A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Artigo de opiniao É comum encontrar circulando no rádio, na TV, nas revistas, nos jornais, temas polêmicos que exigem uma posição por parte dos ouvintes,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Artigo de opiniao É comum encontrar circulando no rádio, na TV, nas revistas, nos jornais, temas polêmicos que exigem uma posição por parte dos ouvintes,"— Transcrição da apresentação:

1 Artigo de opiniao É comum encontrar circulando no rádio, na TV, nas revistas, nos jornais, temas polêmicos que exigem uma posição por parte dos ouvintes, espectadores e leitores, por isso, o autor geralmente apresenta seu ponto de vista sobre o tema em questão através do artigo de opinião

2 É importante estar preparado para produzir esse tipo de texto, pois em algum momento poderão surgir oportunidades ou necessidades de expor ideias pessoais através da escrita. Nos gêneros argumentativos, o autor geralmente tem a intenção de convencer seus interlocutores e, para isso, precisa apresentar bons argumentos, que consistem em verdades e opiniõesoportunidades

3 O artigo de opinião é fundamentado em impressões pessoais do autor do texto e, por isso, são fáceis de contestar. Geralmente, é escrito em primeira pessoa, já que trata-se de um texto com marcas pessoais e, portanto, com indícios claros de subjetividade, porém, pode surgir em terceira pessoa.

4 Características Os artigos de opinião, que se encontram numas páginas específicas dos jornais, podem ser de dois tipo: fixos e esporàdics. Os fixos denominam-se colunas, são mais breves e exprimem a opinião de colaboradores habituais. os esporàdics se costumam encarregar a especialistas (jornalistas, economistas, sociòlegs...) e são habitualmente mais longos e tratam os temas com mais profundidade. Apesar que o articulista tem liberdade para eleger o estilo que mais goste, do leitor agradece que seja claro e concís, e que toque a fundo o tema; por isto, os jornais recomendam que se usem palavras que entenda qualquer leitor. O tom pode ser formal, irónico...

5 permite-se o uso da primeira pessoa, mas predomina a terceira, que dá um tom mais neutre. O autor escolhe a estrutura que mais lhe convém (exposição, narração, carta, etc.). O último parágrafo se costuma reservar para a conclusão do que se disse ou para propor perguntas ou hipóteses abertas à reflexão dos leitores. O título vai a critério do autor; costuma a ser breve, mas rico em significado e talento. Normalmente a pé de página indica-se a profissão, cargo... do assinando ou a sua direcção electrónica.

6 Dicas Para produzir um bom artigo de opinião : a) Após a leitura de vários pontos de vista, anote num papel os argumentos que mais lhe agradam, eles podem ser úteis para fundamentar o ponto de vista que você irá desenvolver. b) Ao compor seu texto, leve em consideração o interlocutor: quem irá ler a sua produção. A linguagem deve ser adequada ao gênero e ao perfil do público leitor.desenvolver c) Escolha os argumentos, entre os que anotou, que podem fundamentar a ideia principal do texto de modo mais consciente, e desenvolva-os. d) Pense num enunciado capaz de expressar a ideia principal que pretende defender.. conscientecapaz

7 e) Pense na melhor forma possível de concluir seu texto: retome o que foi exposto, ou confirme a ideia principal, ou faça uma citação de algum escritor ou alguém importante na área relativa ao tema debatido. f) Crie um título que desperte o interesse e a curiosidade do leitor. g) Formate seu texto em colunas e coloque entre elas uma chamada (um importante e pequeno trecho do seu texto). h) Após o término do texto, releia e observe se nele você se posiciona claramente sobre o tema; se a ideia está fundamentada em argumentos fortes e se estão bem desenvolvidos; se a linguagem está adequada ao gênero; se o texto apresenta título e se é convidativo e, por fim, observe se o texto como um todo é persuasivo. Reescreva-o, se necessário. * Outros aspectos persuasivos são as orações no imperativo (seja, compre, ajude, favoreça, exija, etc.) e a utilização de conjunções que agem como elementos articuladores (e, mas, contudo, porém, entretanto, uma vez que, de forma que, etc.) e dão maior clareza às ideias.

8 Profº:Erica Nome: Gessihanny,Carolaine,Juliana,Marcio, Ana Paula Nº:40,03,15,23,02


Carregar ppt "Artigo de opiniao É comum encontrar circulando no rádio, na TV, nas revistas, nos jornais, temas polêmicos que exigem uma posição por parte dos ouvintes,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google