A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Eng. Agr. Álvaro Cabrini Jr Presidente Seminário de Agricultura Familiar, Pesca e Segurança Alimentar 05 e 06 de novembro de 2009 Salvador - BA SENGE/BA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Eng. Agr. Álvaro Cabrini Jr Presidente Seminário de Agricultura Familiar, Pesca e Segurança Alimentar 05 e 06 de novembro de 2009 Salvador - BA SENGE/BA."— Transcrição da apresentação:

1 Eng. Agr. Álvaro Cabrini Jr Presidente Seminário de Agricultura Familiar, Pesca e Segurança Alimentar 05 e 06 de novembro de 2009 Salvador - BA SENGE/BA - FISENGE

2

3 Êxodo Rural Origem: Censo Agropecuário do IBGE de 1970 e 1995 Saída de pessoas do meio rural nos últimos 10 anos com a perda de pequenas propriedades.

4 Diante desses dados, sabemos público alvo a ser atendido pelo programa Campo Fácil. que apesar de grande parte dos produtores rurais estarem integrados a cooperativas e empresas, ou receberem assistência técnica estatal ou privada, um número expressivo de produtores não conseguem ser competitivos, podendo aumentar a estatística do próximo Censo Agropecuário, sendo este o público alvo a ser atendido pelo programa Campo Fácil.

5 OBJETIVOS DO PROGRAMA CAMPO FÁCIL 2 Engenharia Social - 2 Engenharia Social - atendimento gratuito a produtores rurais economicamente menos favorecidos. 2 Prestação de serviços agronômicos para elaboração de projetos e orientação técnica na propriedade rural.

6 d) Que no mínimo de 80% (oitenta por cento) da receita bruta anual seja proveniente de atividade agropecuária. a) Área total da propriedade não superior a 2 (dois) módulos fiscais do município de Cascavel - 36,0 ha. b) Área de cultivo com culturas anuais temporárias não superior a 2 (dois) módulos fiscais do município de Cascavel - 36,0 ha. c) Receita bruta agropecuária anual prevista de até R$ ,00 (vinte e cinco mil reais), considerando o rebate de 50% (cinqüenta por cento) para atividades pecuárias, fruticultura e olericultura.

7 3- Sala para escritório; 3- Computador e impressora,; 3- Telefone; 3- Fax; 3- Internet; 3- Secretária; engenheiro agrônomo com dedicação exclusiva; veículo para deslocamento às propriedades.

8 É de fundamental importância para o bom andamento e êxito do programa, a parceria com outras entidades ligadas ao meio rural, visando a troca de conhecimento e a integração dos produtores com as mesmas. N este sentido, foi firmado inicialmente parceria com a Prefeitura Municipal de Cascavel e o CREA-PR em junho de Posteriormente firmamos convênio de comodato com a SEAB, a qual disponibilizou um veículo para o deslocamento às propriedades.

9 d) Estabelecimento de prioridades a partir do levantamento executado; a) Reuniões nas comunidades pré-selecionadas para a divulgação do programa e cadastramento dos produtores interessados; b) Seleção dos produtores interessados, conforme os critérios estabelecidos para o programa; c) Reuniões com os produtores selecionados para levantamento de necessidades e potencialidades;

10 i) Realização de seminário para avaliar a primeira etapa com os produtores e entidades parcerias do programa. e) Elaboração de projetos específicos para atendimento às prioridades estabelecidas; f) Atendimento às propriedades para execução dos projetos; g) Realização de cursos técnicos de aperfeiçoamento para atendimento aos projetos e prioridades, h) Realização de seminário para avaliar o desenvolvimento do programa;

11 *Projeto e Assistência Agronômica da AREAC Reuniões Comunidades Envolvidas Produtores Beneficiados Valores Liberados PRONAF Custeio + Invest. (mil reais)

12 D esde a implantação do Programa Campo Fácil não constatamos nenhuma venda de propriedade por motivo financeiro. Ocorreu uma evolução significativa nas comunidades mais pobres que antes tinham produtividade no milho de kg/ha para kg/ha. Com o aumento da tecnologia houve uma evolução na produtividade nas culturas da soja e feijão e na produção de leite, bem como na diversificação da propriedade. AREAC A AREAC sabe que não pode, isoladamente, acabar com o êxodo rural, tampouco preparar os nossos mini e pequenos produtores rurais a enfrentar a globalização e as suas conseqüências. Porém, com determinação e a parceria de outras entidades, esta nossa pequena parcela de colaboração poderá minimizar estes efeitos e propiciar uma melhoria de qualidade de vida aos beneficiários do programa Campo Fácil.

13 Fórum Social Mundial Fórum Econômico Mundial

14

15 Eng. Agr. Álvaro Cabrini Jr Presidente (41) OBRIGADO


Carregar ppt "Eng. Agr. Álvaro Cabrini Jr Presidente Seminário de Agricultura Familiar, Pesca e Segurança Alimentar 05 e 06 de novembro de 2009 Salvador - BA SENGE/BA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google