cursos superiores.

12 No contexto europeu, a taxa de desemprego tinha vindo a descer até 2008, ano de início da Crise, que trouxe consigo o abrandamento e até mesmo recessão da economia. Por isso verificamos que após um período de estabilidade e até decréscimo do desemprego em geral, deparamo-nos com um aumento significativo em 2008, continuando a subir até 2010, ano de recuperação de alguns países, o que levou ao abrandamento e até diminuição destes valores, sendo a diminuição bastante significativa na dos jovens.

13 NívelDescrição Nível 0Pré-primária Nível 1Educação primária Nível 2Ensino Básico Nível 3Ensino secundário Nível 4Ensino pós-secundário não superior Nível 5Licenciatura Nível 6Doutoramento

14 Em Portugal os níveis de ensino mais altos são os que registam uma menor taxa de desemprego, que tem vindo a acompanhar a subida geral do desemprego total, tendo apenas descido de 2003 a 2004 e de 2007 a Os restantes níveis de Ensino têm vindo a evoluir de forma conjunta, acompanhando as descidas já mencionadas e subido a partir de 2008, sendo que aqueles que registam menor grau de habilitações são os que mais sofrem com o desemprego, pois para além do desemprego ser menor, por norma, essas atividades são as menos renumeradas.

15 À semelhança do sucedido em Portugal, também na Europa os menos qualificados apresentam maior taxa de desemprego, e os mais qualificados menor. Os níveis intermédios apresentam taxas semelhantes e todas evoluíram como já verificado, estagnando e decrescendo e subindo em 2008.

16

17


Carregar ppt "No contexto europeu os níveis de desemprego nos diversos estados membros registam grandes assimetrias. No geral, os países do Sul como Espanha,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google