A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Prof. Humberto Pinheiro, Ph.D. 2010 SISTEMAS DE MODULAÇÃO DPEE-CT-UFSM Modulação Geométrica Inversor Trifásicos com Quatro Pernas Pernas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Prof. Humberto Pinheiro, Ph.D. 2010 SISTEMAS DE MODULAÇÃO DPEE-CT-UFSM Modulação Geométrica Inversor Trifásicos com Quatro Pernas Pernas."— Transcrição da apresentação:

1 1 Prof. Humberto Pinheiro, Ph.D SISTEMAS DE MODULAÇÃO DPEE-CT-UFSM Modulação Geométrica Inversor Trifásicos com Quatro Pernas Pernas

2 2 Modulação Geométrica Vamos considerar um inversor trifásico quatro pernas a quatro fios E Carga Trifásica com quatro fios E

3 3 Modulação Geométrica Vamos considerar um inversor trifásico quatro pernas a quatro fios E Carga Trifásica com quatro fios E g a b c n

4 4 Modulação Geométrica Vamos considerar um inversor trifásico quatro pernas a quatro fios E Carga Trifásica com quatro fios E g a b c n

5 5 Modulação Geométrica Vamos considerar um inversor trifásico quatro pernas a quatro fios E Escolhido de forma que a matriz seja inversível Carga Trifásica com quatro fios E g a b c n

6 6

7 7

8 8 Para que a tensões média de saída do conversor sejam proporcionais aos sinais modulantes

9 9 seja

10 10 Entao, As possíveis tensões v 0 devem satisfazer :

11 11 Escolhas típicas para v 0 são: (1)

12 12

13 13

14 14

15 15 Modulação a partir das tensões de linha em coordenada abc eq. (1) v an v bn v cn

16 16 v ag * v bg * v cg * Angulo Sinais Modulantes e Portadora v ng *

17 17 v ag v bg v cg Tempo Tensões nas Pernas do Conversor v an Número de Comutações Perna n: 50 Perna a,b,c: 50

18 18 v an v cn v bn Tensões de Fase de Saída do Conversor Tempo

19 19 Espectro da Tensões de Fase de Saída Ordem da Harmônica Amplitude Normalizada da Harmônica DF1=16.38/1000 DF2=6.48/10000 DF3=5.9/100000

20 20

21 21 v bg * v ag * v cg * Sinais Modulantes e Portadora Angulo v ng *

22 22 v ag v bg v cg Tensões nas Pernas do Conversor Tempo v ng Número de Comutações Perna n: 50 Perna a,b,c: 34

23 23 v an v bn v cn Tensões de fase de saída do conversor Tempo

24 24 v an Ordem da Harmônica Amplitude Normalizada da Harmônica Espectro da Tensões de Fase de Saída DF1=17.35/1000 DF2=7.47/10000 DF3=17.15/100000

25 25 Conclusões A tensão de modo comum v o : Possibilita Maximizar a utilização do barramento CC Reduz as perdas de comutação Apresenta uma implementação simples para mesmo para sistemas em malha fechada Possibilita o controle da corrente circulante em conversores em paralelo com barramento CC comum

26 26 Modulação a partir das tensões de fase Rede Conversor Filtro L g a b c n E

27 27 Modulação a partir das tensões de fase v an v bn v cn Conversor Filtro L Rede

28 28 LKT e LKC

29 29 Se L n =0 e R n =0 v an v a_r v bn v b_r v cn v c_r

30 30 Transformação de Coordenadas Se L n >0 e/ou R n >0

31 Equações dinâmicas em coordenadas alpha-beta-zero v v v v r V r v r

32 Equações dinâmicas em coordenadas alpha-beta-zero v v v v r V r v r Válida para grandezas médias calculados sobre o período do PWM

33 33 Modulação a partir das tensões de fase em coordenada alpha-beta-zero eq. (1) v an v bn v cn v v vovo

34 iaia ibib icic i _ref G(s) G o (s) Controlador com Limitação de Sobre carga do Estados dos Controladores eq. (1)

35 35 iaia ibib icic i _ref G(s) G o (s) Controlador com Limitação de Sobre carga do Estados dos Controladores

36 36 Resposta Transitória

37 37 Resposta Transitória Rejeição de harmônicas de tensão


Carregar ppt "1 Prof. Humberto Pinheiro, Ph.D. 2010 SISTEMAS DE MODULAÇÃO DPEE-CT-UFSM Modulação Geométrica Inversor Trifásicos com Quatro Pernas Pernas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google