A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAP. 4. CASA TRANSITÓRIA: Grande instituição piedosa no campo de sofrimentos mais duros; Fundada por Fabiano de Cristo; Confiada, periodicamente, a outros.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAP. 4. CASA TRANSITÓRIA: Grande instituição piedosa no campo de sofrimentos mais duros; Fundada por Fabiano de Cristo; Confiada, periodicamente, a outros."— Transcrição da apresentação:

1 CAP. 4

2 CASA TRANSITÓRIA: Grande instituição piedosa no campo de sofrimentos mais duros; Fundada por Fabiano de Cristo; Confiada, periodicamente, a outros benfeitores de elevada condição; Casarão enorme em plena sombra; Asilo móvel destinada a socorros urgentes; Atende segundo as circunstâncias do ambiente; Precioso ponto de ligação com as cidades espirituais em zonas superiores. Suas defesas magnéticas exigem considerável número de servidores e os amigos da piedade e da renunciação, que lá atendem, passam dia e noite ao lado do sofrimento. Administrada por Irmã Zenóbia, mulher de idade madura.

3 ANA CASA A EQUIPE => Prestará assistência; Asilará irmãos que socorrerá; Terá o equipamento necessário aos trabalhos que irá cumprir. Jerônimo: Raramente encontramos companheiros carnais em condições de atravessarem semelhante zona, imediatamente após a morte física. Se entregues à própria sorte, seriam fatalmente agredidos pelas entidades perversas, ou habilmente desviados por elas do bom caminho de restauração gradual das energias interiores.

4 Em conversação=> Irmã Zenóbia: Aguardava ensejo para beneficiar a coletividade sofredora de abismo próximo e para socorrer certo irmão infeliz. Vencendo obstáculos o trouxemos para a vizinhança da casa; porém, o perigoso estado em que se encontra não nos autoriza a fornecer-lhe abrigo e, sim, proteção indireta.... Será brevemente internado em reencarnação expiatória. Jerônimo: A irmã Luciana será útil nesse caso particular em virtude das suas faculdades de clarividência. Irmã Zenóbia: No fato presente, o concurso de Luciana ser-me-á Precioso.

5 André: Quer dizer que os benfeitores daqui não podem ver quanto desejam? Jerônimo: A irmã Zenóbia terá razões íntimas para invocar a providência. E não devemos esquecer os imperativos da especialização. Padre Hipólito consagra-se à interpretação das leis divinas, Irmã Zenóbia atende a sofredores em massa. Poderiam exercitar a clarividência, com benefícios generalizados para o próximo, mas com prejuízo manifesto dos deveres imediatos. Já Luciana, pelo contacto individual e intenso com os enfermos, durante anos consecutivos, se especializou em penetrar-lhes o mundo mental, trazendo à tona suas idéias, ações passadas e projetos íntimos, em atividade beneficente. Todas as aquisições espirituais exigem perseverança no estudo, na observação e no serviço aplicado... O músico exímio poderá ser aprendiz incipiente da Química, destacando-se nesse campo científico, como se verifica na arte dos sons. Não alcançará, todavia, a realização sem gastar tempo,esforço e boa vontade.

6 Irmã Zenóbia: Quando dispomos de clarividentes nos serviços de socorro ao abismo conseguimos resultados de preciosa eficiência. Os servidores dessa natureza são poucos... Logo que trouxerem o 1º irmão liberto Jerônimo e André permanecerão em trânsito entre a Crosta e a casa transitória, enquanto Hipólito e Luciana velarão pelos convalescentes e colaborarão nas tarefas imediatas.

7 Servo da vigilância anuncia aproximação de entidades cruéis. A orientadora ordenou que acendessem as luzes exteriores e ligassem as forças de defesa elétrica. André: Será que espíritos reconhecidamente maus também organizam expedições semelhantes às que realizamos para o bem? Irmã Zenóbia: É lamentável que tantas inteligências humanas, desviadas do bem e votadas ao crime, se consagrem aqui ao prosseguimento de atividades ruinosas e destruidoras. A tragédia bíblica da queda dos anjos luminosos, em abismos de trevas, repete-se todos os dias, sem que o percebamos em sentido direto... Lançados ao precipício pelo desvio voluntário, esses infelizes raramente se penitenciam e tentam recuo benéfico... Agrupam-se em sombrias e devastadoras legiões, operando movimentos perturbadores que desafiam a mais astuta imaginação humana e confirmam as descrições mitológicas do inferno.

8 Todo mal, ainda que perdure milênios, é transitório... Toda expressão de ignorância é fictícia. Somente a sabedoria é eterna. Alguns séculos de reencarnações terrestres constituem tempo escasso para reeducar inteligências pervertidas no crime. É por isso que os trabalhos retificadores continuam vivos, além da morte do corpo físico, obrigando os servos da verdade e do bem a suportar os irmãos menos felizes...

9 André: Indefiníveis ruídos alcançaram-nos ouvido... Gritos aterradores, como se a curta distância devêssemos afrontar hordas de enraivecidos animais ferozes. Pude identificar rugidos estridentes de leões e panteras, casados a uivos de cães, silvos de serpentes e guinchos de macacos.

10 Luciana: Não seria conveniente endereçar fervorosa rogativa a Deus? Em dado momento... Explosões ensurdecedoras. Irmã Zenóbia determina que emitem raios de choque fulminante. Peçamos ao Mestre conceda aos infelizes o caminho adequado às suas necessidades.

11 André: Que impressionantes rugidos ouvimos! Não se figuravam lamentos de corações sofredores, mas algazarra de feras soltas. Irmã Zenóbia: Esses bandos são antigos. Enraízam-se os pobrezinhos tão intensamente nas idéias e propósitos do mal e criam tantas máscaras animalescas para si mesmos... Adquirindo, de fato, a semelhança de horrendos monstros. Trabalho intenso: Tentativa de fuga de desequilibrados; Pedido de acomodações para recém-desencarnados; Pedido de auxílio para serviços de reencarnação expiatória Outros.

12 Nova informação: Nota vinda do Plano Superior comunicando que os desintegradores etéricos passarão no dia seguinte. Irmã Zenóbia: O fogo?!... A passagem dos monstros é sinal de que a limpeza será urgente. Quando o fogo etérico vem queimar os resíduos da região, somos obrigados a transportar-nos com a instituição, a caminho de outra zona....Estimaria visitar o abismo, ainda hoje. Além do serviço à coletividade sofredora... Interesso-me por irmão nosso, em doloroso estado de cegueira espiritual, a favor de quem estou autorizada a fazer serviços intercessórios.

13 Na companhia de um cooperador da casa André: Fomos convidados a visitar o interior, apresentou-nos extensos dormitórios e estreitos cubículos, em que se localizavam doentes e necessitados de vários matizes. Atravessamos compridas salas de estudo e complicados laboratórios, notando-se que ali todo o espaço era rigorosamente aproveitado... Examinamos a parte interna do edifício, erguido à base de substância singularmente leve. Explicação: É tipo de construção para movimento aéreo. Muda-se, sem maiores dificuldades, de uma região para outra, atendendo às circunstâncias. André: Interessado nos trabalhos médicos do instituto, indaguei quanto à possibilidade de encontrar algum colega que me fornecesse novos elementos educativos. Cooperador: Temos em casa o Irmão Gotuzo, cujas informações talvez lhe satisfaçam a curiosidade.

14 A caridade é o processo de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanças e dividir a felicidade para que a Terra se realize na condição do esperado Reino de Deus. (Emmanuel)


Carregar ppt "CAP. 4. CASA TRANSITÓRIA: Grande instituição piedosa no campo de sofrimentos mais duros; Fundada por Fabiano de Cristo; Confiada, periodicamente, a outros."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google