A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nossa homenagem... Allan Kardec O Livro dos Espíritos e Previsões nos Prolegômenos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nossa homenagem... Allan Kardec O Livro dos Espíritos e Previsões nos Prolegômenos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Nossa homenagem...

3

4

5 Allan Kardec O Livro dos Espíritos e Previsões nos Prolegômenos

6 O Livro dos Espíritos codificado por Allan Kardec é básico no estudo da Doutrina Espírita. No dizer do Prof. J. Herculano Pires – LAKE: O Livro dos Espíritos é a síntese do Velho e do Novo Testamento.

7 Está assim organizada a obra: – INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA DOUTRINA ESPÍRITA (dezessete capítulos) (dezessete capítulos) – PROLEGÔMENOS (prefácio longo) (prefácio longo) – 1018 perguntas de Allan Kardec (respostas dos Espíritos Sábios (respostas dos Espíritos Sábios e Benevolentes) e Benevolentes) – CONCLUSÃO (nove capítulos) (nove capítulos)

8 Tanto na Introdução quanto na Conclusão, Kardec, o Apóstolo escolhido para organizar aquele Consolador prometido por Jesus que é o Espiritismo cristão, mostra ao mundo o caráter universal da Doutrina dos Espíritos.

9 Resumo da Doutrina dos Espíritos Mensageiros Sublimes No capítulo VI da Introdução temos o Resumo da Doutrina dos Espíritos, ditado pelos Mensageiros Sublimes, responsáveis pelo trabalho destinado à regeneração da humanidade.

10 Mas o que comentaremos neste nosso despretensioso e breve estudo é a palavra (alguns tópicos) dos Espíritos sábios, responsáveis pela grande Obra, em os Prolegômenos se dirigindo diretamente a Kardec sobre sua missão em escrever o Livro. Vejamos:

11 a) – Ocupa-te com zelo e perseverança do trabalho que empreendeste com o nosso concurso, porque esse trabalho é nosso. O codificador jamais se julgou o fundador do Espiritismo, sua ação demonstra completa destituição de vaidade personalista, como pode-se ver, no que ele escreve na INTRODUÇÃO e na CONCLUSÃO: - O Espiritismo não é obra de um homem. Ninguém se pode dizer seu criador, porque é tão velho quanto a criação. Ele se encontra por toda a parte, em todas as regiões... - O Espiritismo não é obra de um homem. Ninguém se pode dizer seu criador, porque é tão velho quanto a criação. Ele se encontra por toda a parte, em todas as regiões...

12 b) –... esta não é senão uma parte da missão que te está confiada... Perguntamos então, e a outra parte para a conclusão da grande missão a ele confiada? Já se passaram 151 anos e Kardec não apareceu? Em 1860 o Espírito de Verdade (que é Jesus*), se dirigiu a ele afirmando da sua breve volta: Em 1860 o Espírito de Verdade (que é Jesus*), se dirigiu a ele afirmando da sua breve volta: *) - Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, cap. XXXI, IX. - Missionários da Luz, FEB, André Luiz/Chico Xavier, cap. 9 (Alexandre). - Missionários da Luz, FEB, André Luiz/Chico Xavier, cap. 9 (Alexandre).

13 - Não permanecerás longo tempo entre nós. Terás que volver à Terra para concluir a tua missão, que não podes terminar nesta existência. Se fosse possível, absolutamente não sairias daí; mas, é preciso que se cumpra a lei da Natureza. Ausentar-te-ás por alguns anos Ausentar-te-ás por alguns anos e, quando voltares, será em condições que te permitam trabalhar desde cedo.... (OBRAS PÓSTUMAS, Segunda parte - Minha volta, 10 de junho de 1860)

14 Jesus afirmou e determinou que Kardec voltaria e breve. Ele ainda não veio? Já estamos em 2012, muitos não aceitam e não querem que ele tenha reencarnado. E a ordem de Jesus? Os homens podem mais que Ele?

15 - Se Kardec não veio... E a obra extraordinária de Francisco Cândido Xavier que desdobrou magnificamente a monumental missão de Allan Kardec? O que é que Kardec viria fazer agora? Contrariando muitos valorosos confrades, penso:

16 Propaga-se no meio espírita a importância do estudo aprofundado da Codificação. Mas não se pode analisar o anúncio dos Instrutores de Kardec quanto à sua nova (próxima) reencarnação? Isto não tem sentido... Penso assim. Perdoem-me aqueles que discordam.

17 ... Por maior que fosse nossa divergência de opinião religiosa, não poderíamos alterar nossos laços de fraternidade em Deus – o supremo dispensador de todas as graças. Estêvão 1.º parte – Cap. VI

18 c) –... está próximo o tempo em que a verdade brilhará por toda a parte. Tal anúncio acontece aqui no Brasil. São milhares de Casas, Grupos e Federações Espíritas a divulgarem um Espiritismo sério nas bases da Codificação e do Evangelho do Senhor, que atinge, inclusive, povos de todo o Planeta.

19 d) – O prazer que experimentarás vendo a Doutrina se propagar e ser compreendida te será uma recompensa da qual conhecerás todo o valor, talvez mais no futuro que no presente. Kardec, onde quer que ele se encontre, deve estar se sentindo muito feliz, porque aqui em nosso País a Doutrina Espírita se propaga (são milhões de adeptos e milhares de obras beneméritas em favor dos menos favorecidos nas lutas da vida) e é amplamente compreendida.

20 e) – Não te inquietes, pois, com as sarças e as pedras que os incrédulos ou os maus semearão sobre teu caminho. Conserva a confiança: com a confiança tu chegarás ao fim, e merecerás ser sempre ajudado. f) –A vaidade de certos homens que crêem tudo saber e querem tudo explicar à sua maneira, fará nascer opiniões dissidentes. Mas todos aqueles que tiverem em vista o grande princípio de Jesus, se confundirão no mesmo sentimento de amor ao bem, e se unirão por um laço fraternal que abrangerá o mundo inteiro.

21 De Chico Xavier ouvimos: - Todas as vezes que passei na frente dos Espíritos, eles me deixaram falando sozinho. - Todas as vezes que passei na frente dos Espíritos, eles me deixaram falando sozinho. O trabalhador que quiser aparecer vai aparecer, mas o trabalho desaparece.

22 Realmente, quando o trabalhador age de maneira personalista, vaidosa, ele aparece acima do trabalho e torna-se endeusado, cortejado, aplaudido e festejado, o que não é o caso nem com Kardec e nem com Chico Xavier.

23 Tais anúncios e previsões aconteceram aqui no Brasil, coração do mundo e Pátria do Evangelho, segundo os Benfeitores da Vida Maior por Chico Xavier. Louvamos o trabalho dos Espíritas brasileiros e principalmente o desdobramento fiel da Codificação de Allan Kardec, pelo trabalho missionário de Francisco Cândido Xavier, que deu o testemunho pessoal de tudo aquilo anunciado ao Apostolo de Lyon, inclusive as sarças e as pedras dos incrédulos e dos maus, colocadas em seu caminho.

24 Já se passaram mais de um século e meio que se instalou na Terra o Consolador prometido - o Espiritismo Cristão, que é o Cristianismo Redivivo. Kardec na França e Chico Xavier no Brasil cumpriram fielmente as ordens de Jesus. Obrigado Senhor! Seja feita a Vossa Divina Vontade. Cezar Carneiro de Souza Uberaba (MG), 31/03/2012.

25

26 Espírito Verdade, eu vos agradeço pelos vossos sábios conselhos. Aceito tudo sem restrição e sem dissimulação. Senhor! Se vos dignastes lançar os olhos sobre mim para o cumprimento de vossos desígnios, que seja feita a vossa vontade! A minha vida está em vossas mãos, disponde do vosso servidor. Em presença de uma tão grande tarefa, reconheço a minha fraqueza; minha boa-vontade não faltará, mas, talvez, as minhas forças me trairão. Supri a minha insuficiência; dai-me as forças físicas e morais que me forem necessárias. Sustentai-me nos momentos difíceis, e com a vossa ajuda, e a de vossos celestes mensageiros, esforçar-me-ei para corresponder aos vossos objetivos. Allan Kardec Obras Póstumas (IDE) – 12 de junho de Minha missão – p. 273.

27 Música: Brahms Cello Sonata n.º1 Cello Sonata n.º1 Estudo realizado na Casa Espírita Adelino de Carvalho por Cezar Carneiro em Uberaba (MG), março/2012.


Carregar ppt "Nossa homenagem... Allan Kardec O Livro dos Espíritos e Previsões nos Prolegômenos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google