A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nome: Mariana Carolina Nº30 Nome: Drielly Marie Cantarim Nº09. Trabalho de Filosofia: Professor Gentil Tema do trabalho: Identificação do Panóptico de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nome: Mariana Carolina Nº30 Nome: Drielly Marie Cantarim Nº09. Trabalho de Filosofia: Professor Gentil Tema do trabalho: Identificação do Panóptico de."— Transcrição da apresentação:

1 Nome: Mariana Carolina Nº30 Nome: Drielly Marie Cantarim Nº09. Trabalho de Filosofia: Professor Gentil Tema do trabalho: Identificação do Panóptico de Jeremy Betham em Indaiatuba

2 Quem está submetido a um campo de visibilidade, e sabe disso, retoma por sua conta as limitações do poder; fá-las funcionar espontaneamente sobre si mesmos; inscreve em si a relação de poder na qual ele desempenha simultaneamente os dois papeis: torna-se o princípio da sua própria sujeição. Foucault, (1997), pag:168

3 O Panóptico organiza espaços que permitem ver, sem ser vistos, portanto, uma garantia de ordem. Assim, a vigilância torna-se permanente nos seus efeitos, mesmo que não fosse na sua acção. Mais importante do que vigiar o prisioneiro o tempo inteiro, era que o mesmo se soubesse vigiado. Logo, não era finalidade do Panóptico fazer com que as pessoas fossem punidas, mas que nem tivessem a oportunidade para cometer o mal, pois sentiriam-se mergulhadas, imersas num campo de visibilidade.

4 Como cada cela dava ao mesmo tempo para o interior e para o exterior, o olhar do vigilante podia atravessar toda a cela; não havia nenhum ponto de sombra e, por conseguinte, tudo o que o indivíduo fazia estava exposto ao olhar de um vigilante que observava através de persianas, de postigos semi-cerrados de modo a poder ver tudo sem que ninguém ao contrário pudesse vê-lo.

5 (...) Quanto mais numerosos esses observadores anónimos e passageiros, tanto mais aumentam para o prisioneiro o risco de ser surpreendido e a consciência inquieta de ser observado.

6 Praça Do Nove Dentre os dispositivos de vigilância do início do século, podemos destacar o Panóptico, de Jeremy Bentham, um mecanismo arquitetural, utilizado para o domínio da distribuição de corpos em diversificadas superfícies (prisões, manicômios, escolas, fábricas).Jeremy Bentham

7 O Panóptico (...) deve ser compreendido como um modelo generalizável de funcionamento; uma maneira de definir as relações de poder com a vida quotidiana dos homens. Bentham sem duvida o apresenta como uma instituição particular, bem fechada em si mesma. muitas vezes se fez dele uma utopia do encarceramento perfeito. Foucault, (1997), pág:169

8 O Panóptico (...) tem seu principio não tanto numa pessoa como numa certa distribuição concertada dos corpos, das superfícies, das luzes, dos olhares; numa aparelhagem cujos mecanismos internos, produzem a relação na qual se encontram presos os indivíduos (...) Pouco importa, conseqüentemente, quem exerce o poder. Um indivíduo qualquer, quase tomado ao acaso, pode fazer funcionar a máquina: na falta do diretor, sua família, os que o cercam, seus amigos, suas visitas, até seus criados

9 O Panóptico era um edifício em forma de anel, no meio do qual havia um pátio com uma torre no centro. O anel dividia-se em pequenas celas que davam tanto para o interior quanto para o exterior. Em cada uma dessas pequenas celas, havia, segundo o objectivo da instituição, uma criança aprendendo a escrever, um operário a trabalhar, um prisioneiro a ser corrigido, um louco tentando corrigir a sua loucura, etc. Na torre havia um vigilante.

10


Carregar ppt "Nome: Mariana Carolina Nº30 Nome: Drielly Marie Cantarim Nº09. Trabalho de Filosofia: Professor Gentil Tema do trabalho: Identificação do Panóptico de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google