A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A França em movimento (IMF 2007) Fórum Econômico Mundial - América Latina Rio de Janeiro, Brasil, 14-16 de abril, 2009 Serge BOSCHER, Diretor de Gestão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A França em movimento (IMF 2007) Fórum Econômico Mundial - América Latina Rio de Janeiro, Brasil, 14-16 de abril, 2009 Serge BOSCHER, Diretor de Gestão."— Transcrição da apresentação:

1 A França em movimento (IMF 2007) Fórum Econômico Mundial - América Latina Rio de Janeiro, Brasil, de abril, 2009 Serge BOSCHER, Diretor de Gestão

2 2 A França está no coração da Europa e não tão longe do Brasil quanto você imagina… Com 64 milhões de consumidores, a França é: a 5 a maior economia do mundo a 2 a maior economia da Europa com acesso a 500 millhões de consumidores o portão de entrada para seus negócios na Europa um mercado vizinho para o Brasil graças à Guiana Francesa Paris é a 1 a cidade Européia em número de sedes de empresas (Global 500) e a 2 a no mundo, ficando apenas atrás de Tóquio em 2008 (Fortune)

3 3 França: um país produtivo Em 2007, os franceses trabalharam, em média, 41 horas por semana (48 horas por semana para profissionais franceses em cargos gerenciais) - Eurostat 2008 Mão-de-obra altamente qualificada: França em primeiro lugar na Europa em número de profissionais com nível universitário em 2006 (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico ) A França é o 3 o país do mundo em produtividade/hora, ficando atrás apenas dos EUA e da Noruega em 2006 (Organização Internacional do Trabalho - Dezembro de 2007) Número não significativo de dias perdidos em greves na França no setor privado (3,7 dias por ano para cada habitantes) em comparação com os EUA (5,7), Reino Unido (10) ou Brasil (917,7) de 2004 a 2006 (IMD - Maio de 2008, com base em dados da Organização Internacional do Trabalho)

4 4 A França é uma rede de negócios em constante movimento A França é o 1 o país da Europa em infra-estrutura Mais de km de rodovias formando uma rede densa, de alta qualidade km de linhas de trens de alta velocidade ligando diversas cidades da França a outras cidades européias Aeroportos internacionais por toda a França (156 milhões de passageiros e 2,5 milhões de toneladas de carga em 2008) – Aeroporto Charles De Gaulle em 6 o lugar no mundo 358 milhões de toneladas de carga em portos franceses em Le Havre, porto número 1 da França, um dos 15 maiores portos de toda a Europa Baixos custos de telecomunicação, energia e água, graças a redes de abastecimento confiáveis e competitivas

5 5 A França tira proveito da globalização Fonte: WIR 2008, UNCTAD Em 2008, a França foi o maior destinatário europeu de Investimento Direto Estrangeiro: 2 o lugar no mundo, à frente do Reino Unido e logo atrás dos EUA, com uma entrada de $114,3 bilhões em IED (estimativa UNCTAD) empresas estrangeiras realizam negócios na França, empregando cerca de 2,8 milhões de pessoas (cerca de 10% da força total de trabalho) 39 empresas francesas aparecem no ranking Global da Fortune – [Alemanha (37) – Reino Unido (34)] IED como % do PIB (2007)

6 6 15 empresas brasileiras já fazem negócios na França Diversas empresas brasileiras já escolheram a França 2000/2008: 7 projetos de investimento brasileiros, com mais de 100 empregos gerados

7 7 Cerca de cidadãos brasileiros na França estudantes brasileiros na França em 2007/ escolas públicas internacionais com uma divisão de ensino do Português em Paris, Versalhes, Grenoble e Lyon Portugueses na França (dos quais 50% com dupla nacionalidade), quase tanto quanto no Brasil (1,2 milhões de Portugueses), a primeira comunidade portuguesa na Europa A França que fala português

8 8 A França possui os menores custos de implantação de negócios em toda a Europa Ocidental A França oferece os menores custos de implantação de negócios (mão-de-obra, instalações, transportes, ferramentas e impostos) entre os líderes da Europa Ocidental (KPMG 2008)

9 9 A França em movimento (IMF 2007) Últimas reformas na França focadas em sua atratividade

10 10 Jornada de trabalho mais flexível (desde 2007) - Jornada de trabalho negociada em cada empresa - Horas trabalhadas acima de 35 horas consideradas como horas extras, pagas com valores/hora superiores em 25% para as 8 primeiras horas extras e/ou dando direito ao trabalhador de usufruir de um banco de horas - Jornada máxima de 48 horas por semana (em cumprimento às leis européias) Legislação trabalhista mais flexível (desde 2008) - Prolongamento do período de experiência - Introdução de uma nova forma de contrato de curto prazo (de 18 a 36 meses, período máximo) - Introdução de uma nova modalidade de contrato de rescisão por consentimento mútuo Novas representações sindicais nas empresas (desde 2008) - Sindicatos devem ter 10% dos votos totais para ter representatividade - Sindicatos precisam de 30% dos votos totais para assinatura de um contrato A França está restabelecendo incentivos de trabalho

11 11 A França está atraindo talentos estrangeiros graças a novas medidas Novo modelo de visto de residência para executivos e outros profissionais expatriados: visto de residência Skills and Expertise (Conhecimento e Expertise) (válido para até 3 anos por período de residência em bases renováveis) (desde 2007) O novo status de Expatriate Salaried Employee (Profissional Expatriado Assalariado) oferece diversas vantagens (possibilidade de transferência pela empresa - válido para até 3 anos por período de residência em bases renováveis) (desde 2007) Graças aos novos vistos de residência, tratamento preferencial é oferecido às famílias acompanhando os gerentes e executivos Um dos melhores regimes fiscais do mundo para expatriados (desde 2009): profissonais expatriados trabalhando na França podem optar pela isenção parcial (de até 50%) do imposto sobre a renda OU pela isenção total de impostos sobre o bônus de expatriação e pela isenção (de até 20%) do imposto sobre a renda para trabalho realizado no exterior.

12 12 As empresas estrangeiras com participação nesses pólos respondem por cerca de 500 pontos de localização e empregam pessoas. P&D, uma prioridade nacional para a França Maiores informações sobre cada pólo: A França tem 71 pólos de competitividade (arranjos produtivos locais - APL)

13 13 A melhor taxa de crédito de pesquisa de toda a Europa: 30% das despesas anuais de P&D, com um valor máximo de 100 milhões. Esse bônus proporciona uma taxa de crédito de pesquisa de 50% para o primeiro ano e de 40% para o segundo ano. P&D, uma prioridade nacional para a França

14 Agradecemos seu interesse ! Visite nosso site: Invest in France Agency Rua Marina Cintra, 94 Jardim Europa SAO PAULO Marc CAGNARD : :


Carregar ppt "A França em movimento (IMF 2007) Fórum Econômico Mundial - América Latina Rio de Janeiro, Brasil, 14-16 de abril, 2009 Serge BOSCHER, Diretor de Gestão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google