A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FLAGELOS PSEUDÓPODES CÍLIOS. A amebíase ou disenteria amebiana é uma doença de difusão mundial causada pela Entamoeba histolytica, que se instala principalmente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FLAGELOS PSEUDÓPODES CÍLIOS. A amebíase ou disenteria amebiana é uma doença de difusão mundial causada pela Entamoeba histolytica, que se instala principalmente."— Transcrição da apresentação:

1 FLAGELOS PSEUDÓPODES CÍLIOS

2

3 A amebíase ou disenteria amebiana é uma doença de difusão mundial causada pela Entamoeba histolytica, que se instala principalmente no intestino grosso humano. Segundo estimativas, atinge mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo, causando de 40mil a 100 mil mortes anuais. É a falta de condições higiênicas adequadas que condiciona sua disseminação. A Entamoeba histolystica pode permanecer no organismo sem causar nenhum sintoma. As formas graves de disenteria amebiana têm sido registradas com mais freqüência na América do Sul, na Índia, no Egito e no México. A transmissão da doença é feita por cistos eliminados com as fezes e ingeridos com água ou alimentos.

4 A disenteria amebiana aguda manifesta-se com quadro disentérico agudo, melena, cólicas abdominais, tenesmo, náuseas, vômitos, emagrecimento e fadiga muscular. manter sanitários limpos; lavar as mãos antes das refeições e após a defecação; tratar os doentes e portadores assintomáticos; não usar excrementos, como fertilizantes; combater as moscas e baratas.

5

6 A giardíase é uma parasitose intestinal, também denominada giardose ou lamblíase, causada pelo protozoário flagelado Giardia lamblia

7 Os sintomas da doença nos animais são fezes moles, odor fétido e algumas vezes diarréia acompanhada de dor abdominal, que pode ser intermitente e aguda e muitas vezes associada à desidratação. Outros sinais incluem vômito, cansaço, falta de apetite, perda de peso e anemia. O ser humano pode apresentar a mesma sintomatologia canina, ou seja: diarréias freqüentes, vômitos, desidratação, fraqueza, dores abdominais. Educação sanitária e adoção de hábitos de higiene: qualidade da água, lavar as mãos e alimentos antes das refeições. Tratamento de indivíduos infectados, com sintomas ou não. Vacinação dos cães

8

9 O mal de Chagas é uma doença infecciosa causada pelo protozoário (microrganismo de uma célula) Trypanosoma cruzi, que vive naturalmente no sangue de seres humanos e animais (cães, gatos, ratos, gambás, macacos, tatus, entre outros). BARBEIRO BICUDO RONDÃO FLAMENGO CHUPANÇA FINCUDO

10 O barbeiro infectado, ao sugar o sangue de suas vítimas, deposita fezes no local da picada, transmitindo assim o parasita. O protozoário também pode entrar no organismo humano pela boca, olhos ou feridas pré-existentes. Trypanosoma cruzi

11 A doença é ainda transmitida por mães grávidas a seus filhos ou durante a amamentação, por transfusão de sangue e pela ingestão de alimentos contaminados (crus ou mal cozidos). A fase inicial da doença, chamada de fase aguda, pode passar despercebida, pois seus sintomas confundem-se com os de outras doenças. Eles incluem fadiga, febre, aumento do fígado e dos gânglios. Pode haver perda do apetite, diarréia e vômitos. Esses sintomas podem durar de quatro a oito semanas e depois desaparecerem sem tratamento.

12 Um terço dos infectados apresentam sintomas na fase crônica, entre 20 e 30 anos mais tarde, quando aparecem problemas cardíacos - aumento do coração, arritmia e parada cardíaca. O sistema digestivo também pode ser afetado, com inchaço de órgãos e dificuldade de engolir. A gravidade da infecção depende da virulência do parasita e a suscetibilidade do paciente infectado. CASA BARREADA

13

14 Trichomonas vaginalis

15

16 Doença infecto-contagiosa do sistema gênito-urinário do homem e da mulher. No homem causa uma uretrite de manifestações em geral discretas, podendo, eventualmente ser ausentes em alguns e muito intensas em outros. É uma das principais causas de vulvovaginite da mulher adulta podendo porém, cursar com pouca ou nenhuma manifestação clínica.

17 PROFILAXIA É O PRESERVATIVO (CAMISINHA)

18 Leihmania braziliensis

19 A Leishmaniose é uma das principais preocupações dos órgãos de saúde pública encarregados de controlar as zoonoses em nosso país. A doença, que só se instalou no Brasil na segunda metade do século passado, segue um longo trajeto antes de atingir o homem: em primeiro lugar, o vetor (inseto conhecido popularmente como mosquito-palha) pica e infecta um mamífero – que pode ser o cão. MOSQUITO-PALHA

20 Estima-se em 12 milhões o número de pessoas acometidas, em 88 países da Ásia, África, Europa e Américas.

21 De modo geral, essas enfermidades se dividem em leishmanioses tegumentares, que atacam a pele e as mucosas, e viscerais (ou calazar), que atacam os órgãos internos. calazar A Leishmania é transmitida ao homem e às demais espécies de hospedeiros vertebrados por pequenos insetos, de cor amarelada: os flebotomíneos.

22 O tratamento da ferida brava é feito nos serviços de saúde. A leishmania tem cura, é só seguir o tratamento corretamente. Quando não tratada, ou tratada de forma incorreta, ela pode incubar, e aparecer depois nas cartilagens (nariz, lábios, garganta, etc.), podendo ficar como o menino ao lado.

23

24

25 TRANSMITIDA PELA PICADA DO Anopheles sp (MOSQUITO-PREGO)

26 CAUSADA PELO Plasmodium spp

27 Trichomonas vaginalis


Carregar ppt "FLAGELOS PSEUDÓPODES CÍLIOS. A amebíase ou disenteria amebiana é uma doença de difusão mundial causada pela Entamoeba histolytica, que se instala principalmente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google