A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REALIZAÇÃO: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS Centro de Excelência em Pesquisa sobre Armazenamento de Carbono - CEPAC APOIO:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REALIZAÇÃO: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS Centro de Excelência em Pesquisa sobre Armazenamento de Carbono - CEPAC APOIO:"— Transcrição da apresentação:

1 REALIZAÇÃO: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS Centro de Excelência em Pesquisa sobre Armazenamento de Carbono - CEPAC APOIO: Petrobras Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - ANP Rede Carvão Recuperação (Avançada) de Metano em Camadas de Carvão – (E)CBM

2 - Introdução de conceitos básicos de Isotérmicas de sorção, CBM e ECBM - Fenômeno de sorção em CBM e ECBM - Fases de projeto ECBM - Comparação entre reservatórios convencionais e CBM - Comparação entre CBM e ECBM - Viabilidade técnica de projetos de ECBM no Brasil - Avaliação econômica de projetos de ECBM no Brasil - Custos e Potencial Global de Sequestro para ECBM Sumário

3 Isotérmica de sorção A utilização da isotérmica de sorção é um dos testes principais na investigação de CBM e ECBM, usada para: -Determinar a capacidade de armazenamento máxima de gás em carvão in situ; - Estimar o volume real de gás in situ; - Estimar o grau de saturação de gás em carvão pela diferença entre capacidade de armazenamento máxima de gás e o volume real de gás; - Estimar os coeficientes de difusão de gás a diferentes pressões; - Determinar a pressão crítica de dessorção;

4 - Estimar a composição de gás armazenada a diferentes pressões; - Estimar o volume de gás que será libertado do carvão á medida que decresce a pressão; - Determinar a densidade do carvão; - Determinar o volume de carvão; - Fornece ainda a visão geral do processo econômico e os tipos de condições operatórias que podem ser usadas.

5 Simulação de uma isotérmica de sorção Figura 6: Simulação de isotérmica de adsorção de Langmuir em carvão (Energy Resources Consulting Pty Ltd., 2008).

6 Definição do conceito CBM - Metano em camada de carvão (CBM: Coalbed Methane) define-se pela sua recuperação em camadas de carvão profundas. Figura 1: Poço de produção de metano em projetos de CBM (Bigcatenergy, 2006) Figura 2: Poços de explotação direcionais (McDaniel & Associates Consultants Ltd, 2006)

7 Cleat Gás armazenado nos poros Gás liberado na matriz Difusão do gás liberado até as fraturas Fluxo do gás livre pelas fraturas Redução da pressão hidrostática na camada Difusão do gás pela matriz é controlada pelo gradiente de concentração Gás livre move-se em função do gradiente de pressão Gás Movimento do Gás Água Movimento da água Figura 3: CBM (C. Rodrigues, 2002)

8 Definição do conceito ECBM A recuperação avançada de metano em camada de carvão (ECBM – Enhanced Coalbed Methane), com a injeção de CO 2. Figura 4: Processo de recuperação avançada de metano (IFP, 2006)

9 Cleat Gás armazenado nos poros Gás liberado para a matriz do carvão Troca do metano pelo CO 2 dentro dos poros da matriz devido à condição de adsorção preferêncial Fluxo de gás pelas fraturas até o poço de produção Redução da pressão hidrostática na camada Injeção de CO 2 acelera o processo de difusão do metano dentro da matriz O metano corre livremente pelas fraturas devido ao gradiente de pressão Gás Migração do gás Água Migração da água Figura 5: ECBM (CEPAC - Modificado a partir de C. Rodrigues, 2002) CO 2 Migração do CO 2

10 Fases de projeto ECBM: 1 – Despressurização da camada pela retirada de água (Dewatering stage) 2 – Injeção de CO 2 e início da produção de metano 3 – Avanço de CO 2 no poço de produção (Breakthrough) – declínio da produção de gás Recorde de produção de metano: -21 cm 3 metano / g de carvão -21 m 3 metano / ton de carvão Orchard Coal – Pensilvânia - EUA A taxa de inclinação da curva de produção de gás e de declínio da de água são funções das condições hidrogeológicas da camada (i.e. pressão e saturação de gás e de água) Figura 7: Perfis de produção de metano e água em ECBM (After Kuuskraa & Brandenburg, 2005)

11 Comparações entre reservatórios convencionais e recuperação de metano em camadas de carvão: CaracterísticasConvencionalCBM Geração de gás O gás é proveniente de uma rocha geradora migrando pela rocha transportadora até à rocha reservatório O gás é gerado e armazenado dentro do carvão Estrutura Fracturas espaçadas ao acasoFracturas espaçadas uniformemente Mecanismo de armazenamento de gás CompressãoAdsorção Mecanismo de transporte Gradiente de pressão (Lei de Darcy) Gradiente de pressão (Lei de Darcy) e Gradiente de Concentração (Lei de Fick) Desempenho da produção Taxa de gás começa alta e então decresce; pouca ou nenhuma água inicialmente; recuperação de gás e água diminui com o tempo. Taxa de gás aumenta com o tempo e então decresce; inicialmente a produção é geralmente água; recuperação de gás e água aumenta com o tempo.

12 Comparação entre CBM e ECBM: CBMECBM Objetivo do projeto Obtenção de metanoObtenção de metano concomitante com armazenamento permanente de CO 2 Taxa de recuperação do metano armazenado Cerca de 50%Mais de 90% Fenômenos de sorção Dessorção de CH 4 da superfície do carvão devido à redução da pressão do sistema O CO 2 apresenta maior afinidade pelo carvão que o CH 4 – adsorção preferencial, dessorção dos poros Permeabilidade Encolhimento do carvão devido à redução da pressão e da umidade Ocorre o inchamento do carvão devido à injeção de CO 2

13 Critérios de Seleção de Reservatórios para ECBM: Reservatórios homogêneos: a camada de carvão deve ser continua e isolada para prevenir escape do CO 2 ; Estrutura simples; Permeabilidade adequada; Profundidade adequada; Para armazenamento efetivo a camada não deve ser minerada.

14 Viabilidade técnica de projetos de ECBM no Brasil Adaptar o screening criteria para carvões gondwânicos (rank, matéria mineral, etc); Processos de inchamento e encolhimento do carvão gondwânico aquando da injeção de CO 2 ; Condições de interação do sistema água-CO 2 -carvão; Carvões do Brasil possuem alto teor de matéria mineral. Qual sua relação com processos de transporte e sorção?

15 Avaliação econômica de projetos de ECBM no Brasil Source-sink matching para identificar fontes de CO 2 próximas a depósitos de carvão Avaliação do potencial de CH 4 armazenado em camadas de carvão do Brasil Avaliação do potencial de CO 2 armazenável em camadas de carvão do Brasil (créditos de carbono?) Qual a razão molar (ou volumétrica) de CO 2 /CH 4 de carvões do Brasil? (geralmente 2:1)

16 Custos e Potencial Global de Sequestro para ECBM Estimativa de custos nos EUA prevê que o projeto seja viável com gás a $0.07/m 3 (assumindo que o CO 2 não tem custos para o operador); Fora dos EUA os projetos requerem valores de $0.11/m 3 ou superiores; Para avançar com esta tecnologia, especialmente como medida de armazenamento de CO 2 é importante que haja demonstrações bem sucedidas; Quanto maior for a maturidade tecnológica menores serão os custos;

17 O armazenamento de CO 2 em áreas não mineráveis atualmente é uma das opções mais atraentes devido: - Às grandes reservas globais de carvão; - À capacidade destas camadas de carvão para adsorver volumes grandes de CO 2 ; - E a possibilidade de aumentar a recuperação avançada de metano destas camadas de carvão (ECBM).

18 Obrigado


Carregar ppt "REALIZAÇÃO: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS Centro de Excelência em Pesquisa sobre Armazenamento de Carbono - CEPAC APOIO:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google