A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INSTITUTO DO CINEMA E DO AUDIOVISUAL 1 - PANORAMA INSTITUCIONAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INSTITUTO DO CINEMA E DO AUDIOVISUAL 1 - PANORAMA INSTITUCIONAL."— Transcrição da apresentação:

1

2 INSTITUTO DO CINEMA E DO AUDIOVISUAL

3 1 - PANORAMA INSTITUCIONAL

4 ANACOM – AUTORIDADE NACIONAL DE COMUNICAÇÕES ENTIDADES DE FOMENTO, INSPECÇÃO E REGULAÇÃO SECTOR CINEMATOGRÁFICO E AUDIOVISUAL ICA – INSTITUTO DO CINEMA E DO AUDIOVISUAL IGAC – INSPECÇÃO-GERAL DAS ACTIVIDADES CULTURAIS CINEMATECA PORTUGUESA – MUSEU DO CINEMA ERC - ENTIDADE REGULADORA PARA A COMUNICAÇÃO SOCIAL

5 2 - PANORAMA GERAL DO MERCADO CINEMATOGRÁFICO

6

7 MÉDIA DE ESPECTADORES POR HABITANTE POPULAÇÃO10,5 10,6 ESPETADORES17,115,816,416,31615,716,6 RÁCIO1,61,5 1,6

8 OUTROS CASTELLO LOPES COLUMBIA PRISVÍDEO ZON AUDIOVISUAIS

9 EUROPA

10 RECEITA BRUTA *0,92,11,9 1,71,91,3 QUOTA DE MERCADO1,3%3,2%2,7%2,8%2,5% 1,6% ESPETADORES QUOTA DE MERCADO1,3%3,2%2,8%2,7%2,5%2,7%1,9% * UNIDADE: MILHÕES QUOTA DE MERCADO DE FILMES NACIONAIS

11 QUOTA DE MERCADO DE EXIBIÇÃO

12

13

14

15 FILMES NACIONAIS 78,3%

16 FILMES NACIONAIS PRODUZIDOS FICÇÃO LONGAS-METRAGENS CURTAS-METRAGENS DOCUMENTÁRIO LONGAS-METRAGENS CURTAS-METRAGENS ANIMAÇÃO LONGAS-METRAGENS CURTAS-METRAGENS TOTAL

17 Inexistência de quotas de ecrã Existência de uma rede de exibição alternativa cinematográfica que agrega um conjunto de 25 cineclubes que recebem apoio estatal, desde que preencham requisitos de programação que contemple obras cinematográficas em língua portuguesa, de origem europeia e ibero- americana. Realizam-se em média cerca de 35 festivais de cinema por ano em Portugal, que foram frequentados, no ano de 2010, por mais de espectadores. Existência de Film Commissions regionais, entidades de direito privado. OUTRAS CARACTERÍSTICAS:

18 3 - PANORAMA GERAL DO MERCADO DE TELEVISÃO

19 SECTOR AUDIOVISUAL: Lei da Televisão, condicionada pelas normas da União Europeia (Directiva relativa aos Serviços de Comunicação Audiovisuais, ou Directiva AVMS), Lei da Publicidade, também transpõe a referida directiva comunitária. Quotas de programação em língua portuguesa Quotas de programação europeia recente Quotas de programação independente Regras relativas à publicidade, patrocínio e product placement

20 Mercado de televisão de sinal aberto - 1 operador público (RTP) com 2 canais nacionais - 2 operadores privados (SIC e TVI) O sector da televisão seguiu tendências internacionais: - Monoprogramação de conteúdos de grande audiência e de custos reduzidos (telenovelas). - Conteúdos como os formatos importados (reality e game-shows) - Desporto

21 TELEVISÃO POR ASSINATURA Televisão por cabo Televisão digital por satélite Outras tecnologias – FIHT, IPTV, DVBT Taxa de Penetração - 48,5 por 100 alojamentos, em VOD VERSUS DVD

22 4 - MECANISMOS DE FOMENTO PÚBLICO

23 SISTEMAS DE APOIO FINANCEIRO AO CINEMA E AO AUDIOVISUAL PROGRAMAS DE APOIO FINANCEIRO DO ICA FUNDO DE INVESTIMENTO PARA O CINEMA E O AUDIOVISUAL

24 O ICA, mediante subsídios a fundo perdido, apoia os projectos de orientação e objectivos predominantemente artísticos e culturais. O FICA, mediante investimentos, financia projectos estruturados numa óptica empresarial e comercial.

25 ICA - PROGRAMAS DE APOIO À CRIAÇÃO ESCRITA DE ARGUMENTOS – LONGA METRAGEM DESENVOLVIMENTO DE ANIMAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE DOCUMENTÁRIO DESENVLVIMENTO DE LONGA METRAGEM

26 ICA - PROGRAMAS DE APOIO À PRODUÇÃO LONGAS METRAGENSCURTAS METRAGENSDOCUMENTÁRIOS FICÇÃO 1AS OBRAS COMPLEMENTAR CO-PRODUÇÕES MINORITÁRIAS CO-PRODUÇÕES PLP PROTOCOLO LUSO-BRASILEIRO AUTOMÁTICO FICÇÃO ANIMAÇÃO DOC. CINEMATOGRÁFICOS CO-PRODUÇÕES MINORITÁRIAS CO-PRODUÇÕES PLP

27 FICA - TIPOS DE INVESTIMENTO DIRECTO Apoio à produção de obras em fase de projecto INDIRECTO Participação no capital e financiamento de entidades (PMEs) que tenham por objecto a produção cinematográfica e audiovisual

28 FICA - TIPOS DE OBRAS Longas metragens cinematográficas de ficção e animação; Documentários de criação para televisão; Séries de televisão de ficção ou animação, ou séries documentais; Telefilmes

29 Desde 1996, têm vindo a ser celebrados protocolos entre a RTP e o ICA que reforçam a participação desta televisão pública no esforço de apoio à produção cinematográfica nacional. A RTP investe 1,75 milhões de euros por ano na aquisição de direitos de difusão (3 anos) de filmes apoiados pelo ICA. Esta opção está automaticamente aberta a todos os produtores beneficiários de apoios do ICA à produção que desejem usufruir da mesma, e assegura a difusão de todas essas obras (longas e curtas metragens de ficção, documentários e obras de animação). PROTOCOLO ICA / RTP

30 OUTROS APOIOS FINANCEIROS

31 PROGRAMAS DE APOIO À DISTRIBUIÇÃO OBRAS APOIADAS NA PRODUÇÃO PELO ICA OUTRAS OBRAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS FILMES NACIONAIS NO ESTRANGEIRO PROGRAMAS DE APOIO À EXIBIÇÃO EXIBIÇÃO COMERCIAL ( PROGRAMAÇÃO DAS SALAS ) EXIBIÇÃO NÃO COMERCIAL ( REDE DE CINECLUBES )

32 PARTICIPAÇÃO DE FILMES EM FESTIVAIS INTERNACIONAIS ORGANIZAÇÃO DE FESTIVAIS DE CINEMA EM PORTUGAL FORMAÇÃO/SENSIBILIZAÇÃO – PROGRAMA VER

33


Carregar ppt "INSTITUTO DO CINEMA E DO AUDIOVISUAL 1 - PANORAMA INSTITUCIONAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google