A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA."— Transcrição da apresentação:

1 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA

2

3 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA

4 O termo razão provém do latim ratĭo. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora abarca várias acepções para esta palavra, entre elas a faculdade de reflectir/reflexionar, o argumento que se alega para sustentar algo, o motivo ou a causa, e o quociente de dois números. Para a filosofia, a razão é a faculdade em virtude da qual o ser humano é capaz de identificar conceitos e de os questionar/pôr em causa. Desta forma, consegue determinar a coerência ou a contradição entre eles e pode induzir ou deduzir outros diferentes daqueles que já conhece. Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo? -- Fernando Pessoa

5 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA isto é, forma da percepção sensível ou sensorial; às sensações: conhecidos são cinco: visão, audição, tato, paladar e olfatovisãoaudiçãotatopaladarolfato isto é, do intelecto ou inteligência Quando esta não se relaciona nem com os conteúdos da sensibilidade, nem com os conteúdos do entendimento, mas apenas consigo mesma. Para Kant, só há conhecimento quando a experiência oferece conteúdos à sensibilidade e ao entendimento, a razão, separada da sensibilidade e do entendimento, não conhece coisa alguma e não é sua função conhecer. Sua função é a de regular e controlar a sensibilidade e o entendimento. Do ponto de vista do conhecimento, portanto, a razão é a função reguladora da atividade do sujeito do conhecimento. Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura. -- Friedrich Nietzsche

6 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA eu estou com a razão, ou ele não tem razão alguém perde a razão Agora ela está lúcida, recuperou a razão. Se você me disser suas razões, sou capaz de fazer o que você me pede, Qual a razão disso?,

7 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA As melhores coisas estão dentro de nós. Onde os desejos não precisam de razão, nem os sentimentos de motivos. (Autor desconhecido) Segurança de alguma coisa; certeza, lucidez, motivo, causa. Dizemos, por exemplo, eu estou com a razão, ou ele não tem razão, para significar que nos sentimos seguros de alguma coisa ou que sabemos com certeza alguma coisa. alguém perde a razão, como se a razão fosse alguma coisa que se pode ter ou não ter Agora ela está lúcida, recuperou a razão. Se você me disser suas razões, sou capaz de fazer o que você me pede, Qual a razão disso?,

8 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA eu estou com a razão (seguro), ou ele não tem razão (certeza), alguém perde a razão (certeza), Agora ela está lúcida, recuperou a razão (lucidez). Se você me disser suas razões (causas), sou capaz de fazer o que você me pede, Qual a razão (motivo) disso?,

9 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA a Filosofia afirma que a verdade é racional; por identificar razão e lucidez (não ficar ou não estar louco), a Filosofia chama nossa razão de luz e luz natural; por identificar razão e motivo, por considerar que sempre agimos e falamos movidos por motivos, a Filosofia afirma que somos seres racionais e que nossa vontade é racional; por identificar razão e causa e por julgar que a realidade opera de acordo com relações causais, a Filosofia afirma que a realidade é racional. É muito conhecida a célebre frase de Pascal, filósofo francês do século XVII Nos movemos por motivações A verdade é racional Somos seres racionais Realidade é racional (Pascal)

10 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA Acho que a única razão de sermos tão apegados em memórias, é que elas não mudam, mesmo que as pessoas tenham mudado. Camylla Gonçalves Cantanheide Nessa frase, as palavras razões e razão não têm o mesmo significado, indicando coisas diversas. Razões são os motivos do coração, enquanto razão é algo diferente de coração; este é o nome que damos para as emoções e paixões, enquanto razão é o nome que damos à consciência intelectual e moral. Assim, a frase de Pascal pode ser traduzida da seguinte maneira: Nossa vida emocional possui causas e motivos (as razões do coração), que são as paixões ou os sentimentos, e é diferente de nossa atividade consciente, seja como atividade intelectual, seja como atividade moral. IMAGEM:

11 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA Fala-se, portanto, em razão objetiva (a realidade é racional em si mesma) e em razão subjetiva (a razão é uma capacidade intelectual e moral dos seres humanos). A razão objetiva é a afirmação de que o objeto do conhecimento ou a realidade é racional; a razão subjetiva é a afirmação de que o sujeito do conhecimento e da ação é racional. Para muitos filósofos, a Filosofia é o momento do encontro, do acordo e da harmonia entre as duas razões ou racionalidades. Lugar onde todos têm razão, melhor não ter nenhuma. Paulo Leminski Paulo Leminski Lugar onde todos têm razão, melhor não ter nenhuma. Paulo Leminski Paulo Leminski A razão ou o juízo é a única coisa que nos faz homens e nos distingue dos animais. René Descartes René Descartes A razão ou o juízo é a única coisa que nos faz homens e nos distingue dos animais. René Descartes René Descartes " Nenhum animal é mais calamitoso do que o homem, pela simples razão de que todos se contentam com os limites da sua natureza, ao passo que apenas o homem se obstina em ultrapassar os limites da sua. " Nenhum animal é mais calamitoso do que o homem, pela simples razão de que todos se contentam com os limites da sua natureza, ao passo que apenas o homem se obstina em ultrapassar os limites da sua. Erasmo " Nenhum animal é mais calamitoso do que o homem, pela simples razão de que todos se contentam com os limites da sua natureza, ao passo que apenas o homem se obstina em ultrapassar os limites da sua. " Nenhum animal é mais calamitoso do que o homem, pela simples razão de que todos se contentam com os limites da sua natureza, ao passo que apenas o homem se obstina em ultrapassar os limites da sua. Erasmo " A mulher que amamos sempre terá razão. Alfred de Musset " A mulher que amamos sempre terá razão. Alfred de Musset

12 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA CHAUÍ, MARILENA, Convite à filosofia. Ed. Ática, São Paulo,

13 Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA É preciso suportar as larvas, para vermos as borboletas! Autor desconhecido


Carregar ppt "Edimar - Júnior - Rafael - FILOSOFIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google