A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mais um tipo de texto. O texto - quem o escreve - ligado a identidade; O texto - quem o escreve - ligado a identidade; Escrever não é uma atividade que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mais um tipo de texto. O texto - quem o escreve - ligado a identidade; O texto - quem o escreve - ligado a identidade; Escrever não é uma atividade que."— Transcrição da apresentação:

1 Mais um tipo de texto

2 O texto - quem o escreve - ligado a identidade; O texto - quem o escreve - ligado a identidade; Escrever não é uma atividade que está fora do indivíduo; Escrever não é uma atividade que está fora do indivíduo; Existe um mito = redação é um texto diferenciado do que produzimos durante a nossa vida escolar. Existe um mito = redação é um texto diferenciado do que produzimos durante a nossa vida escolar.

3 "Escrever exige 10% de inspiração e 90% de transpiração. Sim senhor, escrever é trabalho árduo. Textos são cortados, aumentados, virados pelo avesso, amassados. Texto só brilha depois de muito apanhar" "Escrever exige 10% de inspiração e 90% de transpiração. Sim senhor, escrever é trabalho árduo. Textos são cortados, aumentados, virados pelo avesso, amassados. Texto só brilha depois de muito apanhar" (Dad Squarisi e Arlete Salvador)

4 Obvio que existe uma estrutura que pode e deve ser usada. E a estrutura que será apresentada será a do: Obvio que existe uma estrutura que pode e deve ser usada. E a estrutura que será apresentada será a do:

5 Pode parecer repetitivo, redundante, mas não é, pois dissertar de forma argumentativa é realmente defender um ponto de vista. Pode parecer repetitivo, redundante, mas não é, pois dissertar de forma argumentativa é realmente defender um ponto de vista.

6 Segundo Weston, argumentar é: expressar um conjunto de razões e provas que fundamentam uma conclusão, com razão, os pontos de vista. Não basta apenas afirmá-los. Segundo Weston, argumentar é: expressar um conjunto de razões e provas que fundamentam uma conclusão, com razão, os pontos de vista. Não basta apenas afirmá-los.

7 Defender o ponto de vista: não basta mostrar a realidade, tenho que tentar resolver, como?; Defender o ponto de vista: não basta mostrar a realidade, tenho que tentar resolver, como?; Argumentar: convencer o leitor; Argumentar: convencer o leitor; Dissertar: expressar opinião - deixar claro seu ponto de vista, sem usar EU ; Dissertar: expressar opinião - deixar claro seu ponto de vista, sem usar EU ; Imparcial/Objetivo; Imparcial/Objetivo; Propor uma intervenção: inovadora e relacionada ao tema; Propor uma intervenção: inovadora e relacionada ao tema; Fugir do senso comum - tentativa de não repetir aquilo que dito e que não foi pensado. Fugir do senso comum - tentativa de não repetir aquilo que dito e que não foi pensado.

8 O que se propõe defender: Deve ser mesmo pensado? Deve ser mesmo pensado? Pode acontecer de fato? Pode acontecer de fato? É possível que se fazer de tal forma? É possível que se fazer de tal forma?

9 Não pode cair no senso comum (clichê) Não pode cair no senso comum (clichê) Precisa ser aplicável. Precisa ser aplicável. "As prisões estão cheias, por isso vamos bombardeá-las". "As prisões estão cheias, por isso vamos bombardeá-las". É razoável? É razoável? Fere os direitos humanos? Fere os direitos humanos?

10 Quem escreve não precisa tomar partido da situação governamental. Quem escreve não precisa tomar partido da situação governamental. O escritor tem que dar resposta ao que ele realmente acredita. O escritor tem que dar resposta ao que ele realmente acredita. Tem que convencer primeiro a si mesmo. Tem que convencer primeiro a si mesmo.

11 Principio de autonomia: Todo homem deve ter capacidade decidir sobre sua existência; Todo homem deve ter capacidade decidir sobre sua existência; O homem deve ser o fim de todas as coisas, não pode ser usado como instrumento; O homem deve ser o fim de todas as coisas, não pode ser usado como instrumento; Coisa possui preço - objeto de troca; Coisa possui preço - objeto de troca; Homem possui dignidade - não pode ser objeto de troca. Homem possui dignidade - não pode ser objeto de troca.

12 Reforma agrária é constitucional, se eu optar por ir contra eu tenho que saber sustentar; é constitucional, se eu optar por ir contra eu tenho que saber sustentar; Cuidado com os temas! Abordá-los sem ferir os direitos humanos e o que rege a constituição; Cuidado com os temas! Abordá-los sem ferir os direitos humanos e o que rege a constituição; Tem que se levar em conta o que constitui a base do nosso argumento. Tem que se levar em conta o que constitui a base do nosso argumento.

13 Como resolvo o problema? Como resolvo o problema? Colocar a própria temática na forma interrogativa. Colocar a própria temática na forma interrogativa. Como resolver o trabalho infantil no Brasil? Como resolver o trabalho infantil no Brasil?

14 Tema macro; Tema macro; Dignidade humana; Dignidade humana; Direito humanos; Direito humanos; Inscrição de um sujeito histórico; Inscrição de um sujeito histórico; Preciso dar a resposta, mas não posso responder com frases que saem de lugar nenhum e chegam a nenhum lugar. Preciso dar a resposta, mas não posso responder com frases que saem de lugar nenhum e chegam a nenhum lugar.

15 Educação de qualidade; Educação de qualidade; Que todos tivessem direito e acesso a essa educação; Que todos tivessem direito e acesso a essa educação; Valido, mas mostra apenas uma realidade. Valido, mas mostra apenas uma realidade.

16 Trazer a sua bagagem de leitura que nesse momento não pode ser esquecida; Trazer a sua bagagem de leitura que nesse momento não pode ser esquecida; A leitura do jornal, das crônicas diárias, das conversas trocadas (ler pelo menos 10 folhas/dia); A leitura do jornal, das crônicas diárias, das conversas trocadas (ler pelo menos 10 folhas/dia); Para umas pessoas essa questão vai estar muito próxima e para outras não; Para umas pessoas essa questão vai estar muito próxima e para outras não;

17 Como podemos aproximar para promover um texto que resolva a questão?; Como podemos aproximar para promover um texto que resolva a questão?; Temos que pensar e talvez combinar; Temos que pensar e talvez combinar; Falamos sobre constituição, diretos, valores humanos, junto com a minha experiência e produzo um texto dissertativo argumentativo? Ou deixo a minha experiência de lado? Falamos sobre constituição, diretos, valores humanos, junto com a minha experiência e produzo um texto dissertativo argumentativo? Ou deixo a minha experiência de lado?

18 TEMA ESPELHO: IMAGEM REFLETIDA

19 Aula livre - Redação Aula livre - Redação Aluna dá dicas Aluna dá dicas WESTON, Anthony. A construção do argumento. Tradução: Alexandre Feitosa Rosas. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, WESTON, Anthony. A construção do argumento. Tradução: Alexandre Feitosa Rosas. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.


Carregar ppt "Mais um tipo de texto. O texto - quem o escreve - ligado a identidade; O texto - quem o escreve - ligado a identidade; Escrever não é uma atividade que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google