A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MIBENCH UMA MANEIRA LIVRE DE FAZER BENCHMARK. Devido ao grande avanço tecnológico atual, e a popularização de dispositivos embarcados como smartphones.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MIBENCH UMA MANEIRA LIVRE DE FAZER BENCHMARK. Devido ao grande avanço tecnológico atual, e a popularização de dispositivos embarcados como smartphones."— Transcrição da apresentação:

1 MIBENCH UMA MANEIRA LIVRE DE FAZER BENCHMARK

2 Devido ao grande avanço tecnológico atual, e a popularização de dispositivos embarcados como smartphones e tabletes, estão sendo criados cada vez mais microprocessadores para uso geral e com isso, torna-se cada vez mais difícil utilizar um único pacote de benchmarks para caracterizar a arquitetura. Para isso, foi criado o MiBench, que enfatiza essa diversidade.

3 MiBench foi dividido em seis categorias, cada uma voltada a uma área específica do mercado, para que seja possível realizar testes direcionados tanto a uma categoria específica, como no modo geral. Todos os programas são escritos em código fonte C, o que garante uma boa portabilidade para qualquer plataforma que tenha suporte a compiladores.

4 Junto com os benchmarks, é disponibilizado, quando necessário, um conjunto de teste pequeno e um conjunto de teste grande. O conjunto de teste pequeno serve para simulações leves, onde o caso teste não se compara a um caso real, em termos de tempo e processamento. Para casos mais similares aos casos reais, usa-se o conjunto de teste grande.

5 AS CATEGORIAS DO MIBENCH SÃO DETALHADAS A SEGUIR:

6 AUTOMOTIVE AND INDUSTRIAL CONTROL: Destinada a aplicações como controles de airbag, sensores de sistema, etc. A categoria necessita de boa aplicação de matemática básica, manipulação de bits, entrada e saída de dados e organização de dados;

7 NETWORK: A categoria mostra processadores embarcados em dispositivos de rede como switches e roteadores;

8 SECURITY: Algoritmos de criptografia, decriptografia e hash, todos designados para segurança de dados;

9 CONSUMER SERVICES: Destinados para representar alguns dispositivos para consumidores, como scanners, máquinas fotográficas digitais, Personal Digital Assistants(PDAs). A categoria é focada principalmente em aplicações multimídia, com algoritmos de codificação/decodificação de jpegs/MP3s, conversão de formato de imagens, redução de cores de imagem etc;

10 OFFICE AUTOMATION: Algoritmos de manipulação de texto, usados para representar máquinas de escritório como impressoras, fax e processadores de texto;

11 TELECOMMUNICATIONS: Algoritmos de codificação/decodificação de voz, análise de frequência e um algoritmo de checksum. Os benchmarks do MiBench serão compilados e adaptados através de cross- Compilers (compiladores capazes de criar código executável para uma plataforma diferente da qual o compilador roda, no caso desse projeto, a plataforma ARM), onde serão feitas alterações de cache, de memória e outras otimizações. Esses binários serão então usados para análise de desempenho de processadores ARM através do Sim-Panalyzer

12 ABAIXO OS BENCHMARKS DO MIBENCH:

13 DESENVOLVEDORES: Matthew Guthaus - Matthew Jeff Ringenberg - Todd Austin - Todd Trevor Mudge - Trevor Richard Brown -

14 FIM. Bibliografia: Autores: Bruno Ribeiro, Junior Medeiros, Leandro Grisólio, Iuri Mondoni, Giovani Migon, Felipe Baggioto


Carregar ppt "MIBENCH UMA MANEIRA LIVRE DE FAZER BENCHMARK. Devido ao grande avanço tecnológico atual, e a popularização de dispositivos embarcados como smartphones."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google