A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROFESSORA LÚCIA BRASIL O TEXTO ARGUMENTATIVO E TEXTO EXPOSITIVO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROFESSORA LÚCIA BRASIL O TEXTO ARGUMENTATIVO E TEXTO EXPOSITIVO."— Transcrição da apresentação:

1 PROFESSORA LÚCIA BRASIL O TEXTO ARGUMENTATIVO E TEXTO EXPOSITIVO

2 TEXTO ARGUMENTATIVO É o texto em que defendemos uma ideia, opinião ou ponto de vista, uma tese, procurando (por todos os meios) fazer com que nosso ouvinte/leitor aceite-a, creia nela.

3 Num texto argumentativo, distinguem-se três componentes: a tese, os argumentos e as estratégias argumentativas. TESE, ou proposição, é a ideia que defendemos, necessariamente polêmica, pois a argumentação implica divergência de opinião.

4 Os argumentos de um texto são facilmente localizados: identificada a tese, faz-se a pergunta por quê? (Ex.: o autor é contra a pena de morte (tese). Porque... (argumentos). As ESTRATÉGIAS não se confundem com os ARGUMENTOS. Esses, como se disse, respondem à pergunta por quê (o autor defende uma tese tal PORQUE... - e aí vêm os argumentos).

5 ESTRATÉGIAS argumentativas são todos os recursos (verbais e não-verbais) utilizados para envolver o leitor/ouvinte, para impressioná-lo, para convencê-lo melhor, para persuadi-lo mais facilmente, para gerar credibilidade, etc.

6 A CLAREZA do texto - é uma estratégia argumentativa na medida em que, em sendo claro, o leitor/ouvinte poderá entender, e entendo, poderá concordar com o que está sendo exposto. Portanto, para conquistar o leitor/ouvinte, quem fala ou escreve vai procurar por todos os meios ser claro, isto é, utilizar-se da ESTRATÉGIA da clareza. A CLAREZA não é, pois, um argumento, mas é um meio (estratégia) imprescindível, para obter adesão das mentes.

7 O TÍTULO ou o INÍCIO do texto (escrito/falado) devem ser utilizados como estratégias... como estratégia para captar a atenção do ouvinte/leitor imediatamente.

8 As características deste texto são: linguagem culta, direta, deve conter as informações,citando fonte e exemplos. Jamais deve conter opiniões pessoas, o texto informativo não é uma dissertativo-argumentativo onde você defende suas ideias. O texto informativo-expositivo tem por finalidade a transmissão clara, ordenada e objetiva de informações e indicações que digam respeito a fatos concretos e referências reais. É bastante objetivo e é capaz de apresentar e explicar assuntos, situações e ideias.

9 No tratamento de um texto informativo-expositivo merecem atenção os fatos e os elementos referenciais, a sequência lógica ou cronológica, a explicação e a sua justificação documental. O texto informativo-expositivo deve ser estruturado nos três momentos essenciais de introdução, desenvolvimento e conclusão. Na introdução, deve ser feita a apresentação do assunto e estabelecido o propósito da sua realização, captando a atenção do receptor, com uma definição, descrição, ou com outros dados ou questões de interesse.

10 No desenvolvimento, faz-se a explicação do tema, mediante definições, análises, classificações, comparações e contrastes. Na conclusão, resume-se o assunto, focando os pontos mais importantes, e procura-se envolver o receptor numa chamada de atenção para o assunto.

11 Texto argumentativo Quando usamos a argumentação? - Quando queremos defender um ponto de vista - Quando apresentamos a nossa opinião - Quando propomos uma solução - Quando queremos convencer os outros a ceder a um pedido nosso

12 O que é argumentar? É persuadir racionalmente. Quando temos que construir um texto argumentativo? A dissertação, o comentário, a exposição escrita, mas também um simples artigo de opinião ou uma crítica de cinema ou de música exigem a elaboração de um texto argumentativo bem estruturado, segundo um esquema lógico.

13 Como se constrói um texto argumentativo? 1.Estrutura do texto/Progressão temática Introdução: Parágrafo inicial no qual se apresenta a proposição (tese, opinião,declaração). Deve ser apresentada de modo afirmativo, claro e bem definido, sem referir quaisquer razões ou provas. Desenvolvimento: Análise/explicitação da proposição apresentada; apresentação dos argumentos que provam a verdade da proposição: fatos, exemplos, citações,testemunhos, dados estatísticos.

14 Conclusão: Parágrafo final, no qual se conclui com uma síntese da demonstração feita no desenvolvimento.

15 Conectores lógicos: _ Copulativas: e; nem; também; não só... mas também; tanto... como _ Adversativas (oposição): mas; porém; todavia; contudo; apesar disso; ainda assim;não obstante;no entanto _ Conclusivas (efeito): logo; pois; portanto; por conseguinte; por consequência; por isso _ Explicativas: pois

16 - Temporais: quando; enquanto; apenas; mal; logo que; antes que; depois que;assim que; _ Concessivas (hipótese): embora; conquanto; ainda que; mesmo que; se bem que;apesar de que _ Consecutivas (consequência): tal que; de tal modo que; tanto que; de maneira que _ Finais: para que; a fim de que -Causais: porque; como; visto que; pois que; já que _ Comparativas: como; conforme; segundo; assim como... assim também; mais... do que; menos...do que; ao passo que


Carregar ppt "PROFESSORA LÚCIA BRASIL O TEXTO ARGUMENTATIVO E TEXTO EXPOSITIVO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google