A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INSTRUMENTAIS CIRÚRGICOS Camila Mazzoni Felipe Vidigal Gustavo Santurio Layce Teixeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INSTRUMENTAIS CIRÚRGICOS Camila Mazzoni Felipe Vidigal Gustavo Santurio Layce Teixeira."— Transcrição da apresentação:

1 INSTRUMENTAIS CIRÚRGICOS Camila Mazzoni Felipe Vidigal Gustavo Santurio Layce Teixeira

2 Operações Fundamentais DIÉRESE Toda manobra que visa criar descontinuidade de tecidos, ou seja, uma via de acesso. Pode ser na forma de uma: Incisão - usando bisturi, raios laser,etc.

3 Cabos e Lâminas de Bisturi

4 CABO 3: LÂMINAS 10 a 15 (PRINCIPAL 11) CABO 4: LÂMINAS 20 a 25 (PRINCIPAL 24)

5 Punção – com uso de instrumentos perfurantes, como o trocater, agulha de Veres.

6 Trocater

7 Agulha de Veres

8 Divulsão: Separação de tecidos com pinça, tesoura, etc.

9 Serras Elétrica e Manual Serração

10 Secção: Corte utilizando tesoura, serra, bisturi, etc. Tesoura Mayo Dilatação: Aumentar diâmetro de canais, orifícios - vela de hegar Vela de Hegar

11 Tesoura de Mayo

12 MAYO: ROMBA, GROSSEIRA, FORTE Uma do instrumentador Uma do cirurgião e equipe

13 Tesoura de Metzenbaum

14 METZENBAUM: DELICADA, FINA (CURVA – DIVULSÃO, DISSECAÇÃO DE TECIDOS ) Uma do cirurgião e equipe

15 Tesoura Reta RETA – CORTE DE FIOS

16 Tesoura de Potts- Smith

17 Sacabocados

18 Cisalha de Liston

19 Cisalha Tetraarticulada de Liston

20 Trépano Elétrico

21 Rugina de Farabeuf e Doyen

22 Costótomo

23 Costótomo de Shoemaker

24 Costótomo de Sauerbruch – Primeira Costela

25 HEMOSTASIA Toda manobra destinada a evitar ou estancar hemorragias. Benefícios também pós-operatório: favorece evolução normal da ferida, evita infecções e deiscência.

26 Classificada em : Temporária, corretiva ou preventiva Temporária, corretiva ou preventiva Que engloba ações como pinçamento, garroteamento, ação farmacológica, etc. Definitiva, corretiva ou preventiva Definitiva, corretiva ou preventiva Que engloba: ligadura, cauterização, sutura, tamponamento, etc. Fazem parte as pinças com anéis e cremalheira, inventados para ocluir vasos sanguíneos nos atos de hemostasia definitiva, ou seja, após o pinçamento segue ligadura com fio ou eletrocoagulação.

27 Pinças de Kelly e Crile a) KELLY: SERRILHADO SOMENTE NA PARTE DISTAL DOS RAMOS PRENSORES. RETO E CURVO b) CRILE: SERRILHADO TOTAL RETO E CURVO

28 Pinça de Halsted - Mosquito HALSTED: SERRILHADO TOTAL E DELICADO, MENOR RETO E CURVO

29 Pinça de Kocher KOCHER: TRAUMÁTICO, DENTES TERMINAIS (Dente de Rato). OCLUSÃO DE ÓRGÃOS QUE SERÃO EXTIRPADOS E PRENSÃO APONEURÓTICA RETO E CURVO

30 Pinça de Rochester ROCHESTER: SERRILHADO TOTAL, FORTE. ANTERIORES, MAIOR. PINÇAMENTO EM MASSA CURVO

31

32 Pinça de Mixter - Traumática FUNÇÃO HEMOSTÁTICA, TEM MAIOR CURVATURA E, PORTANTO UTILIZADO PARA TRABALHAR PEDÍCULOS HEPÁTICO, RENAL E PULMONAR.

33 Pinças de Preensão Traumáticas de Allis e Chaput PREENSÃO CONSTANTE, SEGURAM E TRACIONAM ÓRGÃOS MÓVEIS COMO INTESTINO E PULMÃO.

34 Pinças de Preensão Atraumáticas de Babcock, Collin e Duval

35 Pinça de Campo - Backaus Fixar os panos de campo, fenestrados ou não, à pele do paciente, para impedir que a sua posição seja alterada durante o trabalho

36 INSTRUMENTOS AUXILIARES

37 Pinças de Dissecção

38 Formatos das Pinças de Dissecção

39 Pinça de Satinsky

40 Pinças Atraumáticas de Satinsky, Potts, Derra e Bulldog

41 Pinça Atraumática de De Bakey

42 Denteamento das pinças vasculares

43 AFASTADORES AUTO-ESTÁTICOS: mantêm-se abertos em posição por si sós. DINÂMICOS: manuseados pelos auxiliares, com possibilidade de mudarem de posição sempre que necessário.

44 Afastador Manual Autoestático

45 Afastador Autoestático de Gosset GOSSET: abertura da cavidade abdominal.

46 Afastador Autoestático de Balfour – BALFOUR: GOSSET + SUPRAPÚBICA.

47 Afastador Torácico de Finochietto

48 Afastador Dinâmico Manual de Farabeuf FARABEUF: operações superficiais

49 Afastador Manual de Roux

50 Afastador Manual de Volkmann

51 Afastador Manual de Doyen DOYEN: abdome

52 Afastador Manual de Langenbeck

53 Afastadores Manuais Reguláveis a) Maleável; b) Deaver c) Supra-púbica

54 SÍNTESE FECHAMENTO POR PLANOS PORTA-AGULHAS: MANUSEIO DE AGULHAS E FIOS.

55 Porta Agulha de Hegar HEGAR: Pinça com anéis e cremalheira com ramos preensores curtos e cabo longo, grande potência de ponta (princípio de alavanca).

56 Porta Agulha de Mathieu Sutura de estruturas que oferecem pouca resistência à passagem da agulha

57 LAPAROSCOPIA

58 Dissector Laparoscópico de Maryland

59 Tesoura Laparoscópica

60 Grampeador Laparoscópico

61 MONTAGEM DA MESA CIRURGICA

62 (Manual de Instrumentação Cirúrgica) Disposição dos Instrumentos (Manual de Instrumentação Cirúrgica)

63

64 OBRIGADO!


Carregar ppt "INSTRUMENTAIS CIRÚRGICOS Camila Mazzoni Felipe Vidigal Gustavo Santurio Layce Teixeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google