A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pesquisas e bons resultados Comitê Nacional – Reunião de Natal – RN 30 de junho de 2011 Sergio Bandeira de Mello Secretário Executivo Comitê Nacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pesquisas e bons resultados Comitê Nacional – Reunião de Natal – RN 30 de junho de 2011 Sergio Bandeira de Mello Secretário Executivo Comitê Nacional."— Transcrição da apresentação:

1 Pesquisas e bons resultados Comitê Nacional – Reunião de Natal – RN 30 de junho de 2011 Sergio Bandeira de Mello Secretário Executivo Comitê Nacional

2 Observância às normas concorrenciais Todas as atividades desenvolvidas no âmbito do Sindigás obedecem às normas previstas no seu MANUAL DE OBEDIÊNCIA ÀS NORMAS DE DEFESA DA CONCORRÊNCIA (Manual do Sindigás), que foi criado em 2008 e sofreu aprimoramentos, aprovados pela Diretoria Executiva do Sindigás, em O Manual do Sindigás dita as melhores práticas direcionadas ao cumprimento da legislação de defesa da concorrência, a serem observadas pelos profissionais envolvidos com a entidade, os quais têm conhecimento do seu inteiro teor. O Sindigás dispõe de um compliance officer, seu Advogado interno, que tem a função de fiscalizar de forma sistemática todas as atividades desenvolvidas no âmbito da entidade, no tocante ao cumprimento das normas previstas no Manual do Sindigás, assim como aplicar as medidas previstas no PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE INFRAÇÕES, documento também aprovado por suas associadas, e parte integrante do Manual do Sindigás. Todas as atividades desenvolvidas no âmbito do Sindigás obedecem às normas previstas no seu MANUAL DE OBEDIÊNCIA ÀS NORMAS DE DEFESA DA CONCORRÊNCIA (Manual do Sindigás), que foi criado em 2008 e sofreu aprimoramentos, aprovados pela Diretoria Executiva do Sindigás, em O Manual do Sindigás dita as melhores práticas direcionadas ao cumprimento da legislação de defesa da concorrência, a serem observadas pelos profissionais envolvidos com a entidade, os quais têm conhecimento do seu inteiro teor. O Sindigás dispõe de um compliance officer, seu Advogado interno, que tem a função de fiscalizar de forma sistemática todas as atividades desenvolvidas no âmbito da entidade, no tocante ao cumprimento das normas previstas no Manual do Sindigás, assim como aplicar as medidas previstas no PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE INFRAÇÕES, documento também aprovado por suas associadas, e parte integrante do Manual do Sindigás.

3 Grande alegria de estar aqui. Temos muito que avançar, mas temos resultados a mostrar. PROGRAMA GÁS LEGAL. HORA DE AVALIAR. Temos resultados para comemorar.

4 CATEGORIZAÇÃO DE PVI UF_PVI AI Total geral ES MG RJ SP RN SE PA PR SC RS AL PB BA CE PE MA PI MT MS DF GO AP TO16061 AM (vazio)22 Total geral status: A e I (equivalentes aos antigos ativo e inativo, porém com novas definições) PVI com Status A : - Todo PVI denunciado que contenha os dados completos de endereço que possibilitem a sua localização, ou ainda todo PVI que após inspeção de campo tenha sido comprovado que o mesmo comercializa gás, sendo portanto um PVI ativo. PVI com Status I: - Todo PVI denunciado que contenha dados incompletos ou inconsistentes de endereço, que impossibilitem a sua localização, ou ainda todo PVI que após visitação, in loco, tenha sido comprovado a inexistência do mesmo, ou que o mesmo não comercializa mais gás, sendo portanto um PVI Inativo Mais de denúncias registradas no banco de denúncias desenvolvido para o Programa. Cerca de pontos de vendas informais. Mais de denúncias registradas no banco de denúncias desenvolvido para o Programa. Cerca de pontos de vendas informais. PELO MENOS PVIs APRESENTAM ALTO GRAU DE QUALIDADE E VALEM UMA INVESTIGAÇÃO.

5 Sucesso acima do esperado em 8 meses de Programa. Evolução do Programa. Resultado de pesquisa de campo. RESULTADOCom Base No Total UF_PVI Municipio_PVI COM. TOTAL Não Comercializando BA SALVADOR % DF BRASILIA 22993% ES CARIACICA % GO GOIANIA % MA SAO LUIS % MG BELO HORIZONTE % PA BELEM 91987% PE RECIFE 36095% PI TERESINA % PR LONDRINA % RJ RIO DE JANEIRO % RS CANOAS % SP ARARAQUARA % SP CAMPINAS % SP SAO JOSE DO RIO PRETO 53577% TOTAL % Contratado instituto de pesquisa independente que focou em mais de PVIs contidos no Banco de Denúncias. 53% de redução da informalidade. Alguns locais necessitam de maior atenção. Pesquisa baseada nos pontos de vendas informais de status A.

6 Sucesso não representa descanso Canal direto de denúncia com as autoridades. Participe! Ampliação das denúncias é fundamental. Em 30% das denúncias atuais temos indicados os suspeitos de abastecimento. Nem nos locais com melhor performance podemos concluir que o trabalho acabou. Operações devem ser entendidas como educacionais e de longo prazo. Choque de ordem prossegue.

7 Ainda falta? Comprometimento de autoridades locais. Especialmente Prefeituras. Ampliação do intercâmbio de informações e boas práticas. Aumento das denúncias e da qualidade das denúncias de forma a facilitar o trabalho das autoridades Melhor distribuição das tarefas entre as diversas autoridades. Abastecedores e pontos de venda informais. Estratégia sobre os pontos de venda informais não pode ser desprezado. O processo é educativo. Insistir no modelo de participação público privado. Melhorar pauta das reuniões de trabalho e criação de plano de ação entre as autoridades.

8 Nova Publicação da ANP com Sindigás Uma tradução mais simples da norma NBR , informação ao alcance de todos, com linguajar adequado. Material impresso e versões eletrônicas com custo zero, que podem ser disponibilizadas em qualquer site, de associado ou não ao Sindigás. Já disponível no e O Programa Gás Legal não é somente repressão.

9 Pesquisas qualitativas realizadas com revendas de todas as classes sobre o Programa Gás Legal

10 Pesquisas qualitativas Universo analisado: Na tentativa de reunir informação, impressões, tendências, o Sindigás realizou um trabalho, não cientifico com 2 grandes universos de pesquisa: 1.Revendedores das Classes I, II e III (costumeiramente centro de debates nas reuniões do programa Gás Legal), mas somente revendas que tenham obtido autorização da ANP nos últimos 12 meses; 2.Revendas de todas as Classes e que tenham participado das reuniões do Programa Gás Legal, em todo o Brasil; As duas pesquisas estão disponíveis no site do Sindigás e no Site do Programa Gás Legal. Há resultados para Brasil e para as Regionais (Regionais do Programa Gás Legal) Dado o universo de revendas existentes no Brasil e a quantidade de revenda analisada, este estudo não pode ser qualificado de valor cientifico, mas tão somente constituir-se como uma informação geral da situação do mercado nos grupos de análise selecionados.

11 Influência do Programa Gás Legal Classe I, II e III REVENDA Na revenda em geral: 36% sim, foram influenciados, Nas revendas Classe I, II e III, este número cresce para 55%. O Programa Gás Legal tem alguma influência na sua decisão se legalizar?

12 Legal ou ilegal, antes da autorização 43% Novos entrantes. 43% participavam do mercado sem autorização (ou não quiseram responder). Excluindo entrantes: 76% eram ilegais. Classe I, II e III Só Classe I

13 Efeito positivo do Programa Gás Legal. Após a implementação do Programa Gás Legal como o seu negócio foi afetado? REVENDA 34% alegam terem sido afetados positivamente. Apenas 9% indicam uma piora no seu próprio negócio.

14 Nível de satisfação com o negócio Só Classe I Dentro de uma escala de 1 a 5, onde 1 é muito insatisfeito, e 5 muito feliz, como você classifica sua satisfação em estar no negócio de Gás? REVENDA Na revenda em geral (todas as classes), 22% de insatisfação. Nas revendas Classe I pesquisadas, a insatisfação é de 9%, ou 91% satisfeito.

15 Documentações mais difíceis Dentre as documentações e exigências a serem cumpridas para obter as autorização, qual a que você escutou, de parte da revenda, ser a mais complicada? Qual foi a que mais demandou recursos, sejam financeiros ou de tempo? REVENDA Empate entre: -Alvará, -Certificado dos Bombeiros, -Autorização da ANP.

16 Temos um varejo porta a porta. Qual o percentual de produto, aproximado, que você entrega nos seus clientes, porta a porta? Excluir o que os clientes compram diretamente no seu estabelecimento REVENDA Só Classe I Quando analisado somente Classe I, 74% entregam mais que 60% dos produtos porta a porta. No geral o número é enorme, mais que 50%.

17 Logística complexa necessita de investimento em veículos. Quantos veículos você tem na sua operação geral, desde abastecimento do ponto até entrega nos clientes? (Incluir para efeitos desta resposta, todos os veículos, motos, triciclos, sidecars, camionetes, caminhões, bicicletas, etc) REVENDA 80% das revendas têm mais de 3 veículos

18 Compra de Revenda ou Distribuidora? Só Classe I REVENDA Na revenda em geral (todas as classes), 97% compram de Distribuidoras. Nas Classe I pesquisadas, 41% compram de revendas autorizadas.

19 Alto grau de conhecimento, mas desafio permanece. REVENDA Você conhece a legislação do setor para exercer a atividade? 28% das revendas declaram ter baixo conhecimento sobre a legislação da atividade da Revenda. Missão educacional prossegue.

20 Calendário próximas reuniões – Caxias do Sul – RS – São Paulo (Capital) – Uberlândia – MG – Palmas - TO – Porto Velho – RO – Aracaju - SE


Carregar ppt "Pesquisas e bons resultados Comitê Nacional – Reunião de Natal – RN 30 de junho de 2011 Sergio Bandeira de Mello Secretário Executivo Comitê Nacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google