A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os casacos de peles apresentados na televisão transmitem imagem de elegância e riqueza, mas por trás de todo esse glamour existe uma indústria sangrenta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os casacos de peles apresentados na televisão transmitem imagem de elegância e riqueza, mas por trás de todo esse glamour existe uma indústria sangrenta."— Transcrição da apresentação:

1

2 Os casacos de peles apresentados na televisão transmitem imagem de elegância e riqueza, mas por trás de todo esse glamour existe uma indústria sangrenta e impiedosa que, em nome da moda, martiriza e mata, pelo menos, 3 milhões e 500 mil animais por ano. "Por trás de bela pele, há uma história. Uma sangrenta e bárbara história." Mary Tyler Moore (Atriz) Tem muita gente que justifica o uso de peles com o discurso de que muitas delas vêm de fazendas de criação, não estando, assim, colaborando para extinção ou desequilíbrio ecológico. O problema não é só ecologia, mas também - e principalmente - o sofrimento dos animais.

3 Os animais passam suas vidas em pequenas gaiolas, ao ar livre, expostos às variações climáticas. Confinados a um espaço reduzido, os animais adquirem comportamentos neuróticos como auto- mutilação e canibalismo. O nível de stress elevado fragiliza o sistema imunológico dos animais, levando-os, em cerca de 20 % dos casos, à morte. Os animais criados em quintas sofrem de consangüinidade e conseqüentemente nascem com deficiências como deformação dos órgãos sexuais, hemorragias internas e sofrem de espasmos no pescoço. A dieta artificial administrada a esses animais é causadora de problemas digestivos. Depois de passarem a vida em condições deploráveis, os animais são eletrocutados, asfixiados, envenenados, gazeados, afogados ou estrangulados. Nem todos os animais morrem imediatamente - alguns chegam a ser esfolados ainda com vida! Muitas raposas desenvolvem comportamento psicótico, batendo com força nas paredes da gaiola durante todo o dia, movendo-se furiosamente para um lado e para o outro. Algumas desenvolvem problemas nas patas por ficarem vários meses em pé sobre uma estrutura de arame. Em algumas fazendas, as raposas têm a língua cortada e são deixadas a sangrar até à morte. Os criadores recorrem a esses métodos de matança para que as peles fiquem intactas. FATOS SOBRE A CRIAÇÃO EM CATIVEIRO

4 CHINCHILA Nome Científico: Chinchilla Lanigera. É roedor, mamífero, herbívoro e de hábitos noturnos. Vive, em média, 18 anos. A fêmea tem de 1 a 2 ninhadas por ano. Nascem entre 1 a 4 filhotes. Período de gestação é de 111 dias. COELHO Nome Científico: Sylvilagus Cuniculus. É mamífero, herbívoro, de hábitos noturnos e da família dos roedores. Vive entre 5 a 9 anos. A fêmea tem de 3 a 6 ninhadas por ano. Nascem entre 4 a 12 filhotes. Período de gestação é de 30 dias. MINK Nome Científico: Mustela Vison. É mamífero, carnívoro, de hábitos noturnos e da família dos Mustelídeos. Vive entre 8 a 10 anos. A fêmea tem apenas uma ninhada por ano. Nascem entre 4 a 6 filhotes. Período de gestação é 28 dias. ARMINHO Nome Científico: Mustela Erminea. É mamífero, carnívoro, de hábitos noturnos e da família dos Mustelídeos. Vive, em média, 10 anos. A fêmea tem apenas uma ninhada por ano. Nascem entre 4 a 8 filhotes. Período de gestação é de 28 dias. No inverno a sua pelagem é branca. RAPOSA VERMELHA Nome Científico: Vulpes Vulpes. É onívora, mamífera, de hábitos noturnos e da família Canidae. Vive, em média, 15 anos. A fêmea tem apenas uma ninhada por ano. Nascem entre 4 a 5 filhotes. Período de gestação é de 60 dias. Existe grande variedade de raposas. RACOON (GUAXINIM) Nome Científico: Procyon Lotor. É mamífero, carnívoro, de hábitos noturnos e da família dos Procyonidae. Vive de 10 a 13 anos. A fêmea tem apenas uma ninhada por ano. Nascem entre 4 a 6 filhotes. Período de gestação é de 60 dias. BREVE APRESENTAÇÃO DAS VÍTIMAS DE CRIADOUROS

5 + = Gaiola minúscula Morte por eletrocussão O produto PELO MENOS 11 RAPOSAS FORAM MORTAS PARA A CONFECÇÃO DO CASACO ACIMA O Lixo COMO FAZER UM CASACO DE PELE DE RAPOSA

6 Em alguns países usam-se armadilhas, embora sempre digam que os animais foram criados em fazendas. Desprovido de alimento, água e qualquer tipo de proteção dos predadores, pelo menos 1 em cada 4 animais rói a própria pata na tentativa desesperada de se libertar. Os que o conseguem fazer acabam por morrer pouco depois, em conseqüência da perda de sangue, de infecção, de fome ou caçados devido à vulnerabilidade face aos predadores. Os animais que não conseguem escapar, aguardam em sofrimento durante vários dias ou até mesmo semanas, até que o caçador volte para verificar a sua armadilha. Para não estragarem a pele, os asfixiam com os pés. Muitas vezes, os animais não resistem à espera prolongada e morrem de fome, de frio, de desidratação ou atacados por predadores. Pelo menos 5 milhões de animais como cães, gatos, pássaros, esquilos e até mesmo animais de espécies em vias de extinção são acidentalmente apanhados, mutilados e mortos nas armadilhas. MAIS FATOS

7 + + = = Bebê foca Lince OUTRAS VÍTIMAS

8 PARA FAZER UM CASACO DE PELES DE COMPRIMENTO MÉDIO MATAM-SE: 125 arminhos 100 chinchilas 70 martas-zibelinas 50 martas canadianas 30 ratos almiscarados 30 sariguéias 30 coelhos 27 guaxinins 17 texugos 14 lontras 11 raposas douradas 11 linces 9 castores OS ANIMAIS EM NÚMEROS

9 Racoon RaposaCoelhoChinchila Arminho Mink

10 E SE O CASACO VEIO DA ÁSIA… Você pode estar comprando pele de cães e gatos. Jaquetas com detalhes em peles feitas na China geralmente não mencionam a origem da pele na etiqueta. Algumas fábricas mentem, dizendo que se trata de pele de animais selvagens locais. Casacos feitos com peles de gatos Casacos feitos com peles de cães e gatos

11 Um pastor alemão em Harbin (China) é amarrado a uma grade com um uma corrente (1) e depois é furado na virilha (2). Seu sangue corre sobre a neve. Quando a pele começa a ser retirada (3), o animal pode ainda estar vivo e consciente. Sua carne é vendida para restaurantes (4) e sua pele, para o mercado global de comércio de peles. Leia investigação completa da Humane Society of The United Statestraduzida para o Português em: (1) (3) (4) (2) E SE O CASACO VEIO DA ÁSIA…

12 No Brasil há muitos criadouros (fazendas) de chinchila, principalmente na região sul devido ao clima mais compatível com a criação dos animais. Esses criadouros atendem ao mercado interno e externo. Nos shopping centers de todo o Brasil encontramos casacos com detalhes de pele em golas, punhos, calças jeans, jaquetas, gorros, botas e bolsas. A maioria dessas peles são de coelhos e chinchilas. Ms se o produto é importado fica Impossível saber com certeza se o animal corresponde ao que está na etiqueta. Alguns casacos são importados da China e há grande probabilidade de terem sido confeccionados com peles de gatos ou cães. A SEGUIR, MAIS FOTOS DE FAZENDAS MOSTRANDO AS CONDIÇÕES EM QUE VIVEM AS CHINCHILAS, OS COELHOS, AS RAPOSAS, OS MINKS E ARMINHOS CRIADOS PARA ABATE. NO BRASIL

13 CHINCHILAS

14 Vida condenada Retirando a pele A criação de pele O comércio de peles

15 COELHOS

16 Como e onde os coelhos vivem Coelho sem a peleAs peles

17 ARMINHO E MINK

18 As fazendas Segundos antes de morrer por asfixia Uma vida dentro de uma gaiola

19 Solidão Desespero Dor Canibalismo Privação de liberdade

20 Os doentes são descartados As peles prontas para o comércio Animais sem pele vão para o lixo

21 RAPOSAS

22 O interior das fazendas para criação de pele Como e onde as raposas vivem

23 Canibalismo / dor / solidão / medo

24 Peles prontas para o comércio / animais sem pele vão para o lixo

25 Hoje existem lindíssimas peles sintéticas que imitam perfeitamente as genuínas. Algumas alternativas são: algodão, canvas, náilon, vinil, ultrasuede, outros tecidos sintéticos. Recuse-se a comprar produtos de pele; Apoie as lojas que não vendem peles; Colabore nas campanhas de sensibilização; Ensine os outros a respeitarem todos os seres vivos. Escreva cartas para lojas e fornecedores, explicando o sofrimento que está por trás de cada casaco de peles; DADO: De acordo com um estudo da Companhia Ford Motor, fazer um casaco de animais apanhados em armadilhas gasta três vezes mais energia; um casaco de animais criados em criadouros gasta quarenta vezes mais energia, em comparação com um casaco de pele sintética. DIGA NÃO ÀS PELES RESPEITE OS ANIMAIS. COMO AJUDAR

26 Alaskrafts: Animais SOS: geocities.yahoo.com.br/AnimaisSOS Animals Voice: Ipda: Petsburgh: Vídeos Furisdead: Peles Sintéticas Fake Fur: FONTES DE PESQUISA PARA ESTA APRESENTAÇÃO

27 "Matar um animal para fazer um casaco é um pecado. Nós não temos esse direito. Uma mulher realmente tem classe quando rejeita que um animal seja morto para ser colocado sobre os seus ombros. Só assim ela será verdadeiramente bela." Doris Day POR AMOR REPASSE ESTA APRESENTAÇÃO CONSCIENTIZE OS SEUS AMIGOS Realização Responsável Gabriela Toledo


Carregar ppt "Os casacos de peles apresentados na televisão transmitem imagem de elegância e riqueza, mas por trás de todo esse glamour existe uma indústria sangrenta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google