A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vírus Márcia Regina Garcia. População Sucetível Idosos e crianças; Idosos e crianças; Mulheres grávidas; Mulheres grávidas; Imunodeprimidos; Imunodeprimidos;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vírus Márcia Regina Garcia. População Sucetível Idosos e crianças; Idosos e crianças; Mulheres grávidas; Mulheres grávidas; Imunodeprimidos; Imunodeprimidos;"— Transcrição da apresentação:

1 Vírus Márcia Regina Garcia

2 População Sucetível Idosos e crianças; Idosos e crianças; Mulheres grávidas; Mulheres grávidas; Imunodeprimidos; Imunodeprimidos; Pacientes com câncer; Pacientes com câncer; Recipientes de transplantes de órgãos; Recipientes de transplantes de órgãos; Doenças que predispõe: alcoolismo, diabetes, cirrose de fígado) Doenças que predispõe: alcoolismo, diabetes, cirrose de fígado)

3 Vírus associados à doenças de origem alimentar Rotavírus; Rotavírus; Vírus Norwalk; Vírus Norwalk; Vírus da hepatite A; Vírus da hepatite A; Vírus da hepatite B; Vírus da hepatite B; Vírus associados à gastroenterites: astrovírus, adenovírus, pariovírus; Vírus associados à gastroenterites: astrovírus, adenovírus, pariovírus; BSE (encefalite bovina espongiforme). BSE (encefalite bovina espongiforme).

4 Características Vírus entéricos: preferência por células do trato gastrointestinal; Vírus entéricos: preferência por células do trato gastrointestinal; Entram no corpo pela boca (alimento), água ou contato pessoal; Entram no corpo pela boca (alimento), água ou contato pessoal; Infectam as células do trato intestinal ou fígado; Infectam as células do trato intestinal ou fígado; Sintomas: febre, diarréia, náusea, vômito, dores abdominais; Sintomas: febre, diarréia, náusea, vômito, dores abdominais; Com a multiplicação, novas partículas virais são formadas, havendo liberação pelas fezes. Com a multiplicação, novas partículas virais são formadas, havendo liberação pelas fezes.

5 Vias de transmissão dos vírus transmitidos por alimentos Durante o preparo de alimentos; Durante o preparo de alimentos; Frutos do mar; Frutos do mar; Alimentos crus em geral (frutas e vegetais); Alimentos crus em geral (frutas e vegetais); Água não tratada; Água não tratada; Resistentes no ambiente. Resistentes no ambiente.

6 Medidas de controle de vírus Homem: único hospedeiro dos vírus entéricos; Homem: único hospedeiro dos vírus entéricos; Higiene pessoal; Higiene pessoal; Tratamento adequado dos dejetos humanos; Tratamento adequado dos dejetos humanos;

7 Para os manipuladores de alimentos Hábitos adequados de higiene pessoal; Hábitos adequados de higiene pessoal; Pessoas doentes: evitar manipular alimentos; Pessoas doentes: evitar manipular alimentos; Pessoas com hepatite recente ou com sintomas de gastroenterite: evitar manipular alimentos. Pessoas com hepatite recente ou com sintomas de gastroenterite: evitar manipular alimentos.

8 Sensibilidade a agentes químicos e físicos Temperatura Temperatura - frio: preserva o vírus; - calor: mata o vírus pH: - próximo do neutro (7,0): preserva o vírus; - vírus entérico: 3,0 – 9,0 Radiação: esterilização

9 Diagnóstico de vírus Alimento, água: detecção do vírus; Alimento, água: detecção do vírus; Homem (doença relacionada à ingestão de alimentos): exame de fezes; Homem (doença relacionada à ingestão de alimentos): exame de fezes; Visualização direta do vírus por microscópio eletrônico. Visualização direta do vírus por microscópio eletrônico.

10 Multiplicação ou Replicação Absorção; Absorção; Penetração; Penetração; Transcrição e tradução do ácido nucleico viral; Transcrição e tradução do ácido nucleico viral; Síntese de proteínas do vírus. Síntese de proteínas do vírus.

11

12 Sítios de entrada do vírus no hospedeiro Contato com lesões; Contato com lesões; Inoculação por agulhas; Inoculação por agulhas; Picadas de insetos ou mordidas de animais; Picadas de insetos ou mordidas de animais; Via trato respiratório; Via trato respiratório; Via trato gastrointestinal; Via trato gastrointestinal; Via conjuntiva; Via conjuntiva; Via trato genital. Via trato genital.

13 Eventos importantes na patogênese Invadir o hospedeiro; Invadir o hospedeiro; Estabelecer infecção; Estabelecer infecção; Superar defesas locais; Superar defesas locais; Disseminação a partir do sítio de inoculação; Disseminação a partir do sítio de inoculação; Replicação secundária; Replicação secundária; Saída do hospedeiro. Saída do hospedeiro.

14 Padrões de infecção Aguda; Aguda; Latente; Latente; Crônica; Crônica; Abortiva; Abortiva; Assintomática. Assintomática.

15 Controle das infecções virais Controle do vetor; Controle do vetor; Imunização; Imunização; Ativação da resistência no hospedeiro; Ativação da resistência no hospedeiro; Drogas. Drogas.

16 Vacinas Vírus morto ou inativo; Vírus morto ou inativo; Vírus vivo atenuado; Vírus vivo atenuado; São eficazes na prevenção de diversas doenças virais, modestas ou ineficazes na terapia de indivíduos já infectados. São eficazes na prevenção de diversas doenças virais, modestas ou ineficazes na terapia de indivíduos já infectados.

17 Por que ainda não temos uma droga antiviral realmente efetiva? Vírus -Parasita intracelular obrigatório; - Dependente do metabolismo para replicação Em geral, a maioria dos agentes antivirais que atuam na replicação viral, são letais às células

18 Doenças causadas por vírus Gastroenterites - Rotavírus (60%); - Adenovírus; - Vírus Norwalk; - Pariovírus; - Astrovírus.

19 Hepatite: transmissão fecal-oral - A -Período de incubação: 30 dias; -Sintomas: desconforto abdominal - B -Período de incubação: 40 dias

20 Rotavírus Causam gastroenterite aguda e diarréia infantil; Causam gastroenterite aguda e diarréia infantil; Gastroenterite leve a severa, com vômito, diarréia aquosa e febre de baixo grau; Gastroenterite leve a severa, com vômito, diarréia aquosa e febre de baixo grau; Período de incubação: 1 a 3 dias; Período de incubação: 1 a 3 dias; Multiplicação do vírus no intestino; Multiplicação do vírus no intestino; Transmissão: fecal-oral; contato pessoal com mãos, alimentos manipulados ou contaminados. Transmissão: fecal-oral; contato pessoal com mãos, alimentos manipulados ou contaminados.


Carregar ppt "Vírus Márcia Regina Garcia. População Sucetível Idosos e crianças; Idosos e crianças; Mulheres grávidas; Mulheres grávidas; Imunodeprimidos; Imunodeprimidos;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google