A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUMÁRIO: 1. Dúvidas Gramaticais Frequentes; 2. Sintaxe: o uso da crase; 3. Sintaxe de colocação: próclise, mesóclise e ênclise; 4. Fonologia: o uso dos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUMÁRIO: 1. Dúvidas Gramaticais Frequentes; 2. Sintaxe: o uso da crase; 3. Sintaxe de colocação: próclise, mesóclise e ênclise; 4. Fonologia: o uso dos."— Transcrição da apresentação:

1 SUMÁRIO: 1. Dúvidas Gramaticais Frequentes; 2. Sintaxe: o uso da crase; 3. Sintaxe de colocação: próclise, mesóclise e ênclise; 4. Fonologia: o uso dos porquês; 5. Estilística: figuras de linguagem; 6. Estilística: vícios de linguagem; 7. A nova ortografia da Língua Portuguesa; 8. Redação.

2 Dominar a arte da escrita é um trabalho que exige prática e dedicação. Não existem fórmulas mágicas: o exercício contínuo, aliado à leitura de bons autores, e a reflexão são indispensáveis para a criação de bons textos. Ler, portanto, é fundamental para escrever. Mas não basta ler, é preciso entender o que se lê. Entender significa ir além do simples significado das palavras que aparecem no texto.

3 Através da Redação temos um indicador mais concreto da formação da pessoa, diferentemente das questões de múltipla escolha em uma prova. Geralmente, exige-se a produção de um texto dissertativo. Contudo, também podem ser solicitadas narrações ou descrições. Vamos conhecer as características de cada um dos textos:

4 1 - DISSERTAÇÃO: dissertar significa falar sobre. É o texto em que se expõem ideias, seguidas de argumentos que as comprovem. Na dissertação, você deve revelar sua opinião a respeito do assunto. 2 - DESCRIÇÃO: texto em que se indicam as características de um determinado objeto, pessoa, ambiente ou paisagem. Na descrição, você deve responder à pergunta: Como a coisa (lugar / pessoa) é? É importante tentar usar os mais variados sentidos: fale do aroma, dos cheiros, das cores, das sensações, de tudo que envolve a realidade a ser descrita. 3 - NARRAÇÃO: texto em que se contam fatos ocorridos em determinado tempo e lugar, envolvendo personagens. Lembre-se: você deve narrar a ação, respondendo à pergunta: O que aconteceu?

5 DISSERTAÇÃO Na DISSERTAÇÃO o ideal é sabermos que teoricamente o texto dissertativo pauta-se pela explanação de um determinado assunto, realizada de maneira estritamente objetiva. Não há lugar para achismos, posto que a verdade em que se acredita precisa se caracterizar como algo universal – fazer parte também da concepção dos demais interlocutores –, portanto, juízos de valor que denotem subjetividade são dispensáveis neste caso. Como exemplos, citamos as matérias jornalísticas não opinativas, no caso das notícias e reportagens, bem como os textos de divulgação científica, didáticos, enciclopédias, e outros.

6 DISSERTAR É ARGUMENTAR!!! Esses argumentos devem estar reforçados em fontes seguras, passíveis de credibilidade, e não algo proveniente do além. No intento de torná-los verídicos, plausíveis aos olhos do interlocutor, é essencial nos atermos a alguns elementos que caracterizam sua fundamentação. Podemos constatar que a eficácia de um texto dissertativo- argumentativo se encontra arraigada à coerência e à coesão, cuja função é a de conferir credibilidade e exatidão ao discurso proferido pelo anunciador.

7 ALGUNS TIPOS DE ARGUMENTOS: * Argumentos baseados no senso comum – fundamentam-se em valores reconhecidos e compartilhados pela maioria das pessoas pertencentes a um grupo social; * Argumentos baseados em citações – referem-se à opinião de uma pessoa com certo grau de influência (podendo ser uma autoridade) no que tange ao assunto em questão; * Argumentos baseados em evidências – como no seu sentido literal, se relacionam a fatos passíveis de comprovação, isto é, dados estatísticos, pesquisas, informações científicas, exemplos reais ou hipotéticos, dentre outros; * Argumentos baseados no raciocínio lógico – estabelecem relações lógicas entre as ideias apresentadas. Tais relações podem ser de causa e consequência, analogia, oposição, dentre outras.

8 1ª parte: Introdução No primeiro parágrafo, o autor apresenta o tema que será abordado. Dica: anuncie claramente o tema sobre o qual você escreverá e as delimitações propostas. 2ª parte: Desenvolvimento Nos parágrafos subsequentes (geralmente dois), o autor apresenta uma série de argumentos ordenados logicamente, a fim de convencer o leitor. Dica: argumente, discuta, exponha suas ideias, prove o que você pensa. 3ª parte: Conclusão No último parágrafo, o autor "amarra" as ideias e procura transmitir uma mensagem ao leitor. Dica: conclua de maneira clara, simples, coerente, confirmando o que foi exposto no desenvolvimento.

9 Introdução: contra - não resolve Desenvolvimento: 1º parágrafo: direito à vida - religião 2º parágrafo: outros países - Estados Unidos Conclusão: ineficaz; solução: erradicação da miséria

10 1) Interrogue o tema; 2) Responda-o de acordo com a sua opinião; 3) Apresente um argumento básico; 4) Apresente argumentos auxiliares; 5) Apresente um fato-exemplo; 6) Conclua.

11 Alguns segredinhos...

12 Boa Redação a todos!!!


Carregar ppt "SUMÁRIO: 1. Dúvidas Gramaticais Frequentes; 2. Sintaxe: o uso da crase; 3. Sintaxe de colocação: próclise, mesóclise e ênclise; 4. Fonologia: o uso dos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google