A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ManWinWin® Organização e Gestão da Manutenção GERIR AS MÁQUINAS COM QUALIDADE E MENOS TRABALHO Aplicação vocacionada para as PMEs destinada a gerir as.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ManWinWin® Organização e Gestão da Manutenção GERIR AS MÁQUINAS COM QUALIDADE E MENOS TRABALHO Aplicação vocacionada para as PMEs destinada a gerir as."— Transcrição da apresentação:

1 ManWinWin® Organização e Gestão da Manutenção GERIR AS MÁQUINAS COM QUALIDADE E MENOS TRABALHO Aplicação vocacionada para as PMEs destinada a gerir as máquinas e os equipamentos com: baixo investimento + eficácia + facilidade O ManWinWin é a nova e mais produtiva geração de produtos para gestão da manutenção industrial desenvolvidos pela Navaltik Portugal. Para além de mais capacidades, maior produtividade e estabilidade o Manwinwin incorpora melhoramentos que vão de encontro às necessidades actuais dos gestores de manutenção. Navaltik Portugal - Marine Surveyors & Consultants, Lda. Av. Prof. Dr. Egas Moniz, 12-A, Massamá - Portugal Tel Fax Visite para obter apresentações dos outros módulos da aplicação.www.navaltik.com O ManWinWin tem uma concepção modular e cobre as principais áreas relacionadas com a Manutenção Industrial. No Quadro ao lado encontra a estrutura completa de todo o pacote ManWinWin. Esta apresentação incide apenas sobre o módulo de Gestão de Manutenção.

2 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Desenvolvido em visual basic 6.0 utiliza a tecnologia ADO (Activex Data Objects) para ligação a base de dados; Funciona em plenitude (maior performance e segurança) em SQL Server; Utiliza a recente tecnologia MSDE (motor de base de dados SQL Server, para um máximo de 5 utilizadores em simultâneo); Funciona em JET (motor de base de dados do Access); Está preparado para outras bases de dados (Oracle,etc.); Sistemas operativos: Win 95, Win 98, 98 SE, ME, 2000 e XP; Concepção Cliente / Servidor ideal para acessos remotos. PRINCIPAIS CAPACIDADES Possibilidade de parametrizar toda a informação através de um assistente passo a passo de fácil utilização e definição dos perfis de acesso para cada utilizador; Organização do parque de equipamentos; Codificação semi estruturada dos equipamentos dissociada da localização funcional; Desenho de fichas técnicas (30 características) para cada tipo de equipamento; Possibilidade de associar figuras (jpg, gif, bmp) e outros documentos (doc, xls,etc) a cada equipamento; Diversas listagens de equipamentos baseadas no critério de filtragem definido; Níveis ilimitados na organização (árvore) funcional dos equipamentos; Após a codificação de um equipamento pode-se, no mesmo local do programa, inserir os planos de manutenção e consequentes Ordens de Trabalho;

3 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção PRINCIPAIS CAPACIDADES - Continuação Diversas capacidades de filtragem incluindo a possibilidade de marca/desmarca para filtros finos e a criação de Querys (comandos SQL) pelo próprio utilizador; Possibilidade de gerir trabalhos controlados por datas, por registos de funcionamento (Quilómetros, Horas, Ciclos, Litros de combustível, etc) ou pela combinação de calendário com registos de funcionamento; Acesso directo ao histórico dos trabalhos por equipamento ou para um filtro definido pelo utilizador; Possibilidade de associar peças/artigos aos equipamentos. Este processo é automático se forem aplicadas peças nos trabalhos. Requer Integração com o módulo de Gestão dos Materiais; Possibilidade de apontar custos directamente aos trabalhos, equipamentos, áreas da instalação ou Centros de custo; Relatório completo dos trabalhos com indicação dos tempos de espera, paragem de produção, duração do trabalho, custos, e datas de inicio e fim da intervenção; Análises aos custos de manutenção nas vertentes Mão de Obra, Materiais e Serviços de terceiros. Diversas listagens com gráficos; Relatórios de trabalho completos (Tarefas realizadas, custos, indicadores, diagnóstico, etc.).

4 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção LISTAGENS Toda a informação inserida no programa pode ser impressa em qualquer momento. Para imprimir prima o botão com o desenho da impressora e surge uma janela onde pode mudar a impressora e seleccionar o destino da impressão. Depois de fazer e se optar pela pré visualização da listagem obtém o quadro com a pré impressão. Aumente-o com o recurso Windows no canto superior direito. CADASTRO A Palavra cadastro é sinónimo de inserção de dados. Toda a informação inserida no sistema pode ser impressa. Em cada passo existe sempre um botão de impressão que permite enviar para papel ou outros formatos todos os dados já cadastrados. Exemplifica-se para o caso dos Centros de Custo: Incluir um Centro de Custo - picar, digitar Código e Descrição. se pretender registar e continuar a cadastrar centros de custo, ou, se pretender registar e voltar ao formulário de centros de custo. Alterar um Centro de Custo - picar, digitar a alteração pretendida.. Nesta opção só pode alterar a descrição, não o código. Excluir um Centro de Custo - picar, confirmar.. Só pode Excluir se não tiver informação cadastrada neste Centro de Custo. Se tiver, terá, primeiro, que agarrar essa informação a um outro Centro de Custo existente até que o que pretende excluir esteja vazio.

5 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção O PARQUE DE OBJECTOS Parque é a designação para o conjunto dos objectos de manutenção (equipamentos e os respectivos orgãos cuja manutenção se pretende gerir). É no parque que se inserem os objectos sobre os quais incidirá a manutenção (objectos de gestão) e se desenham os planos de manutenção preventiva. OPERAÇÕES CHAVE DO PARQUE Novo - Permite criar um novo registo no formulário corrente (p.ex. novo Objecto, nova ficha de manutenção, nova Ordem de Trabalho (OT), etc...); Um - Permite localizar de forma rápida um registo na lista corrente. Caso o item pretendido já exista na lista fica automaticamente seleccionado; Conjunto - Permite isolar um conjunto de registos na lista corrente;

6 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção ALGUNS RECURSOS DO PARQUE DE OBJECTOS Artigos Aplicados É possível criar uma lista de relação entre os Objectos e os Artigos que neles podem ser aplicados. Esta relação permite responder a perguntas: Que artigos/peças leva este equipamento? Em que quantidades? Que referências? Registos de Funcionamento Existem equipamentos cujas intervenções sistemáticas são determinadas pelo respectivo padrão de funcionamento expresso, seja pelo tempo calendário, seja por outra unidade de conta como, por exemplo, as horas de funcionamento, os quilómetros percorridos, as unidades produzidas, a quantidade de combustível consumida, etc. Roteiro O Roteiro serve para dar uma orientação sobre a melhor forma de percorrer a instalação, designadamente, para realizar os pequenos trabalhos habitualmente designados por Rotinas de Inspecção e Lubrificação. Repetir Objecto Permite criar um novo Objecto a partir de um já cadastrado. Repete, por opção, as características técnicas, Planos de manutenção e Artigos aplicados.

7 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção PLANOS DE MANUTENÇÃO Picando no formulário Planos de Manutenção acedem-se aos recursos necessários para estabelecer ou visitar os planos de manutenção do objecto em causa. Reter o conceito de que o plano de manutenção exprime o que se deve fazer, como e com que recursos; não especifica ainda datas para a realização. Isso acontece no Programa de Manutenção que é a materialização do plano em termos concretos da gestão do dia a dia na forma de Ordens de Trabalho com datas de realização programadas. É comum elaborar o plano de manutenção de acordo com os manuais do fabricante do equipamento ou, quando estes não existem ou estão desactualizados, recorrendo ao conhecimento dos intervenientes – os técnicos de manutenção.

8 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção TRABALHOS (Ordens de Trabalho) Este é o módulo do dia a dia da manutenção. Também designado por Ordens de Trabalho, é aqui que se gerem todos os trabalhos – a realizar, em curso, terminados e em histórico. A Gestão de OTs proporciona grande flexibilidade ao Utilizador para trabalhar da forma que melhor se ajustar ao seu caso. O módulo tem, no entanto, por detrás, uma concepção geral lógica que exprime a forma como se devem gerir os trabalhos no dia a dia. Para facilitar a sua consulta os trabalhos estão agrupados de acordo com o estado em que se encontram. Para cada separador existe a possibilidade de isolar um conjunto de trabalhos. Algumas regras práticas que, embora não obrigatórias, devem procurar observar-se são: Procurar ter os trabalhos previamente planeados em fichas de manutenção e só depois gerar as Ots; Utilizar, para a elaboração das Fichas de Manutenção, tanto quanto possível, o recurso à biblioteca de preparações; Tratar as OT isoladamente de acordo com o tipo de trabalho; Manter as datas dos trabalhos actualizadas.

9 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção ESTADOS DOS TRABALHOS Durante a sua existência, um trabalho pode passar pelos seguintes estados: Programado – Aplica-se apenas para os trabalhos que podem ser planeados. É neste estado que se criam as Ordens de Trabalho sistemáticas e as planeadas não sistemáticas; Em Curso – Depois de emitidos os trabalhos passam de Programados para Em curso. Neste estado já se pode iniciar o relatório do trabalho (apontamento de mão de obra, materiais e serviços). Para o sistema um trabalho Em curso é um trabalho que se encontra na área de intervenção técnica; Terminado – Neste estado o trabalho já se encontra realizado. Já foi definida uma data e hora para fim da intervenção. Para os trabalhos sistemáticos, a operação Terminar coincide com a geração de um novo trabalho de acordo com a sua periodicidade; Histórico – Os trabalhos neste estado são trabalhos que estão encerrados e para os quais já não se pode fazer o relatório. Todas as análises à manutenção incidem sobre os trabalhos já encerrados. É no encerramento do trabalho que o sistema faz a relação dos Objectos com os materiais aplicados.

10 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção RELATÓRIO DOS TRABALHOS Desde o momento em que a OT é emitida (encontra- se em curso) pode-se iniciar o relatório do trabalho. O relatório pode ser realizado conforme o trabalho vai sendo executado ou, no final, mesmo depois de o trabalho ter sido terminado. Para fazer o relatório do trabalho deve seleccionar na lista o trabalho desejado e premir o botão. Surge a janela Relatório de Trabalho onde serão lançados os apontamentos de mão de obra, Materiais e Serviços. No separador Diagnóstico pode acrescentar observações ao trabalho e detalhar o sintoma e causa que estiveram na origem da intervenção. No separador Links pode incluir por exemplo fotografias das intervenções ou procedimentos de intervenção. A mão de obra apontada determina a data/hora de início do trabalho e data/hora de fim. No botão pode obter a impressão do relatório corrente.

11 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção OBRAS As Obras funcionam como um centro agregador de trabalhos. Suponhamos que se tem que realizar um trabalho de reabilitação geral de uma linha. Este trabalho irá dar origem a várias Ordens de Trabalho (OTs) que irão incidir sobre os diversos equipamentos da linha. Se se pretender saber qual o custo total da reabilitação da linha, ou seja, a totalidade dos custos dos diversos trabalhos, teríamos que criar uma Obra para englobar todos estes custos.

12 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção GESTÃO PEDIDOS DE TRABALHO Os pedidos realizados à manutenção são geridos neste módulo. O gestor ou responsável da manutenção decide o que fazer com cada um dos pedidos. O estado do pedido pode ser consultado on line visualizando, se desejar, a lista dos trabalhos (Ots) já abertos para satisfação do mesmo. Em caso de rejeição o requisitante pode visualizar os comentários do responsável pela gestão dos pedidos.

13 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção RELATÓRIOS E ANÁLISES DE GESTÃO Existem vários recursos no ManWinWin para obter relatórios e análises de gestão dos trabalhos realizados. Podemos agrupar esta informação nas vertentes: Económica – baseia-se essencialmente em relatórios financeiros e listagens de custos. Pode-se saber com facilidade os custos totais para determinado período ou, com maior detalhe, os custos por equipamento, área, departamento, etc. Técnica – incide sobre os tempos e número de intervenções. Esta informação pode ser utilizada para o cálculo de diversos indicadores de desempenho da manutenção (p.ex. Taxas de avaria, Disponibilidade, Tempo médio entre avarias, etc.).

14 ManWinWin - O rganização e Gestão da Manutenção Visite-nos em Terminar FIM DA APRESENTAÇÃO O ManWinWin é uma ferramenta para a organização e gestão da manutenção do parque de equipamentos, compacta, que alcança com grande detalhe a organização, planeamento e gestão dos trabalhos de manutenção das máquinas e equipamentos, a quantificação do esforço e dos custos de mão de obra, materiais e serviços, e os consequentes indicadores de desempenho da manutenção. Um produto de baixo investimento e grande potencial que: Reduz tempos e custos no processo de manutenção Encaixa os procedimentos exigidos pela Qualidade. Transforma o esforço do dia a dia da manutenção num enriquecimento efectivo da Empresa. Navaltik Portugal - Marine Surveyors & Consultants, Lda. Av. Prof. Dr. Egas Moniz, 12-A, Massamá - Portugal Tel Fax


Carregar ppt "ManWinWin® Organização e Gestão da Manutenção GERIR AS MÁQUINAS COM QUALIDADE E MENOS TRABALHO Aplicação vocacionada para as PMEs destinada a gerir as."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google