A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Método de Referência par Determinação de Material Particulado Amostrador de Grandes Volumes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Método de Referência par Determinação de Material Particulado Amostrador de Grandes Volumes."— Transcrição da apresentação:

1 Método de Referência par Determinação de Material Particulado Amostrador de Grandes Volumes

2 Princípio O ar é succionado passa através de um filtro a uma vazão de 1,13 a 1,70 m³/min que faz com que as partículas em suspensão com diâmetros enre 0,1 e 100 mícrons (diâmetro equivalente de Stokes) atinjam o filtro. A concentração de partículas em suspensão expressa em microgramas por metro cúbico (µg/m³) é calculada determinando-se a massa do material coletado e o volume de ar amostrado.

3 Sensibilidade Quando o amostrador é operado durante 24 horas com vazão média de 1,7 m 3.min concentrações a partir de 1 μg.m -3 são determinadas.

4 Interferências Material particulado oleoso, como por exemplo, o proveniente do«smog» fotoquímico, pode bloquear o filtro e fazer com que a vazão sofra uma queda brusca e de maneira não uniforme. Neblina densa ou alta umidade podem tornar o filtro muito úmido e reduzir severamente o fluxo de ar através do filtro. Filtros de fibra de vidro são praticamente insensíveis a mudanças de umidade relativa, mas o material coletado pode se higroscópio.

5 Partes do Amostrador -Suporte do filtro -Adaptador -motor

6 Amostrador O amostrador deve ser capaz de fazer passar ar atmosférico através de uma área de 406,5 centímetros quadrados (cm²) de um filtro limpo de fibra de vidro de 20,3 x 25,4 centímetros (cm) a uma vazão de, no mínimo 1,13 m³/min. O motor deve ser capaz de operar continuadamente por 24 horas, com voltagens de 110 a 120 V, Hz;

7 Abrigo do Amostrador O abrigo está sujeito a mudança de temperatura, umidade, e a todos os tipos de poluentes. por isso, os materiais para a construção do abrigo devem ser escolhidos cuidadosamente. O amostrador dever ser montado verticalmente dentro do abrigo, de tal forma que o filtro fique paralelo ao solo. O abrigo deve ter um teto que proteja o filtro contra material sedimentável e chuva. Módulo sequencial para amostragem de material particulado - Sentinel PM A área livre entre a parte principal do abrigo e o teto, no ponto mais próximo, deve ser de 580,5 ± 193,5 cm². A parte principal do abrigo deve ser retangular, com dimensões de cerca de 29 x 36 cm (Decreto 8468/76)

8 Rotâmetro: marcado em unidades arbitrárias, geralmente de 0 a 70, e capaz de ser calibrado. Outros instrumentos podem ser usados, desde que com exatidão equivalente; Orifício de Calibração: consistindo de um tubo metálico de 7,6 cm de diâmetro interno e 15,9 cm de comprimento, com uma tomada para pressão estática localizada a 5,1 cm de uma das extremidades. Manômetro Diferencial: capaz de medir, no mínimo, 40 cm de água; Medidor de Volume: calibrado para ser usado como padrão primário; Barômetro: capaz de medir pressão atmosférica até milímetro de mercúrio (mm Hg).

9 Análise Ambiente condicionado: sala de balança ou dessecador mantido a 15 o C a 35 o C umidade relativa do ar menor que 50% A balança analítica deverá possibilitar a pesagem sem dobrar o papel filtro de 20,3 x 25,4 cm e ter sensibilidade de 0,1 mg A fonte de luz deve ser o mesmo tipo da usada para analisar chapas de raios X Os filtros devem ser identificados por meio de carimbo

10 Meio Filtrante Filtros de fibra de vidro com eficiência de no mínimo 99% para partículas de 0,3 mícrons, são ideais. Filtro de papel poderá ser desejável para alguns tipos de análises. Verificar interferência da composição química dos filtros.

11 Amostragem Preparar o filtro: examinar usando a fonte de luz descrita, verificar se não há imperfeições, remover eventuais partículas, expor às condições da sala condicionada por 24 horas, pesar (em escala de mg), anotar a tara e identificação do filtro, não dobrar. Coletar a amostra: instalar o filtro com a parte rugosa para cima, utilizar uma pequena quantidade de talco para evitar que o filtro cole na borracha do suporte. Fechar o abrigo e funcionar o amostrador por 5 minutos. Conectar o rotâmetro e fazer a leitura da vazão inicial. Desconectar o rotâmetro e amostrar por 24 horas.

12 Conectar o rotâmetro e ler a vazão final. Retirar o filtro, dobrar em sua maior dimensão e colocar numa folha de papel dobrada. O rotâmetro utilizado deve ser o mesmo da calibração e com a mesma tubulação

13 No laboratório, os filtros são equilibrados às condições da sala por 24 horas e pesados. Posteriormente podem ser usados para outras análises.

14 Cálculo do volume da amostra

15 Cálculo da Concentração de MP


Carregar ppt "Método de Referência par Determinação de Material Particulado Amostrador de Grandes Volumes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google