A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução ao Agronegócio. Agricultura No inicio da civilização, os homens viviam em bando Dependiam de coleta de alimentos silvestres, da caça e da pesca.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução ao Agronegócio. Agricultura No inicio da civilização, os homens viviam em bando Dependiam de coleta de alimentos silvestres, da caça e da pesca."— Transcrição da apresentação:

1 Introdução ao Agronegócio

2 Agricultura No inicio da civilização, os homens viviam em bando Dependiam de coleta de alimentos silvestres, da caça e da pesca Em cada local que o bando se instalava o alimento ficava cada vez mais escasso forçando o bando a mudar para outro lugar

3 Agricultura Com o passar do tempo o homem foi descobrindo a formas de domesticar animais e a plantar Com a fixação do homem à terra, as comunidades e organizações foram surgindo

4 Agricultura As pequenas comunidades viviam isoladas e eram auto-suficientes As comunidades rurais eram diversificadas, com varias culturas e criações diferentes Eram comuns as propriedades que integravam suas atividades

5 Agricultura Uma mesma fazenda produzia arroz, feijão, milho, algodão, café, cana-de-açúcar, fumo, mandioca, frutas, hortaliças e outras culturas Alem da criação de bovinos, suínos, ovinos, aves e equinos

6 Agricultura Nas propriedades o algodão era transformado em tecido, leite em queijo, cana em rapadura ou melado, milho em fubá, etc.

7 Agricultura Em colônias haviam atividades de consumo e produção, com pouca geração de excedentes e pouca entrada de outros produtos Esse modelo geralmente continha uma atividade comercial, em escalas de produção diferenciada, com objetivo de gerar recita para compra de alguns bens não produzidos no local, como sal, querosene, etc.

8 Agricultura As propriedades praticamente produziam e industrializavam tudo de que necessitavam. Por isso qualquer referencia a agricultura relacionava-se a rodo o conjunto de atividades desenvolvidas no meio rural Ainda é comum a divisao da economia em três setores: primário, secundário e terciário.

9 Agronegócio Os avanços tecnológicos e a estrutura da sociedade mudou a fisionomia das propriedades rurais, principalmente nos últimos 50 anos A população sai do meio rural para morar nas cidades Neste período a população urbana passa de 20% para 70%

10 Agronegócio As propriedades rurais Perdem sua auto-suficiência passam a depender mais de insumos e serviços especializam-se em determinadas atividades abastecem mercados recebem informacoes externas dependem de infra-estrutura enfrentam a globalização e internacionalização da economia

11 Agronegócio O conceito de setor primário perdeu seu sentido, porque deixou de ser somente rural. A agricultura passa a depender de muitos serviços, maquinas e insumos que vem fora. Depende também que ocorre depois da produção (armazéns, estradas, portos, agro-industrial, exportação)

12 Agronegócio Foi então criado o termo Agribusiness:...o conjunto de todas as operações e transações envolvidas desde a fabricação dos insumos agropecuários, das operações de produção nas unidades agropecuárias, até o processamento e distribuição e consumo dos produtos agropecuários 'in natura' ou industrializados.

13 Agronegócio Surge a Associacao Brasileira de Agribusiness (Abag)

14 Especificidades da produção agropecuária Sazonalidade da produção Influencia de fatores biológicos: doenças e pragas Perecibilidade rápida

15 Sazonalidade da produção A produção agropecuária é dependente das condições climáticas Apresenta períodos de safra e entressafra Conseqüências: variação de preço, necessidade de estocagem e conservação, períodos de maior utilização de insumos,

16 Influencia de fatores biológicos Tanto no campo como após a colheita Perdas diretas e também cuidado para levar as doenças e pragas para outras localidades Aplicacao de defensivos: eleva o custo de producao, oferece riscos aos operadores e ambiente

17 Visão sistêmica do agronegócio Antes da porteira Dentro da porteira Após a porteira

18 Cadeia produtiva A analise da cadeia produtiva de cada produto permite visualizar as ações e inter-relações entre os agentes que a compõem e dela participam

19 Antes da Porteira Insumos Maquinas, implementos, equipamentos e complementos Agua Energia Corretivos de solos Fertilizantes Agroquimicos Materiais Geneticos (mudas, sementes, etc.)

20 Antes da Porteira Servicos (Pesquisas, extensão, aboratorios, financiamentos, etc.)

21 Dentro da porteira Ciclo vegetativo Plantas anuais, plantas perenes, culturas bianuais

22 Preparo do solo O preparo de solos compreende as operações necessárias para colocá-los em condições ideais para a etapa de plantio Evitando erosão

23 Plantio Algumas culturas podem ser plantadas diretamente no local definitivo (semear) Outras utilizam partes da planta para se propagarem (plantar) Outras exigem a formação de mudas em viveiros (transplantar)

24 Tratos culturais Os tratos culturais são as operações efetuadas e necessárias para que as plantas cresçam e se reproduzam. Manutenção da cultura no limpo (controle de plantas daninhas), combate a pragas e doenças, irrigação e adubacao.

25 Colheita Cada cultura tem sua produção em ponto especifico para ser colhida e exige um tipo diferente de operações. (grãos, frutas, café,

26 Pós-colheita Transporte interno, armazenagem, classificação, embalagem, etc.

27 Coeficientes utilizados em agricultura Produtividade Produtividade de fatores de produção Ciclos das culturas Precocidade Quantidade de insumos

28 Segmento depois da porteira Produtores rurais intermediários e concentradores Governo Supermercados Exportadores Importadores Consumidores Agro-industria


Carregar ppt "Introdução ao Agronegócio. Agricultura No inicio da civilização, os homens viviam em bando Dependiam de coleta de alimentos silvestres, da caça e da pesca."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google