A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

André tem a oportunidade de observar o serviço de passes magnéticos, ministrados aos frequentadores da casa. André tem a oportunidade de observar o serviço.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "André tem a oportunidade de observar o serviço de passes magnéticos, ministrados aos frequentadores da casa. André tem a oportunidade de observar o serviço."— Transcrição da apresentação:

1

2 André tem a oportunidade de observar o serviço de passes magnéticos, ministrados aos frequentadores da casa. André tem a oportunidade de observar o serviço de passes magnéticos, ministrados aos frequentadores da casa. O trabaho era atendido por seis entidades. Todas as pessoas, vindas ao recinto, recebiam-lhes o toque salutar e, depois de atenderem aos encarnados, ministravam socorro eficiente a ̀ s entidades infelizes do nosso plano, principalmente as que se constituiam em sequito familiar dos nossos amigos da Crosta. O trabaho era atendido por seis entidades. Todas as pessoas, vindas ao recinto, recebiam-lhes o toque salutar e, depois de atenderem aos encarnados, ministravam socorro eficiente a ̀ s entidades infelizes do nosso plano, principalmente as que se constituiam em sequito familiar dos nossos amigos da Crosta. 19 Passes____________________________________________ Alexande explicou que eles eram tecnicos em auxilio magnetico que comparecem ali para a dispensac ̧ a ̃ o de passes de socorro. Alexande explicou que eles eram tecnicos em auxilio magnetico que comparecem ali para a dispensac ̧ a ̃ o de passes de socorro. Trata-se de um departamento delicado de nossas tarefas, que exige muito criterio e responsabilidade. Trata-se de um departamento delicado de nossas tarefas, que exige muito criterio e responsabilidade.

3 André questiona se os trabalhadores necessitam ter requisitos epeciais. André questiona se os trabalhadores necessitam ter requisitos epeciais. Alexandre responde que sim, na execuc ̧ a ̃ o da tarefa que lhes está subordinada, na ̃ o basta a boa vontade, como acontece em outros setores de nossa atuac ̧ a ̃ o. Precisam revelar determinadas qualidades de ordem superior e certos conhecimentos especializados. Alexandre responde que sim, na execuc ̧ a ̃ o da tarefa que lhes está subordinada, na ̃ o basta a boa vontade, como acontece em outros setores de nossa atuac ̧ a ̃ o. Precisam revelar determinadas qualidades de ordem superior e certos conhecimentos especializados. 19 Passes____________________________________________ O missionario do auxilio magnetico, na Crosta ou aqui em nossa esfera, necessita ter grande dominio sobre si mesmo, esponta ̂ neo equilibrio de sentimentos, acendrado amor aos semelhantes, alta compreensa ̃ o da vida, fé vigorosa e profunda confianc ̧ a no Poder Divino. O missionario do auxilio magnetico, na Crosta ou aqui em nossa esfera, necessita ter grande dominio sobre si mesmo, esponta ̂ neo equilibrio de sentimentos, acendrado amor aos semelhantes, alta compreensa ̃ o da vida, fé vigorosa e profunda confianc ̧ a no Poder Divino.

4 Cumpre-se acentuar, todavia, que semelhantes requisitos, em nosso plano, constituem exige ̂ ncias a que na ̃ o se pode fugir. Cumpre-se acentuar, todavia, que semelhantes requisitos, em nosso plano, constituem exige ̂ ncias a que na ̃ o se pode fugir. No entanto, na esfera carnal, a boa vontade sincera, em muitos casos, pode suprir essa ou aquela deficie ̂ ncia, o que se justifica, em virtude da assiste ̂ ncia prestada pelos benfeitores de nossos circulos de ac ̧ a ̃ o ao servidor humano, ainda incompleto no terreno das qualidades desejaveis. No entanto, na esfera carnal, a boa vontade sincera, em muitos casos, pode suprir essa ou aquela deficie ̂ ncia, o que se justifica, em virtude da assiste ̂ ncia prestada pelos benfeitores de nossos circulos de ac ̧ a ̃ o ao servidor humano, ainda incompleto no terreno das qualidades desejaveis. 19 Passes____________________________________________

5 Todos, com maior ou menor intensidade, podera ̃ o prestar concurso fraterno, nesse sentido respondeu o orientador, porquanto, revelada a disposic ̧ a ̃ o fiel de cooperar a servic ̧ o do proximo, por esse ou aquele trabalhador, as autoridades de nosso meio designam entidades sabias e benevolentes que orientam, indiretamente, o neófito, utilizando-lhe a boa vontade e enriquecendo-lhe o proprio valor. Todos, com maior ou menor intensidade, podera ̃ o prestar concurso fraterno, nesse sentido respondeu o orientador, porquanto, revelada a disposic ̧ a ̃ o fiel de cooperar a servic ̧ o do proximo, por esse ou aquele trabalhador, as autoridades de nosso meio designam entidades sabias e benevolentes que orientam, indiretamente, o neófito, utilizando-lhe a boa vontade e enriquecendo-lhe o proprio valor. 19 Passes____________________________________________ Muitos, na ̃ o obstante bondosos e sinceros nas suas convicc ̧ o ̃ es, aguardam a mediunidade curadora, como se ela fosse um acontecimento miraculoso em suas vidas e na ̃ o um servic ̧ o do bem, que pede do candidato o esforc ̧ o laborioso do comec ̧ o. Muitos, na ̃ o obstante bondosos e sinceros nas suas convicc ̧ o ̃ es, aguardam a mediunidade curadora, como se ela fosse um acontecimento miraculoso em suas vidas e na ̃ o um servic ̧ o do bem, que pede do candidato o esforc ̧ o laborioso do comec ̧ o.

6 Referindo-nos aos irma ̃ os encarnados, na ̃ o podemos exigir a cooperac ̧ a ̃ o de ninguem, no setor de nossos trabalhos normais; entretanto, se algum deles vem ao nosso encontro, solicitando admissa ̃ o a ̀ s tarefas de auxilio, logicamente recebera nossa melhor orientac ̧ a ̃ o, no campo da espiritualidade. Referindo-nos aos irma ̃ os encarnados, na ̃ o podemos exigir a cooperac ̧ a ̃ o de ninguem, no setor de nossos trabalhos normais; entretanto, se algum deles vem ao nosso encontro, solicitando admissa ̃ o a ̀ s tarefas de auxilio, logicamente recebera nossa melhor orientac ̧ a ̃ o, no campo da espiritualidade. André questiona se no caso do operario humano revelar valores muito reduzidos, pode ser mobilizado. André questiona se no caso do operario humano revelar valores muito reduzidos, pode ser mobilizado. 19 Passes____________________________________________ Alexandre então responde que sim, desde que o interesse dele nas aquisic ̧ o ̃ es sagradas do bem seja mantido acima de qualquer preocupac ̧ a ̃ o transitoria, deve esperar incessante progresso das faculdades radiantes, na ̃ o só pelo proprio esforc ̧ o, sena ̃ o tambem pelo concurso de Mais Alto, de que se faz merecedor. Alexandre então responde que sim, desde que o interesse dele nas aquisic ̧ o ̃ es sagradas do bem seja mantido acima de qualquer preocupac ̧ a ̃ o transitoria, deve esperar incessante progresso das faculdades radiantes, na ̃ o só pelo proprio esforc ̧ o, sena ̃ o tambem pelo concurso de Mais Alto, de que se faz merecedor.

7 Para se desenvolver, o obreiro, deve antes de tudo, equilibrar o campo das emoc ̧ o ̃ es. Na ̃ o e possivel fornecer forc ̧ as construtivas a alguem, ainda mesmo na condic ̧ a ̃ o de instrumento util, se fazemos sistematico desperdicio das irradiac ̧ o ̃ es vitais. Para se desenvolver, o obreiro, deve antes de tudo, equilibrar o campo das emoc ̧ o ̃ es. Na ̃ o e possivel fornecer forc ̧ as construtivas a alguem, ainda mesmo na condic ̧ a ̃ o de instrumento util, se fazemos sistematico desperdicio das irradiac ̧ o ̃ es vitais. A magoa excessiva, a paixa ̃ o desvairada, a inquietude obsidente, constituem barreiras que impedem a passagem das energias auxiliadoras. A magoa excessiva, a paixa ̃ o desvairada, a inquietude obsidente, constituem barreiras que impedem a passagem das energias auxiliadoras. 19 Passes____________________________________________ Além disso, o excesso de alimentac ̧ a ̃ o produz odores fetidos, atraves dos poros, bem como das saidas dos pulmo ̃ es e do esto ̂ mago, prejudicando as faculdades radiantes. Já o alcool e outras substa ̂ ncias toxicas operam disturbios nos centros nervosos, modificando certas func ̧ o ̃ es psiquicas e anulando os melhores esforc ̧ os na transmissa ̃ o de elementos regeneradores e salutares. Além disso, o excesso de alimentac ̧ a ̃ o produz odores fetidos, atraves dos poros, bem como das saidas dos pulmo ̃ es e do esto ̂ mago, prejudicando as faculdades radiantes. Já o alcool e outras substa ̂ ncias toxicas operam disturbios nos centros nervosos, modificando certas func ̧ o ̃ es psiquicas e anulando os melhores esforc ̧ os na transmissa ̃ o de elementos regeneradores e salutares.

8 Levada a efeito a construc ̧ a ̃ o da boa vontade sincera, o trabalhador leal compreende a necessidade do desenvolvimento das qualidades a que nos referimos, porquuanto, em contacto incessante com os benfeitores desencarnados, que se valem dele na missa ̃ o de amparo aos semelhantes, recebe indiretas sugesto ̃ es de aperfeic ̧ oamento que o erguem a posic ̧ o ̃ es mais elevadas. Levada a efeito a construc ̧ a ̃ o da boa vontade sincera, o trabalhador leal compreende a necessidade do desenvolvimento das qualidades a que nos referimos, porquuanto, em contacto incessante com os benfeitores desencarnados, que se valem dele na missa ̃ o de amparo aos semelhantes, recebe indiretas sugesto ̃ es de aperfeic ̧ oamento que o erguem a posic ̧ o ̃ es mais elevadas. 19 Passes____________________________________________

9 Consideremos, que surja a necessidade imediata de socorrer alguem, no circulo dos encarnados, e examinemos a hipotese da necessidade de um instrumento humano. Imaginemos que na ̃ o exista, em derredor de nossa tarefa, o orga ̃ o completo e adequado a influenciac ̧ a ̃ o das pote ̂ ncias superiores. Existira, certamente, porem, ao nosso lado, um companheiro em condic ̧ o ̃ es comuns, que, mergulhado na ignora ̂ ncia, ainda na ̃ o percebe os perigos a que expo ̃ e o proprio corpo, mas que se deixara aproveitar pelo nosso esforc ̧ o espiritual em beneficio de outrem. Será crivel que na ̃ o possa ser aproveitado? Consideremos, que surja a necessidade imediata de socorrer alguem, no circulo dos encarnados, e examinemos a hipotese da necessidade de um instrumento humano. Imaginemos que na ̃ o exista, em derredor de nossa tarefa, o orga ̃ o completo e adequado a influenciac ̧ a ̃ o das pote ̂ ncias superiores. Existira, certamente, porem, ao nosso lado, um companheiro em condic ̧ o ̃ es comuns, que, mergulhado na ignora ̂ ncia, ainda na ̃ o percebe os perigos a que expo ̃ e o proprio corpo, mas que se deixara aproveitar pelo nosso esforc ̧ o espiritual em beneficio de outrem. Será crivel que na ̃ o possa ser aproveitado? 19 Passes____________________________________________ Seria demasiado rigor. Em todo lugar onde haja merecimento nos que sofrem e boa vontade nos que auxiliam, podemos ministrar o beneficio espiritual com relativa eficie ̂ ncia. Seria demasiado rigor. Em todo lugar onde haja merecimento nos que sofrem e boa vontade nos que auxiliam, podemos ministrar o beneficio espiritual com relativa eficie ̂ ncia.

10 Se a pratica do bem estivesse circunscrita aos Espiritos completamente bons, seria impossivel a redenc ̧ a ̃ o humana. Se a pratica do bem estivesse circunscrita aos Espiritos completamente bons, seria impossivel a redenc ̧ a ̃ o humana. Qualquer cota de boa vontade e espirito de servic ̧ o recebe de nossa parte a melhor atenc ̧ a ̃ o. Qualquer cota de boa vontade e espirito de servic ̧ o recebe de nossa parte a melhor atenc ̧ a ̃ o. 19 Passes____________________________________________ Quando nos referimos a ̀ s qualidades necessarias aos servidores desse campo de auxilio, a ninguem desejamos desencorajar, mas orientar as aspirac ̧ o ̃ es do trabalhador para que a sua tarefa cresc ̧ a em valores positivos e eternos. Quando nos referimos a ̀ s qualidades necessarias aos servidores desse campo de auxilio, a ninguem desejamos desencorajar, mas orientar as aspirac ̧ o ̃ es do trabalhador para que a sua tarefa cresc ̧ a em valores positivos e eternos.

11 André é apresentado a Anacleto, responsável pelo serviço de passes. E passa a estudar cada caso. André é apresentado a Anacleto, responsável pelo serviço de passes. E passa a estudar cada caso. O primeiro é o de uma senhora que possuía uma tenuissima nuvem negra, que cobria grande extensa ̃ o da válvula mitral e a valvula aortica, lanc ̧ ando filamentos quase imperceptiveis sobre o nodulo sino-auricular. O primeiro é o de uma senhora que possuía uma tenuissima nuvem negra, que cobria grande extensa ̃ o da válvula mitral e a valvula aortica, lanc ̧ ando filamentos quase imperceptiveis sobre o nodulo sino-auricular. 19 Passes____________________________________________ Anacleto explica que assim como o corpo fisico pode ingerir alimentos venenosos que lhe intoxicam os tecidos, tambem o organismo perispiritual pode absorver elementos de degradac ̧ a ̃ o que lhe corroem os centros de forc ̧ a, com reflexos sobre as celulas materiais. Anacleto explica que assim como o corpo fisico pode ingerir alimentos venenosos que lhe intoxicam os tecidos, tambem o organismo perispiritual pode absorver elementos de degradac ̧ a ̃ o que lhe corroem os centros de forc ̧ a, com reflexos sobre as celulas materiais.

12 Se a mente da criatura encarnada ainda na ̃ o atingiu a disciplina das emoc ̧ o ̃ es, se alimenta paixo ̃ es que a desarmonizam com a realidade, pode, a qualquer momento, intoxicar-se com as emisso ̃ es mentais daqueles com quem convive e que se encontrem no mesmo estado de desequilibrio. Se a mente da criatura encarnada ainda na ̃ o atingiu a disciplina das emoc ̧ o ̃ es, se alimenta paixo ̃ es que a desarmonizam com a realidade, pode, a qualquer momento, intoxicar-se com as emisso ̃ es mentais daqueles com quem convive e que se encontrem no mesmo estado de desequilibrio. As vezes, semelhantes absorc ̧ o ̃ es constituem simples fenômenos sem maior importa ̂ ncia; todavia, em muitos casos, sa ̃ o suscetiveis de ocasionar perigosos desastres orga ̂ nicos. As vezes, semelhantes absorc ̧ o ̃ es constituem simples fenômenos sem maior importa ̂ ncia; todavia, em muitos casos, sa ̃ o suscetiveis de ocasionar perigosos desastres orga ̂ nicos. 19 Passes____________________________________________ Isto acontece, mormente quando os interessados na ̃ o te ̂ m vida de orac ̧ a ̃ o, cuja influe ̂ ncia benefica pode anular inumeros males. Isto acontece, mormente quando os interessados na ̃ o te ̂ m vida de orac ̧ a ̃ o, cuja influe ̂ ncia benefica pode anular inumeros males.

13 Anacleto comenta que esta amiga, na manha ̃ de hoje, teve serios atritos com o esposo, entrando em grave posic ̧ a ̃ o de desarmonia intima. A pequena nuvem que lhe cerca o orga ̃ o vital representa materia mental fulminatoria. A permane ̂ ncia de semelhantes residuos no corac ̧ a ̃ o pode ocasionar-lhe perigosa enfermidade. Anacleto comenta que esta amiga, na manha ̃ de hoje, teve serios atritos com o esposo, entrando em grave posic ̧ a ̃ o de desarmonia intima. A pequena nuvem que lhe cerca o orga ̃ o vital representa materia mental fulminatoria. A permane ̂ ncia de semelhantes residuos no corac ̧ a ̃ o pode ocasionar-lhe perigosa enfermidade. 19 Passes____________________________________________ Após a utilização de princípios magnéticos o organismo da enferma voltou a normalidade. Após a utilização de princípios magnéticos o organismo da enferma voltou a normalidade.

14 André questiona Anacleto se a irmã seria socorrida ou se ficaria ao abandono no caso de não frequentar uma casa espírita. André questiona Anacleto se a irmã seria socorrida ou se ficaria ao abandono no caso de não frequentar uma casa espírita. Anacleto responde que o homem que vive na senda do bem, esta em atividade intensa e renovadora, recebendo, por isto mesmo, as mais fortes contribuic ̧ o ̃ es de amparo espiritual. Anacleto responde que o homem que vive na senda do bem, esta em atividade intensa e renovadora, recebendo, por isto mesmo, as mais fortes contribuic ̧ o ̃ es de amparo espiritual. 19 Passes____________________________________________ Estivesse orando numa igreja catolica ou num templo budista, receberia o socorro de nossa Esfera, por intermedio desse ou daquele grupo de trabalhadores do Cristo. Estivesse orando numa igreja catolica ou num templo budista, receberia o socorro de nossa Esfera, por intermedio desse ou daquele grupo de trabalhadores do Cristo.

15 Anacleto prossegue explicando que se fosse uma criatura de sentimentos retos, embora infensa a ̀ religia ̃ o, em suas meditac ̧ o ̃ es naturais receberia auxilio, na ̃ o obstante menor, pela sua incapacidade de recepc ̧ a ̃ o mais intensa das nossas energias radiantes; mas, se ficasse integralmente mergulhada nas sombras da ignora ̂ ncia ou da maldade, permaneceria distante da colaborac ̧ a ̃ o de ordem superior e as suas forc ̧ as fisicas sofreriam desgastes violentos e inevitaveis, pela continuidade da intoxicac ̧ a ̃ o mental. Anacleto prossegue explicando que se fosse uma criatura de sentimentos retos, embora infensa a ̀ religia ̃ o, em suas meditac ̧ o ̃ es naturais receberia auxilio, na ̃ o obstante menor, pela sua incapacidade de recepc ̧ a ̃ o mais intensa das nossas energias radiantes; mas, se ficasse integralmente mergulhada nas sombras da ignora ̂ ncia ou da maldade, permaneceria distante da colaborac ̧ a ̃ o de ordem superior e as suas forc ̧ as fisicas sofreriam desgastes violentos e inevitaveis, pela continuidade da intoxicac ̧ a ̃ o mental. 19 Passes____________________________________________

16 Outro caso esta relacionado com uma irmã necessitada de recursos fluidicos pois profunda anemia invade-lhe o organismo. Outro caso esta relacionado com uma irmã necessitada de recursos fluidicos pois profunda anemia invade-lhe o organismo. Em regime de subalimentac ̧ a ̃ o, em virtude das dificuldades naturais que a rodeiam de longo tempo, a gravidez constitui para ela um processo francamente doloroso. O marido e parcamente remunerado e a esposa e obrigada a vigilias, noite adentro, a fim de auxilia-lo na manutenc ̧ a ̃ o do lar. Em regime de subalimentac ̧ a ̃ o, em virtude das dificuldades naturais que a rodeiam de longo tempo, a gravidez constitui para ela um processo francamente doloroso. O marido e parcamente remunerado e a esposa e obrigada a vigilias, noite adentro, a fim de auxilia-lo na manutenc ̧ a ̃ o do lar. 19 Passes____________________________________________ A prece, porem, na ̃ o representa para este corac ̧ a ̃ o materno ta ̃ o somente um refugio. A par de consolac ̧ o ̃ es esponta ̂ neas, ela recolhe forc ̧ as magneticas de substancial expressa ̃ o que a sustentam no presente drama biologico. A prece, porem, na ̃ o representa para este corac ̧ a ̃ o materno ta ̃ o somente um refugio. A par de consolac ̧ o ̃ es esponta ̂ neas, ela recolhe forc ̧ as magneticas de substancial expressa ̃ o que a sustentam no presente drama biologico.

17 Era possível observar manchas escuras que cercavam a organizac ̧ a ̃ o fetal. Aderindo ao saco de liquido amniotico, viam-se microscópicas nuvens pardacentas vagueando em varias direc ̧ o ̃ es. Era possível observar manchas escuras que cercavam a organizac ̧ a ̃ o fetal. Aderindo ao saco de liquido amniotico, viam-se microscópicas nuvens pardacentas vagueando em varias direc ̧ o ̃ es. Se as manchas atravessarem o liquido, provocariam dolorosos processos patologicos em toda a zona do epiblasto. E o fim da luta seria o aborto inevitavel. Se as manchas atravessarem o liquido, provocariam dolorosos processos patologicos em toda a zona do epiblasto. E o fim da luta seria o aborto inevitavel. 19 Passes____________________________________________ Apesar da fé e da oração, ha dias permanece desalentada, aflita. Em breve, o esposo deve resgatar um debito significativo, faltando-lhe, porem, os recursos precisos. A pobre senhora, contudo, alem de suportar a carga de pensamentos destruidores que vem produzindo, e compelida a absorver as emisso ̃ es de materia mental doentia do companheiro, que se apoia na coragem e na resignac ̧ a ̃ o da mulher. Apesar da fé e da oração, ha dias permanece desalentada, aflita. Em breve, o esposo deve resgatar um debito significativo, faltando-lhe, porem, os recursos precisos. A pobre senhora, contudo, alem de suportar a carga de pensamentos destruidores que vem produzindo, e compelida a absorver as emisso ̃ es de materia mental doentia do companheiro, que se apoia na coragem e na resignac ̧ a ̃ o da mulher.

18 As vibrações dissolventes na ̃ o só ameaçam a saude maternal, mas tambem o desenvolvimento do feto. As vibrações dissolventes na ̃ o só ameaçam a saude maternal, mas tambem o desenvolvimento do feto. Novamente Anacleto trabalhou com os passes magnéticos na cabeça da enferma e na região uterina, transferindo a mancha escura para o interior da bexiga. A substância tóxica, lançada no excretor da urina, será alijada facilmente, dispensando a carga de outras operações. Novamente Anacleto trabalhou com os passes magnéticos na cabeça da enferma e na região uterina, transferindo a mancha escura para o interior da bexiga. A substância tóxica, lançada no excretor da urina, será alijada facilmente, dispensando a carga de outras operações. 19 Passes____________________________________________ Passou então a socorrer a organizac ̧ a ̃ o fetal, pois a alimentac ̧ a ̃ o da genitora, por forc ̧ a de circunsta ̂ ncias que independem de sua vontade, tem sido insuficiente. Passou então a socorrer a organizac ̧ a ̃ o fetal, pois a alimentac ̧ a ̃ o da genitora, por forc ̧ a de circunsta ̂ ncias que independem de sua vontade, tem sido insuficiente. Retirou de um vaso certa porc ̧ a ̃ o de substa ̂ ncia luminosa, projetando-a nas vilosidades uterinas, enriquecendo o sangue materno destinado a fornecer oxige ̂ nio ao embria ̃ o. Retirou de um vaso certa porc ̧ a ̃ o de substa ̂ ncia luminosa, projetando-a nas vilosidades uterinas, enriquecendo o sangue materno destinado a fornecer oxige ̂ nio ao embria ̃ o.

19 Anacleto comenta a André que um dia, compreenderá o homem comum a importa ̂ ncia do pensamento. Por agora, e muito dificil revelar-lhe o sublime poder da mente. Anacleto comenta a André que um dia, compreenderá o homem comum a importa ̂ ncia do pensamento. Por agora, e muito dificil revelar-lhe o sublime poder da mente. 19 Passes____________________________________________

20 Um dos cooperadores do serviço aproximou-se e solicitou orientação num caso de décima vez. Um dos cooperadores do serviço aproximou-se e solicitou orientação num caso de décima vez. À nossa frente estava um cavalheiro idoso, que o orientador examinou com atenc ̧ a ̃ o. Por minha vez, observei-lhe o figado e o bac ̧ o, que acusavam enorme desequilibrio. À nossa frente estava um cavalheiro idoso, que o orientador examinou com atenc ̧ a ̃ o. Por minha vez, observei-lhe o figado e o bac ̧ o, que acusavam enorme desequilibrio. 19 Passes____________________________________________ Anacleto comenta: Lastimavel! Entretanto, apenas poderemos aliviá-lo. Agora, apos dez vezes de socorro completo, e preciso deixá-lo entregue a si mesmo, ate que adote nova resolução. Anacleto comenta: Lastimavel! Entretanto, apenas poderemos aliviá-lo. Agora, apos dez vezes de socorro completo, e preciso deixá-lo entregue a si mesmo, ate que adote nova resolução.

21 Dirigindo-se ao cooperador, comentou que poderia oferecer-lhe melhoras, mas na ̃ o deveria alijar a carga de forc ̧ as destruidoras que o nosso rebelde amigo acumulou para si mesmo. Nossa missa ̃ o e de amparar os que erraram, e na ̃ o de fortalecer os erros. Dirigindo-se ao cooperador, comentou que poderia oferecer-lhe melhoras, mas na ̃ o deveria alijar a carga de forc ̧ as destruidoras que o nosso rebelde amigo acumulou para si mesmo. Nossa missa ̃ o e de amparar os que erraram, e na ̃ o de fortalecer os erros. Nosso esforc ̧ o e tambem educativo e na ̃ o podemos desconsiderar a dor que instrui e ajuda a transformar o homem para o bem. Nosso esforc ̧ o e tambem educativo e na ̃ o podemos desconsiderar a dor que instrui e ajuda a transformar o homem para o bem. 19 Passes____________________________________________ Poderemos aliviá-los, mas nunca libertá-los. Poderemos aliviá-los, mas nunca libertá-los.

22 Este homem, na ̃ o obstante simpatizar com as nossas atividades espiritualizantes. Estima as rixas frequentes, as discusso ̃ es apaixonadas, o imperio de seus pontos de vista. Na ̃ o se acautela contra o ato de encolerizar-se e desperta incessantemente a colera e a magoa dos que lhe desfrutam a companhia. Tornou-se, por isso mesmo, o centro de converge ̂ ncia de intensas vibrac ̧ o ̃ es destruidoras. Este homem, na ̃ o obstante simpatizar com as nossas atividades espiritualizantes. Estima as rixas frequentes, as discusso ̃ es apaixonadas, o imperio de seus pontos de vista. Na ̃ o se acautela contra o ato de encolerizar-se e desperta incessantemente a colera e a magoa dos que lhe desfrutam a companhia. Tornou-se, por isso mesmo, o centro de converge ̂ ncia de intensas vibrac ̧ o ̃ es destruidoras. 19 Passes____________________________________________ Veio ao nosso grupo em busca de melhoras, e, desde ha muitas semanas, buscamos orientá-lo no servic ̧ o do amor crista ̃ o, chamando-lhe a conscie ̂ ncia a ̀ pratica de obrigac ̧ o ̃ es necessarias ao seu próprio bem-estar. O infeliz porém não nos ouve. Veio ao nosso grupo em busca de melhoras, e, desde ha muitas semanas, buscamos orientá-lo no servic ̧ o do amor crista ̃ o, chamando-lhe a conscie ̂ ncia a ̀ pratica de obrigac ̧ o ̃ es necessarias ao seu próprio bem-estar. O infeliz porém não nos ouve.

23 Frequenta-nos ha pouco mais de tre ̂ s meses e, durante esse tempo, já lhe fizemos as dez operac ̧ o ̃ es de socorro magnetico integral, alijando-lhe as cargas malignas, na ̃ o só dos pensamentos de angustia e represalia que ele provoca nos outros, mas tambem dos pensamentos crueis que fabrica para si. Frequenta-nos ha pouco mais de tre ̂ s meses e, durante esse tempo, já lhe fizemos as dez operac ̧ o ̃ es de socorro magnetico integral, alijando-lhe as cargas malignas, na ̃ o só dos pensamentos de angustia e represalia que ele provoca nos outros, mas tambem dos pensamentos crueis que fabrica para si. Agora, temos de interromper o servic ̧ o de libertac ̧ a ̃ o, por algum tempo. A sos com a sua experie ̂ ncia forte, aprendera lic ̧ o ̃ es novas e ganhara muitos valores. Mais tarde, recebera, de novo, o socorro completo. Agora, temos de interromper o servic ̧ o de libertac ̧ a ̃ o, por algum tempo. A sos com a sua experie ̂ ncia forte, aprendera lic ̧ o ̃ es novas e ganhara muitos valores. Mais tarde, recebera, de novo, o socorro completo. 19 Passes____________________________________________

24 André fica surpreso e magoado com a partida do instrutor Alexandre para esferas superiores. E comenta que eleirá fazer muita falta... Sinto que nos deixará em meio da tarefa, quando tanto necessitamos de seu concurso valioso para o aprendizado... André fica surpreso e magoado com a partida do instrutor Alexandre para esferas superiores. E comenta que eleirá fazer muita falta... Sinto que nos deixará em meio da tarefa, quando tanto necessitamos de seu concurso valioso para o aprendizado... Lísias percebendo a natureza passional do comentário, pede a André que coloca-se o egoísmo de lado e que deveriam participar da alegria de seus elevados merecimentos. Lísias percebendo a natureza passional do comentário, pede a André que coloca-se o egoísmo de lado e que deveriam participar da alegria de seus elevados merecimentos. 20 Adeus____________________________________________ O aprendizado nos cursos chega sempre a um fim, embora a sabedoria seja infinita. Precisamos demonstrar aproveitamento pratico das lic ̧ o ̃ es recebidas. O aprendizado nos cursos chega sempre a um fim, embora a sabedoria seja infinita. Precisamos demonstrar aproveitamento pratico das lic ̧ o ̃ es recebidas.

25 Alexandre em sua despedida comenta que de quando em quando é necessário deixar o discípulo entregue a si mesmo, ainda que as mais belas notas de carinuo nos sugiram o contrário. Alexandre em sua despedida comenta que de quando em quando é necessário deixar o discípulo entregue a si mesmo, ainda que as mais belas notas de carinuo nos sugiram o contrário. Junto do instrutor, o aprendiz, quase sempre, apenas observa… a dista ̂ ncia, porem, experimenta e age, vivendo o que aprendeu. Junto do instrutor, o aprendiz, quase sempre, apenas observa… a dista ̂ ncia, porem, experimenta e age, vivendo o que aprendeu. 20 Adeus____________________________________________ É preciso enfrentar as asperezas do servic ̧ o, conhecer a luta, testemunhar aproveitamento. É preciso enfrentar as asperezas do servic ̧ o, conhecer a luta, testemunhar aproveitamento. O aprendizado fornece-nos conhecimento. A vida oferece-nos a pratica. O aprendizado fornece-nos conhecimento. A vida oferece-nos a pratica.

26


Carregar ppt "André tem a oportunidade de observar o serviço de passes magnéticos, ministrados aos frequentadores da casa. André tem a oportunidade de observar o serviço."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google